SDU Sul atende demandas da APIDI e realiza relatório técnico estrutural do prédio

Necessidades da associação estão sendo atendidas /Fotos: Ascom SDU Sul

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sul (SDU Sul) visitou na última quarta-feira (24) a sede da Associação Piauiense pelos Direitos Iguais (APIDI). Na oportunidade foram tratadas sobre as demandas e feito relatório técnico sobre a acessibilidade do local. A SDU Sul tem dado um olhar especial desde a última reunião com as representantes da associação, no dia 09 deste mês.

De acordo com o superintendente, Alípio Paiva, o primeiro passo feito foi a limpeza do local e agora vai trabalhar para que o Estado dê um olhar especial para a estrutura que ainda não possui a acessibilidade necessária para as cadeirantes que fazem parte da associação.

“A sala da APIDI fica no CSU, que é um prédio que é de responsabilidade do Estado, então a princípio fizemos o que estava em nossa alçada, que foi atender a solicitação de limpeza e poda de árvore no local. Agora iremos tentar nos comunicar com o Estado para apresentar o relatório feito pela nossa equipe técnica”, informou o superintendente.

A presidente da APIDI, Gilmara Costa, informou que as demandas feitas para a SDU Sul foram atendidas, e que agora vai lutar para garantir a acessibilidade do prédio “O CSU é um centro social que ajuda a comunidade inteira há muito tempo. Então a ideia é a gente caminhar com a SDU Sul e outros órgãos para que possamos resgatar aquele espaço para, não somente as pessoas com deficiência mas, a comunidade como um todo”, ressaltou.

A cadeirante Francisca Barros, que esteve presente na reunião do dia 09 de fevereiro, informou que está contente com empenho da Superintendência em relação as demandas feitas. “Nossas solicitações foram ouvidas pela SDU Sul e estou muito feliz e empolgada para que tenhamos logo toda a nossa acessibilidade garantida”, destacou a Francisca.

SDU Sul e Fundação Wall Ferraz lançam projeto de capacitação dos permissionários do Mercado da Vermelha

Parceria vai permitir qualificação de permissionários / Foto: Ascom SDU Sul

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sul (SDU Sul) lançou na manhã desta terça-feira (22), com a Fundação Wall Ferraz, o projeto de capacitação dos permissionários do Mercado da Vermelha. Essa qualificação ainda é um projeto piloto, mas deve abranger todos os mercados do município. O curso de capacitação em higienização e manuseio de mercadorias deve começar ainda essa semana no Mercado da Vermelha.

O superintendente da SDU Sul, Alípio Paiva, afirma que o intuito do projeto é a melhoria da qualidade de vida, tanto dos permissionários quanto dos consumidores. “Cuidar e melhorar a vida das pessoas é o principal objetivo da gestão do prefeito Doutor Pessoa e do Vice Robert Rios. Então estamos desenvolvendo essa parceria com a Fundação Wall Ferraz, com o intuito de capacitar os servidores dos mercados municipais. O primeiro curso desse projeto vai trabalhar diretamente com o manuseio dos produtos que são vendidos, proporcionando melhor higienização dessas mercadorias e assim garantindo uma maior segurança dos consumidores, principalmente nesse período de pandemia” destacou o superintendente.

O presidente da Fundação Wall Ferraz, Maykon Silva, também esteve presente e explicou como deve acontecer a capacitação. “Esse curso será oferecido dentro dos próprios mercados onde os alimentos estão expostos e são comercializados, garantindo uma maior absorção do conteúdo que será oferecido,” explicou Maykon Silva.

A administradora do Mercado da Vermelha, Célia Sousa, pontua que a higiene do local é um dos principais pontos que tem abordado junto aos permissionários “Esse curso de capacitação é uma inovação, e nós pretendemos, cada vez mais, melhorar tudo que tem relacionado ao nosso mercado da vermelha. Estou muito agradecida e quero dizer a todos que o mercado da vermelha preza por higiene e qualidade de vida dos nossos consumidores e permissionários” ressaltou a administradora.

Os permissionários se mostraram empolgados com a novidade “É muito importante! É uma nova oportunidade que tá surgindo para melhorarmos cada vez mais o atendimento aos nossos clientes.” informou a permissionária Lucimar Nascimento.

SDU Sul e SEMDEC discutem demandas do Polo Industrial Sul

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sul (SDU/Sul) recebeu na manhã desta terça-feira (9), o secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), Marcelo Eulálio, para discutir demandas da Associação Empresarial do Polo Sul (AEPS).

Para o superintendente da SDU Sul, Alípio Paiva, a reunião serviu para unificar os procedimentos e estabelecer o que pode ser feito. “Na oportunidade, mostramos o que está sendo feito, como o asfaltamento de todas as transversais do polo industrial sul. Bem como nos prontificamos a entender as obras que podem ser executadas para melhorar a qualidade de vida dos empresários da zona Sul de Teresina”, informou o superintendente.

