The Vejo na Ponte atinge meta e arrecada uma tonelada de ração com campanha

A 2ª edição do Festival The Vejo na Ponte, que encerrou no último domingo (28), atingiu sua meta e arrecadou uma tonelada de ração para cães e gatos. A campanha, fruto de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) e 11 entidades protetoras de animais, contou também com a venda de comidas e produtos na praça de alimentação do evento. O objetivo era dar visibilidade à causa animal e angariar fundos para a quitação de dívidas dos protetores junto às clínicas veterinárias.

Além de buscar doações e ajuda financeira, outra preocupação dos organizadores do evento era oferecer informação ao público. Com isso, uma cartilha foi produzida e distribuída durante os três domingos do evento. Assuntos como vacinação, adoção, castração, denúncias e canais de ajuda constavam no material gráfico.

De acordo com Raíssa Rocha, representante da “Amigas Protetoras”, a parceria veio no momento certo, haja vista que os estoques de ração da maioria das entidades encontram-se zerados nesse período.

“A ração que foi doada nos caiu como uma luva. Vai ser a salvação de todos nós, pois o período de férias é sempre muito complicado e os estoques de alimentação das entidades ficam quase zerados. O dinheiro arrecadado na barraca também vai ajudar, pois além de pagar as dívidas, precisamos também comprar medicações diariamente. Então só temos a agradecer aos que acreditaram, doaram e patrocinaram nossa causa”, disse.

Segundo o gestor da Semdec, Venâncio Cardoso, o sucesso da parceria com os protetores de animais se reflete na meta de arrecadação alcançada e no apoio do público durante o festival. “Estamos muito felizes com o sucesso da arrecadação no evento. Retrata o interesse e o apoio do público com nossa proposta, por isso quero agradecer a cada um que divulgou e ajudou a campanha. A 2ª edição do The Vejo na Ponte foi um sucesso, mas a ajuda à causa animal deve ser constante”, lembrou o secretário.

A 2ª edição do The Vejo na Ponte é uma realização da Prefeitura de Teresina por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) em parceria com a Fundação Monsenhor Chaves (FMC) e tem como proposta valorizar a cultura e a música teresinense.

 

MUV é lançado oficialmente e premia usuários

Ascom Semplan

A equipe da Agenda Teresina 2030, departamento da Prefeitura de Teresina vinculado à Secretaria Municipal de Planejamento (Semplan), participou das três edições do The Vejo na Ponte lançando oficialmente o aplicativo MUV (Mobility Urban Values), que confere pontos para quem utiliza meios de transporte sustentáveis.  Durante o evento, a equipe divulgou e tirou dúvidas da população sobre o aplicativo, além de sortear brindes dos parceiros comerciais da iniciativa para quem baixasse o aplicativo.

Muitas pessoas foram ao stand do MUV buscando saber como funciona o app, tirando dúvidas, participando de jogos, conhecendo a estratégia, os objetivos e baixando o aplicativo.  Quem fazia o download recebia um cupom para participar do sorteio de brindes durante os intervalos das atrações musicais.

Suzana Oliveira, 34 anos, foi ao stand para conhecer o aplicativo e ficou surpresa ao saber que, além de contribuir com o meio ambiente, teria benefícios exclusivos com o MUV. “É uma excelente iniciativa, pois é algo inédito. Aqui temos muito o costume de andar de carro ou moto e não temos o incentivo para utilizar meios mais sustentáveis, que é uma tendência mundial. Nosso clima é muito quente e acho que quanto mais meios incentivarem a sustentabilidade, mais iremos criar bons hábitos e colaborar com o meio ambiente. Agora sou usuária do MUV e além de contribuir com minha cidade, terei vários descontos nas lojas parceiras”, disse.

Jorge Rodrigues, 26 anos, foi um dos ganhadores do sorteio. Ele conheceu o aplicativo durante o evento e espera que avanços na mobilidade aconteçam. “Fiquei surpreso em ganhar, não esperava, mas fui sorteado e vou usufruir do prêmio. Usar o MUV para melhorar a mobilidade urbana de Teresina vale muito a pena. Temos muitos desafios com a mobilidade e todas as possibilidades de melhoria vão trazer avanços para a gente. Espero que a população conheça e use o aplicativo”, afirmou.

