Strans vai interditar vias a partir das 14h no dia do Corso

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) vai interditar, a partir das 14h deste sábado (15), várias vias na região onde acontecerá o Corso. Um total de 78 agentes de trânsito estarão participando da operação em onze pontos no entorno do evento.

O percurso do Corso inicia às 17h deste sábado na Avenida Raul Lopes, no sentido norte/sul, até a rotatória da Potycabana, que será o local de dispersão dos caminhões.

O gerente de operação e fiscalização da Strans, Denis Lima, explica que as interdições são para garantir a segurança dos condutores e uma melhor fluidez do tráfego. “Todas as equipes estarão trabalhando com os vários órgãos envolvidos para proporcionar segurança da população no evento e no entorno. É uma ação que foi bem planejada e será executada de forma integrada com a Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal e outros órgãos”, diz.

O diretor de Operação e Fiscalização da Strans, Jaime Oliveira, informa que este ano será garantida a entrada e saída de moradores de um condomínio próximo ao evento. “Esse espaço terá a implantação de um gradil que permitirá a entrada e saída de veículos para atender a necessidade de locomoção dos moradores entre a garagem até um posto de gasolina localizado na Avenida Universitária”, informa.

Confira abaixo os pontos que serão interditados:

Ponte da Primavera (nos dois sentidos)

Avenida Raul Lopes (nos dois sentidos entre o setor de esportes da UFPI e rotatória da Potycabana)

Avenida Raul Lopes x Rua José Paulino

Avenida Raul Lopes x Rua Cel. Costa Araújo

Avenida Raul Lopes x Rua Ind. José Camilo da Silveira

Avenida Raul Lopes x Rua Anfrísio Lobão

Avenida Raul Lopes x Rua Des. Manoel Castelo Branco

Avenida Raul Lopes x Rua Senador Cândido Ferraz

Avenida Raul Lopes X Rua Júlio Mendes

Rua Marcos Parente x Rua Elias João Tajra

Avenida Jockey Club entre as avenidas Ininga e Raul Lopes.

 

 

SDU Leste pavimenta ruas na Vila Madre Teresa com recursos do Orçamento Popular

Em mais uma ação em prol do aprimoramento do plano estrutural da região, a Gerência de Obras e Serviços (GOS) da SDU Leste está providenciando a pavimentação em paralelepípedo das ruas México e Gabriel Felipe, na Vila Madre Teresa. As obras têm o intuito de melhorar a mobilidade urbana do local, levando mais qualidade de vida aos moradores.

A Gerência de Obras explica que as duas ruas têm recursos provenientes do Orçamento Popular, um dos instrumentos mais importantes que a Prefeitura utiliza para a execução de obras, onde a comunidade decide o que deve ser feito em sua região.

Somente na Rua México, a Prefeitura está investindo o valor de R$ 72.829,33. Já na Rua Gabriel Felipe o investimento é de R$ 49.015,56.

Para o Superintendente João Pádua, os trabalhos desenvolvidos pela Prefeitura, por meio das SDUs, são reflexos da preocupação do órgão Municipal com a comunidade. “As obras de pavimentação têm funcionalidades primordiais na vida dos moradores. Elas promovem um impacto positivo na população, um que vez aprimora a mobilidade urbana, permitindo o fluxo de pessoas e de veículos mais facilmente”, destacou.

Também avaliando de forma positiva, o Superintendente executivo, Engº Ângelo Cavalcante, frisou que a SDU Leste estará sempre à disposição para ouvir os anseios dos moradores e atender as demandas dentro das possibilidades. “Estamos felizes com a quantidade de obras de pavimentação que estão sendo executadas em toda a zona leste, além de áreas de lazer como praças e campos de futebol. Esperamos, com isso, promover uma melhor qualidade de vida na região”, disse.

