SEMEC inicia diálogo com Sindicato sobre a educação

Foto: Ascom SEMEC

O secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, conversou nesta quarta-feira (13), com representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Teresina (Sindserm) para ouvir as demandas dos professores que atuam na Rede Municipal de Ensino. O encontro foi no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semec).

O grupo abordou diversos pontos relacionados à rotina de trabalho e fez reivindicações para a classe. O canal de diálogo aberto com o Sindicato é uma das estratégias de atuação da nova gestão.

“Esse é um pedido do próprio prefeito Doutor Pessoa, ouvir e buscar entendimento para todas as pautas”, destacou Nouga.

SEMEC e OAB/PI se reúnem para falar sobre educação inclusiva

Fotos: Ascom Semec

O secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, esteve em reunião com Membros da Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência (CDDPD) da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí (OAB/PI) nesta quarta-feira (13) para falar sobre educação inclusiva.

Na ocasião estiveram presentes o presidente da OAB/PI, Celso Barros Coelho Neto, a psicóloga e integrante da Comissão, Natália Reis e o presidente da CDDPD, Joaquim Santana, que entregaram um documento com recomendações de ações voltadas para a educação inclusiva.

Atualmente, mais de 3 mil alunos com necessidades especiais estão matriculados em escolas da Prefeitura de Teresina. Segundo Joaquim Santana, é papel da Comissão acompanhar e cobrar medidas que facilitem o acesso e a permanência dessas crianças na escola. “Confiamos na sensibilidade do secretário e nos colocamos à disposição para auxiliar no que for preciso, no sentido de desenvolver ações que sejam eficazes e permanentes”, disse o advogado.

Temas como aulas de Libras, auxiliares de apoio à inclusão, acessibilidade nas escolas, entre outros, foram discutidos no encontro. O secretário Nouga Cardoso, acolheu as recomendações e se comprometeu em dar uma resposta à OAB/PI, o mais breve possível. Ele acrescentou que a Semec está comprometida em atender as demandas possíveis para garantir uma educação de qualidade.

“Vamos discutir em equipe e em breve, teremos uma nova reunião para apresentar os encaminhamentos. Temos uma série de atrasos relacionados aos direitos das pessoas com deficiência, é preciso um olhar mais sensível para as políticas públicas de inclusão. Esse diálogo é importante e todo apoio bem-vindo”, concluiu o secretário.

SEMEC terá o apoio da Guarda Municipal para garantir a segurança nas escolas

As escolas da rede municipal de Teresina passarão a contar com o apoio da Guarda Municipal. Entendimento neste sentido foi discutido na manhã, desta terça-feira (12), entre o secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso e o Comandante da Guarda Municipal, coronel Nixon Frota. O diálogo entre a SEMEC e a GCM está sendo no sentido de acabar com os constantes arrombamentos e roubos nas escolas, bem como garantir a segurança de alunos, professores, funcionários e comunidade.

O secretário Nouga Cardoso, juntamente com a equipe técnica, apresentou dados relevantes, referentes aos arrombamentos registrados de janeiro de 2020 a janeiro de 2021. No total foram feitos 189 boletins de ocorrência, com roubos de computadores, botijões de gás de cozinha, móveis, eletrodomésticos e fiação elétrica. “Já estamos analisando todos os casos registrados e as unidades escolares com suas estruturas, localização e todo o sistema de segurança disponível. Porém, é muito importante contarmos com o apoio da Guarda Municipal de Teresina”, enfatiza Nouga Cardoso.

O coronel Nixon Frota disse que a reunião com a Semec garante uma aproximação com a secretaria. “A GCM tem como meta colaborar para garantir a segurança dos teresinenses. Entendemos e nos colocamos à inteira disposição da secretaria no sentido de coibir a ação dos assaltantes junto às escolas da rede municipal de ensino. Ao lado da equipe da Semec vamos visitar as unidades e logo em seguida apresentar um diagnóstico com um plano de ação, no sentido de melhorar e aperfeiçoar todo o sistema de segurança nas escolas municipais”, garantiu Nixon.

