Semcaspi promove encontro virtual sobre prevenção e erradicação do trabalho infantil

A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), em parceria com o Projeto Peteca Brasil do Ministério Público do Trabalho (MPT), promoverá, nesta quarta-feira, (31/03), a 1ª edição do Encontro Municipal de Adolescentes pela Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil. O encontro acontecerá de forma virtual e será transmitido pelo canal do Youtube e pela página do Facebook do Peteca Brasil.

Um levantamento realizado pela Gerência de Proteção Social Especial (GPSE) da Semcaspi apontou que somente em 2019, 84 crianças e adolescentes foram identificadas em situação de trabalho infantil nas ruas de Teresina, já em 2020, este número chegou a 24 crianças e adolescentes.

De acordo com Eliana Lago, Secretária da Semcaspi, o acesso à informação sobre as violências sofridas por crianças e adolescentes e como se deve proceder diante destas situações, contribuem com fortalecimento da rede de proteção social a estes públicos.

É compromisso da Semcaspi trabalhar com o enfrentamento ao trabalho infantil e a proteção social das crianças e adolescentes. Este encontro municipal, que discutirá prevenção e erradicação do trabalho infantil, tem como objetivo fortalecer o enfrentamento ao trabalho infantil e engajar, sobretudo, os adolescentes na perspectiva do empoderamento de cada participante”, esclarece a secretária.

Segundo Villar Neto, coordenador do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), durante o evento, os adolescentes participarão ativamente das atividades, como forma de envolver diretamente o público alvo.

“À medida que são informados dos seus direitos e deveres, os adolescentes terão mais possibilidades de uma inserção na sociedade e no mercado de trabalho de forma mais afirmativa e consciente. É importante investir na proteção da infância e adolescência, por potencializar a existência de uma sociedade mais saudável física, emocional e produtiva”, pontuou.

Para participar, os interessados devem se inscrever pelo Blog do Peteca, por meio do link: https://peteca2008.blogspot.com/ ou ente em contato pelo telefone (85) 9 9165-7999.

Rede de Proteção Social

Em Teresina, a rede de proteção social de combate ao trabalho infantil é constituída pelos seguintes órgãos: Semcaspi, Conselho Tutelar, Ministério Público Estadual, Ministério Público do Trabalho entre outras entidades.

Denúncia

Para quem pretende denunciar casos de trabalho infantil basta entrar em contato com o disque 100, disque 153 e diretamente aos conselhos tutelares da capital.

O 1ª edição do Encontro Municipal de Adolescentes pela Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil acontece nesta quarta-feira (31).

FMS alerta para cuidados com o Aedes aegypti no período chuvoso

O período chuvoso requer atenção especial em relação ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, por ser uma época propícia para a sua reprodução. Por isso, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) faz um alerta para a manutenção dos cuidados no dia-a-dia da população. Somente em 2020, mais de 1,2 milhão de imóveis foram visitados pelas equipes da gerência de Zoonoses.

O gerente de Zoonoses da FMS, Paulo Marques, fala que o trabalho das equipes estão sendo intensificados e recomenda que os cuidados para evitar o mosquito sejam integrados à rotina da população, em especial aqueles relacionados ao descarte de lixo, que deve ser feito em parceria com o serviço público. “Ainda vemos pessoas fazendo o descarte inadequado do lixo em terrenos baldios e praças. No momento que se inicia o período chuvoso, esse material acaba se tornando um criadouro”, alerta o gerente. “A responsabilidade de mantermos esses ambientes, sejam públicos ou privados, livre de criadouros, é de todos nós enquanto cidadãos”.

Em 2020, a FMS confirmou 1005 casos de dengue, 112 casos de Chikungunya e 2 de Zika. A FMS alerta para pontos como calhas e marquises, que estão sujeitos ao acúmulo de água das chuvas. “As pessoas tendem a só observar esses locais quando notam a presença do mosquito ou alguém adoece, então é importante que o morador em ambiente residencial ou os trabalhadores em ambientes de trabalho estejam atentos com o objetivo de manter esses locais livres de criadouros”, orienta Paulo Marques.

A população pode denunciar pontos suspeitos de formação de criadouros ou solicitar uma vistoria dos agentes de endemias para investigar a presença do mosquito ou seus ovos. Basta entrar em contato com a gerência de Zoonoses pelos telefones 3215-9143 e 3215-9144.

Secretário da Semduh se reúne com prefeito para agilizar a instalação de banheiros e lavabos públicos em Teresina

A Prefeitura de Teresina, através da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), está trabalhando na instalação de banheiros sustentáveis e lavabos em espaços públicos da cidade. Esta é uma forma de proporcionar conforto à população e prevenir o agravamento da pandemia do novo coronavírus.

