FMS reorganiza atendimento ambulatorial para atender população

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) está reorganizando as atividades de atendimento ambulatorial para pacientes com doenças diversas. Essa mudança é em razão dos dados epidemiológicos da Covid-19.  O hospital do bairro Buenos Aires (zona norte) voltou a atender a partir de hoje (12) os pacientes com outros problemas de saúde, que não seja Covid, mas encaminhado pela regulação.

A diretora de Atenção Especializada da FMS, Fátima Garcêz, explica que essa reorganização é para atender melhor a população nas suas necessidades. “Essa reorganização é com base nos dados epidemiológicos da Covid em Teresina e a FMS está planejando o retorno das atividades nos ambulatórios dos hospitais e também otimizando a oferta de leitos para outras patologias. Dessa forma, continuamos garantindo atendimento aos pacientes Covid nos hospitais que estão preparados para esse tipo de atendimento”, destaca.

O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, destaca que a população deve ficar tranquila quanto aos atendimentos na rede municipal. “Os hospitais da Prefeitura de Teresina estão preparados para atendimento dos pacientes com Covid e outras doenças”, fala.

Os hospitais com atendimento exclusivo Covid via regulação:

Hospital do bairro Monte Castelo.

Hospital Mariano Castelo Branco (bairro Santa Maria da Codipi).

Hospital do Dirceu.

Maternidade do bairro Promorar.

Hospitais com atendimento Covid e outras doenças via regulação:

Hospital de Urgência (HUT).

Parque Piauí (pediatria Covid e não Covid e internação adulto).

# Atendimento de urgência e síndrome gripais:

UPAS dos bairros Promorar, Satélite e Renascença.

A reorganização é para atender melhor a população nas suas necessidades. Foto: Ascom (FMS)

HUT promove Semana da Enfermagem com foco na gestão e cuidados da assistência

Dia 12 de maio comemora-se mundialmente o Dia da Enfermagem. No Brasil, além do Dia do Enfermeiro, o dia 20 de maio homenageia-se o dia do Técnico e Auxiliar de Enfermagem. Em comemoração às duas datas, o Hospital de Urgência de Teresina (HUT) realiza a Semana da Enfermagem entre os dias 12 a 20 de Maio.

A gestão no cuidado hospitalar e as perspectivas para o futuro são a tônica da Semana de Enfermagem do HUT. O tema deste ano é Uma voz para liderar, uma visão para o futuro dos cuidados com a saúde na enfermagem.

A abertura da Semana de Enfermagem teve a participação da enfermeira e primeira dama de Teresina, Samara Conceição. Foto: Ascom (FMS)

A programação do evento organizada pela Unidade de Educação Continuada (UEC) está bastante diversificada e em meio ao contexto pandêmico realizará palestras e discussões em formato de lives, além de mini cursos presenciais de forma setorizada e específicas para cada área da unidade Hospitalar, “O intuito é valorizar e dar liderança ao profissional de Enfermagem”. Destacou Viviane Alves, graduanda em enfermagem e coordenadora da UEC do Hospital.

O HUT, unidade Hospitalar vinculada a Fundação Municipal de Saúde (FMS) mantém em seu quadro 1.441 profissionais entre enfermeiros e técnicos e preparou algumas homenagens para os colaboradores da enfermagem, serão oferecidas sessões de design de sobrancelhas, sorteio de presentes, distribuição de mudas de árvores nativas, além de lanches especiais durante a semana. “É uma forma de reconhecer e de agradecer pela dedicação dos profissionais”, declarou Fábio Marcos de Sousa, diretor geral do Hospital.

A Semana de Enfermagem do HUT começou com o pronunciamento do diretor de Enfermagem, Romak Bezerra, que parabenizou todos os profissionais presentes e exaltou a importância do serviço de Enfermagem na saúde. “A pandemia afetou a vida das pessoas em todo o mundo, e isso, trouxe à tona o reconhecimento do trabalho de enfermagem evidenciando a importância destes profissionais na equipe de atendimento à saúde. Tivemos de encontrar diferentes maneiras de se organizar, atender um aumento na demanda de pacientes com queixas da nova doença e ao mesmo tempo continuar a dar o devido atendimento aos pacientes vítimas de outras enfermidades, colocando ainda mais em evidência nossas habilidades”, disse.

