Teresina Solidária já arrecadou mais de 800 itens entre cestas básicas, alimentos e material de limpeza

As famílias que se inscreveram no programa “Teresina Solidária” começaram a receber as cestas básicas arrecadadas nos postos de recolhimento na capital desde segunda-feira (01). Até o momento, a Prefeitura de Teresina já contabilizou 27.829 cadastros que estão sendo analisados por técnicos da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI). Em uma semana de campanha, 822 itens de alimentação entre cestas básicas e alimentos avulsos e 442 kits de higiene e limpeza foram arrecadados.

Até a manhã desta sexta-feira (03), 136 cestas básicas já foram entregues. E o sistema de entrega continuará garantindo o atendimento com todo cuidado necessário. Trabalhadores autônomos formais e informais que suspenderam suas atividades, em cumprimento às medidas de combate ao vírus adotadas no município de Teresina, são beneficiados pelo Teresina Solidária. O secretário Samuel Silveira explicou que as entregas estão sendo feitas em domicílio, devido a necessidade dos cuidados preventivos frente à pandemia de Coronavírus.

“As entregas iniciaram na última segunda-feira de forma delivery, ou seja, na própria casa do beneficiário. Nossos técnicos fazem toda avaliação do cadastro, levando em consideração o perfil da pessoa e, depois da aprovação, é feita a entrega. Nós estamos fazendo isso para apoiar todos aqueles que estão sofrendo com essa crise econômica por conta do novo coronavírus”, disse o secretário.

Os dois pontos de recolhimento estão abertos de domingo a domingo, no horário das 8h às 13h. Os locais são o Centro Paroquial de Fátima, localizado na Praça Dom Avelar – Bairro de Fátima, e o Depósito da SEMCASPI, que fica na Avenida Pedro Freitas, nº 1995 – Bairro São Pedro. É importante frisar que todo o trabalho dos envolvidos na ação está sendo feito por escala e com uso de equipamentos de proteção individuais, como recomendado pelos órgãos de saúde.

Além do recebimento de doações físicas de alimentos e cestas básicas, o Teresina Solidária disponibiliza uma conta bancária para receber doações em dinheiro. Quem tiver interesse em doar qualquer quantia pode depositar ou transferir para os dados bancários a seguir: “PMT Teresina Solidária” Banco do Brasil – Agência: 3791-5 Conta corrente: 9.854-0, CNPJ 06.554.869/0001-64.

“Quem quiser ajudar, seguindo as orientações de prevenção, pode levar suas doações em dois pontos de recolhimento. A gente reforça o pedido para que a população doe. É hora de olhar para o outro e ajudar os que estão sem alternativa durante esse período de isolamento social e não podem executar suas atividades”, ressalta Janaína Carvalho, coordenadora do Teresina Solidária.

A coordenação do programa é formada pelas secretarias de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Fundação Wall Ferraz (FWF), Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM) e Prodater. Nesta ação, a sociedade civil e ONG´s são representadas pela Associação Social Arquidiocesana (ASA). A mobilização conta com o apoio de entidades não-governamentais, líderes religiosos e voluntários. A população pode entrar em contato por meio dos números (86) 3131-4729 e (86) 3131-4730 para mais informações.

Prefeitura prepara Lindolfo Monteiro para receber pessoas em situação de rua

A Prefeitura de Teresina está preparando o estádio Lindolfo Monteiro para receber pessoas em situação de rua enquanto durar a quarentena contra o novo coronavírus. O espaço está sendo montado para ter capacidade de receber cerca de 70 pessoas.

A estrutura está sendo montada na manhã desta sexta-feira (03) pela Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi). São alojamentos com espaçamento adequado para evitar aglomeração. Também haverá uma área livre destinada a circulação das pessoas e banheiros.

Além dos cuidados para evitar a aglomeração, também serão tomadas medidas para manter a higiene do local e continuar garantindo a alimentação diária dos moradores de rua. A perspectiva da Semcaspi é que a montagem do espaço seja finalizada na próxima semana e, logo após a finalização, já comece a receber as pessoas.

