Construção da Marginal Sul foi tema de reunião entre Semam e Sdu Sul

Em reunião gestores trataram da obra e de impactos no meio ambiente / Foto: Ascom Sdu Sul

O Superintendente de Desenvolvimento Urbano Sul (SDU/Sul), Alípio Paiva, esteve reunido na manhã desta quinta-feira, 28, com a Secretária Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semam), Elisabeth Sá, para alinharem as ideias acerca dos próximos encaminhamentos na construção da Marginal Poty Sul.

De acordo com o superintendente, essa reunião é importante para que o desenvolvimento urbano e o meio ambiente andem juntos. “Em relação a essas obras, o meio ambiente sempre, vai e deve, falar primeiro. Então, essa reunião foi para unificarmos nossas ideias sobre os procedimentos, no que tange às questões ambientais e a construção da Marginal Sul, para posteriormente prestarmos esclarecimentos ao Ministério Público”, explicou Alípio Paiva.

A secretária da Semam reconhece a importância da obra, mas destaca a preservação do meio ambiente “Nós traçamos metas para essa obra que será um marco na mobilidade urbana da nossa cidade. Sempre lembrando de auxiliar esse desenvolvimento com as questões ambientais, como orientação do nosso prefeito Doutor Pessoa” destacou Elisabeth Sá.

A Marginal Poty Sul, que tem sua construção dividida em três etapas, ligará a zona sul e leste da cidade, desafogando significativamente o trânsito entre essas zonas.

Ana Paula trata de demandas da SDU-Centro/Norte com o prefeito Doutor Pessoa

A superintendente de Desenvolvimento Urbano Centro Norte (SDU-Centro/Norte), Ana Paula Santana, se reuniu nesta terça-feira, 5, com o prefeito de Teresina, Doutor Pessoa. Na pauta, ela tratou sobre as demandas que a pasta tem para realizar nesse primeiro momento da gestão.

Ana Paula mostrou ao chefe do executivo projetos e obras a realizar no setor e que a SDU-Centro/Norte abrange, bem como as prioridades que o prefeito deseja realizar nos próximos dias.

Segundo ela, o chefe do executivo pretende dar total atenção, nesse primeiro momento, a áreas que atendam aos mais carentes e que está se programando para visitar as obras que estão em andamento. Ana Paula esteve acompanhada do suplente de vereador Daniel Carvalho e assessores da sua pasta.

 

Painéis de energia solar vão reduzir em 25% conta de permissionários do Shopping da Cidade

A instalação do primeiro lote de painéis de captação de energia solar do Shopping da Cidade vai permitir uma redução de 25% no consumo de energia do local. Na manhã desta quarta-feira (30) o prefeito Firmino Filho inaugurou a obra, que vai beneficiar diretamente os permissionários que trabalham no espaço.

“Esse é um projeto pioneiro na cidade, no qual foram usados 375 placas de energia em apenas um dos dois blocos do Shopping. O investimento vai reduzir em até 25% a conta de energia de todos aqueles microempreendedores que trabalham no local e o objetivo é que, com o passar do tempo, esse percentual seja aumentado”, disse o prefeito.

A obra foi iniciada este ano, durante a pandemia, com projeto orçado em mais de R$ 750 mil, recursos próprios do município e de emenda parlamentar do vereador Gustavo Carvalho. A previsão é que o retorno do investimento ocorra em um período de dois anos.

Alexandre Machado, engenheiro da SDU Centro/Norte, órgão responsável pela obra, explica que, com a implantação dos kits fotovoltaicos, os permissionários do Shopping passem a pagar somente a taxa de serviço cobrado pela Equatorial. “Com isso, eles terão uma redução considerável de gastos”, ressaltou.

 

Fiscalização da SDU Sudeste solucionou mais de 70% das demandas do Colab em 2020

Implantado desde 2016 pela Prefeitura de Teresina, o aplicativo Colab tornou-se, neste ano de pandemia da Covid-19, um dos principais canais de comunicação entre a população e a administração pública. De janeiro a 14 de dezembro de 2020, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sudeste registrou 581 demandas recebidas. Dentre elas, a Gerência de Controle e Fiscalização (GCF) recebeu 175, das quais 135 já foram resolvidas e 40 estão em atendimento, representando cerca de 77% de resolutividade.