A abertura da Semana de Enfermagem teve a participação da enfermeira e primeira dama de Teresina, Samara Conceição, Gilberto Albuquerque, presidente da FMS, diretoria do HUT, enfermeira Lourdes Batista e parte da equipe de enfermagem do Hospital que em suas falas destacaram as lutas da classe e que o tempo pandêmico em que estamos atravessando, não foi capaz de tirar dos profissionais a dedicação, responsabilidade, carinho, uma grande dose de humanidade e excelência no trabalho desenvolvido.

 

Agendamento para vacina contra a Covid em hospitais é reaberto

A Fundação Municipal de Saúde está abrindo mais uma vez hoje (11) o cadastro para a vacinação contra a covid-19 para pessoas de 55 a 59 anos com comorbidades. O agendamento será para amanhã (12) em uma das sete salas de vacina específicas para a imunização definidas pela FMS.

Para fazer o agendamento, basta acessar o site http://vacinaja.fms.pmt.pi.gov.br/ e clicar no botão “agendamento público alvo”. Abrirá uma página onde a pessoa deve inserir seu CPF e escolher a opção “Pessoas com comorbidade de 55 a 59 anos” e confirmar, para então inserir seus dados pessoais e escolher local, dia e hora de receber sua primeira dose.

Os pontos disponíveis para a vacinação são os hospitais da Primavera, Dirceu, Promorar, Buenos Aires, Mocambinho, Hospital Getúlio Vargas (HGV) e Hospital Universitário da UFPI (HU). No momento da vacinação, é necessário apresentar um documento pessoal com foto (RG ou CNH); um laudo, declaração ou receita médica que comprove a comorbidade e o cartão de vacina.

O imunizante aplicado nestes locais será o produzido pelo laboratório Pfizer, que requer condições especiais de armazenamento e aplicação, e por isso está restrito a hospitais. A FMS esclarece que as vacinas aplicadas ainda são as recebidas no lote da semana passada, que por determinação da Secretaria Estadual de Saúde foi reservada apenas para este público em específico. “Estamos aguardando o recebimento de novas doses e orientações do Ministério da Saúde para ampliarmos a imunização com esta vacina”, diz Emanuelle Dias, coordenadora da vacinação contra a Covid-19 em Teresina.

O imunizante aplicado nestes locais será o produzido pelo laboratório Pfizer. Foto: Ascom (FMS)

Hospital do Monte Castelo faz atendimento Odontológico em pacientes Covid

O Hospital do Monte Castelo, que atualmente trata exclusivamente pacientes com Covid-19, inclusive em unidades de terapia intensiva, conta desde este mês, com assistência odontológica para estes pacientes.

Pelas próprias características do novo coronavírus, que tem grande afinidade pelo sistema respiratório, a boca dos infectados também constitui um ambiente extremamente contaminado, e a higienização pode reduzir consideravelmente a carga viral na região bucal e, consequentemente, limitar possíveis focos de infecção.

A diretora geral do Hospital do Monte Castelo, Marilene Siqueira Silva, explica sobre a necessidade desse atendimento. “Esse serviço odontológico implantado nesta unidade de saúde visa reduzir  tempo de internação e os riscos de infecção, principalmente de pneumonia associada à ventilação mecânica”, diz.

Os pacientes hospitalizados recebem orientação de profissional habilitado,  conforme grau de dependência, a fim de evitar danos consequente da alteração da microbiota bucal.

O odontólogo Vinícius Aguiar Lages, plantonista do Hospital do Monte Castelo, explica que pacientes graves, com Covid-19, devido às complicações respiratórias e hematológicas, apresentam grande dificuldade ou mesmo são impossibilitados de manterem o autocuidado com o corpo.

“A higienização da boca faz parte do conjunto de práticas para o bem-estar e a qualidade de vida. Assim, como a cavidade oral é um ambiente em que infecções podem acontecer com muita facilidade devido a vários micro-organismos oportunistas, uma vez que a imunidade já está gravemente comprometida e o paciente não consegue realizar sua higiene bucal, ter um dentista na UTI ajuda no controle de diversas infecções”,  explica Vinícius Lages.

Sobre o atendimento, o odontólogo informa que o paciente é avaliado diariamente por uma equipe para verificar a situação oral, para, assim, notar rapidamente quaisquer alterações que podem causar complicações severas.