“Toda essa crise em torno do coronavírus nos fez, enquanto Prefeitura, articular uma série de ações para que possamos enfrentar a doença. Essa é mais uma delas a favor de Teresina. As pessoas em situação de rua vão continuar sendo assistidas pela Prefeitura”, explica Samuel Silveira, secretário da Semcaspi.

 

Barreiras nas pontes entre Teresina e Timon irão orientar população sobre covid-19

A partir deste sábado (04), as pontes que ligam as cidades de Teresina (PI) e Timon (MA) passam a receber barreiras montadas pelas Guardas Municipais das duas cidades e Polícia Militar. As barreiras nas pontes funcionarão diariamente e por tempo indeterminado.

A ação tem o objetivo de orientar as pessoas que transitam entre as duas cidades sobre o novo coronavírus e ainda identificar e encaminhar possíveis casos da doença à rede de atendimento de pacientes.

Na manhã desta quinta-feira (02), o secretário Samuel Silveira, da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas, esteve reunido com representantes da Prefeitura de Timon para acertar os últimos detalhes.

“Estaremos orientando as pessoas que chegam na nossa cidade ou na cidade de Timon sobre essa pandemia e ainda buscando dar o encaminhamento caso alguém apresente algum sintoma do coronavírus. Essa é uma ação muito importante porque temos Timon como uma cidade irmã, com muitos teresinenses morando lá e muitos timonenses trabalhando na nossa cidade. Então, precisamos orientar essas pessoas”, destaca Samuel Silveira.

Prefeito convoca mais 261 guardas municipais para reforçar ações durante pandemia

O prefeito Firmino Filho está convocando 261 novos guardas municipais para compor a corporação, que passa a contar com um total de 400 profissionais em Teresina. “Queremos que a Guarda não apenas proteja o patrimônio público, mas também aumente a sensação de segurança na cidade e que seja um instrumento essencial na garantia do isolamento social, que é a nossa única arma contra o coronavírus”, afirma o prefeito Firmino Filho.

Os novos guardas prestaram concurso em 2018 e agora estão sendo convocados a assumirem seus cargos.  Os candidatos passaram por várias etapas no certame. Além de prova física, fizeram avaliação médica e odontológica, exames de aptidão física, avaliação psicológica e investigação social. Também já passaram pelo curso de formação e estão aptos a assumirem suas funções. Os profissionais devem apresentar a documentação na Secretaria Municipal de Administração (Sema).

Os profissionais atuam nas praças da Bandeira, Rio Branco, Fripisa, nos parques Lagoas do Norte, Estação da Cidadania, Floresta Fóssil e Encontro dos Rios, Centro Unificado de Esporte e Lazer (CEU) Sul e Norte e Complexo Esportivo José Ponce Filho (Parentão).

A GCM também realiza patrulhamentos nos corredores e terminais de integração de ônibus, prédios municipais públicos, executa blitz por meio do eixo de proteção na área do Lagoas do Norte e desenvolve atividades educativas e de prevenção em escolas municipais.

“A Guarda vem trabalhando incansavelmente e, nesse momento de crise, ressaltamos a importância do trabalho desses homens e mulheres, fazendo valer o isolamento social”, pontua Samuel Silveira, secretário municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas.

A Guarda Civil Municipal de Teresina (GCM) é um órgão vinculado à Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).

Confira aqui a relação dos convocados

Guarda Municipal interdita lojas abertas de forma irregular na zona Leste

Ascom/Semcaspi

A Guarda Municipal interditou, no fim da manhã desta terça feira (31), as lojas Americanas situadas nas avenidas Presidente Kennedy e Dom Severino, na zona leste, e a que fica situada no centro também. A interdição é a medida mais enérgica nessa situação. O serviço prestado pela loja não se enquadra como essencial.

