SEMJUV realiza I Jornada de Prevenção do Suicídio

O mês de setembro acolhe a campanha mundial de prevenção do Suicídio e considerando a importância desse tema para a humanidade, a Secretária Municipal da Juventude (SEMJUV) realiza nesta terça- feira(28) e quarta- feira(29) a I Jornada da Juventude de Prevenção ao Suicídio de forma on line.

A jornada tem o objetivo de enfatizar a corresponsabilidade para ações preventivas com relação a esse grave problema de saúde pública e nada oportunidade está sendo tratado temas como auto- cuidado, esperança, saúde mental e amor.

“A pandemia sufocou muita gente emocionalmente e esperamos com o evento uma maior conscientização de cada participante em relação a importância dos cuidados de saúde mental, partindo do princípio do autoconhecimento e a identificação do sofrimento do nosso próximo, sempre cuidando da empatia”, enfatizou a Secretária Municipal da Juventude, Eliana Lago.

A secretária da Juventude informou ainda que ao final do evento os participantes receberão certificado de participação.

A programação trará temas relevantes como:
• A importância da Psicologia na prevenção ao suicídio, seus desafios e perspectivas, na atualidade;
• Prevenção e cuidados diante de ideações suicidas manifestadas;
• Autoconhecimento como ferramenta para Saúde Mental;
• Saúde Mental Infanto Juvenil. Por que os problemas de Saúde Mental têm aumentado? Qual a rede de apoio existente?
• Feridas emocionais, automutilação de adolescentes e o impacto na família;
• Roda de Conversa- Grupo vida que Segue.

CMEI Tia Fanny promove atividade online pelo Setembro Amarelo

As unidades de ensino da Rede Municipal de Teresina também abraçaram a campanha Setembro Amarelo, mês dedicado à prevenção do suicídio. O Centro Municipal de Educação Infantil Tia Fanny, localizado no Vale do Gavião, zona Leste de Teresina, promoveu na manhã desta quinta-feira (02) uma atividade em alusão à campanha, dando início ao mês de setembro com um momento exclusivo para a equipe escolar.

O CMEI organizou uma roda de conversa online, contando com a parceria da psicóloga Mayrla Mariane, que falou sobre saúde mental na pandemia. A profissional levantou a necessidade dos cuidados com a mente a partir do reconhecimento das emoções e limitações de cada pessoa.

A Dra. Mayrla também apontou algumas síndromes que ficaram em evidência durante a pandemia, relacionadas principalmente ao estresse gerado pela incerteza, confinamento e imprevisibilidade do futuro. “A melhor forma de lidar com isso é trabalhar o reconhecimento das emoções e procurar um profissional quando necessário”, disse a especialista durante a palestra.

Para a diretora do CMEI Tia Fanny, Carla Maia, o aprendizado adquirido durante a atividade deve ajudar a compreender também a situação emocional das crianças e dos pais. “Precisamos disso para nos preparar para o retorno presencial, nos conhecermos melhor para lidar com as mais diversas situações ao redor. O primeiro passo é cada um olhar para si, não podemos esquecer de nós mesmos”, concluiu a gestora.