FMS divulga link para hospitais, farmácias e laboratórios informarem resultados de testes para a Covid-19

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) divulgou o link para hospitais, farmácias e laboratórios informarem resultados de testes para a Covid-19. Os responsáveis pelo preenchimento dos formulários devem inserir os dados sobre os testes realizados e seus resultados acessando: http://ntsgc.fms.pmt.pi.gov.br/home.php. A medida consta no Decreto Nº 19.790.

Os estabelecimentos devem também se cadastrar no site da Prefeitura de Teresina e preencher formulário próprio, indicando a quantidade de testes diagnósticos realizados e, à medida que forem saindo os resultados, complementar as informações apresentadas. A determinação leva em consideração a necessidade de acompanhamento dos índices de testagem na capital e os dados deverão ser fornecidos diariamente.

“A testagem para o combate do novo coronavírus é importante para que se possa oferecer um tratamento adequado ao paciente e para que os gestores em saúde possam adotar ações de combate ao novo coronavírus. Após a testagem os profissionais de saúde irão adotar medidas terapêuticas para tratar os sintomas que o indivíduo apresenta. É preciso confiar na conduta dos profissionais de saúde e seguir as recomendações médicas”, explica Amparo Salmito, gerente de epidemiologia da FMS.

A Prefeitura de Teresina, por meio da FMS, garantirá o sigilo das informações fornecidas. Em caso de descumprimento, os estabelecimentos ficarão sujeitos à multa, interdição total das atividades e cassação de alvará de localização e funcionamento.

Capacitação ensina a elaborar itens de provas escolares para resultados precisos

Ascom/Semec

Formadores e professores da Rede Municipal de Ensino de Teresina estão aprimorando as técnicas para elaborar provas cada vez mais precisas na avaliação dos alunos. Para isso, a Secretaria Municipal de Educação (Semec) realizou, no Centro de Formação Odilon Nunes, uma oficina de elaboração de itens.

A capacitação ajudou o grupo a planejar itens objetivos e dissertativos para provas de rendimento escolar, seguindo uma intencionalidade que permite alcançar resultados mais confiáveis. Com dados precisos em mãos, os professores poderão elaborar planejamentos mais precisos também.

À frente da oficina, a especialista Salete Boakari explica que a aplicação dos testes, seguindo normas corretas, traz precisão na avaliação. “Somente pensando em como elaborar bem os itens das provas temos uma aferição de resultados confiáveis, identificando as necessidades reais dos estudantes. Com esses dados, as escolas planejam e executam o ensino voltado para os pontos apresentados nos testes”, explica.

Especialista em avaliação educacional vai apresentar resultados de Teresina para o prefeito

Ascom/Semec

Capital com o melhor Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) entre todas do país, Teresina tem buscado alcançar resultados cada vez melhores. E tudo indica que as boas notícias da Educação chegarão durante todo o ano de 2020. Na próxima terça-feira (4), o Prefeito Firmino Filho vai receber uma representante do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (CAEd/UFJF) que vem, pessoalmente, anunciar os resultados alcançados em 2019 pela capital piauiense. O encontro será às 12h, no Palácio da Cidade.

Os números são referentes ao Sistema de Avaliação Educacional de Teresina (Saethe), com testes aplicados a alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental na Rede Municipal. A parceria com o CAEd já dura seis anos e avalia o desempenho dos alunos em língua portuguesa e matemática, mensurando as habilidades dos estudantes em diferentes anos escolares.

A coordenadora de Avaliação da Secretaria Municipal de Educação (Semec), Giovanna Saraiva, adianta que os novos dados são surpreendentes. “O melhor resultado desde 2014”, anuncia. Com os dados em mãos, a Semec pretende aprimorar as políticas que garantem o avanço no desempenho.

A expectativa para a divulgação dos resultados é também para analisar os níveis de alfabetização das crianças, um dos focos da Prefeitura. Além de dar base para o planejamento das formações de professores e ações das escolas este ano.

Galeria da zona Leste tem 1,5km construídos e já mostra resultados

Com aproximadamente 1,5 quilômetros de extensão construídos, a galeria da zona Leste já está drenando as águas das chuvas que percorrem trechos das ruas Eustáquio Portela, Elvídio Ferraz, João XXIII, Alzira Pedrosa, Professor César Araújo e, posteriormente, o canal aberto que segue até a Avenida Raul Lopes e desemboca no Rio Poty. A medida visa garantir o perfeito escoamento das águas pluviais para evitar maiores transtornos com alagamentos.

Com investimento superior a R$ 49,4 milhões, a galeria é uma obra complexa e que terá 7km de extensão. Os recursos são oriundos da Caixa Econômica Federal, com contrapartida da Prefeitura de Teresina.

Ao longo dos trechos mencionados acima, a equipe de profissionais e engenheiros executaram escavações e a colocação de aduelas (estruturas pré-moldadas que constituem a estrutura final da galeria), garantindo o escoamento das águas das chuvas.

De acordo com o superintendente da SDU Leste, João Pádua, a construção da galeria já está garantindo o escoamento das águas pluviais nos trechos onde a galeria já foi construída. “Seguimos, de forma célere e efetiva, o cronograma de atividades dos serviços que foram executados na galeria. Nossa expectativa é de que no próximo período chuvoso a galeria esteja funcionamento em sua plenitude, permitindo a drenagem das águas nos principais pontos de alagamento da zona Leste”, explanou.