“A formação de placa pode prejudicar as funções respiratórias do paciente, então, é recomendável a higiene e aplicação de antissépticos bucais como o digluconato de clorexidina a 0,12%, a cada oito ou doze horas. Secreções que se acumulam na região orofaríngea devem ser aspiradas regularmente, pois podem conter uma concentração alta de agentes patogênicos. Além disso, podem surgir lesões traumáticas ou fúngicas na boca durante a internação, que devem ser prontamente tratadas.

Esses procedimentos devem ser realizados por profissionais que atuam na Odontologia Hospitalar, habilitação reconhecida pelo Conselho Federal de Odontologia em 2015, junto com a equipe de Enfermagem.

Equipe do Hospital do Monte Castelo que faz atendimento odontológico em pacientes com Covid. Foto: Ascom (FMS)

FMS divulga cronograma de vacinação para gestantes e pessoas com comorbidades

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) lança mais um cronograma de postos drive thru para a vacinação contra a Covid-19. Com início na próxima sexta-feira (07), os pontos estarão espalhados pela cidade para imunizar pessoas com comorbidades de 58 e 59 anos, gestantes e mulheres no pós parto com comorbidades, pessoas com síndrome de down e pessoas com deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 55 a 59 anos.

A programação começa na sexta-feira (07) e irá contemplar pessoas de 58 e 59 que apresentam alguma comorbidade, que são doenças pré-existentes que podem causar uma piora na Covid-19. Serão seis pontos de vacinação, abertos das 9h às 17h e que seguirão a seguinte logística: mulheres pela manhã (9h às 13h) e homens à tarde (13h às 17h).

No sábado, três grupos serão contemplados. Um deles será o das gestantes e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto) acima dos 18 anos e que apresentem comorbidades. Além disso, serão imunizadas as pessoas com síndrome de down acima dos 18 anos e as pessoas com deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC), com idades entre 58 e 59 anos. Assim como no dia anterior, serão seis pontos de vacinação entre as 9h e às 17h, sendo mulheres pela manhã e homens à tarde.

A programação se encerra na segunda-feira (10), com a vacinação de pessoas com deficiência permanente entre 55 e 57 anos cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC). Neste dia, estarão abertos seis pontos de vacinação que seguirão a logística já adotada até então: mulheres entre 9h e 13h e homens das 13h às 17h. A documentação necessária para cada grupo prioritário está listada abaixo.

A vacina utilizada será a do laboratório Astrazeneca, produzida em parceria com a Universidade de Oxford e a Fiocruz. A coordenadora da vacinação contra a Covid-19 em Teresina, Emanuelle Dias, lembra que no entanto não se deve fazer distinções entre fabricantes. “Todas as vacinas utilizadas no Brasil contra a Covid-19 são eficazes e seguras, portanto não existem motivos para preferir ou recusar o uso de algum imunizante de qualquer um dos laboratórios adotados no momento”, ressalta ela.

Cronograma de pontos drive thru para a vacinação contra a Covid-19

Sexta-feira (07)
Pessoas com comorbidade – 58 e 59 anos

Locais:
– Centro de Artes e Esportes Unificados Vieira Toranga (CEU-Norte)
– Terminal de Integração Buenos Aires
– Terminal de Integração Zoobotânico
– Terminal de Integração Bela Vista
– Terminal de Integração Livramento
– Teresina Shopping

Sábado (08)
Gestantes e Puérperas com comorbidades, com 18 anos e mais
Portadores de Síndrome de Down com 18 anos e mais
Pessoas com deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) – 58 e 59 anos

Locais:
– Centro de Artes e Esportes Unificados Vieira Toranga (CEU-Norte)
– Terminal de Integração Buenos Aires
– Terminal de Integração Zoobotânico
– Terminal de Integração Bela Vista
– Terminal de Integração Livramento
– Teresina Shopping

Segunda-feira (10)
Pessoas com deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) – 55 a 57 anos

Locais:
– Centro de Artes e Esportes Unificados Vieira Toranga (CEU-Norte)
– Terminal de Integração Buenos Aires
– Terminal de Integração Zoobotânico
– Terminal de Integração Bela Vista
– Terminal de Integração Livramento
– Teresina Shopping

Documentos necessários

Pessoas com deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) – 55 a 59 anos
– Documento de identificação com foto e data de nascimento
– CPF ou Cartão Nacional do SUS
– Comprovante de Residência em Teresina
– Laudo que comprove a deficiência e cartão do BPC