Para acelerar as ações, o secretário da Semduh, Edmilson Ferreira, se reuniu com o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, e o arquiteto responsável pelo projeto dos banheiros e lavabos, Júlio Medeiros, na manhã desta sexta-feira (15). Também estiveram presentes os secretários de Governo, Adolfo Nunes, e de Comunicação, Lucas Pereira.

“Precisamos de algo que seja seguro, barato e eficiente. É urgente prevenir uma nova onda do coronavírus e necessitamos fazer isso o mais rápido possível”, afirmou o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa.
O secretário da Semduh, engenheiro Edmilson Ferreira, explicou que os banheiros e os lavabos serão colocados nos pontos mais movimentados da cidade, começando pelo Centro de Teresina e que ainda está estudando formas de parcerias com a iniciativa privada para viabilizar a instalação dos equipamentos.

“Estamos adotando a utilização de material resistente para garantir durabilidade. Os lavabos serão resistente e de baixo custo. Quanto aos banheiros serão de material metálico e de fácil montagem. O tempo de construção será bastante otimizado, com implantacao dos primeiros nos próximos 15 dias”, declarou Edmilson.

O arquiteto Júlio Medeiros forneceu detalhes sobre as instalações e frisou que os banheiros serão sustentáveis e projetados para proporcionar dignidade e conforto ao público.

É desejo do Dr. Pessoa disponibilizar a utilização dos banheiros dentro da meta dos 100 dias da nova gestão.

Núcleo reforça medidas de prevenção e combate ao novo coronavírus 

Material foi distribuído para servidores ( Fotos: Ascom sema)

Os servidores da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema) receberam, na manhã desta quarta-feira (13), novos materiais informativos sobre prevenção e combate ao coronavírus (Covid-19).  

De acordo com João Henrique, psicólogo do Núcleo de Desenvolvimento de Recursos Humanos da Sema (Nuderh), o cenário de pandemia torna necessária a realização de ações frequentes de conscientização. “Devemos permanecer vigilantes quanto aos riscos desse vírus que continua fazendo novas vítimas a cada dia”, completa. 

No material distribuído aos servidores do órgão, foram reunidas dicas de como prevenir a disseminação do novo coronavírus, sobretudo no ambiente de trabalho. Entre as orientações estão: manter as salas arejadas, com janelas e portas abertas quando possível; manter distância segura de outras pessoas ao deliberar demandas presencialmente; uso obrigatório de máscara durante o expediente; higienização frequente das mãos, dentre outras. 

Novas condutas também estão sendo implantadas para tornar o atendimento ao público mais seguro. “Como nossa secretaria tem fluxo constante, principalmente de servidores de outros órgãos, estamos fazendo um controle maior de quem entra e sai das nossas dependências para evitar que esses deslocamentos ponham em risco à saúde de todos”, explica Marcio Jorge Veloso, secretário executivo da Sema.  

 

Teresina registra mais dois óbitos por Covid-19 e 126 casos confirmados da doença

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) registrou em seu sistema a morte de mais duas pessoas vítimas de Covid-19 em Teresina no último sábado (03). Houve ainda 126 novos casos confirmados da doença. Desde o início da pandemia, no mês de março, até agora, a capital piauiense contabiliza o total de 1.024 óbitos, 33.013 infectados pelo novo coronavírus e 14.516 recuperados da Covid-19.

Em relação aos óbitos registrados, uma vítima era do sexo feminino, tinha 29 anos e insuficiência renal crônica. A outra vítima era do sexo masculino, tinha 77 anos, Alzheimer e diabetes.

“A Covid-19 pode causar inflamação e fibrose nos pulmões, além de trombose nos vasos pulmonares, o que pode diminuir a capacidade respiratória e levar a uma diminuição da função, com cansaço fácil e maior dificuldade para a realização de atividade física. Ela também pode causar problemas musculares pela inflamação dos músculos e pelo período de imobilização em internações longas, além de já termos descrições de comprometimento cardíaco”, explica o infectologista Kelsen Eulálio.

O médico também enfatiza a importância de se manter as medidas de prevenção da doença. “Lave suas mãos com frequência, use sabão e água ou álcool em gel, mantenha uma distância segura de pessoas que estiverem tossindo ou espirrando, use máscara ao sair de casa, não toque nos olhos, nariz ou boca e procure atendimento médico se tiver sintomas gripais, como febre, tosse e dificuldade para respirar”.