Comparado ao ano anterior, quando foram registrados ao todo 340 requerimentos através do aplicativo, houve um aumento em torno de 70% nas demandas gerais. “O crescimento se deve, principalmente, ao isolamento social praticado durante a pandemia. A população, ao passar mais tempo em casa, pôde observar melhor o dia a dia na sua comunidade e estar mais atenta a alguns problemas”, avalia Isaac Meneses, superintendente da SDU Sudeste.

Segundo Alexandre Nogueira, gerente de Controle e Fiscalização da SDU, as demandas mais comuns são denúncias de lixo, entulho e sucatas em calçadas e via pública, imóvel ou terreno abandonado, estabelecimento comercial sem alvará e obra irregular sem alvará de construção.

O gerente destaca ainda o trabalho de fiscalização durante os meses em que vigoraram os decretos municipais de enfrentamento ao coronavírus. “Durante todo esse tempo, além das demandas de rotina, estivemos atuando continuamente nas ações de controle preventivo à Covid-19, buscando preservar a saúde e segurança da população”, afirma Alexandre.

Para realizar denúncia ou solicitação por meio do Colab, basta fazer o download do aplicativo na App ou Play Store, cadastrar as informações necessárias e acompanhar o pedido por meio do protocolo gerado.

 

Urbanização vai modernizar área das hortas no Grande Dirceu

Fotos: Rômulo Piauilino

Valorizar o trabalho dos agricultores, preservando a identidade e tradição local, e modernizar a infraestrutura da via pública, o sistema de mobilidade, além de melhorar a qualidade de vida da população. Esses são os resultados esperados com a obra de urbanização do entorno das hortas comunitárias na Av. Noé Mendes, conhecida como “Avenida das Hortas”, na região do Grande Dirceu. Na manhã desta segunda-feira (28) o prefeito Firmino Filho visitou o local.

Dividida em seis trechos, a obra está em fase inicial, entre as ruas Evitônio Teodoro e a Av. Professor Camilo Filho. Em toda a extensão da via será construído um parque linear com espaços para convivência e circulação de pedestres e ciclistas com a construção de calçadas largas, oito praças, ciclovias e iluminação em LED.

Cerca de R$ 11 milhões foram investidos no local, oriundos de empréstimo com o Banco do Brasil e Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), com contrapartida do município. “Essa urbanização inclui um calçadão de 4,5km, oferecendo um espaço de lazer e esportes para toda comunidade do grande Dirceu”, ressalta o prefeito Firmino Filho, que estava acompanhado do superintendente de Desenvolvimento Urbano Sudeste, Isaac Meneses, e da deputada estadual Lucy Soares.

“Esse é um dos projetos de maior relevância para região, com impactos positivos para toda a comunidade”, enfatiza Isaac Meneses, superintendente da SDU Sudeste. Além do parque linear, o projeto prevê ainda a implementação de um sistema binário na Av. Noé Mendes e a Rua Pedro Teixeira. A medida vai refletir no ordenamento de tráfego, de pontos de retorno, cruzamentos e estacionamentos.

Prefeitura inaugura Ginásio Sarah Menezes nesta terça-feira (22)

Referência para jovens e esportistas do Judô, o Ginásio Sarah Menezes, localizado no bairro Morada do Sol, será inaugurado nesta terça-feira (22). A solenidade, que acontece às 19h, contará com a presença do prefeito Firmino Filho e da judoca Sarah Menezes, referência no esporte. Durante o evento, será realizado um amistoso de Judô, com várias categorias e idades.

“Temos trabalhado para incentivar a prática esportiva e esse espaço é considerado de padrão olímpico, onde cada detalhe foi pensado para que o jovem possa se dedicar a se aperfeiçoar na prática do Judô. Estamos muito felizes em entregar mais um projeto que democratizará o esporte nesta comunidade”, destacou Firmino Filho.