O secretário da SEMDEC informou que essa articulação é necessária para entender o que pode ser feito de imediato. “Conversamos sobre algumas demandas do polo empresarial da zona Sul, que nos foi apresentado pela AEPS lá na SEMDEC. E a gente quer justamente alinhar aquilo que é possível adiantar de imediato em relação a essas demandas, e articular posteriormente com a SEMDUH e a prefeitura as demandas mais complexas e que demandarão mais tempo para serem atendidas”, explicou Marcelo Eulálio.

O superintendente executivo da SDU Sul, Juca Alves, também esteve presente e ressaltou a importância do diálogo entre os gestores. “Essa conversa junto a SEMDEC é importante para que sejam estabelecidos, pontuados e solucionados de maneira efetiva esses problemas no Polo Industrial Sul”, destacou o superintendente executivo.

As principais demandas pontuadas na reunião foram: a limpeza do canteiro central e das sarjetas; a drenagem das águas pluviais e sanitárias e a pavimentação das ruas dos setores de logística e atacadista.

A reunião serviu para unificar os procedimentos e estabelecer o que pode ser feito Foto (Ascom/SDU Sul)

NOTA DE ESCLARECIMENTO – SDU/SUL

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sul (SDU/Sul) já tomou conhecimento, através da presidente da Associação Brasileira de Engenheiros (ABENC-PI), Socorro Seabra, sobre o estado precário em que se encontra a estrutura dos pilares da passarela da CEASA.

Logo que recebemos a denúncia enviamos, através da Gerência de Obras, uma equipe para fiscalização in loco, tendo em vista que a última vistoria foi feita em fevereiro de 2020. Só após o novo relatório será decidido quais encaminhamentos serão feitos para que o inconveniente seja solucionado.

Nos colocamos à disposição para quaisquer esclarecimentos acerca das decisões tomadas.

Superintendência de desenvolvimento urbano Sul.

Mercado da Vermelha tem nova administração e promete melhorar espaço

Na posse da administradora foram verificadas necessidades de melhorias / Foto: Ascom Sdu Sul

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sul, empossou na manhã desta terça-feira (02) a nova administradora do Mercado da Vermelha, Célia Sousa. Na ocasião estiveram presentes o superintendente da SDU Sul, Alípio Paiva, e o Gerente de Serviços Urbanos Sul, Islanilton Gomes. Na oportunidade, ainda foram apontadas pela nova administradora, algumas falhas pontuais na estrutura do mercado. A superintendência informou que tomará providência para que esses inconvenientes sejam resolvidos dentro dos próximos dias.

De acordo com o Superintendente da SDU/Sul, Alípio Paiva, sob o comando do prefeito Doutor Pessoa, o principal objetivo da atual gestão é facilitar a vida do servidor e do usuário que depende desses estabelecimentos. “O nosso trabalho, junto com a nova diretora do Mercado da Piçarra, será realizar projetos que viabilizem a autossuficiência desses trabalhadores”, ressaltou o superintendente.

A nova diretora está otimista para iniciar os trabalhos e seu compromisso, primeiramente, é garantir um ambiente saudável para os usuários e servidores. “Pretendo trazer o bem estar tanto social, quanto mental, para todos que frequentam o mercado, e proporcionar uma melhor estrutura para os permissionários e servidores em geral”, destacou Célia Sousa.

 

Nota de esclarecimento SDU/Sul

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sul (SDU/Sul) informa que a situação do desmatamento irregular no loteamento localizado na Via Sul, fundo com o condomínio Bem Viver, deu-se por conta de uma imobiliária que contratou a Construtora Guarujá, que iniciou o trabalho sem uma consulta prévia.

Foi tomado conhecimento da situação na quarta-feira (27), quando já havia quase uma semana de execução. Ainda no mesmo dia, a empresa foi notificada e recebeu ordem de paralização pela SDU/Sul. A construtora recusou-se a paralisar as atividades, sendo multada no dia seguinte, quinta-feira (28).

A SDU/Sul já esclareceu o ocorrido para a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMAM), que por sua vez deve entrar em contato com o Ministério Público. No momento a obra encontra-se paralisada.

Nos colocamos a disposição para quaisquer esclarecimentos a cerca das decisões que serão tomadas, sempre primando a excelência de nossos serviços.

Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sul

SEMEL e SDU-Sul realizam vistorias em obras na zona Sul

Foto: Ascom Semel

O secretário Municipal de Esporte e Lazer (Semel) Eduardo Draga Alana, junto ao Superintendente de Desenvolvimento Urbano Sul (SDU-Sul), Alípio Paiva Filho, realizaram na manhã desta quarta-feira (27) vistorias nas quadras e unidades esportivas dos bairros Monte Castelo, Vila da Paz, Parque Sul e Vamos Ver o Sol, na zona Sul de Teresina.

Com o intuito de conhecer melhor e estar por dentro de toda estrutura e andamento das obras desses locais, a Semel juntamente com a SDU0Sul trabalharão de forma objetiva para que todas as demandas sejam cumpridas e as obras sejam inauguradas o mais breve possível.

O secretário da Semel, Eduardo Draga Alana, falou da importância da parceira com a SDU-Sul para desenvolver trabalhos na área esportiva na região Sul da capital.