A Secretaria Municipal de Educação (Semec) registrou nas últimas duas semanas, seis (06) assaltos nas escolas da rede municipal de ensino de Teresina. Os arrombamentos registrados aconteceram nas zonas Sul, Norte, Sudeste e Leste da capital. De acordo com a gerência de manutenção da SEMEC, existem escolas em que foram registrados 8 arrombamentos.

Atualmente, SEMEC conta com um total de 317 escolas da rede municipal e mais de 96 mil alunos que devem renovar suas matrículas para o ano letivo de 2021, ainda, na primeira quinzena do mês de fevereiro.

Semec buscará apoio da Segurança para evitar roubos nas escolas

A Secretaria Municipal de Educação (Semec) registrou nas últimas duas semanas, seis assaltos nas escolas da rede municipal de ensino de Teresina. Os arrombamentos registrados aconteceram nas zonas Sul, Norte, Sudeste e Leste da capital. De acordo com a gerência de manutenção da SEMEC, os assaltantes roubaram botijões de gás de cozinha, fiação elétrica e ventiladores de parede. Além disso, danificaram sistemas de segurança das escolas.

Os assaltos nas escolas da rede municipal de ensino já se tornaram corriqueiros em Teresina. Já existem vários boletins de ocorrência registrados junto às delegacias da Secretaria de Segurança do Piauí.

De acordo com o secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso, vários equipamentos de segurança já foram instalados nas escolas na tentativa de impedi os roubos. Frequentemente, são realizadas manutenções em cerca elétrica, “pega ladrão” e concertina que são colocadas em cima de muros, contornando a escola. Já foram reforçados portas, portões e janelas. Porém, não têm evitado as ações dos assaltantes.

Diante dos casos registrados e relatos de diretores e vigias das escolas, o secretário irá ter uma reunião com o secretário estadual de Segurança, no sentido de busca soluções mais imediatas que visem a segurança nas escolas. “Atualmente, contamos com um total de 317 escolas da rede municipal. Um dos nossos objetivos é melhorar a infraestrutura, bem como assegurar a segurança, tanto o patrimônio quanto a dos alunos, professores e funcionários. Mas para isso também precisamos do apoio dos órgãos de segurança púbica e vamos buscar um entendimento”, ressalta Nouga Cardoso.

Na manhã desta sexta-feira (08), o secretário já solicitou a gerência de manutenção da SEMEC que sejam avaliados os danos e providenciada a reposição do material, além do reparo na estrutura danificada.

PPP de Creches é pauta em reunião de secretarias de Planejamento, Educação e Concessões e Parcerias

O secretário municipal de Planejamento e Coordenação (SEMPLAN), João Henrique Sousa, recebeu os secretários de Educação, Nouga Cardoso, e de Concessões e Parcerias, Julio Rodrigues, para apresentação do projeto de Parceria Público Privada (PPP) para a construção e operação de cerca de 40 novas creches para crianças de até três anos para avanço dos índices positivos de educação no município durante a gestão do prefeito Dr. Pessoa.

Na explanação das etapas do projeto, foram apresentados diagnóstico, estrutura e cenário de recursos, que é uma estruturação do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). “Esse é um projeto interessante para a educação do município e vamos acompanhar de perto. Recebemos a equipe para uma apresentação e um relatório de como está o andamento”, explica o secretário João Henrique.

O secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, também comentou o projeto de PPP de creches. “Nós estamos trabalhando para seguir com uma educação de qualidade e ir adequando a demanda do ensino municipal em projetos promissores. Essa é uma rodada de apresentações que nós recebemos e é muito positivo”, conclui.

O objetivo da PPP é construir 40 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) em áreas estratégicas da cidade para crianças de zero a três anos. A ideia é atender a meta do Plano Municipal de Educação com a oferta de mais vagas.

