Prefeitura continua realizando a sanitização de espaços públicos

Ascom/Semduh

O trabalho de sanitizações em espaços públicos para evitar a disseminação da Covid-19 continua sendo feito pela Prefeitura de Teresina. Nesta sexta-feira (20), as equipes estão atuando  nas UBS das zonas Norte e Sul, nos mercados municipais, nas áreas externas de supermercados das zonas Sudeste e Leste, nos oito terminais de ônibus, aeroporto, rodoviária, nas praças e paradas no Centro, Troca-Troca, Shopping da Cidade e dentro dos ônibus.

O serviço de sanitização começou no mês de março e já somam mais de 28 mil ações durante estes nove meses. As equipes utilizam uma solução de água com hipoclorito de sódio para desinfetar espaços com grande circulação de pessoas.

Segundo o secretário executivo de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Vicente Moreira, o serviço tem se mostrado eficaz e necessário para ajudar no controle da Covid-19. “A Prefeitura vem fazendo as sanitizações desde o período de isolamento para evitar a propagação do vírus. Sabemos que essa não é a única medida a ser tomada, mas é uma das principais no combate à doença”, destacou.

Ele ressalta que a participação de cada morador é muito importante para se evitar mais casos de Covid. “Precisamos que a população colabore tomando as medidas necessárias, como higienização frequente das mãos, uso de máscara e manter o distanciamento social”, comenta o gestor.

 

Lotéricas e UBS são locais com maior número de atendimentos de sanitização

Ascom/Semduh

A sanitização com a pulverização de solução de água com hipoclorito de sódio em espaços públicos teve início no mês março como estratégia no combate à Covid-19. Desde então, os atendimentos continuam sendo realizados pelas equipes da Prefeitura de Teresina.

Os locais com maior número de atendimentos de sanitização durante esses oio meses são as lotéricas (5.210), Unidades Básicas de Saúde (4.260), paradas abertas e integradas (2.565) e supermercados (1.111). No total, foram sanitizados mais de 25 mil espaços públicos até o mês de outubro.

De acordo com Marco Antonio Ayres, secretário municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, a sanitização é uma ação realizada em parceira com a Fundação Municipal de Saúde (FMS) e Águas de Teresina, em locais em que há grande movimentação de pessoas.

“Essa estratégia está sendo fundamental no combate ao Coronavírus. A sanitização é feita com a pulverização manual e com carro fumaceiro. Dessa forma, conseguimos atingir muitas áreas externas, cumprindo com o nosso objetivo. As ações devem continuar até sair a vacina”, comenta o gestor.

Cerca de 15 mil ações de sanitização foram realizadas em 4 meses de pandemia

Ascom/Semduh

Com o retorno gradual das atividades econômicas em Teresina, as ações de sanitização na área externa de espaços públicos e ônibus do transporte coletivo se tornam ainda mais essenciais no combate da disseminação do novo coronavírus. Durante os quatro meses de pandemia, foram efetuadas 14.796 ações de desinfecção com a pulverização de solução de água com hipoclorito utilizando bombas costais, caminhões pipas e carros fumaceiros.

Dentre as 14.796 sanitizações, 3.219 foram realizadas em Unidades de Saúde, 791 em grandes supermercados, 171 em terminais de ônibus, 730 em avenidas e praças e 296 visitas em mercados municipais, além das higienizações realizadas em calçadões do centro, Polo de Saúde, shoppings, delegacias, rodoviária, aeroporto e outros espaços públicos com circulação de teresinenses.

Segundo o secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marco Antonio Ayres, os ônibus de transporte coletivo também seguem sendo sanitizados. “As ações acontecem às terças e quintas-feiras, nas Praças da Bandeira, Fripisa e Saraiva. Durante a parada, os usuários e motorista descem e rapidamente nossas equipes entram no veículo para a higienização. É mais uma forma de atuarmos diretamente onde há grande fluxo de pessoas. Nos ônibus, as sanitizações vêm acontecendo desde maio”, explica.

O gestor ainda destaca que a desinfecção de ambientes é realizada pela própria prefeitura em uma parceria da Semduh com a Fundação Municipal de Saúde (FMS) e Águas de Teresina. “É um esforço conjunto pela segurança e promoção da saúde da população, mas reforçamos que a melhor orientação é seguir com o isolamento social”, conclui.

PMT realiza mais 11 mil ações de sanitização em três meses de pandemia

Ascom/ SEMDUH

Há três meses a Prefeitura de Teresina realiza a sanitização de espaços públicos com grande fluxo de pessoas, seguindo o objetivo de evitar que se tornem foco de disseminação da Covid-19. Ao todo, 11.281 ações de higienização foram realizadas por equipes que percorreram agências bancárias e lotéricas, terminais de integração, grandes supermercados e locais de funcionamento essencial no período de pandemia.