 

Equipes fazem varrição e coleta de lixo à noite nas ruas e praças do centro

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Centro Norte, por meio da Gerência de Serviços Urbanos (GSU), está intensificando as ações de limpeza nas praças e ruas na área central da cidade através de serviços de varrição e coleta de lixo. Além das equipes que trabalham nos turnos manhã e tarde, à noite as equipes estão realizando uma limpeza geral para que a área central esteja limpa no início do dia.

Apesar da prática ser comum todos os dias, as ações têm se intensificado para atender com mais eficácia e rapidez as notificações da população. Todas as noites, a partir das 18h, as equipes de limpeza fazem o serviço de varrição e coleta de lixo nas praças e nas ruas do centro, entretanto é preciso que a população ajude colocando o lixo nos locais adequados.

“Todos os dias passam muitas pessoas pelo centro da cidade, por isso deixamos as praças e ruas limpas, mas precisamos contar também com a colaboração da população, para que o lixo seja colocado nos locais adequados”, explica o gerente de Serviços Urbanos da SDU, José Neto

Neto afirma ainda que os trabalhos de limpeza começam a partir das 18h, horário que as lojas começam a ser fechadas. “Nesse horário iniciamos a varrição e a coleta do lixo que é gerado ao longo do dia na área central. Então estamos conseguindo que as ruas e praças do centro estejam limpas no início da manhã”, disse.

A população pode colaborar com os serviços de limpeza através do aplicativo Colab, enviando fotos e a localização exata dos pontos que precisam de limpeza e fiscalização. O Colab está disponível para celulares Android e IOS.

 

Prefeitura investe R$ 1,2 milhão no asfaltamento do bairro Planalto Uruguai

Ascom/Semduh

A Prefeitura de Teresina segue atuando para melhorar a mobilidade urbana em todas as zonas da cidade. O bairro Planalto Uruguai, zona Leste, é uma das regiões que está sendo beneficiada com investimento de R$ 1,2 milhão no asfaltamento de 4,6Km de vias.

Ao todo, 12 ruas estão sendo asfaltadas, dentre elas: Rua Dr. Anastácio Campos, Rua Teresinha Lagens Visqueira, Rua Raimundo N. Andrade, Rua Dr. Carlos Pereira da Silva, Rua 007 (trecho 1 e 2), Rua Governador José Costa, Rua Manoel Gualberto da Costa, Rua Prof. Raimundo Morais, Rua Artista Plástico Liz Medeiros, Rua Poeta Hermes Vieira e Rua Cirilo Dantas França.

Para o casal Raimundo Lima e Maria Viana, moradores do Planalto Uruguai, o asfaltamento é motivo de comemoração. “Facilita nosso acesso e locomoção pelo bairro. Facilita até a nossa ida à igreja”, comentou o Sr. Raimundo.

De acordo com o coordenador de Asfaltamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), Daniel Pereira, a Prefeitura tem equipes atuando no asfaltamento, recapeamento e na conservação de vias do município.

“Além das obras nas ruas do Planalto Uruguai, estamos asfaltando todo o Promorar (zona Sul), Novo Residencial no Parque Brasil (zona Norte) e Ruas do Parque Itararé (zona Sudeste)”, comentou o coordenador.

Ainda segundo Daniel Pereira, equipes da Operação Tapa Buracos estão seguindo uma programação específica para reforçar a manutenção de vias com problemas de rupturas causadas pelas chuvas intensas.

“O período chuvoso sempre castiga as ruas e avenidas da cidade, mas já iniciamos o ano preparados para isso e atuando para minimizar os desconfortos causados pelos buracos. Também contamos com a parceria da população, que pode solicitar reparos da Operação Tapa Buracos diretamente pelo aplicativo da Prefeitura, o Colab”, completou.