“Depois de três edições do evento, nós da Agenda Teresina 2030 gostaríamos de agradecer aos parceiros que acreditaram na nossa proposta e a todos que passaram pelo nosso stand e baixaram o aplicativo. O MUV é mais uma ação da Prefeitura de Teresina que favorece a mobilidade sustentável, envolvendo o setor privado e a sociedade, compartilhando responsabilidade e disseminando o objetivo de tornar os modelos de transporte de Teresina mais sustentáveis e, consequentemente, contribuindo para o meio ambiente”, pontuou Mariana Fiuza, Urbanista da Agenda Teresina 2030.

MUV

O objetivo do MUV é estimular as pessoas a se locomoverem mais a pé, de bicicleta ou transporte público, premiando quem faz uso de uma mobilidade mais sustentável. O aplicativo, que está sendo implantado na capital piauiense pela Prefeitura de Teresina, trabalhará em parceria com estabelecimentos comerciais de toda a cidade, que trocarão os pontos dos usuários por brindes, como descontos e produtos, dentre outros. O download já pode ser feito através da Apple Store ou na Play Store.

The Vejo na Ponte

A 2ª edição do The Vejo na Ponte começou no dia 7 de julho e encerrou no último domingo (28), no Complexo Turístico da Ponte Estaiada. O festival, que tem como proposta ser atividade cultural nos meses de férias em Teresina, reúne vários nomes importantes da música local. O objetivo é valorizar os artistas da terra e oferecer alternativas de qualidade para entretenimento e gastronomia, além de levar a população de Teresina a frequentar mais os espaços turísticos da cidade.

 

The Vejo na Ponte encerra neste domingo (28) com Validuaté, Top Gun, Batuque Elétrico e Janela Lateral

A segunda edição do Festival The Vejo na Ponte encerra neste domingo (28) e o teresinense vai voltar a curtir uma programação totalmente focada na promoção das bandas locais. Validuaté, Top Gun, Batuque Elétrico e Janela Lateral serão as atrações musicais responsáveis por deixar o terceiro e último domingo de festa, que acontece no estacionamento da Ponte Estaiada, ainda mais agitado. O evento é gratuito e começa às 17h.

A abertura do festival ficará por conta da banda piauiense Batuque Elétrico, que teve início no ano de 2001 e no seu misto de inovação e sonoridade mescla funk, samba-rock, bossa nova e vários outros estilos. A segunda atração é a banda Janela Lateral, que recentemente lançou seu mais novo projeto “Oceano de Pétalas”, homenageando o músico Djavan. Com arranjos fortes, autorais e modernos, a banda promete colocar o público para cantar.

Logo em seguida se apresenta Validuaté, uma das maiores e mais conhecidas bandas da cidade. Com 15 anos de formação, a atração mais aguardada da noite sobe ao palco recheada de seus maiores clássicos e vai provar que a sua proposta única de experimentação rítmica sobre o rock e outros estilos é “made in Teresina”.

Para encerrar com tudo este projeto, que já se tornou o maior festival de férias da cidade, a banda Top Gun, virá no ritmo das músicas dos anos 80 e 90. Englobando um publico eclético, a banda teresinense, que surgiu de um encontro musical de amigos, é acompanhada por gerações que curtem Cindy Lauper e Roxette, por exemplo.

Por se tratar de um evento que visa trazer movimentação cultural para um dos pontos turísticos mais importantes de Teresina, além de uma boa música, o público poderá contar também com uma ampla praça de alimentação, com food trucks e cervejarias artesanais, além de apresentações circenses no decorrer dos shows.

Para o gestor da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), Venâncio Cardoso, a mescla de estilos musicais proposta pelo evento é uma tentativa da Prefeitura de Teresina de construir um sentimento de valorização e pertencimento no teresinense, uma vez que todas as atrações que sobem ao palco do festival são bandas locais.

“Os dois primeiros domingos desta segunda edição foram muito legais. Percebemos, de fato, uma aceitação do público com o projeto e as bandas escolhidas. A expectativa é que esta última noite seja ainda mais lotada e estamos trabalhando para oferecer o conforto e a segurança que todos merecem. Valorizar o que é nosso, movimentar nosso turismo e promover desenvolvimento econômico é o que nos move com o The Vejo na Ponte”, disse o gestor, lembrando ainda que a campanha de arrecadação de ração para cães e gatos continua neste último domingo.

