SEMEL realiza ações nos parques da cidade em prol do Setembro amarelo 

A secretaria municipal de esporte e lazer realizou na última noite de quarta-feira (29) uma ação do projeto “Dançando pela cidade” voltado para o Setembro Amarelo, o mês da campanha brasileira de prevenção ao suicídio. A ação aconteceu das 17h30min até às 20h30min, nos principais parques da cidade: Parque da cidadania, Parque ambiental Matias Matos, Parque ambiental da Macaúba, Complexo esportivo Parentão, Complexo esportivo Planalto Uruguai, Parque lagoas do norte.

“Estamos felizes em realizar mais essa ação, ação essa que contou com centenas de pessoas participando por diversos cantos da cidade. Gostaria de parabenizar todos os alunos, professores e os professores convidados que fizeram um grande evento. Teresina e a população merecem bastante”, ressaltou o secretário da SEMEL, Eduardo Draga Alana.

(Foto: Ascom/Semel)

O projeto “Dançando pela cidade” é um projeto que visa espalhar a modalidade da dança pela cidade, com a prática nas mais diversas categorias, modalidades e idade, afinal, a dança pode trazer vários benefícios para a saúde como: estimular o cérebro e a memória, combater a depressão, melhorar a postura, tonifica os músculos, favorece a perda de calorias. As aulas acontecem semanalmente de segunda a quinta-feira, das 17h30min até as 20h, nos parques já citados anteriormente. O próximo aulão está previsto para acontecer em outubro, em prol do “outubro rosa”, que é uma campanha de conscientização que tem como objetivo alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e colo de útero.

O professor e coordenador do projeto, Lucas Oliveira, destaca a importância do evento para a população teresinense: “Foi uma aula de dança, contando com vários profissionais da área de dança que se colocaram a disposição para participar, promovendo saúde as alunas e alunos que participaram, contando com a participação de uma aluna que é psicóloga dando uma palavra sobre este tema tão importante. Neste aulão, observou-se a alegria e a participação  das alunas e alunos que se movimentavam com as musicas e dançando gerando bem estar físico, mental e social”, concluiu.

Escola Municipal Laurindo de Castro promove palestra do Setembro Amarelo com pais e psicólogo

A direção da Escola Municipal Laurindo de Castro, localizada na zona Rural de Teresina, convidou os pais de alunos para dialogar sobre um tema importante: o suicídio. O encontro aconteceu nesta segunda-feira (20), véspera do retorno às atividades presenciais na unidade de ensino.

Fotos: Ascom Semec

Os pais de alunos ouviram o psicólogo Daniel Vinícius dos Santos, que fez alertas sobre o grande número de casos de pessoas com transtornos mentais em Teresina. O bate-papo é em alusão à campanha Setembro Amarelo, que busca a conscientização da população sobre a prevenção ao suicídio.

Segundo a diretora da escola, Raimunda Resende, os pais precisam acessar as informações corretas para identificar o que pode estar acontecendo em casa. “Muitas vezes pensamos que é algo longe da realidade, mas não é. A depressão e outros transtornos estão cada vez mais presentes no nosso lar. E a escola cumpre esse papel de alerta”, pontua a gestora.

O especialista falou sobre os sentimentos de angústia e medo, atenuados durante o período de pandemia, mas principalmente sobre a importância de buscar ajuda profissional ao menor sinal de perigo. “Estou à disposição da comunidade para orientações, precisamos nos apoiar em uma rede de proteção”, concluiu Daniel Vinícius.

Servidores da Prefeitura de Teresina participam de palestra sobre o Setembro Amarelo

Dr. Pessoa participa de palestra em alusão ao Setembro Amarelo Fotos: Rômulo Piauilino / Semcom

Servidores da Secretaria de Governo (Semgov), da Prefeitura de Teresina, participaram, na manhã desta segunda-feira (20), de uma palestra sobre a importância do cuidado com a saúde mental em alusão ao Setembro Amarelo, mês dedicado à prevenção ao suicídio. A apresentação foi comandada pelo psicólogo Jorge Masah.

Para o prefeito Dr. Pessoa, a discussão deste assunto é muito importante e fundamental para combater os índices alarmantes deste problema no país. “A saúde mental também é uma das prioridades desta gestão municipal. É muito importante e é preciso que todo o poder governamental e toda a sociedade, olhem e cuidem desta patologia”, afirmou.

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 32 pessoas se suicidam todos os dias no Brasil, uma taxa de óbito superior a outras doenças, como a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (Acquired Immunodeficiency Syndrome) e o câncer.

Por ser um assunto ainda considerado tabu por muitos, entidades e especialistas defendem uma maior discussão do tema como uma das formas não apenas para a compreensão da doença, mas também para apreender formas de ajudar quem passa por essa situação.

“Apesar de ser um tema já muito discutido e muito tratado, mas sempre é rodeado ainda de novidades e situações e conteúdos que são importantes de serem trabalhados. É bom quando esta iniciativa parte da nossa estrutura de governo, pois a saúde mental é e deve continuar sendo prioridade”, explicou Jorge Masah.

