Encontros vão desenvolver ações integradas entre família e escola na Rede Municipal

Sabendo que quando os pais participam da vida escolar dos filhos, estes aprendem mais e melhor, a Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semec), vai promover ações do projeto “Escola e Família: uma parceria eficaz”. Inicialmente, cinco unidades de ensino serão contempladas com estratégias bimestrais.

A realização é da Gerência de Ensino Fundamental, que vai receber o apoio da Gerência de Assistência ao Educando. Segundo Rita Veloso, coordenadora de Projetos Especiais da Semec, a ideia é desenvolver ações e dinâmicas que viabilizem a integração da escola com as famílias.

“Com isso pretendemos estimular a família a acompanhar mais de perto o desenvolvimento da aprendizagem do aluno, oferecendo subsídios para que esse apoio aconteça. Somente quando os pais e a escola compartilham do mesmo ideal é possível proporcionar ao educando um caminho livre para a aprendizagem efetiva”, explica Rita Veloso.

As assistentes sociais e a psicóloga da GAE/SEMEC já percorriam algumas unidades de ensino dialogando com os pais sobre direitos e deveres. Agora, com o novo projeto, serão potencializadas as orientações sobre a vida escolar dos estudantes, além de abordar temáticas pertinentes quanto à realidade dos jovens.

A primeira palestra do circuito vai destacar a união para o sucesso dos alunos, nesta quinta-feira (07), na Escola Municipal Santa Fé, zona Sul. A unidade de ensino atende 509 alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, em jornada de tempo integral.

Na sexta-feira (08), a programação é na Escola Municipal Alda Neiva, na zona Leste. Ao final da experiência piloto, a Semec pretende alcançar quase 3 mil famílias.

Abertas inscrições para os Jogos das Escolas Municipais de Teresina 2022

Após dois anos suspensos por conta da pandemia da Covid-19, os famosos Jogos das Escolas Municipais de Teresina (JETs) estão de volta e as inscrições têm início nesta segunda-feira (28). A XXVI edição dos JETs terá um número limitado de alunos participando, a fim de não gerar aglomerações e manter protocolos de segurança sanitária. As unidades de ensino já podem se inscrever nas diversas modalidades esportivas por meio de um formulário disponível no site da Secretaria Municipal de Educação (Semec).

Fotos: Ascom Semec

O evento incentiva a prática esportiva como ferramenta pedagógica, promove integração entre os jovens e até revela talentos. As disputas serão classificatórias para os jogos estaduais e nacionais, levando os estudantes a grandes competições.

Podem participar alunos a partir de 10 anos, nas modalidades atletismo, badminton, tênis de mesa, xadrez, futsal, futebol, handebol, voleibol e queimada. As escolas devem montar equipes femininas e masculinas, além de um time misto para a disputa de queimada. Já o futebol, é exclusivo para unidades de ensino da zona Rural.

Rosana Leal, da Divisão de Esportes da Semec, explica que há um limite de participação de escolas em cada modalidade. “São 20 escolas no atletismo e 12 no voleibol, por exemplo. Então é importante que as unidades de ensino garantam logo sua participação nos esportes de interesse. Logo depois anunciaremos a quantidade de alunos que poderão participar representando suas escolas, bem como a data para discutirmos o regulamento”, declara Rosana.

Ficha de Inscrição

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSeVY1h4pLs9SjkXNDQs_NOmlEm269RDLsOlEfJk0KY7cDB7uA/viewform

Encontro de Pro Alfabetização reúne diretores escolar

Diretores e gestores da rede municipal de ensino de Teresina que atuam com atividades em turmas de segundo período, 1º e 2º ano, participaram na manhã desta sexta-feira (11), do encontro gerencial do programa Pro Alfabetização na idade certa, no Centro de Formação Odilon Nunes (CEFOR).

Com intuito de assegurar que todos estudantes da rede municipal cheguem ao final do ciclo de alfabetização com as habilidades de leitura, escrita e letramento matemático, os gestores presentes receberam orientações de administração de recursos para suas unidades educacionais e foram apresentados ao cronograma do projeto.