A 2ª edição do Festival The Vejo na Ponte é uma realização da Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) em parceria com a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMCMC).

Campanha de Arrecadação

Cerca de dez entidades protetoras de animais da cidade se uniram à organização do The Vejo na Ponte e juntos montaram uma campanha de arrecadação na 2ª edição do evento. Ração para cães e gatos, além de materiais de limpeza, são os itens que podem ser doados.

Além disso, um stand para venda de comidas e produtos foi montado com o objetivo de angariar fundos para os protetores que acumulam dívidas nas clínicas veterinárias de Teresina. A meta é arrecadar uma tonelada de ração.

The Vejo na Ponte respira rock em sua segunda noite de festival

Arrepiar-se ao escutar um solo de guitarra, colar posters dos ídolos na parede do quarto e fazer coro para aquelas músicas ícones fazem parte da tradição do rock. Na segunda noite do The Vejo na Ponte, Teresina respirou o gênero musical com quatro bandas renomadas do Piauí. O evento contou com a participação de Edivaldo Nascimento, Último Romance, Maverick 75 e Cojobas.

Do indie rock ao rock and roll, a noite atraiu mais uma vez famílias, grupos de amigos e casais de namorados. De acordo com o empresário Antônio Luís, a ideia do evento agrada todos os públicos. “Diferente de festas fechadas, podemos ver famílias, crianças e pessoas mais velhas misturadas com os mais novos. O evento atrai todo mundo, por ser repleto de bandas boas, gratuito e ainda por cima em um dia e horário bom para todos”, afirma.

Promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) em parceria com a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), o The Vejo na Ponte virou, além de ponto de lazer, um ponto de economia para empresas.

“O evento consegue atrair muita gente com vontade de expor e vender seus produtos. Ele ajuda, principalmente, o setor da gastronomia, com grande variedade de gêneros alimentícios comercializados no festival. É uma dinâmica que não contempla só a cultura local, mas que também ajuda a girar a economia da cidade”, explica o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso.

Presente na primeira edição do festival, a fonoaudióloga Rayane Melo sente-se atraída pelo evento por conta da mistura de bandas. “Ter a oportunidade de assistir bandas renomadas em um espaço gratuito e aberto a todos é algo que me atrai e espero que continue por muitas edições”, afirma.

“Nosso estado, em especial a capital, tem um relacionamento histórico com o rock and roll. O estilo está presente em Teresina assim como o forró está para Fortaleza, o reggae para São Luís, o frevo para Recife e o axé para Salvador. Somos uma terra de roqueiros muito talentosos, muita produção de altíssimo nível e muita garra”, afirma Ostiga Júnior, vocalista da banda Cojobas.

Causa Animal

O The Vejo na Ponte também esteve engajado em uma pauta diferente nesta edição. É que junto com mais de dez entidades de defesa dos animais, o evento arrecadou ração para cães e gatos,além de material de limpeza. Além disso, as entidades protetoras têm vendido comida e produtos relacionados aos pets com o objetivo de arrecadar dinheiro para o pagamento de dívidas junto às clínicas veterinárias de Teresina.

“As vendas estão muito boas, percebemos que teve uma aceitação muito positiva do público com os produtos que trouxemos. Estamos com uma van, que dá esse apoio na hora de receber a ração de quem doou e também com um stand de venda. A causa animal foi muito bem aceita”, comemora Raissa Rocha, organizadora da Barraca do Aumor.

Viaduto da Barão está 60% concluído

Marcelo Cardoso

A conclusão do remanejamento das redes de alta tensão (69KV) que passavam sobre o viaduto que está sendo construído ligando as avenidas Barão de Gurgueia e Henry Wall de Carvalho neste fim de semana representa um importante avanço na obra. A partir de agora, os trabalhos devem acontecer de forma ainda mais rápida. Como a obra já está cerca de 60% concluída, a inauguração deve acontecer no mês de dezembro deste ano.

O prefeito de Teresina, Firmino Filho, esteve visitando o local na manhã desta segunda-feira (8) acompanhado do superintendente da SDU Sul, Paulo Lopes, e representantes da construtora responsável pela obra. “Esse viaduto dará uma maior agilidade e segurança ao trânsito da região, mas é também muito importante para o Sistema Inthegra com o corredor de ônibus que se inicia na Praça Saraiva e segue ao terminal de integração do Parque Piauí”, destacou o prefeito.

