Servidores da Semec recebem orientações para realização do recadastramento

Superintendentes escolares foram convidados para participar de uma reunião no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semec). O objetivo do encontro foi facilitar a comunicação entre a equipe de gestores do órgão e a comissão do recadastramento funcional dos servidores junto às escolas e Cmeis da rede municipal de ensino. O censo cadastral acontece até o dia 18/11.

Na reunião foram colocados os pontos de dificuldades encontrados pelos servidores na realização do recadastramento e repassadas as orientações para que possa viabilizar a coleta de informações. O censo é feito exclusivamente online, no site da Semec: https://semec.pmt.pi.gov.br/recadastramento/. Os servidores ativos deverão se recadastrar anualmente a partir do exercício de 2022, no mês do respectivo aniversário, com a finalidade de promover a atualização de seus dados cadastrais.

A professora Cristiane Pimentel que faz parte do apoio jurídico do setor de direitos e deveres dos servidores da Semec afirma. “Esse momento é muito importante para identificamos possíveis falhas no sistema que alguns servidores já relataram à comissão e estamos hoje esclarecendo algumas dúvidas com os superintendentes e a partir daí eles levem essas informações com mais clareza para as escolas.”

“O comprometimento dos servidores e a consciência da obrigatoriedade do processo de recadastramento funcional garantirá o êxito de todo o processo”, finaliza Cristiane Pimentel.

Crianças da Rede Municipal de Ensino participam da Semana da Criança Abrasel

Alunos do Centro Municipal de Educação Infantil Tia Lygia, localizado no bairro Ilhotas, zona sul de Teresina, tiveram uma tarde diferente nesta terça-feira (05). Elas participaram de brincadeiras e tiveram momentos de descontração e refeições em uma churrascaria, numa iniciativa promovida pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Piauí (Abrasel no Piauí) em comemoração ao Dia das Crianças. A ação acontece até a sexta-feira (08), em diversos estabelecimentos da capital.

“O intuito é que as crianças conheçam o restaurante e brinquem, se distraiam, ao mesmo tempo que conheçam a rotina dos estabelecimentos. Abraçamos o projeto da Abrasel, que é importante neste período de pandemia da Covid-19, que tem sido muito difícil para todos, inclusive os pequenos. As crianças precisam de momentos divertidos e é o que nos propusemos a oferecer a elas no nosso espaço”, afirma Guilherme Carvalho, proprietário do Quintal do Churrasco, que recebeu os alunos.

Para a vice diretora do CMEI Tia Lygia, Ana Sheridan Gomes Viana, é uma oportunidade para os alunos se adaptarem à nova rotina. “As crianças estão há muito tempo sem participar de atividades coletivas e recreativas e nós entendemos que esta era uma boa oportunidade para que elas pudessem vivenciar esse retorno à normalidade que, progressivamente, estamos tendo. É uma forma delas entenderem que a socialização agora é de uma forma diferente, com distanciamento e muito cuidado. Trouxemos dez crianças do segundo período, na faixa etária de seis anos, que ganharam chocolate, pipoca, picolé e brincaram bastante”.

A ação da Abrasel acontece em todo o Brasil, tendo como participantes piauienses: Rainha do Mixto (Altos), Tanino (Picos), A3 Sushi Pub, Dom Nelore Sul, Fazendaria Café, Domino’s, D’Tortugo, Jambu Café, Kitanda do Petit, Navegas, Nossa Casa, Novo Point Sul, O Pesqueirinho, Quintal do Churrasco, Rancho do Vaqueiro e São João Restaurante, representando Teresina, além de contar com o apoio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) e Secretaria Municipal de Educação (Semec).

Crianças retornam às aulas presenciais na rede municipal de ensino

O desejo de voltar a ver seus amiguinhos, as professoras, brincar com as letrinhas, os números, participar das oficinas de leitura e ter uma convivência escolar fizeram a pequena Yasmim Neves, 4 anos, pedir para sua mãe, Silvana Neves, o seu retorno às aulas presenciais, no Centro Municipal de Educação Infantil, Santa Maria da Codipi – Cmei. A unidade iniciou o retorno das aulas presenciais na última segunda-feira, dia 04, nos turnos manhã e tarde, no formato hibrido. “Adotamos todas as medidas necessárias para o nosso retorno e contamos com a colaboração dos pais”, disse a diretora Elanne Lima.

Do total de 168 unidades de Ensino Infantil, a Secretaria Municipal de Educação – SEMEC já retornou com 101 centros. O restante deve iniciar suas atividades presenciais até o final de outubro.