“Essa é uma estratégia que vem sendo utilizada em vários países e, por aqui, iniciamos assim que surgiram os primeiros casos confirmados de Covid-19 em Teresina. Por ser uma doença facilmente transmissível por meio de superfícies sólidas, é exatamente onde atuamos fazendo a pulverização de uma solução de água com hipoclorito, utilizando bombas costais, carros pipa e fumaceiros”, explica o Secretario Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marco Antonio Ayres.

De 30 de março a 30 de junho,  2.313 sanitizações foram realizadas em Unidades de Saúde, 2.862 em lotéricas e bancos, 593 em grandes supermercados, 1.808 em paradas abertas e integradas e 202 visitas em mercados municipais. “Outros espaços como CMEIs, campus de universidades, calçadões do Centro, aeroporto, cemitérios e rodoviária também estão recebendo as sanitizações. Quanto maior a circulação de teresinenses, maior a frequência das ações feitas por nossas equipes. Nosso trabalho ainda não terminou e segue acontecendo até que estejamos em uma situação segura para a saúde de toda a população”, conclui.

As ações de sanitização acontecem de segunda a sábado, em uma parceria da SEMDUH, Fundação Municipal de Saúde (FMS) e Águas de Teresina. Por dia, são utilizados 225 Kg de hipoclorito de sódio e 15 mil litros da solução sanitizadora.

PMT realiza mais de 10 mil ações de sanitização de combate à Covid-19

A Prefeitura de Teresina continua realizando a sanitização da área externa de espaços públicos, que possuam grande fluxo de pessoas, como estratégia de combate à disseminação do novo coronavírus. Entre 30 de março e 23 de junho, já foram realizadas 10.293 ações de desinfecção com a pulverização de solução de água com hipoclorito.

Do total de 10.293 ações, 2.009 foram realizadas em Unidades de Saúde, 2.533 em lotéricas e bancos, 188 em mercados municipais, 538 em grandes supermercados, 1.752 em paradas abertas e integradas e 98 visitas em mercados municipais. Além de algumas instituições públicas e privadas, shoppings, praças, delegacias, CMEIs, rodoviária, e outros.

Segundo Marco Antonio Ayres, Secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, as equipes atuam de segunda a sábado, nos turnos manhã e tarde, em uma parceria entre a Semduh, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) e a Águas de Teresina. “Por dia, estamos utilizando cerca de 225 Kg de hipoclorito de cálcio e 15 mil litros da solução sanitizadora, cedidos pela concessionária de água da capital. As equipes percorrem a cidade com as vestimentas adequadas e utilizando bombas costais, carros pipa e carros fumaceiros para garantir que ambientes foco de aglomeração de pessoas sejam devidamente higienizados”.

O gestor ainda destaca que as sanitizações não são garantia para que a população quebre o isolamento social. “Alguns locais como unidades de saúde, agências bancárias, supermercados, que permanecem funcionando, possuem uma grande circulação de pessoas e necessitam dessa desinfecção de forma regular. Mas reforçamos, essa é apenas uma das medidas preventivas, para que a área externa desses ambientes não seja um foco da doença. Uma única pessoa infectada pode infectar o local novamente, bem como as pessoas ao redor. Então, o ideal é intensificar o isolamento social e as práticas de higiene pessoal”, conclui.

Mercados públicos recebem sanitização duas vezes por semana

Desde abril, os mercados públicos da cidade estão passando por processos de sanitização com o objetivo prevenir o contágio do coronavírus (COVID-19). Cada mercado recebe a ação duas vezes por semana, seguindo os cronogramas de cada Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU).

A ação, realizada pela Fundação Municipal de Saúde (FMS) em parceria com as SDUs e a Águas de Teresina, consiste na pulverização de solução de água com hipoclorido de sódio por meio de bombas costais. Além da sanitização, foram implantadas medidas de higiene e prevenção nos mercados, como forma de evitar a propagação do vírus.

Na zona Norte já foram feitas 60 sanitizações em dois meses. Estão sendo comtemplados os mercados São José (mercado central), São Joaquim, Mafuá e Buenos Aires. “Desde abril estamos realizando essa ação que tem protegido tanto os permissionários quanto os munícipes que precisam ir aos mercados fazer alguma compra de primeiras necessidades”, explica a engenheira da SDU Centro Norte, Araci Parente.