“Mostramos aos diretores as principais ações do programa, entre elas, a formação continuada para os professores e gestores escolares, como também funcionará algumas avaliações referente ao programa, tanto o SAEPI quanto às avaliações de fluência previstas para acontecer no mês de abril e novembro”, finaliza a coordenadora municipal do Programa, Jackeline França.

Inaugurado parque voltado para educação ambiental das crianças

Teresina agora conta com um novo espaço ambiental, que promete ser uma extensão da própria sala de aula para os alunos da Rede Municipal de Ensino. A Prefeitura inaugurou, nesta sexta-feira (18), o Parque das Crianças, uma parceria da Secretaria Municipal de Educação (SEMEC) com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMAM) e a Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano (ETURB).

Fotos: Ascom Semec

O Parque fica localizado no antigo viveiro de plantas da zona Leste e está todo equipado para proporcionar um contato das crianças com a natureza. O espaço conta com um playground ecológico, quiosque de alimentação, trilha para caminhada e um píer à beira do rio Poti. Segundo o secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso, esse é apenas o primeiro de muitos projetos que a Prefeitura de Teresina tem para alinhar educação e sustentabilidade.

“Os alunos das nossas unidades de ensino utilizarão esse espaço público para uma formação que extrapola as paredes da sala de aula e ensina o respeito ao meio ambiente. Teremos outras ações nesse sentido, de melhorar a qualidade de vida das nossas crianças e garantir que tenham uma educação cidadã em todos os aspectos”, disse o secretário Nouga.

A solenidade de inauguração contou com a participação de alunos dos Centros Municipais de Educação Infantil Joel Mendes, Vila Bandeirantes, Hercília Torres e Thereza Christina. As crianças brincaram, encararam os desafios ecológicos e ouviram histórias infantis, aproveitando todos os espaços.

A secretária municipal do Meio Ambiente, Elisabeth Sá, destacou a importância do investimento em ações ambientais e espaços que proporcionem um contato próximo com a natureza. “O Parque das Crianças foi construído com esse objetivo, revitalizar os espaços da cidade em um movimento sustentável. Estamos oficialmente de portas abertas para as crianças”, declarou Elisabeth Sá.

O vice-prefeito e secretário municipal de Finanças, Robert Rios, fez questão de percorrer todos os espaços do novo parque e reforçou a ideia de ampliação desses projetos. “A ideia é construir parques como este em outras zonas da cidade, proporcionando o acesso da população à espaços públicos que contribuam para a preservação ambiental”, anunciou.

O Parque das Crianças funcionará todos os dias da semana, das 8h às 17h. Segundo a coordenadora de Ações Educativas da Semec, Janaína Moura, um monitor educacional ficará disponível no local para conduzir as atividades com os estudantes. “As escolas podem agendar um horário na Coordenação de Ações Educativas, localizada no Centro de Formação Odilon Nunes”, explicou Janaína.

Merendeira da Semec vai representar Teresina em reality show

Cores, cheiros e sabores invadiram o laboratório gastronômico cedido pela Faculdade UNINASSAU para a seletiva do reality show SUPER MERENDEIRAS, da TV Escola, emissora vinculada ao Ministério da Educação (Mec). A Secretaria Municipal de Educação de Teresina foi convidada pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE para eleger representantes para o Piauí neste reality de culinária nacional que acontecerá em São Paulo no final deste ano.

“Convidamos todas as escolas da Rede Municipal para participar da seleção do programa. Selecionamos todas as participantes e ficamos com as 5 finalistas, cozinhando o prato final, de nossa escolha para o júri composto por 5 nutricionistas e uma profissional da Gerência de Assistência ao Educando (GAE), da Semec, avaliarem: uma Maria Isabel nutritiva e uma paçoca de carne moída. Disponibilizamos os materiais e enfatizamos a importância do uso consciente dos alimentos, incluindo suas cascas e o que mais for possível aproveitar dos vegetais”, esclarece Cinthia Ribeiro de Moura Araújo, da Divisão de Nutrição da Semec.