Programação Operação Tapa-Buracos:

1- Rua Corisco – Vila da Paz (zona Sul)

2- Linha de ônibus – Vila da Paz  (zona SUL)

3 – Linha de ônibus – conjunto Santa Fé (zona SUL)

4 – Rua Lourival Mesquita – Santa Maria da Codipi (zona NORTE)

5 – Estrada da Cacimba Velha e Santa Teresa (zona LESTE)

6 – Demandas do Colab

Ruas do Centro estão sendo requalificadas pela Prefeitura de Teresina

As obras de acessibilidade nas ruas do Centro da cidade estão em ritmo acelerado. A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Centro Norte (SDU Centro/Norte) vai requalificar oito vias. Os serviços iniciaram pela Rua Álvaro Mendes e em seguida será feita uma avaliação para definir a próxima via a ser beneficiada para que a obra interfira o mínimo possível no tráfego da região.

A obra tem previsão de conclusão de 12 meses e está orçada no valor de R$ 2.287.970,77 via CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina). O projeto vai contemplar as ruas Álvaro Mendes, Senador Teodoro Pacheco, Paissandu, Rui Barbosa, Firmino Pires, Riachuelo, João Cabral e seus cruzamentos com a Avenida Maranhão.

Será feita uma revitalização total de acessibilidade, com a adequação das calçadas, passeios e rampas; novas pavimentações, através da manutenção do asfalto e novos pisos intertravados; paisagismo; travessias elevadas; novas placas de sinalização; novos bancos, lixeiras e iluminação.

O superintendente executivo da SDU Centro/Norte, Márcio Sampaio, explica que o projeto tem como base o “traffic calming”, que envolve estratégias urbanísticas que criam espaços de circulação mais seguros. “Esse tipo de via é ideal para espaços com grande circulação de pessoas. A intenção é proporcionar uma locomoção mais segura através de recursos como rampas, travessias elevadas e novas sinalizações”, explica.

O principal objetivo do projeto é transformar a área em um espaço com total acessibilidade, onde o pedestre seja o protagonista.  “As calçadas passarão por uma requalificação ganhando piso tátil, que vão garantir acessibilidade para as pessoas com deficiência visual, por exemplo”, informa.

Outras ruas do Centro também irão receber melhorias visando à acessibilidade como é o caso das ruas Coelho Rodrigues e Simplício Mendes. Essas, especificamente, serão objeto de uma nova licitação que acontecerá no dia 9 de janeiro. “Com isso todo o Centro será contemplado com serviços de requalificação”, lembra o superintendente.

A arquiteta e coordenadora da área central de Teresina, Constance Jacob, explica que a revitalização vem para despertar um olhar diferenciado do teresinense para o Centro da cidade. “Além de melhorar a mobilidade urbana, nosso objetivo é fazer com que o Centro volte a ser habitado e frequentado, porque é uma região que só tem vida oito horas por dia e que precisa de ressignificação”, enfatiza.

Nas ruas Paissandu e Senador Teodoro Pacheco serão implantadas ciclofaixas, entretanto serão preservados os estacionamentos nas vias. “Criaremos um espaço para a circulação dos ciclistas, assim estamos beneficiando mais um modal além dos outros que já são contemplados na área central da cidade, mas é preciso deixar claro que os estacionamentos em um lado da via serão preservados”, acrescenta.

A Rua Álvaro Mendes terá uma pavimentação especial para facilitar o fluxo dos pedestres. “Nos cruzamentos ao longo da rua teremos travessias elevadas, semelhantes às que já existem nas Ruas Álvaro Mendes e Simplício Mendes, para proporcionar mais segurança para travessia dos pedestres”, finaliza.

Strans faz sinalização em 130 ruas das zonas Sul e Sudeste

Ascom/Strans

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) está fazendo a sinalização em cruzamentos de 130 ruas, nas zonas sul e sudeste de Teresina. Essa sinalização é com pintura no asfalto e colocação de placas com indicação de pare, além de faixas de pedestres. Todo o serviço deve ser concluído até o final deste mês.