 

Prefeito Firmino sanciona lei que institui a Semana Municipal de Prevenção de Acidentes com Crianças

O prefeito Firmino Filho sancionou Lei N° 5.545, de 15 de setembro de 2020, que institui no Calendário Oficial de Eventos do Município de Teresina, a Semana Municipal da Prevenção de Acidentes com Crianças. A data tem como objetivo incentivar a conscientização sobre a importância de acidentes com crianças na capital.

A Lei de autoria dos vereadores Cida Santiago e Venâncio Cardoso, promove a reflexão e o debate sobre as medidas voltadas para evitar os acidentes mais comuns com crianças, como sufocação, afogamento, atropelamento, queimadura, queda, intoxicação, descarga elétrica e entre outros.

A Semana Municipal de Prevenção de Acidentes com Crianças busca ainda, alertar a população sobre a ocorrência de acidentes com crianças, por meio da realização de ações, palestras, debates, eventos, audiências publicas, encontros, publicações e iniciativas em geral sobre o tema. As ações devem acontecer em parceria com órgãos públicos e privados, em especial escolas, universidades, clubes de serviços, unidades de saúde, organizações não governamentais, veículos de comunicação e outr

Exame preventivo do colo do útero é retomado nas Unidades Básicas de Saúde

Ascom/FMS

O exame preventivo do colo do útero, também conhecido como Papanicolau, já está disponível nas 64 Unidades Básicas de Saúde (UBS), administradas pela Fundação Municipal de Saúde (FMS). O procedimento detecta infecções e alterações nas células do colo do útero e havia sido suspenso em decorrência da pandemia, tendo sido retomado nesta segunda-feira (03).

Segundo a coordenadora médica da Atenção Básica da FMS, Fernanda Melo, esse exame é indicado para mulheres com vida sexual ativa e que tenham idade entre 25 e 64 anos. “A recomendação é a repetição do exame a cada três anos, após dois exames normais consecutivos realizados com um intervalo de um ano”.

“É importante lembrar que o Papanicolau é um exame preventivo e detecta lesões precursoras do colo do útero, ou seja, a mulher na faixa etária indicada deve fazê-lo mesmo que não apresente sintomas. Agora, se a mulher apresenta algum sintoma, como corrimento ou secreção vaginal, também deve realizá-lo, independentemente da idade, para viabilizar o seu tratamento”, afirma a médica.

Para realizar o exame, basta a mulher se dirigir à uma UBS mais próxima da sua residência e o ideal é que ela não esteja na fase do ciclo menstrual. “Ela pode fazer o Papanicolau após cinco dias dessa fase. Há outras recomendações como não ter tido relação sexual, mesmo com preservativo, nas últimas 24horas e não ter usado creme vaginal nos últimos três dias”, finaliza Fernanda.

Atualmente, em Teresina, a FMS mantém 26 UBS para atendimento, de forma exclusiva, de pessoas com sintomas gripais e 64 UBS que estão atendendo usuários com outros problemas básicos de saúde que não sejam gripais. Nestas 64 UBS, há oferta de consulta médica e de enfermagem, além de serviços de vacina, coleta de exame, curativo e entrega de medicamentos.

Confira a lista das UBS que oferecem o exame preventivo do colo de útero

PMT realiza mais 11 mil ações de sanitização em três meses de pandemia

Ascom/ SEMDUH

Há três meses a Prefeitura de Teresina realiza a sanitização de espaços públicos com grande fluxo de pessoas, seguindo o objetivo de evitar que se tornem foco de disseminação da Covid-19. Ao todo, 11.281 ações de higienização foram realizadas por equipes que percorreram agências bancárias e lotéricas, terminais de integração, grandes supermercados e locais de funcionamento essencial no período de pandemia.

“Essa é uma estratégia que vem sendo utilizada em vários países e, por aqui, iniciamos assim que surgiram os primeiros casos confirmados de Covid-19 em Teresina. Por ser uma doença facilmente transmissível por meio de superfícies sólidas, é exatamente onde atuamos fazendo a pulverização de uma solução de água com hipoclorito, utilizando bombas costais, carros pipa e fumaceiros”, explica o Secretario Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marco Antonio Ayres.

De 30 de março a 30 de junho,  2.313 sanitizações foram realizadas em Unidades de Saúde, 2.862 em lotéricas e bancos, 593 em grandes supermercados, 1.808 em paradas abertas e integradas e 202 visitas em mercados municipais. “Outros espaços como CMEIs, campus de universidades, calçadões do Centro, aeroporto, cemitérios e rodoviária também estão recebendo as sanitizações. Quanto maior a circulação de teresinenses, maior a frequência das ações feitas por nossas equipes. Nosso trabalho ainda não terminou e segue acontecendo até que estejamos em uma situação segura para a saúde de toda a população”, conclui.

