Prefeitura disponibiliza mais de 400 serviços online para os teresinenses

Com a pandemia da Covid-19, a Prefeitura de Teresina ampliou os serviços disponibilizados de forma virtual para atender as demandas dos cidadãos, sem a necessidade de deslocamento aos órgãos públicos, através do Projeto Teresinense Digital. Atualmente, segundo levantamento da Empresa Teresinense de Processamento de Dados (Prodater), existem 404 serviços na versão web disponíveis para a população.

Os dados da Prodater apontam ainda que 5.081 usuários possuem cadastro liberado e ativo através do sistema web, além de outros 4.856 cadastros ativos no aplicativo. De forma digital, estão disponíveis, no site da Prefeitura de Teresina, serviços como recurso de multas, licenças, repasse de verba, ofícios diversos e solicitações de cópias de processos, dentre outros. “Devido à pandemia, a prioridade foi dada aos serviços do sistema web, pois são mais fáceis de implementar e disponibilizar para os cidadãos. Já o aplicativo conta com serviços relacionados a recursos de infrações, serviços de limpeza, consulta a coleta domiciliar e pesquisa as UBS”, explica Reginaldo Rodrigues, Analista de Negócios da Prodater.

De acordo com Reginaldo Rodrigues, houve uma ação de simplificação e digitalização de 196 peticionamentos de serviços públicos municipais em março deste ano, além de uma aceleração no cadastramento de novos peticionamentos. O foco foi dado aos serviços que demandam a presença do cidadão no órgão como, por exemplo, os que envolvem a concessão de licenças e alvarás, bem como o atendimento tributário. “A ideia foi evitar ao máximo a ida do cidadão aos guichês da Prefeitura durante o isolamento social”, acrescentou.

Os serviços da Prefeitura de Teresina podem ser acessados de forma online por dois canais do Teresinense Digital, pelo sistema web ou pelo aplicativo. Neles, o cidadão consegue acompanhar todo o trâmite da sua demanda. “Ele tem acesso a todo o histórico de movimentações e consegue visualizar e baixar os documentos que são incluídos no processo. Com isso, se ganha em agilidade e transparência na execução dos serviços pela Prefeitura”, concluiu Reginaldo Rodrigues.

O aplicativo “Teresinense Digital” pode ser baixado gratuitamente nas plataformas Android e iOS. Com o aplicativo instalado, o cidadão precisa realizar seu cadastro e depois pode escolher o serviço desejado. Na versão web, para conseguir logar no sistema é necessário se cadastrar como Usuário Externo através do link https://pmt.pi.gov.br/teresinensedigital/.

Viveiros distribuem mudas de árvores para população

Após seis meses sem funcionar por conta da pandemia da Covid-19, aos poucos, os viveiros municipais nas zonas Leste e Norte estão retomando a normalidade. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h, de forma reduzida e respeitando todos os protocolos de segurança sanitária.

Teresina possui dois os Viveiros Municipais: um na Avenida Raul Lopes, na zona Leste, que atende aos moradores das regiões Leste e Sudeste, e o da Avenida Duque de Caxias, no bairro Mocambinho, que fornece as mudas para as regiões Norte e Sul. Cada viveiro possui uma variedade de 50 espécies de plantas e qualquer pessoa pode adquirir até 10 mudas de árvores.

Segundo o Gerente de Serviços Urbanos da SDU Leste, Renato Lopes, os teresinenses podem fazer a solicitação de mudas de árvores nativas e frutíferas nos viveiros de mudas da Prefeitura. “Isso contribuirá para uma cidade mais arborizada e, consequentemente, por um ambiente mais saudável e com ar mais puro”, frisou.

O gerente de Serviços Urbanos da SDU Centro Norte, José Neto, explica que para receber as mudas, as pessoas precisam comparecer ao viveiro com um comprovante de endereço e identidade. “Estamos sempre à disposição para atender todos que quiserem mundas de plantas, seja ela frutífera ou nativa, basta que apresentem essa documentação”, enfatiza.

Escola Municipal Soim ganha salas novas e um pátio coberto

Ascom/Semec

Em fase de conclusão da reforma, a Escola Municipal Soim, situada na zona Rural de Teresina, vai receber com mais conforto os alunos da Educação Infantil. A obra trouxe duas novas salas de aula climatizadas e um amplo pátio coberto, aumentando as dependências da unidade de ensino.