São 15 ruas no bairro Vermelha, 42 no Parque Piauí, 48 no Parque Mão Santa e 25 vias no Parque Ideal. Após a conclusão na zona Sul, a sinalização será no Parque Ideal e Parque Mão Santa, zona Sudeste, nas vias com novo asfalto. Algumas ruas com calçamento, devido à circulação de veículos, também serão sinalizadas.

O engenheiro da Strans, Lucas Andrade, explica que a sinalização horizontal é feita quando existe desgaste da pintura no asfalto ou a via recebe asfalto novo. “As vias que estão sendo sinalizadas no Parque Piauí são no trecho das ruas Walfrido Salmito e Marechal Juarez Távora. O trabalho já está sendo sendo executado em diversas ruas do bairro Vermelha e na sequência serão atendidos os bairros Parque Ideal e Mão Santa”, diz.

O engenheiro explica que em vias onde é feita a obra de novo asfalto, a pintura só pode ser realizada após 30 dias. Esse prazo é necessário para que aconteça o processo de cura do asfalto, pois se for pintado antes a tinta é absorvida.

Vila Irmã Dulce está recebendo calçamento em 18 ruas

A Vila Irmã Dulce, localizada na zona sul da cidade, está recebendo pavimentação em 18 ruas. A Prefeitura de Teresina está investindo mais de R$ 2,3 milhões na obra, com recursos próprios do município.

O prefeito Firmino Filho visitou algumas dessas ruas na manhã desta quinta-feira (05) e foi muito bem recebido pelos moradores. O superintendente da SDU Sul, Paulo Lopes, e alguns vereadores também acompanharam a visita. Algumas já beneficiadas da região são: Baú, Cartográfica, Ética, São Luís, Santa Luzia, Serramil, Corel, Frazão, Apóstolo Simão, Golfinho e várias outras.

“É uma mudança muito grande para todas essas pessoas sair da lama e da poeira e receber um calçamento de qualidade. Tinha lugar que não passava nem carro”, afirmou Manoel Cambota, morador da Vila e uma das lideranças comunitárias do local.

Na mesma região, em uma área conhecida como Morro do Cambota, a Prefeitura está construindo o primeiro campo de futebol da Vila, todo estruturado com muretas, alambrados e outros itens.  Estão sendo investidos cerca de R$ 150 mil na obra e na compra de equipamentos básicos, como as traves.

“É com grande alegria que estamos visitando hoje tantas obras que a SDU Sul está fazendo. É muito trabalho sendo desenvolvido e esperamos que a gente possa continuar”, disse Firmino Filho.

Antes de chegar na Irmã Dulce, o prefeito visitou, ainda, duas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) que estão sendo construídas, uma no residencial Hugo Prado, e outra no Dagmar Mazza, que já tem previsão de ser concluída até o final deste mês. O investimento será superior a R$ 560 mil.

Na mesma região, a comitiva visitou uma bela praça em obra, às margens da Avenida Manoel Ayres Neto, que divide o Parque Sul do Vamos Ver o Sol. Os investimentos serão de cerca de R$ 330 mil, com recursos oriundos de emenda parlamentar.  No espaço de 7.500m2 será feito um campo de futebol, passeios, área para estacionamento, calçadão e academia popular, entre outras coisas.

Parque Vitória terá principais ruas pavimentadas

Rômulo Piauilino

Nos próximos dias será iniciada a pavimentação de seis ruas no Parque Vitória, na zona Sul da cidade. As ruas foram definidas pela importância que representam para a mobilidade de cerca de 3.200 famílias. O prefeito Firmino Filho esteve em visita ao local na manhã de hoje (03) acompanhado do superintendente da SDU Sul, Paulo Lopes, do Executivo, Paulo Roberto, e de lideranças comunitárias.

As ruas 15 de Agosto, 15 de Novembro, Rua Barracão, Nossa Senhora do Bonfim, Progresso e São Francisco irão receber o calçamento. Ao todo, são mais de sete mil metros quadrados de calçamento. A superintendência está no local trabalhando a terraplanagem de área próxima ao galpão e de outras ruas.