As ações de sanitização acontecem de segunda a sábado, em uma parceria da SEMDUH, Fundação Municipal de Saúde (FMS) e Águas de Teresina. Por dia, são utilizados 225 Kg de hipoclorito de sódio e 15 mil litros da solução sanitizadora.

Sede da Guarda Municipal passa por sanitização em Teresina

Ascom/Semcaspi

A parte externa da sede da Guarda Civil Municipal (GCM) passou por uma sanitização na manhã desta segunda-feira (18) realizada por profissionais da Consórcio Teresina Ambiental (CTA). O procedimento é uma das medidas adotadas pela Prefeitura de Teresina para conter o avanço do novo Coronavírus na capital.

O comandante da GCM, coronel John Feitosa, informou que esse procedimento foi realizado pela segunda vez na sede devido ao fluxo das viaturas e de pessoas no local.“Esse foi o segundo procedimento realizado somente este mês na sede da Guarda Municipal. Dessa vez, os profissionais fizeram a sanitização da rua e na parte externa da sede onde os veículos ficam estacionados. Como temos a entrada e saída dos oficiais com frequência para atender as demandas e fazer o patrulhamento ostensivo, esse trabalho é mais uma medida para nos proteger da Covid-19”, disse o coronel John.

Como não teve suas atividades paralisadas por conta do Covid-19, a GCM vem adotando uma série de medidas para garantir a proteção não só do cidadão, como de seus agentes. Desde março, a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI) disponibilizou várias garrafas de álcool gel, luvas e máscaras para que sejam usadas durante o patrulhamento ostensivo.

“Cada guarda recebe no início do seu plantão um vidro cheio de álcool gel, duas máscaras e luvas para garantir a sua segurança durante o patrulhamento ostensivo. Além disso, liberamos as guardas que estão grávidas por estarem no grupo de risco e explicamos a necessidade de distanciamento físico um do outro para evitar qualquer possibilidade de contágio da doença”, explicou o comandante.

Zona Norte lidera em notificação de casos de dengue em Teresina

Bairros da zona Norte estão entre os dez com maior notificação de casos de dengue em Teresina. De 1º de janeiro até hoje (11), foram notificados 444 casos de dengue em toda a cidade. O bairro campeão em notificações é o São Joaquim, seguido por Mocambinho, Primavera, Mafrense, Parque Brasil, Vila São Francisco, Dirceu, Buenos Aires, Matadouro e Nova Teresina.

“A zona Norte lidera em notificações. Dos 10 bairros com maior número de casos, apenas um não está localizado na região Norte de Teresina. Não podemos relaxar nas atitudes de prevenção ao mosquito Aedes aegypti, especialmente agora porque, com o fim do período chuvoso, é esperado um aumento no índice de infestação e, consequentemente, nos casos das doenças. É muito importante que cada um faça a sua parte”, alerta a diretora de Vigilância em Saúde da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Amariles Borba.

De acordo com dados da Fundação Municipal de Saúde, Teresina apresenta risco médio para infestação por Aedes aegypti. É o que aponta o Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) de 2020, realizado em março, que mostra índice 3,0 de Infestação Predial (IIP).  O número está muito acima do que foi registrado no primeiro levantamento do ano, realizado em janeiro, que era de 0,7.

“O Índice de Infestação Predial (IIP) era baixo em janeiro e já nos colocou, em março, em médio risco para infestação do Aedes aegypti. Esse é um alerta sério, porque o mesmo mosquito transmite quatro doenças: dengue, chikungunya, zika e febre amarela. A Gerência de Zoonoses da Fundação Municipal de Saúde continua fazendo seu trabalho de campo para evitar a proliferação do Aedes aegypti em nossa capital, mas pedimos o apoio de toda a população. Em 2019, foram retirados mais de 1,2 milhão de ovos do Aedes de cemitérios, hortas comunitárias, borracharias e terrenos abandonados. Este ano, já foram recolhidos mais de 200 mil. Todos nós somos responsáveis pela manutenção da cidade livre de qualquer epidemia provocada pelo mosquito”, pontua Oriana Bezerra, gerente de Zoonoses da FMS.

Confira os 10 bairros com maior número de notificação de casos de dengue:

BAIRROS                      Nº CASOS 2020

SÃO JOAQUIM                   18

MOCAMBINHO                  17

PRIMAVERA                        13

MAFRENSE                          13

PARQUE BRASIL                12

VILA SÃO FRANCISCO     09

DIRCEU                                08

BUENOS AIRES                  08

MATADOURO                     07

NOVA TERESINA               07