Gestantes e Puérperas – acima de 18 anos
– Documento de identificação com foto e data de nascimento
– CPF ou Cartão Nacional do SUS
– Comprovante de Residência em Teresina
– Gestante: apresentar cartão da gestante OU laudo médico
– Puérpera: apresentar certidão OU declaração de nascimento do bebê

Síndrome de Down – acima de 18 anos
– Documento de identificação com foto e data de nascimento
– CPF ou Cartão Nacional do SUS
– Comprovante de Residência em Teresina
– Laudo OU declaração médica que comprove a condição, com assinatura e carimbo do profissional de saúde (original e cópia)

Comorbidades – 58 e 59 anos
– Documento de identificação com foto e data de nascimento
– CPF ou Cartão Nacional do SUS
– Comprovante de Residência em Teresina
– Laudo OU declaração OU prescrição médica que comprove a comorbidade, com assinatura e carimbo do profissional de saúde (original e cópia)

Rede hospitalar de Teresina recebe visita de representantes do Ministério da Saúde

Com o objetivo de avaliar e fiscalizar a rede de saúde da capital foi realizada uma série de visitas pelo Ministério da Saúde aos hospitais de Teresina.  O trabalho permitirá a habilitação de novos serviços de saúde e estruturas hospitalares para o município, como o Hospital da Mulher e o Hospital de Cuidados Prolongados (do Idoso). Essas visitas foram encerradas na terça-feira (4).

A equipe de representantes do Ministério da Saúde pôde conferir de perto as condições da rede atual e dar sugestões sobre o que é preciso adequar, melhorar, acrescentar e substituir, garantindo assim um atendimento adequado e de qualidade aos teresinenses. Durante os quatro dias de visita, que se iniciaram na última quinta (29), eles visitaram todos os hospitais de Teresina, encerrando hoje (04) no complexo UPA, Maternidade e Hospital do Satélite.

Adriana Melo Teixeira – que exerce o cargo de Diretora do Departamento de Atenção Hospitalar, Domiciliar e Urgência do Ministério da Saúde – conta que ficou surpresa com a estrutura dos hospitais de Teresina, bem como a organização destes locais. “Alguns estabelecimentos de saúde têm uma organização muito grande, como a UPA Satélite que é ligada um hospital e uma maternidade, e o HUT que mesmo sendo porta aberta é muito organizado e resolutivo” comenta a diretora.

O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, vê na visita uma oportunidade de mostrar para os gestores maiores da saúde as condições da rede atualmente em Teresina e garantir incentivo para os futuros projetos. “Creio que essa nova gestão tem feito um trabalho muito bom para melhorar cada vez mais a saúde da população de Teresina. Saio daqui me disponibilizando para ajudar no que for possível dentro do que o ministério possa fazer para que a gente possa ajudar a todos para fazer a melhor gestão da saúde na cidade”, finalizou a diretora Adriana Melo.

 

Visita é diretora do Departamento de Atenção Hospitalar, Domiciliar e Urgência do Ministério da Saúde. ASCOM FMS

 

 

FMS divulga calendário de vacinação drive thru para segunda dose de até 68 anos

Foto: Ascom FMS

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) divulga nesta sexta-feira (23) a programação dos postos de vacinação drive thru para a segunda dose de idosos na próxima semana. O calendário, que segue até a quinta-feira (29) contempla pessoas de até 68 anos, que tomaram a vacina Coronavac – produzida pelo Instituto Butantan.

A programação elaborada pela FMS respeita a ordem e aprazamento das datas de administração da Coronavac, que pede um intervalo de 15 a 28 dias entre as doses. Amanhã (24), 13 postos estarão abertos das 9h às 17h para a imunização dos idosos de 71 anos de idade, sendo mulheres pela manhã (9h às 13h) e homens no turno da tarde (13h às 17h). A vacinação prossegue na segunda-feira (26) com a imunização de pessoas com 70 anos e seguindo a mesma organização: mulheres pela manhã e homens à tarde.