As cinco merendeiras das unidades E.M Humberto Reis; CMEI Thereza Christina; CMEI Madre Tereza de Calcutá; E.M. Santa Maria da Codipi e CMEI Joel Mendes tiveram 1h30 para executar os dois pratos clássicos da culinária piauiense, e assim ir para os jurados que realizaram a avaliação. Foram considerados 6 requisitos: Sabor/Constância/Aroma, Apresentação do prato, Incremento especial do prato, Desenvoltura/habilidade da cozinheira, Uso de consciente dos alimentos e Higiene/Organização.
Após a distribuição dos alimentos de agricultura familiar para cada candidata e as orientações passadas pela a técnica de nutrição da Secretaria, foi dada a largada para o início da competição e chegou a hora das merendeiras colocarem mãos à obra e darem o seu melhor em cada prato.

“Uma emoção me invadi. Agradeço aos meus colegas do Centro Municipal Infantil Thereza Christina, a minha diretora Raimundinha e todos que ficaram na torcida. Foi bem difícil passar de minhas colegas merendeiras. Elas são ótimas e cozinham muito bem. Agora, é seguir para representar nossa capital Teresina e nossa Semec”, espera Marilene Pires Barreto.
A disputa foi acirrada! Os pratos tiveram uma boa apresentação, coloridos e nutritivos atendendo aos pré-requisitos estipulados pela Equipe Divisão de Nutrição. “A escolha final se deu através das notas em ficha de avaliação e a disputa foi acirrada com pequena diferença de pontos entre as candidatas”, afirma a técnica da Divisão de Nutrição da SEMEC.

Dentre as cinco participantes foram selecionadas pela equipe, três merendeiras. A primeira colocada ganhou a vaga da participação do reality show em São Paulo por 15 dias, e as outras que levaram o segundo e terceiro lugar, estão classificadas, caso a vencedora da seletiva não possa cumprir a agenda do reality por algum motivo físico ou de saúde.

Resultado:

1° Marilene Pires Barreto – Cmei Thereza Christina

2° Maria da Saúde Brito Soares – Cmei Joel Mendes

3°Josileide Mascena da Silva – E.M. Humberto Reis da Silveira

Fotos: Ascom Semec

Rede Municipal: escolas promovem encontros pedagógicos para início das aulas

Com o início do ano letivo marcado para o dia 7 de fevereiro, os professores retornaram das férias coletivas e as unidades de ensino da Rede Municipal de Teresina estão realizando encontros pedagógicos nesta quarta-feira (02). O momento é de alinhar as estratégias para receber os alunos e planejar as ações de forma coletiva.

Na Escola Municipal Santa Maria das Vassouras, zona Norte, toda a equipe docente participou do encontro e, juntos, definiram as metas para 2022. A diretora Rosilene de Jesus conta que tudo foi pensando visando um bom acolhimento dos alunos e a oferta de um ensino de qualidade. “Organizamos os grupos de alunos para atendimento presencial, alinhamos horários e definimos a rotina de medidas sanitárias que todos devem cumprir”, disse a gestora.

As superintendentes escolares da Secretaria Municipal de Educação (Semec) estão percorrendo as escolas e participando de alguns encontros pedagógicos. O objetivo é colaborar e apoiar as equipes escolares. Wana Henrique, superintendente que acompanha unidades de ensino da zona Norte, explica que esses já são os primeiros dias do novo ano letivo.

“As atividades escolares já começaram, mesmo antes da chegada dos alunos. Durante os encontros as equipes estão organizando esse retorno de forma híbrida com estratégias que possam minimizar os impactos da pandemia na aprendizagem das crianças”, declara Wana.

Fotos: Ascom Semec

Servidores da Semec recebem orientações para realização do recadastramento

Superintendentes escolares foram convidados para participar de uma reunião no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semec). O objetivo do encontro foi facilitar a comunicação entre a equipe de gestores do órgão e a comissão do recadastramento funcional dos servidores junto às escolas e Cmeis da rede municipal de ensino. O censo cadastral acontece até o dia 18/11.

Na reunião foram colocados os pontos de dificuldades encontrados pelos servidores na realização do recadastramento e repassadas as orientações para que possa viabilizar a coleta de informações. O censo é feito exclusivamente online, no site da Semec: https://semec.pmt.pi.gov.br/recadastramento/. Os servidores ativos deverão se recadastrar anualmente a partir do exercício de 2022, no mês do respectivo aniversário, com a finalidade de promover a atualização de seus dados cadastrais.

