Prefeitura recupera rua que ameaçava romper no Planalto Bela Vista

Foi concluída essa semana a recuperação da Rua Rio Claro, no Planalto Bela Vista, zona sul da cidade, que teve parte da sua estrutura comprometida durante uma chuva intensa na região. Diante da gravidade do problema, já que o rompimento se deu exatamente onde fica o bueiro, e da ameaça a residências próximas ao local, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU) Sul executou a obra rapidamente. (mais…)

SDU fará demarcações em bancos e lotéricas para organizar distanciamento

Ascom/SDU Sul

Uma equipe da gerência de Controle e Fiscalização (GCF) da Superintendência de Desenvolvimento urbano Sul – SDU Sul dará início na manhã desta terça-feira (14) a demarcação de espaços em casas lotéricas e agências bancárias da zona Sul da cidade. Inicialmente está previsto que essa ação aconteça em pelo menos 40 pontos.

Segundo o gerente de Fiscalização da superintendência, Rogério Rodrigues, o objetivo é facilitar a organização das pessoas nas filas e, com isso, reduzir os riscos de contaminação pelo coronavírus. “A distância entre uma marcação e outra será de dois metros, de acordo com as recomendações dos órgãos da saúde. É fundamental que todos se mantenham em suas marcas”, explica o gerente. Cabe as agências bancárias coordenarem o fluxo e o distanciamento das pessoas tanto na parte interna quanto externamente.

Desde a assinatura do Decreto que determina que somente os serviços essenciais podem funcionar, a equipe de Fiscalização da SDU Sul vem percorrendo os bairros da região orientando a população e agindo para que a determinação sejam cumprida.

Até o último sábado (11), 105 lojas haviam sido fechadas durante as visitas realizadas pela equipe da SDU Sul, sempre acompanhada de agentes da Guarda Municipal de Teresina e policiais militares. Além disso, foram registradas 13 notificações, aplicadas 10 multas e cinco estabelecimentos foram interditados.

“Sempre lembrando que o objetivo não é prejudicar ninguém. A meta é fazer cumprir o Decreto e reforçar o isolamento social, tão importante para evitar a proliferação do coronavírus”, conclui.

Fiscalização fecha mais de 40 estabelecimentos na zona Sul

Ascom/SDU Sul

Na manhã desta sexta-feira (03), a equipe formada por fiscais da SDU Sul, agentes da Guarda Municipal e policiais militares fechou 43 estabelecimentos na zona Sul de Teresina. Ações como essa estão acontecendo em vários pontos da cidade para que haja o cumprimento de decreto que determina regras de isolamento social em decorrência da pandemia do coronavírus.

Segundo o gerente de Fiscalização da SDU Sul, Rogério Rodrigues, esse primeiro momento serviu como alerta da necessidade que todos cumpram a determinação, fundamental para o sucesso do controle da pandemia na cidade. “Sabemos que todos estão passando por uma situação difícil, mas o decreto precisa ser cumprido por todos aqueles que estão relacionados no documento. Somente estão liberados os serviços essenciais como padarias, supermercados, farmácias, entre outros”, explicou.

O gerente alertou ainda que quem descumpre a determinação está sujeito detenção e multa, de acordo com o Decreto Lei 2848/40. O artigo 268, do mesmo decreto, destaca que podem ser penalizados com detenção de um mês a um ano, e multa, quem infringir a determinação do poder público, destinada a impedir a introdução ou propagação de doença contagiosa.

“Não podemos esquecer que é muito importante as pessoas ficarem em casa, e só sair em caso estritamente necessário. Temos que lembrar que a vida é mais importante”, concluiu.

SDU Sul mantém quatro equipes para recuperar ruas e obras emergenciais

Ascom/SDU Sul

A SDU Sul está atuando com equipes na recuperação de ruas e obras emergenciais na região. Segundo lembra o superintendente Executivo Paulo Roberto, a meta é, principalmente, recuperar trechos de ruas que foram danificados pelas águas das chuvas. Um exemplo é o trecho de ligação entre as quadras F e G do bairro Torquato Neto.

“Não temos como parar nossas ações por completo, mesmo diante da necessidade de ficarmos todos em casas. Mas alguns serviços são realmente essenciais para a comunidade. Temos que manter a trafegabilidade nestes locais para garantir que as pessoas tenham condições de chegar e sair de casa, que ambulâncias e viaturas da polícia possam passar”, explicou.

Paulo Roberto explicou que as solicitações das comunidades estão sendo registradas e atendidas, respeitando uma programação encabeçada pelas situações mais urgentes. Outros exemplos de bairros que tiveram ruas recuperadas foram a Vila Irmã Dulce (Rua Estômato), conjunto Saci, Parque Sul e outros. Uma das ferramentas mais utilizadas no momento para fazer essas solicitações é o aplicativo Colab.