Segundo o secretário Samuel Silveira, da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), órgão a quem a Guarda Municipal é vinculada, as lojas haviam sido notificadas anteriormente. “A Guarda Municipal já havia comparecido às lojas Americanas para notificar e agora foram interditadas as três lojas. É a medida mais enérgica para essa situação”, explica.

O decreto municipal determina a suspensão do funcionamento de todos os estabelecimentos comerciais, de serviços e industriais, bem como as atividades da construção civil, com exceção apenas de alguns serviços essenciais. O decreto estabelece, ainda, que fica permitido o funcionamento de setores administrativos de alguns estabelecimentos, desde que seja realizado remoto e individualmente.

Farmácias, supermercados e os serviços de saúde permanecerão abertos, assim como os deliverys. Os postos de gasolina deverão funcionar das 7h às 19h, com a suspensão do funcionamento das lojas de conveniência localizadas nesses locais. A intenção é manter todos que podem estar em casa durante esse momento de calamidade seguros das várias e fáceis formas de contágio pelo covid-19.

Até que seja assinado um novo decreto revogando as medidas da quarentena em Teresina, o comércio no centro, shoppings e nos bairros devem permanecer fechados.

O cidadão pode denunciar estabelecimentos que estejam funcionando irregularmente através dos números 153, (86) 3215-9317 ou falar diretamente com o WhatsApp da Guarda Municipal, por meio do número (86) 99438-0254. Além disso, o cidadão pode também acessar o Colab para denunciar.

Defesa Civil: 160 famílias receberam atendimento emergencial no primeiro trimestre de 2020

Ascom/Semcaspi

Segundo o último relatório divulgado pela Defesa Civil Municipal, 160 famílias situadas em todas as zonas da capital, incluindo a rural, receberam atendimento através do órgão durante os primeiros três meses de 2020. O trabalho vem sendo intensificado devido ao período de chuvas e a necessidade da inclusão de grupos familiares no programa de acolhimento Cidade Solidária. As equipes referentes permanecem atuantes em quarentena, adotando medidas severas de distanciamento e higienização para que o serviço essencial continue sendo oferecido.

Além dos 160 atendimentos, registram-se também ações conjuntas, realizadas com os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e com as Superintendências de Desenvolvimento Urbano (SDU). Essas unidades também atuam junto à Defesa no Cidade Solidária, programa que busca realocar famílias cuja residência foi afetada por infortúnios, como alagamentos e incêndios; o relatório aponta 15 desabamentos por situações do tipo. As famílias vitimadas são acompanhadas pelo CRAS, em uma outra residência segura. Esse atendimento pode incluir a entrega de cestas básicas, kits de acolhimento e kits de higiene, conforme a situação de vulnerabilidade identificada.

“Durante o mês de março, com a intensificação das chuvas e o aumento do volume dos rios, principalmente o Poti, 121 famílias foram removidas por ocasião de alagamento”, destaca o tenente Antônio Linhares, da Defesa Civil Municipal. “Continuamos monitorando os níveis das águas, através dos boletins diários do Serviço Geológico do Brasil Geral (CPRM) e da constatação in loco, por meio das réguas de medição, localizadas nos referentes rios”.

O secretário de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas, Samuel Silveira, destaca que a Defesa Civil se trata de uma instituição que tem mostrado para a cidade o seu valor. “Incansavelmente, mesmo em momentos de maiores adversidades, como é o período no qual vivemos — do Coronavírus, ela tem trabalhado intensamente, sendo um apoio fundamental para as comunidades que residem em áreas de risco”.

“Mesmo em face da subida dos rios e das constantes chuvas, a Defesa não se mostrou inerte, e de uma forma proativa tem acolhido, tem sido sensível, e rapidamente chegado às ocorrências, fazendo com que as famílias sejam retiradas em momentos de alagamento, e dessa maneira, preservando até mesmo a vida de muitos dos nossos cidadãos”, detalha o secretário. A Defesa Civil Municipal pode e deve ser solicitada através de ligação gratuita para o 153. Mais informações sobre as ações da instituição podem ser conferidas no site e nas redes sociais da Semcaspi.