“É de extrema importância essa parceria entre os órgãos da prefeitura, para que juntos possamos trazer mais celeridade para a conclusão e entrega dessas obras para sociedade. Portanto, agradeço à SDU-SUL por ter essa preocupação e nos acompanhar com a única finalidade de solucionar as demandas encontradas”, afirmou o secretário.

Mendes mora no residencial Parque Sul, ao lado de uma quadra esportiva e fala da importância dela para os jovens.
“A quadra tem grande relevância para a juventude local. No fim da tarde os meninos estão jogando e se divertindo, e é muito importante para tirar esses jovens da ociosidade”, disse.

SDU/Sul realiza visita aos Mercados da Piçarra e da Vermelha

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sul (SDU/Sul), esteve na manhã desta quarta-feira (20), visitando os mercados da Piçarra e da Vermelha. A visita feita a pedido do prefeito Doutor Pessoa e do Vice Robert Rios, teve como objetivo fiscalizar e coletar informações diretamente com os usuários e servidores do local, e assim entender a real situação dessas pessoas.

De acordo com o Superintendente da SDU/Sul, Alípio Paiva, a prefeitura tomará as medidas necessárias para facilitar a vida do servidor e do usuário que dependem desses estabelecimentos.

“O nosso foco agora é realizar projetos que viabilizem a autossuficiência desses trabalhadores, fazendo com que eles passem a manter o local em que trabalham”, explicou o superintendente.

A diretora do Mercado da Vermelha, Gorete Martins, também esteve presente durante a visita. “Esse tipo de vistoria, é muito importante para que seja tomado conhecimento acerca das demandas futuras do nosso mercado”, ressaltou a diretora.

A vendedora Raquel Costa, que trabalha há 20 anos no Mercado da Piçarra, também conversou com o superintendente e explicou as principais dificuldades que enfrenta no local. “Nós temos muitos problemas relacionados a fiação e infiltrações no local, isso acaba prejudicando nosso trabalho e nos coloca em risco. Esperamos que essa nova gestão mantenha essas visitas e solucione esses problemas de fato”, disse Raquel Costa.

Além da visita aos mercados, a SDU/Sul também tem agenda de vistoria aos cemitérios da zona sul.

SDU/Sul realiza acordo com representantes da ocupação do bairro Areias

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sul (SDU/Sul) recebeu as lideranças da ocupação do bairro Areias, na zona sul da cidade, nesta sexta-feira (15). Na reunião, a Superintendência se propôs a tratar, com um olhar especial, as solicitações feitas pelas representantes comunitárias, Sara Cardoso e Raimunda Pereira. Em troca disso, os ocupantes decidiram retirar-se de maneira amigável do terreno.

O Superintendente da SDU/Sul, Alípio Paiva, informou que entrará em contato com a Coordenação de Habitação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), para realizar o cadastro dessas pessoas que se encontram em estado de vulnerabilidade social.

“Nós, representantes da Prefeitura de Teresina, estamos nos propondo a tratar a situação dos ocupantes do bairro Areias, com um olhar especial, para que assim possamos solucionar a situação dessas pessoas que não possuem moradia”, ressaltou Alípio Paiva.

 

Em comum acordo, as líderes comunitárias presentes se comprometeram em sair ainda na manhã de hoje, junto dos outros manifestantes, do local ocupado.

“Nós acordamos com a superintendência que nos retiraremos da ocupação em troca de uma assistência especial a nós que ainda não temos casa e nem condições para manter um aluguel”, destacou Sara Cardoso, líder comunitária.

Após reunião a SDU/Sul retornou ao local, junto das líderes, para dar assistência a desocupação amigável que foi acordada durante a reunião.

 

Prefeitura conclui entrega de casa do Orçamento Popular na zona sul

Entrega da residência no bairro São Pedro, zona Sul de Teresina – fotos: Ascom SDU/Sul

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sul (SDU/Sul), através do Orçamento Popular, realizou na manhã desta quarta-feira (13) a entrega de residência a uma família em estado de vulnerabilidade. A casa beneficiada fica localizada no bairro São Pedro, na zona Sul de Teresina.

O Superintendente da SDU/Sul, Alípio Paiva, explicou que a família contemplada encontrava-se em condições insalubres, morando em uma casa de taipa e foram beneficiadas com uma residência de tijolos.

“Esse programa faz parte dos objetivos propostos pelo prefeito de Teresina, Doutor Pessoa, que é garantir a moradia e o bem-estar aos nossos munícipes”, ressaltou o superintendente.

A moradora beneficiada, Gilnara da Costa, comemorou a nova conquista, “Após 15 anos vivendo com meu esposo, hoje posso comemorar a aquisição de uma residência adequada. Eu agradeço muito a prefeitura e a todos que me ajudaram. Agora é só alegria!”, completou a moradora.

A aplicação dos recursos do Orçamento Popular é definida pela própria comunidade, que aponta as principais urgências a serem resolvidas em cada bairro para que a Prefeitura realize as obras.