O espaço, além das áreas destinadas às lutas, conta com arquibancadas de 360 lugares e estacionamento com capacidade para comportar até cinco ônibus, 24 motos, 22 carros e 40 bicicletas. Realizada com recursos próprios do município e repasse do Ministério dos Esportes, através de contrato com a Caixa Econômica Federal (CEF), a obra teve investimento superior a R$ 2,9 milhões.

Segundo o superintendente da SDU Leste, João Pádua, a obra garantirá o avanço do esporte na cidade. “Consideramos esse um espaço importante, pois será uma referência para os jovens e esportistas do Judô. Trabalhamos muito para entregar um centro de excelência, que beneficiará toda a cidade”, avaliou o gestor.

O ginásio conta com área administrativa, enfermaria, banheiros acessíveis, seguindo o padrão estimado pela Lei de Acessibilidade, vestiários, copa, alojamentos e depósito. No primeiro andar foram construídos academia e banheiros acessíveis e no segundo andar auditórios reversíveis e mais banheiros acessíveis. Há ainda um elevador para permitir o acesso aos demais andares.

Além da estrutura olímpica, o projeto foi adaptado pela Prefeitura de Teresina para que os atletas possam alcançar alto rendimento e se desenvolver nas condições climáticas da capital. “Todas as faces do ginásio possuem aberturas superiores para ventilação, que foram ampliadas de forma a garantir uma ventilação cruzada. Além disso, como reforço para a ventilação, foram projetados espaços para a instalação de climatizadores”, esclareceu a arquiteta Virgínia Moura, coordenadora de projetos da Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação (SEMPLAN).

Lixo descartado de forma irregular representa mais de 70% do recolhimento na zona Sudeste

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sudeste recolheu em 2020 cerca de 40 mil toneladas de resíduos sólidos na região. Mais de 70% desta quantidade é relativa ao recolhimento de lixo depositado de forma irregular em áreas de transbordo, com um total aproximado de 29 mil toneladas.

Durante todo o ano foram investidos R$ 10,5 milhões em serviços de limpeza urbana na região Sudeste. Destes, mais de R$ 1 milhão foram gastos com o recolhimento de lixo descartado em áreas proibidas.

“São resíduos colocados pela população de forma irregular nos logradouros públicos e que, além de dificultar o trabalho das equipes de limpeza, trazem muitos prejuízos à saúde e segurança da população”, afirma Isaú Pereira, gerente de Serviços Urbanos da SDU Sudeste.

Com o objetivo de evitar esse tipo de descarte inadequado, existem dez Pontos de Recebimento de Resíduos (PRRs) na região, onde a população deve depositar lixo seco, resultados de capina, poda, materiais de construção, objetos velhos e demais utensílios que necessitem ser descartados em pequenas quantidades, de até 1m³ por dia (tamanho de uma carroça). Nestes pontos é proibida a colocação de lixo orgânico, animais mortos e vísceras, resíduo industrial, entulhos em quantidade maior que 1m³, resíduo hospitalar, pilhas, baterias e aparelhos eletrônicos.

Isaac Meneses, superintendente da SDU Sudeste, destaca a importância da colaboração da comunidade. “É essencial que a população e a Prefeitura trabalhem juntos pela limpeza da cidade. Nossas equipes são encarregadas de fazer a sua parte e contamos com o apoio da comunidade para que também cumpram com o seu papel de cidadania ativa”, frisa o gestor.