“A obra já passou de 1,5 quilômetros de extensão e com as chuvas que atingem a capital atualmente os serviços tiveram seu ritmo desacelerado, mas serão retomados normalmente após o período chuvoso. O resultado da construção da galeria trará inúmeros benefícios, mudando a vida de muitas pessoas que moram na região”, disse o superintendente executivo, Eng º Ângelo Cavalcante.

Workshop apresenta a servidores ferramentas de foco aplicadas ao trabalho

A Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema) promoveu, nesta sexta-feira (17), o Workshop Foco na Prática, ministrado pelos coachs Isabela Cavalcante e Rennadson Oliveira.

O encontro reuniu analistas de gestão pública aprovados no último concurso da Prefeitura de Teresina além de representantes da Sema e tinha como objetivo motivar e apresentar aos servidores ferramentas para auxiliá-los nas atividades do dia a dia.

“Trouxemos uma ferramenta que é como ter foco para atingir resultados, baseada em comportamento, visão e consistência, ou seja, se eu aplicar o meu foco diariamente, eu estou tendo consistência para realizar os objetivos e entregar os resultados”, explica a palestrante Isabela Cavalcante.

Segundo a especialista, é importante mostrar aos servidores que, muitas vezes, ele está caminhando em uma direção enquanto o órgão ou a empresa tem outros objetivos.

“O que a gente fez foi mostrar as diferenças entre pessoas que são ocupadas, que realizam muitas atividades, mas que essas atividades não estão alinhadas com o propósito ou com o resultado da empresa. Então se for aplicado o foco onde realmente é necessário, o sonho e os resultados vão ser atingidos”, conclui.

 

Alfabetiza Teresina: Gestores apresentam o resultado do ano

Ascom/Semcom

O último encontro da Coordenação do Projeto Alfabetiza Teresina de 2019, com gestores de escolas e CMEI’s que trabalham com turmas do 1º e 2º anos do ensino fundamental, aconteceu neste mês de dezembro. Na ocasião o grupo compartilhou os resultados alcançados pelas crianças no que diz respeito à leitura e escrita.

A Reunião Gerencial ocorrido no Centro de Formação Professor Odilon Nunes é parte do monitoramento das ações realizado pela Secretaria Municipal de Educação (SEMEC), para a alfabetização das crianças, com acompanhamento constate de seu desempenho acadêmico, aluno por aluno, ninguém fica para trás.

Carmem Portela, coordenadora do projeto Alfabetiza Teresina,  explica que durante o ano os gestores participaram de vários encontros para apresentação e análise de resultados, onde, a partir desses encontros, faz-se planejando para as intervenções e avanços no processo de alfabetização. “A meta da secretaria é que as escolas alcançassem 100% de alfabetização dos alunos matriculados nas turmas de 1° e 2° anos, conforme critério estabelecido. Os resultados apresentados mostram avanços, e 86% das crianças matriculadas nas escolas da Rede, com alunos em turmas do 1º e 2º ano alcançando a meta. Isso representa um total de 7.101 crianças alfabetizadas até os 6 anos de idade”, destaca.

Animada com os resultados do ano, a diretora Juliana Santana Barros de Moraes Trindade, da Escola Municipal Machado de Assis, compartilhou com os colegas o grande número de crianças que já leem bem. Ela conta a principal estratégia utilizada durante o ano.

“Tivemos muitas ações, projetos de leitura e uma programação intensa, mas atribuímos os melhores resultados principalmente à dedicação diária das professoras em sala de aula e do acompanhamento realizado individualmente pela gestão e pedagoga. Usamos as metas da Secretaria Municipal de Educação como base e trabalhamos para que toda a turma chegasse lá. Estamos satisfeitas com o que conquistamos este ano. Alcançamos a meta de 100% de crianças alfabetizadas. É muito gratificante”, conclui a gestora.

O Alfabetiza Teresina é uma das ações desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Educação (Semec) com as unidades de ensino para potencializar as habilidades de leitura e escrita dos alunos, fortalecendo o ciclo de alfabetização. Na prática, as crianças estão criando o hábito de ler com prazer, todos os dias.

Gestores da Educação Infantil analisam resultados de leitura e escrita das crianças

Ascom/Semec

No último encontro de gestores da Educação Infantil de 2019, hoje (18), o grupo compartilhou os resultados alcançados pelas crianças em leitura e escrita. A reunião gerencial no Centro de Formação Odilon Nunes é parte do monitoramento de ações pela alfabetização das crianças, com acompanhamento constate do desempenho acadêmico aluno por aluno.

O grupo também analisou os dados da Prova Teresina e fez um comparativo entre o diagnóstico e o 4º bimestre. Os números são referentes às turmas de 1º e 2º período da Educação Infantil.

Animada com os resultados do ano, a diretora Carla Maia, do Centro Municipal de Educação Infantil Tia Fanny, compartilhou com os colegas o grande número de crianças que já leem bem. Ela conta a principal estratégia utilizada durante o ano.

“Tivemos muitas ações, projetos de leitura e uma programação intensa, mas atribuímos os melhores resultados principalmente à dedicação diária das professoras em sala de aula. Usamos as metas da Secretaria Municipal de Educação como base e trabalhamos para que toda a turma chegasse lá. Estamos satisfeitos com o que conquistamos este ano”, conclui a gestora.