Profissionais do Lar da Fraternidade passam por capacitação

Os profissionais que vão atuar na Unidade de Acolhimento Emergencial Lar da Fraternidade participaram, na manhã deste sábado (08), de uma capacitação no auditório da Ação Social Arquidiocesana (ASA). No encontro, foram repassadas informações sobre como será feito o acolhimento dos idosos vindos de outros abrigos que estejam em tratamento para a Covid-19 e apresentarem sintomas leves ou sejam assintomáticos para a doença, não necessitando de internação hospitalar.

“Todos os idosos serão monitorados por uma equipe formada por 36 profissionais, entre técnicos da Fundação Municipal de Saúde (FMS), cuidadores e demais servidores que estarão trabalhando no espaço. A capacitação teve como objetivo explicar como será o atendimento desse público quando chegar ao Lar e as medidas que devem ser tomadas, caso ocorra uma possível evolução da doença”, explicou Janaína Carvalho, secretária de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).

A coordenadora do novo espaço, Ana Maria Almeida, disse que uma equipe formada por um médico geriatra e enfermeiro fará, de forma permanente, uma busca ativa nos sete abrigos assistidos pela Prefeitura. Esses profissionais realizarão consultas de rotina e testagem, a fim de reconhecer os idosos com quadro leve de Covid-19 e encaminhá-los para fazer isolamento no Lar.

“Esses idosos permanecerão no Lar até o restabelecimento da saúde e, só depois desse processo, voltarão ao abrigo de origem. Vamos tentar englobar toda realidade do idoso, para evitar não só uma evolução para Covid-19, como também, para qualquer outra doença que esteja sendo desenvolvida por conta do isolamento social”, disse a coordenadora.

O novo espaço tem capacidade para atender até 25 pessoas e será utilizado exclusivamente para o isolamento social dos positivados. A permanência dos idosos no Lar da Fraternidade será de, no máximo, 14 dias ou de acordo com avaliação da equipe de saúde. Aqueles que apresentam sintomas graves serão encaminhados à rede municipal de saúde.

Prefeitura convoca 40 profissionais para hospitais municipais

A Prefeitura de Teresina está reforçando a equipe de enfrentamento à Covid-19 com a convocação de mais 40 profissionais de saúde. Eles foram aprovados no Processo Seletivo da Fundação Municipal de Saúde (FMS) Edital 1/2020 e serão contratados em caráter temporário para atuação em hospitais da rede municipal.

O edital de convocação contempla oito técnicos em enfermagem, seis psicólogos, dois técnicos em patologia clínica, dois nutricionista, um enfermeiro plantonista, 12 médicos plantonistas, sete fisioterapeutas e dois farmacêuticos. Eles serão lotados no Hospital de Campanha Pedro Balzi e nos setores dedicados ao tratamento de síndromes gripais dos hospitais do Buenos Aires, Satélite, Parque Piauí e HUT.

Estes profissionais deverão se apresentar na próxima segunda-feira (20) entre as 8h e as 14h no Núcleo de Planejamento, Recrutamento e Seleção de Pessoas da FMS, que fica na Rua Governador Artur de Vasconcelos, 3015 – Aeroporto. “Será considerado desistente aquele que não comparecer na forma ora estabelecida”, alerta o chefe de núcleo João Luciano de Castro e Sousa, chefe do Núcleo de Planejamento.

Até o momento, 970 convocações para o Processo Seletivo Emergencial da FMS já foram realizadas, das quais 471 foram contratados. “Novas convocações serão feitas de acordo com as necessidades de ampliação do serviço de assistência para pacientes com Covid-19”, disse João Luciano. A previsão é que o edital tenha validade de seis meses, prorrogável por até igual período, a contar da homologação do resultado.

LISTA DE CONVOCADOS

DOCUMENTOS EXIGIDOS 

Firmino pede ao Ministro da Saúde envio de profissionais para hospital de campanha

O prefeito Firmino Filho fez um apelo ao Ministério da Saúde para o envio de profissionais intensivistas para atuar na assistência de pacientes vítimas do novo coronavírus. A demanda foi intermediada pelo senador Ciro Nogueira, que recebeu uma sinalização positiva do ministro Eduardo Pazuello.

