UPA do Promorar realizou quase 50 mil atendimentos no primeiro semestre

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Promorar realizou, de janeiro a junho de 2020, 47.534 atendimentos, sendo 33.844 em clínica geral e 8.598 em pediatria, além de 5.092 atendimentos com cirurgião geral. De 1º de março a 30 de junho, foram 4.700 atendimentos a pessoas com suspeita de COVID-19. Na unidade existem 27 leitos, sendo que 15 são exclusivos para casos de pessoas com o novo coronavírus. As UPAs devem ser procurar por pessoas com quadro intermediário de saúde.

Os casos leves devem se dirigir para as Unidades Básicas de Saúde mais próxima de onde a pessoa mora. A UPA faz parte da Rede de Atenção às Urgências e tem como objetivo concentrar os atendimentos de saúde de complexidade intermediária, compondo uma rede organizada em conjunto com a atenção básica, atenção hospitalar, atenção domiciliar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192.

“A UPA oferece estrutura com raio-X, eletrocardiografia, pediatria, laboratório de exames e leitos de observação. Se necessário o paciente é encaminhado para um hospital da rede de saúde, para realização de procedimento de alta complexidade”, explica Danilo Soares, diretor da UPA Promorar.

As UPAs funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana, e podem atender grande parte das urgências e emergências. Presta atendimento resolutivo e qualificado aos pacientes acometidos por quadros agudos ou agudizados de natureza clínica e presta o primeiro atendimento aos casos de natureza cirúrgica e de trauma, estabilizando os pacientes e realizando a investigação diagnóstica inicial, de modo a definir a conduta necessária para cada caso, bem como garantir o referenciamento dos pacientes que necessitarem de atendimento

Mantém pacientes em observação, por até 24 horas, para elucidação diagnóstica ou estabilização clínica, e encaminham aqueles que não tiveram suas queixas resolvidas com garantia da continuidade do cuidado para internação em serviços hospitalares de retaguarda, por meio da regulação do acesso assistencial.

Veja exemplos de quando procurar uma UPA 24h: febre alta acima de 39ºC; falta de ar intensa; dores fortes no peito; vômito constante; fraturas e cortes com pouco sangramento; infarto e derrame; queda com torsão e dor intensa ou suspeita de fratura; cólicas renais e crises convulsivas.

 

Promorar, Angelim e Monte Castelo recebem equipes de limpeza

Cerca de 10 bairros da zona Sul recebem equipes de limpeza da Prefeitura de Teresina nesta quinta-feira (09), entre eles o Promorar, Monte Castelo e Angelim. Cada local terá pelo menos duas equipes de capina executando os serviços.

Ruas de bairros como Cidade Nova e Vila da Paz também terão serviço de capina. Já a equipe de galeria estará atuando na Rua 13 de Maio, na Tabuleta. Cada uma dessas equipes é composta por cerca de 15 pessoas.

A gerência de Serviços Urbanos da Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU) Sul é responsável pelo serviço e realiza também manutenção de praças e áreas verdes, limpeza de áreas de transbordo, manutenção de estações de ônibus, entre outras.

“A limpeza dos bairros acontece através de uma programação montada pela gerência, mas também atendemos solicitações das comunidades, priorizando as situações mais urgentes”, lembrou Marcelo Mourão, gerente de Serviços Urbanos da SDU Sul.

As áreas verdes que estão na programação desta semana estão localizadas na Vermelha (praça), Teresina Sul, próximo a UBS do bairro, Bela Vista 1 e o campo de futebol do Parque Piauí. “Estamos trabalhando ainda com uma roçadeira mecanizada. O resultado é muito bom. Com equipamento dá para fazer capina em grandes áreas em um espaço de tempo bem mais curto”, explica Marcelo. Esta semana, a roçadeira estará na área da Estrada da Alegria.

UBS do Promorar fecha para reforma preventiva

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina informa que a Unidade Básica de Saúde (UBS) Felipe Eulálio de Pádua, localizada no bairro Promorar, zona sul da cidade, será fechada para reforma preventiva.

A unidade é referência para receber casos de pacientes com síndrome gripal. Os atendimentos agora serão feitos na UBS do Parque Piauí, que é a unidade mais próxima. Além disso, os pacientes poderão se dirigir para qualquer unidade referência para atender exclusivamente casos de síndrome gripal.

“Através da análise técnica de rotina da FMS, foi identificada uma fissura na parede e, por medida de precaução, o ideal é que o imóvel seja desocupado e para a realização de reparo na estrutura. Sempre realizamos essas inspeções, especialmente agora que estamos no final de período chuvoso. Será feita uma sondagem no terreno e um projeto de recuperação estrutural da unidade”, explica Caroline Bastos, gerente de Engenharia e Arquitetura da Fundação Municipal de Saúde (FMS).