Para estes dois dias, estarão abertos os seguintes postos:

•Centro Universitário Santo Agostinho;
•Centro de Artes e Esportes Unificados Vieira Toranga (CEU – Norte);
•Terminal de Integração Buenos Aires;
•Terminal de Integração Zoobotânico;
•Terminal de Integração Bela Vista;
•Terminal de Integração Livramento;
•Centro Universitário UNINOVAFAPI;
•Terminal de Integração Itararé;
•Universidade Estadual do Piauí (UESPI);
•Terminal de Integração Parque Piauí;
•Teresina Shopping – Edifício Garagem G1;
• ADUFPI;
• Faculdade Estácio de Teresina.

Na terça (27) e quarta-feira (28), será a vez dos idosos de 69 anos. Laurimary Caminha, diretora de Atenção Básica da FMS, explica que a vacinação deste público segue a organização da primeira dose, que também foi feita em dois dias. “Como são dois dias, pedimos que as pessoas de 69 anos compareçam aos drives conforme o prazo escrito no cartão”. A logística será a mesma das outras etapas e serão vacinadas as mulheres pela manhã e os homens à tarde.

Por fim, no dia 29 (quinta-feira) será a vez dos idosos de 68 anos, sendo mulheres das 9h às 13h e homens das 13h às 17h. “Os locais de vacinação para as idades de 69 e 68 anos serão informados pela FMS durante a semana”, esclarece a diretora.

No ato da vacinação, o idoso deve apresentar o cartão de vacina que comprove a primeira dose, documento de identificação com foto, CPF e comprovante de residência da cidade de Teresina. Laurimary explica ainda que as pessoas não precisam se dirigir muito cedo aos locais de aplicação. “O atendimento inicia às 9h, prossegue até às 17h e não existe necessidade de comparecer horas antes do início do atendimento”, diz.

FMS vacina contra a gripe a partir da próxima segunda-feira

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina inicia a vacinação contra a Influenza A H1N1, Influenza A H3N2 e Influenza B, nesta segunda-feira (19). Serão vacinados neste primeiro momento crianças de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes e puérperas (mulheres com 45 dias após o parto), população indígena e trabalhadores da saúde. O atendimento será nas salas de vacina das Unidades Básicas de Saúde (UBS) não gripais de segunda a sexta-feira.

A coordenadora da vacina contra a influenza da FMS, Adriana Sávia, *informa que foi realizado capacitação para enfermeiros e técnicos de enfermagem das salas de vacina e do programa Estratégia Saúde da Família *para a aplicação das doses. “Vale ressaltar que as pessoas que tomaram a vacina contra a Covid-19 devem agendar a vacina influenza, respeitando o intervalo mínimo de 14 dias entre as vacinas”. Nas UBS Covid não tem vacina da gripe. Este ano é a 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza.

A diretora de Vigilância em Saúde da FMS, Amariles Borba, explica que a Influenza é uma infecção viral aguda, que afeta o sistema respiratório e é de alta transmissibilidade. A estratégia de vacinação contra a influenza foi incorporada no Programa Nacional de Imunizações (PNI) em 1999, com o propósito de reduzir internações, complicações e óbitos na população-alvo.

Nesta campanha, serão vacinadas crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, povos indígenas, trabalhadores da saúde, idosos com 60 anos e mais, professores das escolas públicas e privadas, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, pessoas com deficiência permanente.

Entram também no público alvo: forças de segurança e salvamento, forças armadas, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade. O público-alvo, portanto, representará 79.744.470 milhões de pessoas. A meta é vacinar pelo menos 90% dos grupos elegíveis.

A estratégia de vacinação contra a influenza foi incorporada no Programa Nacional de Imunizações (PNI) em 1999, com o propósito de reduzir internações, complicações e óbitos na população-alvo. Foto: Ascom (Ministério da Saúde)

FMS divulga dias da segunda dose dos idosos de 73 a 76 anos

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina informa que de 19 a 21 de abril serão aplicadas segundas doses da vacina contra Covid-19. Na segunda-feira, 19, será a vez dos idosos de 76 e 75 anos. Na terça-feira, 20, recebem a segunda dose os idosos de 74 anos e os de 73 anos receberão a segunda dose dia 21, quarta-feira. Pela manhã devem comparecer aos postos as mulheres e à tarde os homens.

As pessoas precisam ficar atentas para não perder o prazo de completar seu esquema vacinal, quem perdeu o prazo para sua segunda dose pode ir nos drives dos próximos dias que tomará sua dose também. “Devem levar cartão de vacina que comprove a primeira dose, documento de identificação com foto, CPF e comprovante de residência da cidade de Teresina”, explica Emanuelle Dias, coordenadora da campanha de vacinação Covid na capital.