Com 157 alunos matriculados atualmente, a E.M. Soim atende o público do Ensino Fundamental, de 1º ao 5º ano, mas também oferece duas turmas para crianças do Maternal II ao 2º Período, na faixa etária de 3 a 5 anos. Até então, as turminhas ficavam em um prédio anexo ao principal, mas a obra garantiu que todas as salas de aula agora fiquem no mesmo espaço. A escola também ganhou pequenos reparos na estrutura e uma pintura nova.

“Esperávamos muito por essa reforma, a comunidade aprovou. As salas são confortáveis, bonitas, e o pátio vai ser bastante útil para nossos eventos”, avaliou a diretora Lides Feitosa. Ela conta que o antigo espaço será utilizado como refeitório e salas de projetos especiais.

A reforma é parte do conjunto de obras que estão sendo entregues pela Prefeitura de Teresina neste segundo semestre do ano. O investimento é de R$ R$ 158.022,07, oriundo do Salário Educação.

Teresina registra oito óbitos e 344 novos casos de Covid-19

O Centro de Operações em Emergências (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS) registrou oito óbitos decorrentes de complicações da Covid-19 em Teresina, nesta quinta-feira (27). Houve ainda 344 novos casos confirmados da doença. No total, a capital registra 899 mortes, 24.721 pessoas infectadas pelo novo Coronavírus e 11.725 curadas.

Os novos óbitos notificados ocorreram nos dias 21 de julho, 26 e 27 de agosto. Entre os óbitos confirmados, três eram do sexo feminino e cinco do sexo masculino. Os pacientes tinham entre 52 e 93 anos. Todos possuíam comorbidades como hipertensão arterial, diabetes, Síndrome de Down, doença pulmonar, obesidade, neoplasia.

O isolamento social é uma das formas de combate ao novo Coronavírus. Teresina registrou, ontem (27), isolamento social de 38,3%, segundo levantamento da startup InLoco. Os dados têm ficado abaixo dos 40% nas últimas semanas. Walfrido Salmito, médico infectologista da FMS, alerta a necessidade de se manter os cuidados para evitar a disseminação da Covid-19, como uso de máscara ao sair de casa, distanciamento de 2 metros entre as pessoas e evitar aglomerações. Essas condutas são recomendadas pelo Ministério da Saúde, considerando que a transmissão da Covid-19 acontece de uma pessoa doente para outra ou por contato próximo por meio de toque ou aperto de mão, gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro ou através de objetos ou superfícies contaminadas.

FMS abre novo Centro para rastreamento de contatos de pacientes com Covid-19

Teresina conta agora com oito Centros de Rastreamento e Testagem (CRT), que são espaços específicos para a realização de testagem, mediante agendamento, dos contatos de pacientes que receberam o diagnóstico positivo de Covid-19. O novo CRT, administrado pela Fundação Municipal de Saúde (FMS), está localizado na faculdade Santo Agostinho, zona Sul da capital.

O objetivo dos CRTs é concentrar, em pontos espalhados pela cidade, a testagem de pessoas assintomáticas que moram com pacientes diagnosticados nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) através do teste laboratorial do Lacen realizado nos hospitais. Também estão sendo direcionadas para estes locais as pessoas que contactaram a FMS por meio do serviço Testa Teresina, conforme orientação recebida durante atendimento via whatsapp.

Todos os testes são feitos exclusivamente mediante agendamento prévio, dando prioridade ao local mais próximo onde o paciente foi atendido. “Após o diagnóstico, a FMS entrará em contato por telefone com o paciente testado positivo para marcar de forma organizada o teste rápido de seus contatos domiciliares”, esclarece o diretor de Atenção Básica do órgão, Kledson Batista. Porém, ele ressalta que apenas farão testagem nos CRTs as pessoas que, apesar da convivência, não apresentaram sintomas gripais. “Os contatos sintomáticos serão testados nas UBSs, onde também receberão atendimento médico”, destaca o diretor.

Ele explica ainda que a estratégia ajuda a evitar a transmissão e, ao mesmo tempo, traz segurança aos usuários em relação ao futuro e o andamento da doença. “O teste permite que façamos o rastreio do maior número de pessoas com o vírus, pois o paciente identificado na UBS com o novo coronavírus tem seus contatos domiciliares rastreados, isolados e mantidos em quarentena por 14 dias. Isso ajuda a evitar a transmissão e, ao mesmo tempo, garante um isolamento com segurança”, disse Kledson Batista.

Os demais Centros de Testagem ficam localizados na Faculdade Uninovafapi, Colégio CEV (zona Leste), faculdades Estácio (zona Sudeste) e Uninassau e Clube dos Cem (zona Sul), além do Clube dos Servidores Municipais e Centro de Artes e Esportes Unificados (zona Norte). Há ainda a previsão de abertura de mais um CRT, no CEU da zona Sul.