A população de Teresina tem à disposição 19 Unidades Básicas de Saúde (UBS) que dão assistência exclusiva a casos de síndrome gripal leves. Essas unidades utilizam o “Fast-track”, protocolo do Ministério da Saúde para agilizar os atendimentos. Além delas, Teresina conta com mais 71 UBS que estão atendendo pessoas com outras doenças.

Confira a lista das UBS com atendimento exclusivo para síndrome gripal:

-Horário: de segunda à sexta, das 7h às 21h e aos sábados, das 7h às 17h:
1.UBS Portal da Alegria (Sul)
2.UBS Irmã Dulce (Sul)
3.UBS Dagmar Mazza (Sul)
4.UBS Todos os Santos (Sudeste)
5.UBS Novo Horizonte (Sudeste)
6.UBS Poty Velho (Norte)
7.UBS Santa Maria da Codipi (Norte)
8.UBS Taquari (Leste)
9.UBS Planalto Uruguai (Leste)
10. UBS Cidade Jardim (Leste)

-Horário: de segunda à sexta-feira, das 7h às 19h:
11.UBS Parque Piauí (Sul)
12.UBS Monte Castelo(Sul)
13. Carlos Alberto Cordeiro (Sudeste)
14.UBS Real Copagre (Norte)
15.UBS Karla Ivana (Norte)
16.UBS Mocambinho (Norte)
17.UBS Satélite (Leste)
18.UBS Santa Isabel (Leste)
19.UBS São João (Leste)

PMT investe em iluminação em LED para a Praça da Bíblia, no bairro Promorar

A Praça da Bíblia, localizada no bairro Promorar, zona Sul de Teresina, está sendo contemplada com a substituição do sistema de iluminação pública antigo por um sistema mais moderno e econômico em LED. Ao todo, estão sendo implantados 53 novos postes e 69 luminárias de LED com potência de 3.450W.

De acordo com secretário municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marco Antônio Ayres, a Prefeitura está investindo mais de R$ 145 mil para a troca do sistema de iluminação.

“Nos últimos anos, o município tem investido na substituição de luminárias antigas por aquelas em LED, com implantação de postes brancos em ferro galvanizado e luminárias brancas em LED,  pois proporcionam uma redução de até 60% no consumo de energia. Além disso, embelezam e realçam a importância dos logradouros, assim uniformizando o grau de iluminação de todas as praças da cidade”, destaca o gestor.

Marco Antônio Ayres ainda ressalta que as luminárias em LED possuem maior vida útil e melhor desempenho. Além disso, não possuem metais pesados em sua composição, não emitindo radiação IV/UV, responsável por causar danos à pele.

Estão abertas inscrições para nova edição do Empreende Bairro

Começam nesta sexta-feira (31) as inscrições para o Empreende Bairro. O bairro Promorar, na zona sul, será o local escolhido para a nova edição do projeto da Prefeitura de Teresina, que acontece por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), em parceria com a TV Clube, o Sebrae no Piauí e o Conselho Regional de Administração do Piauí (CRA/PI).

O programa chegará com todas as suas atividades no próximo mês de março. Assim como aconteceu no bairro Mocambinho, na zona norte, em novembro do ano passado, os micro e pequenos empresários do Promorar poderão contar com oficinas de formação direcionada de Gestão de Finanças, Gestão de Pessoas, Marketing e Oficina de Tecnologia e Sustentabilidade. Para participar basta se inscrever clicando no link https://bit.ly/2OdJj42

O objetivo do Empreende Bairro é viabilizar ao empreendedor locais com acesso a diversas capacitações com o intuito de fomentar a sustentabilidade de negócios. O projeto quer ser um impulsionador de ideias para aquecer empreendimentos que já existem e a criação de novos, gerando emprego e renda. Além disso, o projeto quer também dar a oportunidade de expor produtos e serviços destes micro e pequenos empreendedores e comercializar e trocar experiências com os demais envolvidos.

“O Empreende Bairro é uma ação da Semdec que teve bastante participação dos empreendedores do Mocambinho. Acredito que no Promorar também teremos sucesso. Nosso projeto quer estimular a atividade empreendedora por meio de oficinas de capacitação. Esta é uma forma de fortalecer o empreendedorismo da região. Além disso, o projeto acaba proporcionando lazer e cultura à comunidade, pois mais uma vez queremos terminar essa edição com a realização de um grande evento”, explica o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso.

Levantamento

De acordo com a gerente de Micro e Pequenas Empresas da Semdec, Fabiana Nascimento, na próxima segunda-feira (3) a Semdec e o CRA-PI estão no bairro Promorar realizando um levantamento das empresas que o bairro abriga. “Com essa visita ao bairro, nosso objetivo é saber exatamente quantas empresas existem no local, quais os principais serviços e produtos comercializados e qual é o público principal atendido pelo bairro”, finaliza.