Fotos: Ascom Semec

A dona de casa Silvana Neves disse que participou das reuniões entre pais e professores e compreende que é preciso contribuir. “Yasmim estava ansiosa para o retorno, depois de um ano e meio. Decidimos que ela retornaria e passamos a ter o cuidado de explicar sobre o uso da máscara e lavar bem as mãos. Explico que a máscara só pode ser retirada para comer. Além disso, disponibilizo em sua mochila outras máscaras”, enfatiza.

O Cmei Santa Maria da Codipi, atende 113 alunos, distribuídos nos turnos manhã e tarde. Para o retorno, os cuidados iniciam na porta de entrada com a medição de temperatura e uso do álcool nas mãos. A direção também fixou cartazes ilustrativos demonstrando os cuidados que todos devem ter para evitar a disseminação da Covid-19. Na sala de aula, as mesas são distantes uma das outras. O pátio é marcado com um X, determinando cada lugar que o aluno pode ocupar. “Cada escola vem adotando as medidas necessárias para evitar a disseminação do vírus e a cada visita, me surpreendo com os cuidados dos diretores e professores. As próprias crianças demonstram que estão atentas para estes cuidados. Logo na entrada para a escola, todos formam filas para testar a temperatura e receber o álcool nas mãos. Elas mantêm o distanciamento e realizam o uso das pias para lavar as mãos”, ressalta o secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso.

Na oportunidade, o secretário juntamente com o coordenador do Grupo de Trabalho Programa de Desenvolvimento da Educação da Semec, professor Reinaldo Ximenes, a superintendente escolar Leny Oliveira e o vereador Vinicius Ferreira conheceram as instalações da unidade escolar recebendo a solicitação da diretora para serviços de infraestrutura. “É muito importante para nossa comunidade escolar, receber a visita do secretário Nouga e equipe técnica. Tudo é um desafio e o retorno de nossas crianças é um desafio lindo, porque estamos vendo o brilho e a alegria nos olhos de cada um”, acrescenta a diretora Elanne Lima.

O secretário e equipe técnica também visitou o Centro Municipal de Educação Infantil, Monte Verde que também retornou com as aulas presenciais.

Com prova do Saeb chegando, alunos da Rede Municipal participam de simulados

Alunos da Rede Municipal de Ensino de Teresina estão em preparação para a prova do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) 2021, que deve acontecer no mês de novembro. Até lá, as turmas do 2º, 5º e 9º ano do Ensino Fundamental participarão de quatro simulados com os conteúdos exigidos na avaliação nacional.

Esta semana, os alunos estão dedicados ao segundo simulado. A turma do 2º ano ainda será avaliada por amostragem, mas todos os estudantes matriculados em escolas municipais do 5º e 9º ano serão testados pelo sistema, que leva à nota do IDEB.

De acordo com a gerente de Avaliação da Secretaria Municipal de Educação (Semec), Eudeilane Pereira, os simulados foram programados para desenvolver autoconfiança e familiaridade dos estudantes em relação as habilidades que serão avaliadas no Saeb.

“Dessa forma estamos alinhando planejamento, currículo e ensino, objetivando um bom resultado nas provas externas. Contamos com a colaboração de professores, coordenadores pedagógicos e diretores das unidades de ensino no sentido de viabilizar uma boa aplicação”, informa Eudeilane.

 

Simulado online ou presencial

Segundo a diretora Maria do Perpétuo Socorro, da Escola Municipal Jornalista João Emílio Falcão, 99% dos alunos estão se empenhando nos simulados. As provas foram aplicadas de forma online, como ainda têm sido as aulas na unidade de ensino.

“Nossos alunos são bastante participativos e estão acostumados a cumprir as tarefas no sistema remoto. Temos excelentes resultados a partir de um trabalho em equipe, onde cada aluno é acompanhado e motivado”, declara a gestora.

Na Escola Municipal Júlio Lopes Lima, a equipe gestora organizou com os pais um experimento de aplicação dos simulados no formato presencial. As turmas do 9º ano foram divididas em diversas salas para garantir o distanciamento e seguir os protocolos de segurança sanitária.

“Fizemos o primeiro simulado online, pela plataforma MobiFamília, então planejamos essa segunda etapa na escola, com alunos de máscara, carteiras distantes e termos assinados pelos pais. O objetivo é compreender as habilidades adquiridas pelos alunos até o momento, bem como prepara-los para a prova do Saeb”, conta a diretora Susana Paz.

Os alunos do 9º ano serão avaliados nas disciplinas de língua portuguesa, matemática e ciências. O resultado oferece um diagnóstico da qualidade da educação básica e é necessário para a elaboração e aprimoramento de políticas educacionais.