“A concessionária ainda a ser definida irá construir e prestar os serviços para funcionamento. Esse é um passo para 2022 com a assinatura de contrato. A coordenação geral é da Prefeitura e a coordenação de estruturação é realizada pelo BNDES em parceria com o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI)”, finaliza o secretário Júlio Rodrigues, de Concessões e Parcerias.

Na reunião, foram apresentados diagnóstico, estrutura e cenário de recursos Foto: (Ascom/Semplan)

 

Rede Municipal pode ter ensino híbrido em 2021

A Prefeitura de Teresina estuda um plano de ação para as aulas da Rede Municipal de Ensino em 2021. Além da possibilidade de retomada das aulas para parte dos alunos no formato presencial, o secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso, pretende ajustar o modelo remoto.

A proposta de ensino híbrido que foi discutida entre o Secretário e o prefeito Dr. Pessoa será levada para o Conselho Municipal de Educação. Se aprovada pelo colegiado e pelas autoridades sanitárias, o novo ano letivo terá início dia 18 de fevereiro, com estratégias que mesclam aulas presenciais e não presenciais. As famílias poderão optar pelo formato de ensino que mais se adeque a sua realidade no momento. “Estamos tomando todas as providências necessárias. No momento, trabalhamos para encerrar o ano letivo de 2020, até o dia 3 de fevereiro.”, disse Nouga.

Durante o mês de janeiro, o secretário estará ouvindo professores, diretores e as famílias sobre as principais dificuldades encontradas nas atividades remotas. A ideia é melhorar as estratégias para que um maior número de alunos tenha acesso às aulas por meio das plataformas digitais. “Iniciamos uma busca ativa, ouvindo os profissionais e famílias, no sentido de minimizar os prejuízos educacionais gerados com a pandemia”, completou.

Concurso Público

O secretário Nouga Cardoso também confirmou a intenção do prefeito Dr. Pessoa na realização de concursos públicos para professores da Rede Municipal. Segundo ele, o prefeito pretende consolidar o modelo de trabalho na educação municipal.

“Falamos em uma reestruturação dos recursos humanos, para manter uma memória institucional e os saberes não serem perdidos. O Dr. Pessoa pretende ampliar o número de professores, possibilitando, assim, crescer também no atendimento à população”, finaliza Nouga.

Prefeitura de Teresina construiu 24 escolas nos últimos quatro anos

Teresina é a capital brasileira com o melhor Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). Para conquistar o topo no ranking, a rede municipal precisou passar por uma série de melhorias em infraestrutura nos últimos anos. De 2017 a 2020 foram construídos 20 Centros Municipais de Educação Infantil e quatro escolas de Ensino Fundamental. Além disso, mais de 55 unidades passaram por reformas e ampliações.

Os dados detalhados fazem parte do Relatório de Gestão 2017-2020, que sintetiza o trabalho das diversas áreas e deve servir de base para estudos e pesquisas, além de colaborar com o trabalho da próxima gestão. “São 1.389 salas de aula com mais de 90 mil alunos matriculados. Confiamos que cada procedimento e ação contribuíram para a garantia do aprendizado dos nossos alunos da rede municipal de ensino”, disse o prefeito Firmino Filho.

Para melhorar a estrutura física das escolas, nos últimos quatro anos 138 unidades de ensino receberam climatização. E mais de 8 milhões de reais foram investidos na aquisição de 24.406 conjuntos escolares (mesa e carteira). “As ações foram feitas para atender a demanda de alunos matriculados na Rede Municipal, que teve o maior número de matrículas que as redes estadual e privada: 97,8% de crianças entre 6 e 14 anos estiveram matriculadas em escolas da Prefeitura”, destacou a secretária municipal de Educação, Kátia Dantas.