Bairros da zona Sudeste recebem serviços de limpeza

As equipes de Serviços Urbanos da Superintendência de Desenvolvimento Urbano – Sudeste realizam, nesta segunda-feira (10), a limpeza de diversos bairros da região. Cerca de 144 profissionais executam serviços de poda, capina, varrição e limpeza de cemitérios, praças, galerias e áreas de transbordo.

Dirceu I e II, Renascença II, Parque Progresso, Tancredo Neves e São Sebastião são alguns dos bairros contemplados. Algumas das principais avenidas, como Joaquim Nelson, José Francisco de Almeida e Noé Mendes estão incluídos no cronograma.

“O serviço de limpeza urbana permaneceu em pleno funcionamento mesmo durante o período mais rígido de isolamento social. É um trabalho essencial na manutenção dos espaços públicos da cidade e que tem sido feito sempre adotando as medidas de segurança e equipamentos de proteção individual (EPI’S)”, informa Isaú Pereira, gerente de Serviços Urbanos da SDU Sudeste.

Serviços públicos municipais em Teresina voltam com atendimento presencial na segunda (10)

Renato Bezerra

As atividades presenciais nos órgãos da Prefeitura de Teresina serão retomadas gradualmente a partir de segunda-feira, dia 10 de agosto, conforme o Decreto Municipal 19.922/2020. Para que o retorno seja seguro tanto para os servidores, quanto para a população que busca os serviços prestados por esses órgãos, a Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema) elaborou um manual que reúne uma série de medidas de segurança a serem adotadas.

Nesta fase, os órgãos estão autorizados a funcionar com 50% do seu quadro de servidores e com carga horária de trabalho de 6 horas diárias (das 7h30 às 13h30). Todas as medidas sanitárias e de prevenção à Covid-19 serão adotadas, como o uso obrigatório de máscara, distanciamento físico de cerca de 2 metros, aferição de temperatura ao entrar nas dependências dos órgãos, além da disponibilização dos materiais para higienização das mãos, como água, sabão, álcool 70%.

“Estamos avançando em mais uma fase da reabertura da cidade, desta vez com a volta gradual dos serviços públicos municipais. Estamos adotando todas as ações de prevenção e combate ao Coronavírus nas dependências das secretarias e demais setores porque a pandemia ainda não acabou. Precisamos da colaboração de todos neste momento, pois os cuidados são cruciais para que não haja retrocessos nessa fase”, ressalta o prefeito Firmino Filho.

O secretário municipal de Administração e Recursos Humanos, Nonato Moura, explica que os servidores que estavam trabalhando em regime de home office passarão por testes para garantir um retorno seguro. “É uma preocupação que temos, não apenas com a população, mas também com os servidores. Além da testagem, vamos fazer um monitoramento diário das condições de saúde de todos, com aferição de temperatura, por exemplo, e também com a atualização no sistema criado pela Prefeitura para este acompanhamento”, frisa.

Moura destaca ainda que a maioria dos serviços prestados pela Prefeitura continua sendo disponibilizado de forma on-line, através do Teresinense Digital (https://pmt.pi.gov.br/teresinensedigital/). “Aconselhamos que esse canal deve ser priorizado para evitar deslocamentos desnecessários pela cidade. No entanto, os órgãos que possuem atendimento ao público estão se adequando para receber, de forma segura, esta demanda, com sinalização no chão e nas cadeiras para evitar proximidade entre os usuários do serviço. Os profissionais também vão atuar utilizando barreiras de proteção física ou protetor facial, o chamado face shield”, informa.

Nonato Moura esclarece ainda que, em caso de surgimento de sintomas de síndromes gripais ou outros relacionados à Covid-19, o servidor deve informar sua chefia e procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) ou UPA (Unidade de Pronto Atendimento). “Após seguir as orientações médicas e ter sua saúde reestabelecida, o servidor poderá retornar ao trabalho”, destaca. Os servidores com mais de 60 anos deverão permanecer em regime de home office.

Decreto autoriza funcionamento de igrejas e serviços religiosos nos finais de semana

A Prefeitura de Teresina publicou decreto autorizando os serviços religiosos nos próximos finais de semana, que terão regras mais rígidas de isolamento social. A medida contempla as denominações religiosas cujos princípios ordenam a realização de missas e cultos aos sábados ou domingos. A Vigilância Sanitária do município alerta, entretanto, para a necessidade de ser observar as medidas de segurança estabelecidas nos protocolos.