Profissionais de educação participam de palestra na Escola Municipal Santa Filomena

A Escola Municipal Santa Filomena, localizada na zona rural Leste de Teresina, realizou na última segunda-feira (09) uma palestra, proferida pela psicóloga do Centro de Referência de Assistência Social-NORTE IV, Denise Layane Leal Silva, voltada a professores e funcionários administrativos. O objetivo do encontro foi proporcionar uma escuta ativa dos profissionais da unidade de ensino.

A ação já estava no planejamento da gestão para o retorno gradual das aulas presenciais. “Esta foi a segunda participação da psicóloga na escola, que atendeu a um convite da diretora, Givalda Ferreira. A parceria do CRAS Norte IV tem sido de relevância essencial nesse momento que vivenciamos. O objetivo é trabalhar com toda a comunidade escolar para que esse retorno possa acontecer de forma consciente e responsável, da parte de todos.”, afirma a pedagoga da E.M Santa Filomena, Ioshua Costa Guedes.

A psicóloga agradeceu o convite e parabenizou a iniciativa da escola. Ela abordou a importância de se trabalhar com as inúmeras questões que se tem vivenciado nesse contexto de pandemia, principalmente relacionada a educação e à escola. “Para enfrentar os medos do risco de contaminação é preciso ter consciência de que garantir que os protocolos de segurança funcionarão 100% pode gerar expectativas irreais. Precisamos alinhar as expectativas e pensar em soluções possíveis”, disse Denise Layane.

“É importante uma escuta ativa nesse momento que tem perspectivas de um retorno gradual das aulas presenciais. Temos muitas dúvidas e incertezas, mas só o tempo vai dizer sobre nossos comportamentos com relação a esse retorno. No entanto, é importante que cada um faça sua parte, seguindo todos os protocolos de segurança e considerando também as bagagens sentimental, emocional e as angústias individuais”, conclui a pedagoga Ioshua Guedes.

Semec divulga resultado final da seleção para estagiários que apoiarão professores em sala de aula

A Secretaria Municipal de Educação (Semec) divulgou na noite desta segunda-feira (09) o resultado final do processo seletivo para estagiários da Rede Municipal de Ensino. Foram mais de 1.800 vagas distribuídas para estudantes de nível médio/técnico e nível superior em áreas diversas. As listas com os classificados por nível e também do cadastro de reserva estão disponíveis no site da Secretaria (https://semec.pmt.pi.gov.br/processo-seletivo-estagiario).

A seleção usou como base o Índice de Rendimento Acadêmico dos inscritos e a classificação final aparece por ordem decrescente do total de pontos obtidos. A convocação para assinatura dos Termos de Compromisso de Estágio, que acontece a partir do dia 11 de agosto, será de acordo com a necessidade da Secretaria. Os classificados devem aguardar contato telefônico, por e-mail ou WhatsApp cadastrados no formulário de inscrição.

Os novos estagiários serão auxiliares dos professores em sala de aula nas turmas de Educação Infantil e Ensino Fundamental. Além de acadêmicos de pedagogia, foram selecionados auxiliares de apoio à inclusão e monitores para as escolas de tempo integral, com habilidades em xadrez, dança, teatro, entre outros. O cadastro de reserva contém, ainda, estudantes de letras português, letras inglês, letras espanhol, matemática, história, geografia e ciências da natureza (biologia, química e física).

De acordo com a Semec, as contratações têm validade de um ano, prorrogáveis por mais um ano. Os classificados cumprirão carga horária de 20 horas semanais, com direito a bolsa-auxílio, uma forma de complementar com prática suas jornadas acadêmicas.

Aniversário de Teresina terá inauguração de escola e entrega de reforma de CMEI na zona Sul

Serão na quarta-feira (11) as inaugurações da área da educação na capital em alusão ao Aniversário de Teresina. Às 8h, o Prefeito Dr. Pessoa e o Secretário Nouga Cardoso entregam a reforma e ampliação do Centro Municipal de Educação Infantil Hercília Torres de Almeida, situado no bairro Parque Piauí. Agora o CMEI conta com sete salas de aula, pátio coberto, banheiros adaptados e um novo telhado termoacústico, que reduz as altas temperaturas. Também foram realizados reparos nos espaços administrativos e refeitório, melhorando o atendimento às famílias.

Às 11h, a comunidade Pedra Miúda, no Portal da Alegria, na zona Sul, recebe a Escola Municipal Professora Ana Vitória de Carvalho Santos, que faleceu neste ano de 2021, vitima da Covid-19. A unidade de ensino vai atender até 520 alunos em jornada de tempo integral, com turmas do 6º ao 9º ano. Inicialmente, a escola receberá estudantes já matriculados na Escola Municipal Júlio Lopes, localizada na mesma região, mas que estava com uma super demanda, ultrapassando a quantidade de mil alunos.