SDU mantém programação de limpeza de ruas e galerias

Ascom/SDU Sul

Mesmo seguindo todas as ações de prevenção contra a propagação do Covid-19, a superintendência de Desenvolvimento Urbano Sul (SDU Sul) continua com a programação de limpeza de ruas, galerias, praças e áreas verdes da região.

Na manhã desta quarta-feira (18), por exemplo, com a utilização de uma pá-carregadeira, uma equipe de limpeza da Superintendência realizou a desobstrução de uma galeria localizada no cruzamento das avenidas Henry Wall de Carvalho e Ulisses Guimarães, no Promorar. “É sempre bom lembrar que todas as vezes que fazemos esse tipo de limpeza encontramos restos de podas de árvores, garrafas pets e outros materiais que se descartados corretamente evitaria o entupimento das galerias”, ressalta Paulo Lopes, superintendente da SDU Sul.

Todas as superintendências da Prefeitura trabalham com equipes de capina e varrição, limpeza de galerias e limpeza e manutenção de praças e áreas verdes. Nesta quarta-feira (18), por exemplo, na zona Sul, as equipes de capina e varrição estão em bairros como o Santa Clara, Santa Luzia, Três Andares, Parque São Jorge, Parque e Sul, Macaúba e outros.

Na área de limpeza de galerias, além do bairro Promorar, outra equipe está trabalhando na Avenida Goitacazes, na Vila Irmã Dulce. Além disso, a SDU Sul está limpando áreas verdes no bairro Macaúba, no Esplanada e Parque Sul.

“No período de chuvas todas essas demandas aumentam bastante, mesmo tendo sido feito um trabalho preventivo antes do início do inverno. O mato cresce muito rápido, e precisamos estar sempre atentos a limpeza de galerias. Mas estamos mantendo nossa programação e, inclusive, atendendo as solicitações das comunidades”, disse.

Prefeitura presta assistência à famílias alagadas do Residencial Terra Prometida

Ascom/Sdu Sul

Uma equipe da Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sul – SDU Sul está acompanhando desde a tarde de ontem (16) a situação das famílias do Residencial Terra Prometida, região do bairro Cristo Rei, zona Sul da cidade, que tiveram suas casas invadidas pelas águas.

A SDU Sul tem prestado toda a assistência necessária às famílias. “Assim que recebemos as primeiras informações de residências invadidas pelas águas mandamos uma equipe até o local”, disse Paulo Lopes, superintendente da SDU Sul.

De acordo com a assistente social da Superintendência, Claydivane Menezes, foram disponibilizados caminhões e funcionários para ajudarem na mudança das famílias. “Algumas pessoas já se anteciparam e deixaram suas casas, mas quem precisou de ajuda nós prestamos a assistência durante toda a tarde e boa parte da noite de ontem”, disse. Na segunda, 17 famílias deixaram o residencial.

Logo nas primeiras horas da manhã desta terça-feira a mesma equipe da SDU Sul foi para o local e contou com o auxílio de quatro caminhões para fazer a mudança de mais famílias atingidas. “A orientação inicial é que quem tiver alguma casa de parente que possa ficar, que se mude para esses locais. Os demais casos nós estamos fazendo os cadastros para encaminhar para o programa Família Solidária ou avaliar outras alternativas. O mais importante agora é garantir a segurança de todos”, lembrou.

A moradora Maria Benta, uma das lideranças da região, estava auxiliando esse trabalhando, principalmente com informações sobre as famílias.  O superintendente Paulo Lopes destacou ainda que a Prefeitura vai continuar auxiliando essas famílias e monitorando toda a situação.  Em situações de emergências, a população deve acionar inicialmente a Defesa Civil através do número 153.

Residencial Cidade Sul vai ganhar praça ecológica

Ascom/SDU Sul

A Prefeitura de Teresina deu início à construção de uma praça ecológica no Residencial Cidade Sul. De acordo com o projeto, será construído no local um campo de futebol, trilhas para caminhada e implantada uma academia popular, tudo com destaque para a preservação do meio ambiente na área. O investimento é superior a R$ 147 mil, recursos próprios do município.

O superintendente da SDU Sul, Paulo Lopes, e o secretário municipal de Meio Ambiente, Olavo Braz, estiveram no local ouvindo as sugestões da comunidade e acertando os últimos detalhes para que a obra transcorra da melhor forma possível. “Assim como os moradores, estamos muito felizes com essa conquista. Essa obra sempre foi colocada como um sonho”, lembrou Paulo Lopes.

A construção dessa praça era uma reivindicação encabeçada pela Associação das Mulheres do Residencial Cidade Sul, coordenada por Fátima Paiva, que também define essa obra como a realização de um sonho. “Estamos pensando em chamá-la de Praça dos Sonhos”, comentou dona Fátima.