Dados da última pesquisa de investigação sorológica sobre o coronavírus em Teresina mostraram que 18% da população está positivada com relação ao vírus, e que 4% está em fase ativa. “Nas últimas três semanas tivemos um agravamento da Covid-19 na capital. Nossas UTIs estão com taxa de ocupação de 81% na rede da cidade e de 90% na rede pública”, lamentou o prefeito.

Para ampliar a rede de atendimento, a Prefeitura vai inaugurar o hospital de campanha João Claudino na próxima semana, mas é preciso profissionais com experiência em unidades de terapia intensiva para o pleno funcionamento da unidade. “A abertura já está programada, no entanto, temos enfrentado algumas limitações, especialmente ao que se refere a recursos humanos. Por isso, estamos demandando ao Ministério da Saúde o envio de 45 médicos intensivistas ou de outros profissionais médicos que tenham experiência em tratamento intensivo”, explicou Firmino Filho.

Após a reunião com o ministro, o senador Ciro Nogueira se mostrou otimista para o atendimento da demanda. “Foi uma reunião bastante produtiva com o ministro Pazuello. Colocamos a mensagem do prefeito informando sobre a taxa de ocupação das UTIs e o novo hospital de campanha que será inaugurado. O ministro ficou de nos atender e saímos bastante confiantes”.

PMT já convocou 620 profissionais para reforçar assistência a pacientes com Covid-19

Desde o registro dos primeiros casos de coronavírus em Teresina, a Prefeitura já realizou 620 convocações de novos profissionais de saúde nas mais diversas áreas para atuar em várias frentes da rede municipal. A expectativa é que haja mais contratações, de acordo com a necessidade de ampliação do serviço de assistência para pacientes com Covid-19.

“A gente vem dando prioridade ao trabalho de reorganização e de ampliação dos serviços de saúde para o enfrentamento da Covid-19. O número de pessoas infectadas ainda está crescendo de forma significativa e precisamos fazer o que estiver ao nosso alcance para atender a população da melhor forma possível”, ressaltou o prefeito Firmino Filho.

Os novos profissionais foram convocados para atuar nos dois hospitais de campanha, um deles já em funcionamento, além do hospital anexo ao HUT, que funcionará exclusivamente com leitos de UTI. Eles também irão reforçar as equipes de outros outros setores, como hospitais de bairro, UPAs e a rede de Atenção Básica.

Até o momento, foram assinados 213 contratos, em caráter temporário enquanto durar a pandemia. Foram contratados 14 auxiliares de administração, 51 enfermeiros, 4 farmacêuticos, 16 fisioterapeutas, 42 médicos, 4 nutricionistas, 2 psicólogos, 67 técnicos em enfermagem, 4 técnicos em patologia clínica e 9 técnicos em radiologia. As informações são do chefe do Núcleo de Planejamento, Recrutamento e Seleção de Pessoas da FMS, João Luciano de Castro e Sousa.

Uma das profissionais convocadas recentemente é a enfermeira Jáyra Morais. Contratada no mês passado, ela foi lotada na Atenção Básica da FMS e está atuando na testagem domiciliar dos contatos de pessoas que já foram infectadas pelo novo coronavírus. Para ela, estar realizando um trabalhador essencial e poder fazer a diferença é gratificante. “Estar na linha de frente é um desafio diário. Manter-me longe da família, talvez, seja o mais difícil. Mas este trabalho é minha parcela de contribuição para sociedade, é como eu posso ajudar a população que passa por um momento medo e incerteza”, relata a profissional de saúde.

FMS convoca 104 profissionais para reforçar combate à COVID-19 no HUT

A Prefeitura de Teresina divulga nesta quarta-feira (10) mais uma lista de convocação de profissionais de saúde para o enfrentamento à COVID-19. Desta vez são 104 aprovados, que serão lotados na linha de frente do Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

Estão sendo convocados 90 técnicos de enfermagem e 14 enfermeiros, aprovados no edital 01/2020 do Processo Seletivo Emergencial para contratação temporária pela Fundação Municipal de Saúde (FMS). O objetivo é reforçar o quadro de funcionários do HUT nos setores dedicados ao tratamento dos pacientes infectados pelo novo coronavírus.