Drives vacina Covid de 19 a 21 de abril:

(9h às 13h – mulheres) – (13hàs 17h homens)

• Centro Universitário Santo Agostinho;

• Centro de Artes e Esportes Unificados Vieira Toranga (CEU – Norte);

• Terminal de Integração Buenos Aires;

• Terminal de Integração Zoobotânico;

•Terminal de Integração Bela Vista •Terminal de Integração Livramento;

• Centro Universitário UNINOVAFAPI;

• Terminal de Integração Itararé;

• Universidade Estadual do Piauí (UESPI);

• Terminal de Integração Parque Piauí;

• Teresina Shopping, – Edifício Garagem G1 – Avenida Raul Lopes, 1000, Bairro dos Noivos;

• ADUFPI, Av. Universitária, 391, Bairro Ininga;

• Faculdade Estácio de Teresina.

Prefeito Dr. Pessoa se reúne com representantes do App 99 e firma parceria para transporte de profissionais de vacina

Fotos: Lucas Dias / Ascom

Teresina (PI), 14 de abril de 2021 – O prefeito de Teresina, doutor Pessoa se reuniu na tarde desta quarta-feira (14) de forma virtual, com representantes da empresa de tecnologia por aplicativo 99. O encontro que também contou com a participação do presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Gilberto Albuquerque, do secretário de comunicação Lucas Pereira e foi intermediado pelo vereador Ismael Silva (PSD).

A reunião teve como pauta uma parceria entre a empresa e o poder executivo municipal para a disponibilização de 5 mil vouchers de corridas para os profissionais de saúde do município atuarem na vacinação contra o coronavírus.

De acordo com a gerente de relações institucionais da 99, Erika Valdez, o próximo passo para que seja formalizada a parceria é a assinatura do contrato que será enviado ao município. “É uma parceria que não terá ônus para a cidade. É a forma que a empresa encontra para ajudar os brasileiros nesse momento de dificuldade gerado pela pandemia de coronavírus”, afirmou a representante da empresa.

O vereador Ismael Silva que viabilizou a parceria explica que é necessário colaborar com a cidade de Teresina nesse momento de dificuldades e que será uma forma de agilizar a vacinação no município.

“Estamos muito felizes com essa conquista em colaborar com o município de Teresina, em colaborar com a Fundação Municipal de Saúde, com o atendimento dessas demandas, nesse trabalho de vacinação, além de ajudar também no trabalho de logística com esses cinco mil vouchers para os profissionais da área da saúde”, disse o vereador.

O prefeito doutor Pessoa, comemorou a parceria com a empresa 99 e que as 5 mil corridas serão para auxiliar na vacinação das pessoas vulneráveis de Teresina.

“Estamos vivendo um momento de vulnerabilidade e dificuldade principalmente no transporte das vacinas das pessoas mais idosas. A ajuda do aplicativo 99 chegou no momento exato. Essa negociação inicial feita pelo vereador Ismael Silva engradece bastante essa negociação. Todo esse conjunto de ideias vai servir ao povo de Teresina, principalmente nesse momento”, falou o prefeito.

Gilberto Albuquerque, presidente da Fundação Municipal de Saúde, falou da expectativa na parceria com a 99. “A cidade de Teresina vive um momento nunca vivido. Nós temos uma pandemia se espalhando por todos os lados, nós temos uma campanha de vacinação Covid, a maior já existente, temos também a vacinação da gripe. Nesse momento que temos uma demanda muito grande por veículos, por transporte de deslocamento das vacinas ou dos servidores, a 99 chegou na hora certa”, disse o presidente.

A expectativa do município é que a utilização doa vouchers por parte dos profissionais de saúde inicie assim que o contrato for assinado, de forma imediata.

SOBRE A 99
A 99 é uma empresa de tecnologia que oferece conveniência e soluções para as necessidades dos brasileiros. O aplicativo faz parte da companhia global Didi Chuxing (“DiDi”), e no Brasil conecta mais de 20 milhões de consumidores a serviços de transporte, pagamentos e entregas. A carteira digital 99 Pay traz economia e segurança com vantagens e incentivos. Já na 99Food, milhões de consumidores brasileiros recebem em todos os momentos e para todos os bolsos, entregas intermediadas de restaurantes e entregadores parceiros.