Rede Municipal: escolas reformadas e ampliadas irão garantir mais matrículas nos próximos anos

Para expandir o número de matrículas e atender a demanda crescente em Teresina, muitas unidades de ensino da Rede Municipal passaram por um processo de reforma e ampliação. Nos últimos quatro anos, 55 escolas tiveram melhorias em sua infraestrutura e 11 ainda serão finalizadas até o próximo ano.

No Mocambinho, o CMEI Francisco de Assis vai praticamente dobrar sua capacidade de atendimento, passando de 270 para 520 alunos, após a construção de mais cinco salas de aula. O mesmo acontece com os CMEIs Dalai Lama e Santa Terezinha, ambos na zona Rural. Os prédios foram reestruturados, com ampliação dos pátios cobertos, novas salas e pintura. No CMEI Santa Terezinha, ainda foram construídos dois espaços para berçário, uma reivindicação das mães trabalhadoras da região.

Outra obra de impacto para a comunidade está localizada na zona Sudeste, no bairro Dirceu. O CMEI Maria Augusta de Jesus, que antes funcionava em um pequeno prédio alugado, terá sede nova, com seis salas de aula, pátio coberto, banheiros adaptados, cozinha e muito espaço para as atividades ao ar livre. As obras estão em fase de finalização.

“Conforto e segurança são essenciais para a qualidade do aprendizado das crianças, portanto modificamos, ampliamos e melhoramos a infraestrutura das escolas, pensando sempre em espaços coloridos e modernos, com boa circulação de ar, onde a rotina escolar seja mais agradável”, pontua a secretária municipal de Educação, Kátia Dantas.

Prefeito visita obra de creche que está sendo finalizada no Portal da Alegria

Rômulo Piauilino

O prefeito Firmino Filho foi acompanhar de perto, nesta terça-feira (29), o andamento das obras do Centro Municipal de Educação Infantil Noé Cerqueira Fortes, no Portal da Alegria, zona Sul de Teresina. Os serviços estão sendo finalizados, com 90% da obra já concluída.

A CMEI, que é uma homenagem ao médico Noé Fortes, que faleceu este ano, vítima de um problema gastrointestinal, vai atender toda a região do Portal da Alegria. “Esta é uma importante obra para essa região da cidade, já estamos nos retoques finais e, no próximo ano, ela já estará à disposição da população”, disse o prefeito.

A escola vai atender a demanda da comunidade, com matrículas de 0 a 3 anos. Serão 10 salas de aula climatizadas, pátio coberto, banheiros com acessibilidade, refeitório, sala de multirecursos, entre outros espaços, seguindo o padrão das modernas creches inauguradas este ano.

“Essa é uma obra muito importante para atingir as metas da educação na nossa capital, é uma obra de qualidade, em um local onde a comunidade estava precisando muito”, disse a secretária municipal de Educação, Kátia Dantas.

Firmino nomeia 55 professores efetivos para a rede municipal de ensino

A Prefeitura de Teresina publicou nesta segunda-feira (28) a portaria de nomeação de mais 55 professores para a Rede Municipal de Ensino. Os docentes foram aprovados no concurso público de 2019 e integrarão o quadro permanente da Secretaria Municipal de Educação (Semec).

São 31 professores de 1º Ciclo, que serão encaminhados para turmas da Educação Infantil e anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano). Também 24 professores de 2º Ciclo, que atuarão nas turmas dos anos finais do Ensino Fundamental (6º ao 9º), com a disciplina de Língua Portuguesa. Os profissionais trabalharão com carga horária de 40h.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Kátia Dantas, os docentes, agora oficialmente nomeados, serão fundamentais para a qualidade do ensino nas escolas novas. “Passamos por um processo de expansão das matrículas, entrega de escolas novas. Tudo isso só funciona bem com a garantia do professor em sala de aula. Portanto, os novos profissionais são muito bem vindos”, declarou a secretária.

Confira aqui a portaria de nomeação.