O investimento na construção do viaduto da Barão é superior aos R$ 25 milhões, recursos oriundos do Governo Federal, através do Pacto pela Mobilidade, com contrapartida da Prefeitura de Teresina.

O prefeito iniciou sua agenda de visitas na zona Sul da manhã de hoje pela Via Sul. A construtora responsável está trabalhando na terraplanagem do trecho que vai desde a Ponte Wall Ferraz à Ponte Anselmo Dias. Galerias e bueiros também estão sendo construídos no local.

A avenida, que será denominada de Padre Florêncio Lechhi, terá um canteiro central de seis metros de largura, uma calçada do lado da marginal do rio também de seis metros e outra de três metros do outro lado. A obra passará ainda pela Avenida Celso Pinheiro até a Avenida Manoel Ayres Neto, no bairro Santo Antônio, totalizando um investimento de mais de R$ 65 milhões.

Outro local visitado foi o Parque Ambiental da Macaúba, que deve ser inaugurado em agosto, dentro da programação do aniversário da cidade.

Ponte Estaiada recebe iluminação especial pelo Dia da Conscientização da Cardiopatia Congênita

Renato Bezerra

Na noite desta quarta-feira (10), a Ponte Estaiada ganhará uma iluminação especial em azul e vermelho. É que hoje é dia Nacional e Estadual da Conscientização da Cardiopatia Congênita (defeito no coração). A ação tem a proposta de chamar a atenção da sociedade e sensibilizar autoridades sobre os casos em Teresina.

Segundo dados da American Heart Association, a cardiopatia congênita ocorre enquanto o feto está se desenvolvendo no útero e pode afetar cerca de 1 em cada 100 crianças. A questão é uma das principais causas de óbito relacionadas a malformações congênitas.

Para o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, o simples ato de mudar as cores de uma das principais construções da capital já é uma ação importante para chamar atenção sobre esse problema.

“Pouca gente sabe, mas em torno de 23 mil crianças com problemas cardíacos, 80% necessitarão de alguma cirurgia cardíaca durante a sua evolução. É uma questão pouco comentada na nossa sociedade. E depois de contato com Grupo de Pais de Crianças com Cardiopatia Congênita aqui de Teresina, pensamos em fazer essa ação para dar visibilidade para essa questão”, explicou.

SDU Leste faz contenção de aterro com pedras na alça da Ponte Wall Feraz

Ascom SDU Leste

A alça da Ponte Wall Ferraz está recebendo serviços de recuperação pela Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste). O local havia sido interditado pelo órgão em decorrência de uma fissura devido ao aumento das águas do Rio Poti, ocasionado pelas fortes chuvas que caíram nos últimos dias.

O órgão municipal está agindo por meio dos profissionais técnicos da Gerência de Obras e Serviços, em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH).

O superintendente executivo da SDU Leste, engenheiro Ângelo Cavalcante, explica que atualmente está sendo feita uma contenção do aterro com pedras (enrocamento) para manter a estabilidade do local. “Após a finalização da contenção do aterro com pedras no local faremos uma recomposição da inclinação com material de aterro e inserir mais uma camada de pedras para promover a proteção contra a erosão”, informou.

Caso necessário, após a intervenção da SDU Leste contra a erosão, a SEMDUH executará os serviços de recuperação da base para resolver o problema de forma definitiva.

Strans interditará as alças da Ponte Estaiada para show nesta quarta-feira (03)

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) interditará as duas alças de acesso da Ponte Estaiada, sentido Leste/Oeste e Oeste/Leste, a partir das 18h desta quarta-feira (03) devido ao show da cantora Marília Mendonça, que se apresentará no estacionamento da Ponte Estaiada. Na Raul Lopes, a alça que dá acesso a Avenida Dom Severino também será bloqueada.

De acordo com o gerente de Operação e Fiscalização da Strans, Denis Lima, equipes da Superintendência estarão presentes no local para orientar os condutores.

“Durante todo o show as equipes de fiscalização estarão no local para orientar os condutores. Alguns pontos serão bloqueados para dar mais segurança à população. Nesses casos, sempre pedimos que as pessoas procurem meios de transporte alternativos, como ir de táxi ou de ônibus”, declarou o gerente.