“Procuramos contemplar as rotinas específicas das principais religiões praticadas na capital e adaptar às medidas de segurança”, afirma a gerente de Vigilância Sanitária da FMS, Jeanyne Seba. “Lembramos que este não é o momento de confraternização com abraços e beijos, mas é um momento de respeito, de obediência às regras para evitar a disseminação do novo coronavírus”.

Ela explica que todos os protocolos contemplam a redução de participantes a 30% da lotação máxima e o uso obrigatório de máscara por fiéis, celebrantes, coros ou músicos. Deve ser garantido o distanciamento de dois metros entre as pessoas, com marcação e bloqueio de cadeiras se necessário. Se possível, deve ser dada preferência a atividades ao ar livre, assim como a manutenção das transmissões online. Crianças de até 12 anos não devem participar. Já as pessoas dos grupos de risco devem optar por assistir às celebrações online ou em dias e horários de menor movimento.

Em celebrações que envolvam partilha de pão, vinho ou comunhão, devem ser utilizados recipientes descartáveis preferencialmente por pessoas que não estejam nos grupos de risco e garantindo o distanciamento. No caso das missas, a distribuição da comunhão deve ser feita na mão dos fiéis e levada à boca pelo próprio fiel. O momento da retirada da máscara deve ser feito o mais rápido possível, sempre por uma das hastes.

As instituições foram orientadas ainda a manter pias, álcool em gel 70% e tapetes sanitizantes disponíveis para a população, além de manter portas diferentes para entrada e saída. Os locais devem apresentar alertas orientando que os frequentadores não podem participar das atividades caso apresentem sintomas gripais, bem como sobre as medidas sanitárias que devem ser cumpridas por todos.

Protocolo para Religiões de Matrizes Africanas

Protocolo para Igrejas Católicas 

Protocolo para Igrejas Evangélicas 

Protocolo para Doutrina Espírita 

Teresina tem o melhor índice de isolamento social entre as capitais do Brasil

 


Com 52% da população teresinense aderindo às medidas de isolamento social neste sábado (25), Teresina alcançou mais uma vez o primeiro lugar entre as capitais do Brasil. Em uma panorama geral com os Estados brasileiros, o Piauí também ficou em primeiro lugar no cumprimento das medidas. Os dados são da Startup Inloco, que faz o monitoramento diário baseado com base no gerenciamento dos celulares.

O levantamento apontou ainda que a região leste da cidade foi a que mais aderiu às medidas, registrando o percentual de 52,70%, seguida da zona sul que marcou 52,69%. Na análise geral entre os bairros, o Ininga teve o melhor desempenho da cidade, com 61,78% dos moradores ficando em casa.

Os índices registrados nessa semana são positivos. O percentual de isolamento social registrado neste sábado é 3% superior ao da semana passada e quase 10% maior do que o contabilizado na última sexta-feira. A elevação dos índices é resultado das estratégias adotadas pela Prefeitura de ampliar o distanciamento aos finais de semana com medidas mais restritivas no funcionamento das atividades econômicas da cidade e, assim, diminuir a disseminação do novo coronavírus.

Neste sábado e domingo, por exemplo, ficaram autorizados a funcionar apenas farmácias e drogarias, serviços de saúde, segurança, vigilância, delivery exclusivamente para alimentação e órgãos e profissionais de comunicação.

Em segundo lugar entre as capitais, Teresina registrou 41,80% de isolamento social

A capital registrou, nesta sexta-feira (24), o índice de isolamento social em 41,80%, segundo o levantamento feito pela Startup Inloco. Entre as capitais do Brasil, Teresina ocupou a segunda colocação, ficando atrás apenas do Rio Branco (AC). No panorama geral com todos os estados brasileiros, o Piauí alcançou a terceira posição.

Os dados são da startup Inloco, que realiza o georreferenciamento de smartphones monitorando a localização dos usuários quando se conectam à internet pelo celular. Em toda a capital, o pior índice foi registrado na região sudeste, com 38,70%. Na outra ponta da tabela, as medidas adotadas pela Prefeitura para diminuir a disseminação do novo coronavírus foram mais cumpridas na região centro-norte, que alcançou a marca de 42,78%.

Na análise de todos os bairros da capital, o Parque Juliana continua sendo o local com o menor percentual de isolamento, registrando apenas 20% dos moradores ficando em casa. O bairro que mais cumpriu as medidas, foi a Matinha, que marcou 51%.

Neste final de semana, a Prefeitura de Teresina adotou medidas mais restritivas de funcionamento das atividades econômicas com o objetivo de aumentar os índices de isolamento social durante o processo de retomada da economia na cidade, que acontece de forma gradual.