A agenda de visitas, no entanto, teve início na obra da Via Sul, onde o ritmo se encontra bem acelerado. “Essa é uma obra de extrema importância para o escoamento da zona Sul. Essa primeira fase, que vai do balão do Cefapi até a Ponte Anselmo Dias, já está bem adiantada. E já está licitada a parte da Anselmo Dias até a Avenida Manoel Ayres Neto, no Parque Sul”, lembrou o prefeito.

A obra da Via Sul terá outro importante avanço. As 26 famílias que estavam na área onde será construída alça de acesso a Ponte Wall Ferraz já foram indenizadas e as primeiras já começaram a construir suas casas no terreno que foi doado pela Prefeitura.

O investimento total nas três etapas da obra será de R$ 65 milhões. A Avenida Marginal Poti Sul tem três pistas de rolamento de cada lado, um canteiro central de seis metros de largura, uma calçada do lado da floresta fóssil também de seis metros e outra de três metros do lado das residências.

O prefeito também visitou o ginásio Poliesportivo do Lourival Parente. Essa obra já está em fase de conclusão e deve ser entregue a comunidade ainda nos primeiros meses de 2020. São cerca de dois mil metros quadrados de área com uma quadra poliesportiva, banheiros e vestiários masculino e feminino, lanchonete, sala para administração, arquibancadas para 720 lugares (sentados), estacionamento, entre outras coisas. A Prefeitura está investindo na obra cerca de R$ 1,6 milhão, recursos do Governo Federal com contrapartida da administração municipal.

O prefeito Firmino Filho e o superintendente Paulo Lopes estiveram ainda no bairro Santa Rita, onde a Prefeitura está construindo o prédio que será a sede do Amor de Tia da zona Sul. O local contará com um Serviço de Atendimento Integral a Mulher e as Crianças, vinculado à Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (SMPM).

A visita foi concluída no Parque Eliane. No bairro, a Prefeitura também realizando pavimentação. Quinze ruas estão ganhando calçamento através de recursos do Orçamento Popular. O investimento supera os R$ 700 mil. São exemplos as ruas Barcarena e Donizete Adalto, no Basilar, Rua Colombo, Rua dos Montes, Lourival Lobo e Rua Grécia, no Planalto Bela Vista, a Rua Córrego e São Francisco das Chagas, no Angelim, e Rua São Sebastião, no bairro Santo Antônio, entre outras.

Avenidas, praças e cemitérios recebem ações de limpeza pela SDU Leste

Nesta quarta-feira (27), a equipe de limpeza da Gerência de Serviços Urbanos da SDU Leste realiza serviços em 12 bairros da zona Leste. Avenidas, ruas, parques, praças e cemitérios passam pelas ações preventivas da Prefeitura, que ocorrem de forma programada para atender toda extensão da zona Leste.

A limpeza é feita por meio de capina, varrição, transbordo (máquina que trabalha na retirada de entulhos acumulados em ruas e avenidas), podas, além da ação de uma roçadeira.

De acordo com Renato Lopes, gerente de Serviços Urbanos da SDU Leste, o trabalho é executado regularmente, sendo feita a limpeza da localidade e, posteriormente, o retorno no prazo de três meses. “A Gerência de limpeza destina frentes de trabalho para realizarem a manutenção de viveiros, serviços de poda de árvores e também o processo de transplantio em alguns pontos considerados áreas verdes. Estamos atuando com trabalhos intensos para proporcionar uma melhor qualidade de vida para os moradores da região”, ressaltou.

Ininga, São Cristóvão, Noivos, São João,Vila Maria, Morada do Sol, Vale do Gavião, Parque Mão Santa, Fátima, Cidade Jardim, Ladeira do Uruguai e Recanto das Palmeiras  estão sendo contemplados com a atuação da equipe, onde as Avenidas Raul Lopes, Senador Área Leão, Zequinha Freire, Pires Gaioso, João XXIII, Dom Severino recebem os serviços de limpeza. Além disso, as ruas Mirasol, Agnelo Pereira, a Praça do Parque Mão Santa e o cemitério São Judas também integram a programação.