Para evitar aglomerações, a FMS dividiu a apresentação em duas etapas. Na quinta-feira (11) deverão se apresentar os 52 primeiros da lista de convocação dos técnicos de enfermagem. Na sexta-feira (12) será a vez dos 38 técnicos restantes, além dos 14 enfermeiros. “Pedimos muita atenção à ordem discriminada no edital, para que os candidatos compareçam no dia determinado. Isso porque o candidato que não comparecer no dia e horário marcado será considerado desistente”, alerta João Luciano, chefe do Núcleo de Planejamento, Recrutamento e Seleção de Pessoas da FMS.

O local de apresentação é o Núcleo de Planejamento, Recrutamento e Seleção de Pessoas da FMS, que fica na Rua Governador Artur de Vasconcelos, nº 3015, bairro Aeroporto, no horário das 8h às 14h. Eles deverão apresentar os seguintes documentos (cópia legíveis acompanhadas dos originais) para comprovação e autenticação: certidão de nascimento ou casamento (quando for o caso); Título de Eleitor, com certidão de quitação eleitoral; Certidão de Reservista ou dispensa de incorporação (somente para homem); RG; CPF; Autodeclaração do candidato conforme anexo II do edital; Documentação que comprove os títulos indicados no currículo, conforme item 2.11 do edital; Comprovante de escolaridade exigida no Quadro I do Edital; Registro do Conselho competente; Conta Corrente Banco do Brasil; uma foto 3×4 recente; Comprovante de endereço atualizado e comprovante de inscrição no PIS/PASEP/NIT.

O processo seletivo emergencial, realizado no mês de abril, ofertou ao todo 593 vagas nos níveis médio e superior. “Novas convocações serão feitas de acordo com as necessidades da rede municipal”, ressalta João Luciano. O certame terá validade de seis meses, prorrogável por até igual período, a contar da homologação do resultado.

Clique aqui para ver a lista de convocados

 

Prefeitura convoca 45 profissionais para o combate à COVID-19 na atenção básica

A Prefeitura de Teresina convoca hoje (08) 45 profissionais de saúde aprovados no edital 1/2020 do Processo Seletivo Emergencial para contratação temporária pela Fundação Municipal de Saúde (FMS). O objetivo é reforçar o quadro de funcionários que atuam na linha de frente do combate à COVID-19.

Desta vez, são 15 enfermeiros diaristas e 30 técnicos de enfermagem, que irão atuar na atenção básica do município. “Estes profissionais vão nos auxiliar no rastreamento da COVID-19 através da realização de testes rápidos e outras demandas de acordo com as necessidades da gestão”, informa Emanuelle Dias, gerente de Ações Estratégicas da FMS.

Os candidatos convocados devem se apresentar amanhã (09), das 8h às 14h, no Núcleo de Planejamento, Recrutamento e Seleção de Pessoas da FMS, que fica na Rua Governador Artur de Vasconcelos, 3015 – Aeroporto. “Informamos que o candidato que não comparecer no dia e horário marcado será considerado desistente”, ressalta João Luciano de Castro e Sousa, chefe do Núcleo de Planejamento, Recrutamento e Seleção de Pessoas da FMS.

Ao se apresentarem os candidatos deverão entregar os seguintes documentos (originais) para comprovação e autenticação: Certidão de nascimento ou Casamento (quando for o caso); Título de Eleitor, com certidão de quitação eleitoral; Certidão de Reservista ou dispensa de incorporação (somente para homem); RG; CPF; Autodeclaração do candidato conforme anexo II do edital; Documentação que comprove os títulos indicados no currículo, conforme item 2.11 do edital; Comprovante de escolaridade exigida no Quadro I do Edital; Registro do Conselho competente; Conta Corrente Banco do Brasil; uma foto 3×4 recente; Comprovante de endereço atualizado; comprovante de inscrição no PIS/PASEP/NIT.

O Processo Seletivo Emergencial Simplificado 1/2020 ofertou ao todo 593 vagas, nos níveis médio e superior. Segundos dados da FMS, 8.919 profissionais se inscreveram no certame, que terá validade de seis meses, prorrogável por até igual período, a contar da homologação do resultado.

Confira AQUI o edital de convocação.