Confira onde os PRRs estão disponíveis na zona Sudeste:

– Rua 02 do Parque do Sol – Bairro Renascença (próximo aos trilhos)

– Rua Desembargador Antônio Santana com Rua 11 do Loteamento Manoel Evangelista – Bairro Novo Horizonte

– Avenida Noé Mendes com Rua Carlotinha Brito – Bairro Renascença (em frente ao Restaurante Alto Sabor)

– Rua 30 com Rua Alexandre Gomes Chaves, próximo à Praça da Brita (BR-343) – Bairro Itararé

– Rua das Flores com Rua Alto do Cocal – Bairro Gurupi

– Avenida Joaquim Nelson com Rua Santa Mariana – Bairro Novo Horizonte

– Rotatória da Avenida Noé Mendes com Desembargador Manoel Felício Pinto – Dirceu II

– Rua José Matias Moedas com Rua Estudante Fábio Cézar (atrás da caixa d’água) – Residencial Frei Damião

– Rua Dois com Rua dos Trilhos – Parque do Sol

– Avenida Professor Camilo Filho com Avenida Jeú Sérvio – Residencial Alto da Ressurreição

 

SDU Leste promove limpeza urbana em mais de 10 bairros na região nesta segunda (14)

Dando início a mais uma semana de ações de limpeza urbana, a SDU Leste está trabalhando com suas equipes em 13 bairros da região nesta segunda-feira (14). Os bairros contemplados são Vila Mandacaru, São João, São Cristóvão, Vale do Avião, Vale do Gavião, Ininga, Morros, Cidade Jardim, Residencial Marina, Fátima, Satélite, Noivos e Jóquei.

Durante a ação, avenidas, ruas, praças e demais áreas públicas recebem serviços de limpeza como capina, varrição, transbordo, podas baixas e em altura, além da desobstrução de galerias e a ação do trator roçadeira.

As equipes de profissionais responsáveis pela capina atuam nas avenidas Ininga, Raul Lopes e João XXIII, bem como nas ruas Pedra Branca, Tatuí, Thomaz Tajra e Dilson de Carvalho. Já a varrição está ocorrendo nas avenidas Nossa Senhora de Fátima, Universitária e também na Raul Lopes e João XXIII.

“A Gerência de Limpeza realiza a manutenção de viveiros, serviços de poda de árvores e também o processo de transplantio em alguns pontos considerados áreas verdes. Nosso foco é melhorar a qualidade de vida dos moradores da região”, afirmou o gerente de Serviços Urbanos da SDU, Renato Lopes.

A Prefeitura conta sempre com a colaboração da população no trabalho de conservação desses espaços. Os moradores também podem contribuir com a manutenção das limpezas, enviando sugestões ou denúncias sobre descarte incorreto de lixo domiciliar ou material sólido. Basta entrar em contato com o órgão pelos números (86) 3215-7875 e 7874 ou pelo aplicativo Colab.

 

Cemitérios são preparados visitações do Dia de Finados

Todos os cemitérios públicos estão sendo limpos e preparados para as visitações que devem ocorrer no próximo dia 2 de novembro, Dia de Finados. É neste dia que estes locais todos os anos recebem o maior número de visitantes. No entanto, por conta da pandemia do Corona vírus, acredita-se que o número de visitantes será reduzido desta vez.

Na zona Leste da capital, por exemplo, os cemitérios São Judas Tadeu, Santa Mônica e Mirante dos Morros já estão recebendo serviços de capina, varrição, podas e pintura para o Dia de Finados. Segundo o Gerente de Serviços Urbanos, Renato Lopes, serão impostas medidas de segurança, seguindo as recomendações do Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COE). “O horário de visitação no dia de Finados ocorrerá das 06h às 18h. Faremos um trabalho em conjunto para evitar a aglomeração de pessoas, não havendo celebrações de missas ou cultos religiosos. ”, ressaltou.

Além disso, será obrigatório o uso de máscara e manter o distanciamento mínimo de dois metros entre as pessoas. Essas mesmas regras valem para todos os cemitérios públicos da cidade.

Os profissionais da Gerência de Controle e Fiscalização da SDU Leste também estarão atuando no dia para verificar as medidas de segurança, controlar a entrada das pessoas, sobretudo prestar as orientações necessárias à população sobre o que não é permitido, como por exemplo, levar coroa de flores e alimentos.