Ascom/SDU Sul

A dona de casa, moradora do Cidade Sul há seis anos, Maria do Socorro Silva, disse ter ficado muito feliz com a novidade. “Achei ótimo porque vamos ter um local muito bom para fazer nossas caminhadas, nossa academia e um espaço bonito para realizar algum evento, como no Natal, por exemplo”, disse.

Maria Dalva também comemorou o início da construção da praça. “Quando a gente queria fazer alguma atividade tinha que ir para outro local mais longe, dependo de ônibus. Agora vamos ter na porta de casa”, destacou.

O Residencial Cidade Sul vai ganhar também em breve um belo campo de futebol ao lado da creche Cecília Meireles. O projeto já está sendo elaborado para que seja preparada a licitação.

Construtora volta a trabalhar na Ponte Wall Ferraz nesta quinta (13)

Ascom / SDU Sul

A construtora contratada pela Prefeitura de Teresina para realizar a obra da Via Marginal Poti Sul, ligando a Avenida Marechal Castelo Branco a vários bairros da zona Sul da cidade, volta a trabalhar na parte de cima da Ponte Wall Ferraz nesta quinta-feira, dia 13. Por conta disso, será necessário implantar um novo desvio no trânsito do local.

Segundo o superintendente de Desenvolvimento Urbano  Sul, Paulo Lopes, será novamente apenas um desvio, sem a necessidade de interdição. “Em nenhum momento vamos precisar interditar o trânsito na ponte. Vamos apenas precisar isolar uma faixa no lado da parte mais nova da ponte e mais duas faixas na parte mais antiga. Ou seja, no sentido da zona Sul para as zonas Sudeste e Leste ficará uma faixa livre, a da lateral direita. E no sentido contrário, de quem vem para a Sul, estarão duas faixas livres”, explica.

O desvio não será feito na extensão completa da ponte, ficará apenas em um trecho. Paulo Lopes ressalta ainda que basta que todos tenham apenas um pouco de cautela para que trânsito flua normalmente.

A previsão é que o desvio permaneça por mais uma semana, até a próximo sexta, dia 21. “Mesmo que ocorram alguns imprevistos, já que estamos no período de chuvas, na sexta-feira o desvio será retirado e o trânsito estará liberado no local durante o carnaval”, inform.

Essa obra serve para a implantação de um reforço na base da parte antiga da Ponte Wall Ferraz e com isso poder realizar as intervenções necessárias para a construção da Via Marginal Poti Sul na sua ligação do primeiro com o segundo trecho na passagem por debaixo da ponte.

A Prefeitura está realizando um investimento na Via Sul de R$ 30 milhões no trecho entre a ligação com a Avenida Marechal Castelo e a Ponte Anselmo Dias. De lá até a Avenida Manoel Ayres Neto serão mais R$ 35 milhões, totalizando R$ 65 milhões. A avenida contará com três pistas de rolamento de cada lado, um canteiro central de seis metros de largura, calçada do lado da floresta fóssil, também de seis metros, e outra de três metros do lado das residências, toda iluminada e com ciclovia.

Residenciais José Ribeiro e Dignidade recebem mutirão de limpeza

 

Ascom/ SDU Sul

Sete equipes de limpeza da SDU Sul estão atuando na limpeza dos residenciais José Ribeiro e Dignidade, na zona Sul da cidade. São mais de 100 pessoas nessa região, realizando a capina e varrição de ruas, avenidas, praças e áreas verdes.

“Além desse trabalho, as ações de limpeza de bueiros e galerias têm surtido um efeito muito positivo no escoamento das águas das chuvas e, consequentemente, na redução dos transtornos durante esse período”, lembrou Paulo Lopes, superintendente de Desenvolvimento Urbano Sul.

Paulo Lopes lembrou ainda que as equipes da superintendência são divididas da seguinte forma: capina e varrição, limpeza de galerias e bueiros, manutenção de praças e área verdes, limpezas de áreas de transbordo.

Outros locais da região estão recebendo as equipes de limpeza da SDU essa semana. Bairros como São Pedro, Três Andares, Promorar, Cristo Rei e Vila Irmã Dulce também estão sendo beneficiados. “Temos ainda uma equipe volante, justamente para atender casos mais urgentes e que não estavam na programação”, disse.

O superintendente aproveitou para solicitar que os moradores não joguem lixo em terrenos baldios ou em outros locais inapropriados. Segundo lembra, os prejuízos são muitos. “Além de ser uma questão de saúde pública, de aumentar os riscos de alagamento com o entupimento de galerias e bueiros, tem o fato que essas equipes poderiam estar limpando várias outras ruas”, afirmou.