Ela ressalta ainda que o processo tem sido feito sempre duas vezes por semana, na terça e na sexta, no turno da tarde. “A orientação é para que todos permaneçam em casa, mas como os mercados precisam ficar abertos estamos fazendo a sanitização e orientando as pessoas quanto à higienização”, acrescenta.

Na zona Leste, os mercados do Peixe e do Satélite também recebem os cuidados de sanitização. No Mercado do Peixe, localizado na Avenida dos Expedicionários, bairro São João, a operação é realizada nos dias de quarta-feira e sábado. Desde abril já foram feitas aproximadamente 20 sanitizações para manter o ambiente limpo, evitando a proliferação do vírus.

Já o Mercado do Satélite começou a receber as ações de sanitização no mês de maio. O mercado foi recentemente inaugurado e também é contemplado com as satinizações nos dias de quarta-feira e sábado.

Na zona Sudeste, a SDU segue um cronograma para a sanitização dos mercados do Dirceu I, do Dirceu II e do Renascença. A ação já foi realizada 18 vezes, sendo executada nas terças e sextas-feiras.

Os mercados da Vermelha, da Piçarra e do Parque Piauí, todos na zona Sul, recebem as equipes de sanitização também duas vezes por semana, no turno da manhã.

Sede da Guarda Municipal passa por sanitização em Teresina

Ascom/Semcaspi

A parte externa da sede da Guarda Civil Municipal (GCM) passou por uma sanitização na manhã desta segunda-feira (18) realizada por profissionais da Consórcio Teresina Ambiental (CTA). O procedimento é uma das medidas adotadas pela Prefeitura de Teresina para conter o avanço do novo Coronavírus na capital.

O comandante da GCM, coronel John Feitosa, informou que esse procedimento foi realizado pela segunda vez na sede devido ao fluxo das viaturas e de pessoas no local.“Esse foi o segundo procedimento realizado somente este mês na sede da Guarda Municipal. Dessa vez, os profissionais fizeram a sanitização da rua e na parte externa da sede onde os veículos ficam estacionados. Como temos a entrada e saída dos oficiais com frequência para atender as demandas e fazer o patrulhamento ostensivo, esse trabalho é mais uma medida para nos proteger da Covid-19”, disse o coronel John.

Como não teve suas atividades paralisadas por conta do Covid-19, a GCM vem adotando uma série de medidas para garantir a proteção não só do cidadão, como de seus agentes. Desde março, a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI) disponibilizou várias garrafas de álcool gel, luvas e máscaras para que sejam usadas durante o patrulhamento ostensivo.

“Cada guarda recebe no início do seu plantão um vidro cheio de álcool gel, duas máscaras e luvas para garantir a sua segurança durante o patrulhamento ostensivo. Além disso, liberamos as guardas que estão grávidas por estarem no grupo de risco e explicamos a necessidade de distanciamento físico um do outro para evitar qualquer possibilidade de contágio da doença”, explicou o comandante.

Cerca de três mil ações de sanitização foram realizadas em um mês

Ascom/ SEMDUH

Há um mês a Prefeitura de Teresina iniciou a ação de higienizar espaços públicos com grande circulação de pessoas com o intuito de evitar que se tornem foco de disseminação do novo coronavírus. Ao todo, 2.924 sanitizações foram realizadas por equipes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH) em parceria com a Fundação Municipal de Saúde (FMS), utilizando bombas costais, caminhões pipas e carros fumaceiros para a pulverização de soluções de água com hipoclorito de sódio nos locais.

As equipes seguem atuando de segunda a sábado, três vezes por semana, em pontos considerados focos de aglomeração de pessoas.  Dessa forma, já foram feitas 746 sanitizações em Unidades de Saúde, 502 em lotéricas e bancos, 209 em grandes supermercados, 121 em terminais de ônibus, 640 paradas abertas e integradas e 63 visitas em mercados municipais. Além desses pontos, o campus da Universidade Federal do Piauí (UFPI), algumas instituições públicas, delegacias, shoppings, calçadões do Centro, cemitérios, aeroporto, rodoviária, Polo de Saúde e outros espaços da capital também foram higienizados.

Para o Secretario Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marco Antonio Ayres, a melhor forma de prevenção é seguir as orientações de isolamento social, mas que o planejamento de sanitização vai se moldando de acordo com o comportamento da própria população.

“Se verificamos que algum ponto continua sendo foco de grande circulação de indivíduos, acrescentamos à nossa programação de ações como forma de evitar que os locais se tornem focos permanentes de contaminação. Por dia, atualmente, estamos utilizando 225 Kg de hipoclorito de sódio e 15 mil litros da solução sanitizadora. A prefeitura está fazendo a parte dela e contamos com a colaboração do teresinense em fazer a sua parte e permanecer em casa”, completa o gestor