A SDU Leste solicita também o apoio da população no sentindo de fazer o descarte do lixo da maneira correta e também em evitar despejar materiais em praças, no meio de ruas e avenidas. Sobre isso, o órgão conclama o apoio do cidadão para atuar em conjunto.

“Nossa missão também é de promover a conscientização das pessoas para que elas se sintam mobilizadas a participarem conosco das limpezas nos bairros. Juntos, podemos trabalhar com ações mais direcionadas com a finalidade de manter a nossa região mais limpa. Solicitamos também o apoio da população no sentindo de fazer o acondicionamento do lixo da maneira correta e também em evitar despejar materiais em praças e no meio de ruas e avenidas”, destacou o superintendente João Pádua.

A Superintendência conta sempre com a colaboração da população no trabalho de conservação desses espaços. Nesse sentindo, a comunidade pode ajudar o órgão com informações ou denúncias sobre descarte incorreto de lixo domiciliar ou material sólido pelos números (86) 3215-7875 e 7874 ou pelo aplicativo Colab.

 

Strans alerta que pedestres idosos estão em situação de risco no trânsito

Chama a atenção a quantidade de acidentes de trânsito envolvendo pedestres com idade a partir de 60 anos nas ruas de Teresina. Somente no primeiro semestre deste ano foram 109 acidentados, sendo 13 vítimas fatais e 86 graves. Os dados são do Relatório do Programa Vida no Trânsito.

Em 2018 foram 208 acidentados, com 30 vítimas fatais e 178 graves. Em 2017 foram 177 pedestres idosos vítimas de acidentes, com 28 mortes e 149 vítimas em estado grave. As estatísticas apontam que os pedestres ocupam a segunda colocação na quantidade de acidentes, perdendo apenas  para a categoria dos motociclistas.

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) alerta para a necessidade de um trânsito mais harmônico, com respeito às necessidades dos pedestres idosos, considerados a parte mais sensível por enfrentarem muitos obstáculos nas ruas, como dificuldade de locomoção, o excesso de velocidade dos veículos e a condução imprudente.

A gerente de Educação no Trânsito da Strans, Samyra Motta, explica que os idosos são a parte mais sensível por terem mobilidade reduzida e outras dificuldades como a visão, por isso a necessidade de mais atenção por parte de todos que fazem o trânsito. “O idoso tem dificuldade de perceber a velocidade dos veículos na via, de caminhar mais rápido, além da distração com mais frequência e muitos se deslocam sozinhos”, avalia.

Luiz de Sousa Santos tem 60 anos e nunca sofreu um acidente. Ele conta que está sempre atento à sinalização, além de ter muito cuidado nas travessias. “Existe boa sinalização na cidade, mas é preciso ter muita atenção e eu sempre levanto o braço para mostrar que eu quero atravessar a rua”, relata.

Samyra orienta que é necessário pensar no outro e respeitar as limitações do idoso. Sugere ainda que o familiar acompanhe a pessoa idosa e que os condutores de veículos respeitem o tempo para o idoso atravessar a via. “Não temos leis especificas para o idoso no trânsito, mas os condutores de veículos precisam ter a sensibilidade de respeitar as necessidades dessa parcela da população”, diz.

 

Cuidados para o idoso

Usar calçado fechado e adequado para caminhar;

Para atravessar a via, o idoso deve acenar com o braço perpendicular ao corpo para avisar que fará a travessia;

Aguardar o sinal do pedestre ficar verde e, se for necessário, pedir ajuda para outra pessoa;

Atravessar a via em linha reta;

Se estiver andando pela calçada, evitar ficar próximo ao meio-fio, pois alguma queda pode levar o idoso a cair na via, perto dos carros.