FMS e SEST SENAT realizam testes rápidos gratuitos em motoristas profissionais

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) é parceira na testagem gratuita para a Covid-19 promovida pelo SEST SENAT (Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte). No período de 8 a 12 de junho, a entidade realiza uma ação de abrangência nacional para testar caminhoneiros autônomos, profissionais do transporte rodoviário de cargas e motoristas e cobradores do transporte coletivo rodoviário de passageiros. Em Teresina as testagens acontecerão na unidade SEST SENAT, localizada na R. Barroso, nº 620 – Centro (Norte), e em postos da Polícia Rodoviária Federal.

Serão disponibilizados 400 testes rápidos, a serem aplicados somente por meio de agendamento. “São nossos profissionais de saúde que aplicarão os testes nos motoristas. Durante as testagens, as pessoas receberão orientações de prevenção da Covid-19 e de higienização das mãos e dos veículos, além de ser reforçada a importância do uso de máscaras”, diz Kledson Batista, diretor de Atenção Básica da FMS. Mais informações sobre os testes estão disponíveis no site sestsenat.org.br.

Os testes rápidos que serão realizados levam em consideração a quantidade de anticorpos (IgM e IgG) produzidos pelo corpo humano contra o vírus SARS-COV-2, que provoca a Covid-19. No caso de resultado positivo, os trabalhadores serão orientados a buscar atendimento em centros de saúde e sobre o correto isolamento social durante o período de recuperação.

SEMEST fabrica protetores faciais para doar a instituições de saúde

Protetores faciais, conhecidos como máscara-escudo ou “face shield”, são importantes dispositivos para evitar a contaminação de agentes de saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19. A necessidade de uso desse dispositivo nos hospitais mobilizou Secretaria Municipal de Economia Solidária (SEMEST) a viabilizar a confecção de 275.000 máscaras de proteção facial, em parceria com os Centros de Produção de Teresina e dos projetos Vitória e Sustentabilidade, mantidos pela Prefeitura Municipal.

“Vamos entregar 3 mil protetores faciais, confeccionados na capital, à Fundação Municipal de Saúde para ajudar os trabalhadores que estão na linha de frente do combate à epidemia do coronavírus. Temos o dever de ajudar a proteger a saúde da população, além de ajudar os pequenos empreendedores da cidade, e estamos fazendo várias ações nesse sentido”, afirmou o secretário da Semest, Ricardo Bandeira.

O protetor facial é feito por meio da impressão 3D e, em Teresina, os produtos estão sendo confeccionados em uma impressão mais moderna, com custo menor, mas com a mesma eficácia.

A SEMEST também assumiu o compromisso de entregar 75 mil kits de Equipamentos de Proteção Individual em Teresina (EPIs), compostos por aventais, máscaras e toucas, para trabalhadores da saúde da capital, que atuam na linha de frente de combate ao novo coronavírus. Até agora, já foram entregues 34 mil kits e novos poderão ser entregues nos próximos dias.

FMS convoca 122 profissionais aprovados em processo seletivo emergencial

Um total de 122 profissionais estão sendo convocados pela Fundação Municipal de Saúde (FMS) hoje (12). Tratam-se de candidatos aprovados no Processo Seletivo Emergencial Simplificado nº 001/2020, para a contratação temporária de profissionais para a linha de frente do enfrentamento à Covid-19.

Os candidatos selecionados atuarão nas unidades hospitalares da FMS no combate à Covid-19, em regime de plantão ou diarista, de acordo com a necessidade da administração pública. 

Amanhã (13), devem se apresentar os médicos plantonistas, enfermeiros plantonistas, farmacêuticos, psicólogo diarista, fisioterapeuta plantonista, nutricionista diarista e técnicos em radiologia. No dia 14 de maio, devem se apresentar os técnicos de enfermagem e auxiliares administrativos.

“Os convocados devem ficar atentos ao dia em que cada um deve se apresentar à Diretoria de Assistência Especializada (DAE), localizada na Rua desembargador Freitas, 1599 – Centro, munidos de toda a documentação, conforme o edital. O Processo Seletivo Emergencial Simplificado oferta 593 vagas, nos níveis médio e superior, para atuação nos novos hospitais de campanha que serão abertos em breve”, explica Francilina de Paula, da Diretoria de Recursos Humanos da FMS.

Ao todo, 8.919 profissionais se inscreveram no Processo Seletivo Emergencial Simplificado.  O processo terá validade de seis meses, prorrogável por até igual período, a contar da homologação do resultado.

CONFIRA A LISTA DE CONVOCADOS