Com turmas divididas e mais espaço nas duas escolas, a Secretaria Municipal de Educação (Semec) pretende reorganizar o atendimento na comunidade e oferecer mais atividades aos jovens. Na E. M. Ana Vitória de Carvalho Santos, serão disponibilizadas aulas de xadrez, teatro, desenho, música, dança e protagonismo juvenil, dentro do núcleo de disciplinas diversificadas, comum às escolas de tempo integral da Prefeitura.

Fotos: Ascom Semec

Alunos da Rede Municipal de Teresina constroem protótipos de satélites

O Programa Cidade Olímpica Educacional, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação (Semec), tem ajudado alunos da Rede Municipal a alcançar grandes feitos nacionais. Três equipes do COE foram classificadas para a segunda etapa da Olimpíada Brasileira de Satélites, uma delas com o primeiro lugar nacional.

As equipes agora trabalham em projetos práticos, sob orientação do professor Edwar Davila Montenegro. Enquanto um grupo projeta um Picosatélite para estudar o clima espacial, outra pesquisa como o uso de Cubsat’s interferômetros e inteligência artificial podem ajudar na vigilância contra incêndios florestais e desmatamento ilegal. A terceira equipe analisa, ainda, a dinâmica atmosférica por meio de um CanSat.

Os encontros do professor com os alunos acontecem aos sábados, de forma online. Até a construção dos protótipos é por meio da plataforma virtual. “Com a aprovação na primeira fase, cada grupo ganhou um kit educacional com recursos para construir os satélites. Mesmo online estamos trabalhando esses assuntos e construindo na prática”, disse o professor Edwar.

Na próxima sexta-feira (09), as equipes classificadas de Teresina participam de uma live com o presidente da Agência Espacial Brasileira, Carlos Augusto Teixeira. Os alunos compartilharão suas experiências na competição e as perspectivas para o futuro.

CMEI Vila Bandeirante aplica testes de leitura e escrita por agendamento

Os alunos da Educação Infantil da Rede Municipal de Ensino de Teresina estão participando de testes para avaliar o nível de leitura e escrita. No CMEI Vila Bandeirante, zona Leste, a equipe decidiu realizar as provas presencialmente, por meio de agendamento, uma criança por vez.

Para a aplicação, a equipe escolar passou por uma preparação, tanto para realizar da melhor forma as etapas do teste, quanto para cumprir todos os protocolos sanitários contra a disseminação do coronavírus.

“Durante essa atividade, os professores receberam informações sobre as etapas de realização dos testes de nível e a organização de todo o material necessário para a aplicação dos mesmos, assim como orientações sobre a ornamentação da escola, preparo das salas de aula, agendamento dos horários das crianças, organização do lanche e o protocolo com as medidas de segurança”, explica a diretora Nordely Noronha.

A iniciativa da escola prepara a comunidade para a volta das aulas presenciais, ainda sem data marcada. Os protocolos utilizados durante a atividade com os testes de nível serão aplicados em todas as ações presenciais.

Segundo a diretora do CMEI, essa é também uma oportunidade para conversar com os pais dos alunos. “Enquanto a criança está em sala com a professora, converso com o responsável para saber como está a situação em casa e lembrar da importância de buscar as atividades sempre. Precisamos estar unidos para superar as dificuldades impostas pela pandemia”, finaliza Nordely.

Rede municipal: matrículas para novos alunos começam nesta terça (02)

Mais de 63 mil alunos, que já estudavam na rede municipal de Teresina no ano passado, renovaram suas matrículas para o ano letivo de 2021. Nesta terça-feira (02), serão abertas vagas para novos alunos, até o final da semana as escolas formarão novas turmas de I e II Período da Educação Infantil.

De 08 a 12 de fevereiro, serão matriculados alunos do Ensino Fundamental e também da Educação de Jovens e Adultos (EJA). A etapa seguinte é a divulgação das novas turmas de Berçário e Maternal, ainda em estudo pela Secretaria Municipal de Educação (Semec). Todas as matrículas são realizadas nas próprias unidades de ensino, priorizando alunos que residem no bairro.

Segundo o secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, o início do ano letivo está previsto para o dia 22 de fevereiro, ainda de forma remota. “É importante destacar que o planejamento da Secretaria é no sentido de conduzir esse processo das aulas não presenciais mantendo a qualidade do ensino, não abandonando nossos estudantes e ao mesmo tempo preservando a saúde de todos”, pontua Nouga.

Ainda de acordo com o secretário, segue para apreciação do Conselho Municipal de Educação uma proposta de programação para aulas no sistema híbrido exclusivamente para os alunos do 5º ano. As turmas, que serão avaliadas nacionalmente em breve, poderão assistir aulas presenciais em revezamento, divididas em um maior número de sala de aulas, para garantir mais segurança contra a disseminação do coronavírus.