A professora Cristiane Pimentel que faz parte do apoio jurídico do setor de direitos e deveres dos servidores da Semec afirma. “Esse momento é muito importante para identificamos possíveis falhas no sistema que alguns servidores já relataram à comissão e estamos hoje esclarecendo algumas dúvidas com os superintendentes e a partir daí eles levem essas informações com mais clareza para as escolas.”

“O comprometimento dos servidores e a consciência da obrigatoriedade do processo de recadastramento funcional garantirá o êxito de todo o processo”, finaliza Cristiane Pimentel.

Crianças da Rede Municipal de Ensino participam da Semana da Criança Abrasel

Alunos do Centro Municipal de Educação Infantil Tia Lygia, localizado no bairro Ilhotas, zona sul de Teresina, tiveram uma tarde diferente nesta terça-feira (05). Elas participaram de brincadeiras e tiveram momentos de descontração e refeições em uma churrascaria, numa iniciativa promovida pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Piauí (Abrasel no Piauí) em comemoração ao Dia das Crianças. A ação acontece até a sexta-feira (08), em diversos estabelecimentos da capital.

“O intuito é que as crianças conheçam o restaurante e brinquem, se distraiam, ao mesmo tempo que conheçam a rotina dos estabelecimentos. Abraçamos o projeto da Abrasel, que é importante neste período de pandemia da Covid-19, que tem sido muito difícil para todos, inclusive os pequenos. As crianças precisam de momentos divertidos e é o que nos propusemos a oferecer a elas no nosso espaço”, afirma Guilherme Carvalho, proprietário do Quintal do Churrasco, que recebeu os alunos.

Para a vice diretora do CMEI Tia Lygia, Ana Sheridan Gomes Viana, é uma oportunidade para os alunos se adaptarem à nova rotina. “As crianças estão há muito tempo sem participar de atividades coletivas e recreativas e nós entendemos que esta era uma boa oportunidade para que elas pudessem vivenciar esse retorno à normalidade que, progressivamente, estamos tendo. É uma forma delas entenderem que a socialização agora é de uma forma diferente, com distanciamento e muito cuidado. Trouxemos dez crianças do segundo período, na faixa etária de seis anos, que ganharam chocolate, pipoca, picolé e brincaram bastante”.

A ação da Abrasel acontece em todo o Brasil, tendo como participantes piauienses: Rainha do Mixto (Altos), Tanino (Picos), A3 Sushi Pub, Dom Nelore Sul, Fazendaria Café, Domino’s, D’Tortugo, Jambu Café, Kitanda do Petit, Navegas, Nossa Casa, Novo Point Sul, O Pesqueirinho, Quintal do Churrasco, Rancho do Vaqueiro e São João Restaurante, representando Teresina, além de contar com o apoio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) e Secretaria Municipal de Educação (Semec).

Crianças retornam às aulas presenciais na rede municipal de ensino

O desejo de voltar a ver seus amiguinhos, as professoras, brincar com as letrinhas, os números, participar das oficinas de leitura e ter uma convivência escolar fizeram a pequena Yasmim Neves, 4 anos, pedir para sua mãe, Silvana Neves, o seu retorno às aulas presenciais, no Centro Municipal de Educação Infantil, Santa Maria da Codipi – Cmei. A unidade iniciou o retorno das aulas presenciais na última segunda-feira, dia 04, nos turnos manhã e tarde, no formato hibrido. “Adotamos todas as medidas necessárias para o nosso retorno e contamos com a colaboração dos pais”, disse a diretora Elanne Lima.

Do total de 168 unidades de Ensino Infantil, a Secretaria Municipal de Educação – SEMEC já retornou com 101 centros. O restante deve iniciar suas atividades presenciais até o final de outubro.

Fotos: Ascom Semec

A dona de casa Silvana Neves disse que participou das reuniões entre pais e professores e compreende que é preciso contribuir. “Yasmim estava ansiosa para o retorno, depois de um ano e meio. Decidimos que ela retornaria e passamos a ter o cuidado de explicar sobre o uso da máscara e lavar bem as mãos. Explico que a máscara só pode ser retirada para comer. Além disso, disponibilizo em sua mochila outras máscaras”, enfatiza.