 

PMT investe R$ 3,9 milhões no asfaltamento do bairro Promorar

A Prefeitura de Teresina inicia nesta sexta-feira (10) o asfaltamento de 94 ruas no bairro Promorar, zona Sul da capital. A obra, que conta com investimentos de mais de R$ 3,9 milhões, tem previsão de ser concluída em 90 dias.

De acordo com o coordenador de asfaltamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), Daniel Pereira, a obra segue o planejamento da Prefeitura em pavimentar bairros inteiros, garantindo melhor mobilidade para toda a região beneficiada.

“Já há alguns anos o prefeito Firmino Filho determinou que não asfaltássemos ruas isoladas, como uma forma de contribuir para melhorarias de uma região como um todo e não apenas de uma única via. No Promorar, aproximadamente 18km de vias receberão pavimentação asfáltica, totalizando 100% do bairro asfaltado”, destacou o coordenador.

Na região, equipes da Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sul (SDU) já estão atuando, garantindo a limpeza das ruas e realizando reparos nos calçamentos para receber o asfaltamento.

Daniel Pereira ainda destaca que, por conta do período chuvoso, a previsão de conclusão da obra é de 90 dias. “As ruas já estão ficando prontas para receber a pavimentação, mas a frequência e intensidade das chuvas são fatores que podem influenciar diretamente em nossas atividades, por isso temos equipes atuando diariamente para garantir eficiência na conclusão das obras”, completou.

 

UPA do Promorar irá ampliar serviço pediátrico para melhorar atendimento

Ascom/FMS

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Promorar, localizada na zona Sul de Teresina, tem atendimento pediátrico 24 horas e ganhará reforço na escala de médicos pediatras. O objetivo é que os novos profissionais possam atuar durante a semana, no horário de maior número de atendimentos. Somente no mês de junho de 2019, a Unidade atendeu 3.371 crianças em situação de urgência.

A medida foi anunciada durante reunião ocorrida nesta segunda-feira (08) envolvendo a presidência da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Sindicato dos Médicos do Estado do Piauí, diretoria hospitalar da FMS, diretores e profissionais da UPA do Promorar. Na pauta, estavam ainda outros temas, como o fluxo de pacientes regulados pela Central de Regulação e a melhoria da segurança da Unidade.

“A gestão tem buscado constantemente aprimorar a assistência à saúde das três UPAS da cidade, localizadas nos bairros Promorar, Satélite e Renascença, e é importante que estejamos sempre dialogando, partilhando informações com os diretores, servidores e órgãos de controle social para que alcancemos melhores resultados”, explicou o presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Charles Silveira.

Para o presidente do Sindicato dos Médicos do Piauí, Samuel Rego, esse canal de comunicação que foi aberto com a FMS tem sido útil, benéfico, no sentido de alinhar a demanda que surge e já tentar solucionar de forma imediata. “Espero que, dessa forma, a médio e longo prazo possamos melhorar muito a assistência à saúde em Teresina”, afirmou.

As UPAS funcionam como elo entre as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e os Hospitais Públicos e atendem casos de urgência e emergência. “Nós iremos aperfeiçoar o trabalho desenvolvido nestas Unidades. Uma das ações é a criação de mais alguns protocolos de atendimento. Estamos em contato com o major Jhon para melhorar também a retaguarda da segurança”, destacou Jesus Mousinho, diretora de Assistência Hospitalar da FMS.

Hospital do Promorar promove concurso educativo sobre higienização das mãos

Ascom/FMS

A higienização das mãos é uma medida simples que pode evitar diversas doenças. Com o intuito de conscientizar os profissionais de saúde sobre a importância da medida, o Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) do Hospital e UPA do Promorar promoveu um concurso cuja premiação foi hoje (21) durante as atividades da Semana de Enfermagem do local.

A Semana de Enfermagem do Hospital do Promorar  iniciou ontem (20) com atividades relaxantes para os profissionais de Enfermagem (enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem) e contou hoje (21) com uma palestra sobre Segurança do Paciente. O objetivo é sensibilizar para o processo de melhoria na qualidade do cuidado da saúde, a partir da gestão de risco e incidentes no serviço, qualificando os profissionais para investigar e minimizar estes problemas, promovendo assim uma maior segurança do paciente que venha a ser atendido nos hospitais.

Como explica a coordenadora do NSP, Raquel Rodrigues, a ação é a conclusão de uma série de treinamentos in loco em cada setor do hospital, orientando cada profissional sobre as técnicas adequadas de higienização das mãos. “Podemos evitar a maior parte das infecções hospitalares relacionadas à assistência com essa medida aparentemente simples, que é a higienização adequada”, disse. “Para contribuir e colaborar com isso a gente estimulou os profissionais a fazerem um vídeo sobre o tema valendo uma quantia simbólica como prêmio e aberta a todos os profissionais”, afirmou a enfermeira.