A zona Sul possui três cemitérios públicos: o Dom Bosco, no bairro Vermelha; o Santa Cruz, localizado na região do bairro Promorar; e o cemitérios Areais, que se encontra interditado para novos enterros, mas que sempre recebe um bom número de visitantes neste período. O gerente de Serviços Urbanos da SDU Sul, Marcelo Mourão, informou que cinco equipes de limpeza, cada uma delas com mais de 10 pessoas, estão trabalhando na limpeza desses três cemitérios, justamente para garantir que tudo aconteça sem nenhum transtorno no próximo dia 2. As regras de segurança com relação ao Corona vírus também serão observadas nestes cemitérios da zona Sul.

Na zona Norte da cidade, as equipes da SDU Centro/Norte também estão atuando nos cemitérios com serviços de capina, varrição e recolhimento de lixos e entulhos. Estão sendo limpos ao mesmo tempo São João Batista, o São José, mais antigo da capital, Santo Antônio, no bairro Buenos Aires, com maior extensão da região e, Cemitério Poti Velho e da Sana Maria da Codipi. “O trabalho foi iniciado pela parte interna, com capina, varrição e limpeza geral. Neste ano, por conta da pandemia do Covid 19, existem alguns protocolos de segurança para que as visitas sejam feitas”, disse a engenharia da SDU Centro Norte, Araci Parente.

Os mesmos cuidados estão sendo tomados no cemitério municipal do Renascença. A SDU Sudeste está realização a varrição, capina, poda de árvores e serviços de manutenção. Durante o Dia de Finados, também serão reforçadas as medidas de prevenção ao coronavírus, com controle da entrada e saída, obrigatoriedade do uso de máscara, distanciamento social, disponibilização de álcool em gel e orientação aos visitantes.

“Continuamos com todos os protocolos de segurança sanitária e, devido à previsão de um fluxo maior de pessoas no Dia dos Finados, intensificaremos algumas medidas. Não haverá missas ou cultos religiosos no local e orientamos também que os visitantes não levem coroas de flores e alimentos e e pedimos a compreensão da população para que evite permanecer muito tempo no cemitério”, afirmou Isaac Meneses, superintendente da SDU Sudeste.

A visita para um mesmo jazigo será permitida a um grupo de até quatro pessoas.

 

Mil famílias são beneficiadas com rede de esgoto na Vila da Paz

A obra de urbanização da Vila da Paz está proporcionando uma série de mudanças fundamentais para o local, responsáveis por uma verdadeira transformação na área. Uma que merece destaque é a rede de esgotamento sanitário. A Prefeitura de Teresina já construiu mais de 4 mil metros de rede de esgoto na Vila, o que representa cerca de mil ligações domiciliares, iniciando na Rua Corisco e seguindo até a Avenida Celso Pinheiro.

Segundo lembra o superintendente da SDU Sul, Paulo Roberto, também está sendo construída uma estação elevatória que levará o material coletado nas residências até a Estação de Tratamento no bairro Alegria, através de um emissário de 1,5 quilômetros. Essa parte da obra representa um investimento de mais de R$ 3 milhões.

“Todo o esgoto dessas casas descia pelas sarjetas. Agora tudo acontecerá da forma correta, seguindo até a estação de tratamento através de rede construída no local. Ou seja, é mais saúde e qualidade de vida para os moradores da Vila da Paz”, destacou o gestor.

Paulo Roberto lembrou ainda que trabalho semelhante foi realizado durante a construção da primeira etapa da Via Sul, avenida que liga a Marechal Castelo Branco a vários bairros da zona Sul da cidade. Neste local também foi construída uma estação elevatória que resolveu problemas que os moradores do Residencial Murilo Resende enfrentavam há muito tempo na questão de esgotamento sanitário.

Na Vila da Paz, ainda sobre saneamento, vale ressaltar que foi construído um grande canal de drenagem com paredes de gabião para águas pluviais de cerca de 1,6 quilômetros. As margens desse canal serão urbanizadas com a construção de pista de caminhada, ciclovias, passeio e equipamentos esportivos e de recreação.

A segunda etapa da obra de urbanização da Vila da Paz também já foi iniciada. Sofreu uma interrupção por conta da pandemia, mas os trabalhos no local já foram retomados.