O Cmei Santa Maria da Codipi, atende 113 alunos, distribuídos nos turnos manhã e tarde. Para o retorno, os cuidados iniciam na porta de entrada com a medição de temperatura e uso do álcool nas mãos. A direção também fixou cartazes ilustrativos demonstrando os cuidados que todos devem ter para evitar a disseminação da Covid-19. Na sala de aula, as mesas são distantes uma das outras. O pátio é marcado com um X, determinando cada lugar que o aluno pode ocupar. “Cada escola vem adotando as medidas necessárias para evitar a disseminação do vírus e a cada visita, me surpreendo com os cuidados dos diretores e professores. As próprias crianças demonstram que estão atentas para estes cuidados. Logo na entrada para a escola, todos formam filas para testar a temperatura e receber o álcool nas mãos. Elas mantêm o distanciamento e realizam o uso das pias para lavar as mãos”, ressalta o secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso.

Na oportunidade, o secretário juntamente com o coordenador do Grupo de Trabalho Programa de Desenvolvimento da Educação da Semec, professor Reinaldo Ximenes, a superintendente escolar Leny Oliveira e o vereador Vinicius Ferreira conheceram as instalações da unidade escolar recebendo a solicitação da diretora para serviços de infraestrutura. “É muito importante para nossa comunidade escolar, receber a visita do secretário Nouga e equipe técnica. Tudo é um desafio e o retorno de nossas crianças é um desafio lindo, porque estamos vendo o brilho e a alegria nos olhos de cada um”, acrescenta a diretora Elanne Lima.

O secretário e equipe técnica também visitou o Centro Municipal de Educação Infantil, Monte Verde que também retornou com as aulas presenciais.

Com prova do Saeb chegando, alunos da Rede Municipal participam de simulados

Alunos da Rede Municipal de Ensino de Teresina estão em preparação para a prova do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) 2021, que deve acontecer no mês de novembro. Até lá, as turmas do 2º, 5º e 9º ano do Ensino Fundamental participarão de quatro simulados com os conteúdos exigidos na avaliação nacional.

Esta semana, os alunos estão dedicados ao segundo simulado. A turma do 2º ano ainda será avaliada por amostragem, mas todos os estudantes matriculados em escolas municipais do 5º e 9º ano serão testados pelo sistema, que leva à nota do IDEB.

De acordo com a gerente de Avaliação da Secretaria Municipal de Educação (Semec), Eudeilane Pereira, os simulados foram programados para desenvolver autoconfiança e familiaridade dos estudantes em relação as habilidades que serão avaliadas no Saeb.

“Dessa forma estamos alinhando planejamento, currículo e ensino, objetivando um bom resultado nas provas externas. Contamos com a colaboração de professores, coordenadores pedagógicos e diretores das unidades de ensino no sentido de viabilizar uma boa aplicação”, informa Eudeilane.

 

Simulado online ou presencial

Segundo a diretora Maria do Perpétuo Socorro, da Escola Municipal Jornalista João Emílio Falcão, 99% dos alunos estão se empenhando nos simulados. As provas foram aplicadas de forma online, como ainda têm sido as aulas na unidade de ensino.

“Nossos alunos são bastante participativos e estão acostumados a cumprir as tarefas no sistema remoto. Temos excelentes resultados a partir de um trabalho em equipe, onde cada aluno é acompanhado e motivado”, declara a gestora.

Na Escola Municipal Júlio Lopes Lima, a equipe gestora organizou com os pais um experimento de aplicação dos simulados no formato presencial. As turmas do 9º ano foram divididas em diversas salas para garantir o distanciamento e seguir os protocolos de segurança sanitária.

“Fizemos o primeiro simulado online, pela plataforma MobiFamília, então planejamos essa segunda etapa na escola, com alunos de máscara, carteiras distantes e termos assinados pelos pais. O objetivo é compreender as habilidades adquiridas pelos alunos até o momento, bem como prepara-los para a prova do Saeb”, conta a diretora Susana Paz.

Os alunos do 9º ano serão avaliados nas disciplinas de língua portuguesa, matemática e ciências. O resultado oferece um diagnóstico da qualidade da educação básica e é necessário para a elaboração e aprimoramento de políticas educacionais.