A vencedora do concurso foi a técnica de Enfermagem Raíza Silva, que produziu uma paródia descontraída com letra educativa. “Eu me surpreendi com essa temática e pensei ‘se é para fazer bem feito, vamos divulgar de uma maneira impactante’, então, pensei em uma forma que chamasse atenção das pessoas e de uma maneira que também fixasse na mente”, relatou.

“A higienização das mãos, que pode ser dividida em fricção com o álcool ou lavagem, é de extrema importância no serviço de saúde e fora, e previne tanto a infecção do paciente como a do profissional, que seria a infecção cruzada. E com essa campanha podemos disseminar a ideia”, comentou Raíza Silva.

É função do Núcleo de Segurança do Paciente promover a articulação dos processos de trabalho e das informações que impactem nos riscos ao paciente, além de articular com diferentes áreas intrahospitalares que trabalhem com riscos na instituição de saúde, considerando o paciente como sujeito e objetivo final do cuidado em saúde. O paciente precisa estar seguro, independente do processo de cuidado a que ele está submetido.

UPA do Promorar presta quase 40 mil atendimentos médicos de urgência e emergência

Ascom FMS

Os casos de urgência e emergência em Teresina têm sua resolutividade garantida graças às Unidades de Pronto Atendimento (UPA), serviços intermediários entre as Unidades Básicas de Saúde e os Hospitais. Na zona Sul, a população conta com a UPA do bairro Promorar, que somente no primeiro trimestre de 2019 prestou quase 40 mil atendimentos médicos.

As UPAs funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana e sem necessidade de agendamento prévio. Elas são responsáveis por prestar atendimento de média complexidade, como vítimas de acidentes e problemas cardíacos e contribuem para desafogar as urgências dos hospitais do SUS e reduzir o tempo de espera por atendimento. “Nos plantões diurnos a UPA do Promorar conta com três médicos clínicos, dois pediatras e um cirurgião, além de um médico de plantão e uma equipe de enfermagem na sala vermelha, onde estão os pacientes mais graves”, informa o diretor Danilo Soares.

Nos meses de janeiro, fevereiro e março desde ano a unidade realizou 39.094 atendimentos médicos, sendo 24.463 atendimentos clínicos, 10.771 na área de pediatria e 3.860 atendimentos cirúrgicos. Este número supera o de 2018, que no mesmo período contou com um total de 35.184 atendimentos médicos, sendo 22.817 na área clínica, 8.575 na área pediátrica e 3.792 na área cirúrgica. “Pudemos observar um aumento nos atendimentos pediátricos, que acontecem devido à sazonalidade, o aumento em doenças comuns nesta época do ano”, explica o diretor.

“As UPAs trabalham com o sistema de classificação de risco, em que o paciente não é atendido por ordem de chegada e sim de acordo com a gravidade do problema, em casos que são identificados por cores. Ou seja, dependendo da cor eles se tornam prioridade ou não”, explica Danilo Soares. No primeiro trimestre de 2019 o maior número de atendimentos foram os do tipo verde, considerados pouco urgentes, com 26.485 atendimentos. As maiores queixas dos pacientes foram de sintomas como febre, dor abdominal, dor de cabeça e vômitos.

Os casos de emergência são os de cor vermelha, que são internados em uma sala especial com sete leitos. Os casos de cor amarela, que requerem atendimento médico de urgência, são internados em uma sala que conta com oito leitos adultos e sete pediátricos. Na ala pediátrica da sala amarela está Ana Luísa, de 10 anos. Sua mãe, Samara Gomes, conta que ela está com uma infecção na perna (celulite) e por isso está em observação e tratamento, para melhora ou regulação para outro hospital dependendo de sua evolução. “Desde que chegamos temos sido bem atendidas aqui. A gente recebe todo dia a visita do médico e os enfermeiros estão sempre monitorando. Ela melhorou bastante desde o dia que chegou”, avalia a mãe, que reside na zona Sul e utiliza os serviços da UPA pela segunda vez.

O sistema de cores auxilia na resolutividade das UPAs e a avaliação para classificação é a primeira coisa a ser feita quando um paciente chega e recebe socorro. Após a estabilização, o paciente deve ser transferido pela regulação do SUS para os hospitais do município para dar continuidade no tratamento ou recebe alta e volta posteriormente para reavaliação e verificação da resposta à medicação, que pode ser administrada em casa.

A UPA realiza ainda procedimentos como medição de pressão arterial, raio x, exames laboratoriais, suturas, curativos, administração de medicação, inalação e atendimento de urgência odontológico. No primeiro trimestre de 2019, foi realizado um total de 111.257 procedimentos, sendo que aquele com maior número é administração de medicamento, executada 37.216 vezes.