Setembro Amarelo: colaboradores da SAAD Sudeste participam de palestra sobre prevenção ao suicídio

Neste mês é realizada, em todo o país, a campanha Setembro Amarelo de Prevenção ao Suicídio. Para reforçar a mensagem deste movimento de valorização da vida, a Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas – Sudeste (SAAD) promoveu, nesta quarta-feira (15), uma palestra sobre o tema, voltada para os colaboradores da instituição.

Respeitando os protocolos de prevenção à Covid-19, o evento foi realizado ao ar livre, no pátio de estacionamento, e contou com a presença da psicóloga Tamires Rocha e do padre Adão Ribeiro de Oliveira, pároco da Igreja Santa Terezinha do Menino Jesus.

Segundo Tamires Rocha, o Setembro Amarelo tem grande importância para toda a sociedade. “É uma campanha que faz parte de uma série de estratégias que podemos desenvolver para prevenir o suicídio e, assim, colaborar para que muitas vidas sejam salvas”, pontua.

Com uma reflexão sobre bem-estar espiritual, o padre destaca a fé como importante aliada nessa luta. “A espiritualidade é um dos meios que ajuda na superação da depressão. Isso sem descartar a ciência, que é outro elemento muito importante para a saúde mental”, explica.

O superintendente da SAAD Sudeste, Zé Nito, ressaltou o compromisso da administração pública na conscientização sobre os cuidados com a saúde mental. “Entendemos o Setembro Amarelo como uma pauta muito importante para a comunidade e que também deve fazer parte da agenda da nossa instituição. A prevenção ao suicídio deve ser uma responsabilidade de todos e precisamos, cada dia mais, exercitar nossa sensibilidade e capacidade de acolher o próximo”, declara.

FMS realiza novas ações do Setembro Amarelo

A Fundação Municipal de Saúde (FMS), por meio da Gerência de Saúde Mental, realiza atividades neste mês como parte do projeto De setembro a Setembro Sua Vida Importa. Neste mês são tratados temas de valorização da vida e de prevenção ao suicídio. A programação tem continuidade hoje (15) e prossegue até o final do mês.

Foto: Ascom FMS

Hoje (15), das 8h às 11h, roda de conversa no projeto Florescer, que atende mulheres e suas crianças em situação de vulnerabilidade social, violência doméstica e de gênero. O projeto funciona no bairro Alto da Ressurreição e tem coordenação da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM). Dia 16, a roda de conversa acontecerá no projeto Florescer da comunidade Salobro e dia 22, no projeto Florescer Norte, no bairro Matadouro, das 8h às 12h. A UBS Vermelha desenvolve hoje durante todo o dia de atividades do Setembro Amarelo e momento sócio-educativo e terapias com ventosoterapia, massagem terapêutica, auriculoterapia e reflexologia podal.

A programação nesta quarta-feira está acontecendo na UBS Poti Velho a ação “Dono de mim, dona de mim”, com acolhimento de todos os pacientes e colaboradores e ações integrativas.

Dia 17, às 9h, terá a palestra sobre Projeto Setembro Amarelo, no Complexo de Saúde Satélite (UPA, hospital e maternidade). Dia 18 tem aula de zumba, às 17h, no Parentão. Dia 28, pela manhã, a Gerência de Saúde Mental participa de webinário mulheres e saúde mental promovido pela SMPM. Na mesma data acontece webinário na I Jornada da Juventude na Prevenção do Suicídio promovida pela Secretaria Municipal da Juventude (Semjuv).

A gerente de Saúde Mental da FMS, Laryssa Carvalho, fala que a programação do Projeto Setembro Amarelo é uma forma de alertar para os cuidados com a saúde mental com ações para a população e também voltadas para profissionais da rede municipal de saúde. “Temos que falar sobre a saúde mental e cuidar da saúde como um todo. Este mês estamos também divulgando a rede de atendimento da FMS para a população ter conhecimento de todos os serviços disponíveis”, diz.

Ponte Estaiada recebe iluminação amarela para alertar sobre a prevenção ao suicídio

A Ponte Estaiada, um dos principais pontos turísticos de Teresina, está com iluminação amarela todas as noites para alertar a população sobre a importância de prevenção ao suicídio.

O Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM) aponta que a média brasileira é de 5,6 mortes por suicídio a cada grupo de 100 mil habitantes. O Piauí apresenta quase o dobro desta taxa, atingindo uma média de 10 mortes.

Ponte Estaiada está com iluminação amarela todas as noites. (Foto: Ascom/Semduh)

Diante da extrema importância do alerta, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH) manterá a iluminação amarela na Ponte Estaiada até o dia 23 de setembro. A única exceção será o dia 17, que terá a cor laranja em alusão ao Dia Mundial de Segurança do Paciente.

“O suicídio é um grave problema de saúde pública e precisamos trabalhar no sentido de alertar nossa população sobre isso. Com essa iluminação amarela estamos reforçando a importância de procurar ajuda, de buscar amparo, e também buscamos conscientizar as pessoas para que olhem com carinho para seus amigos, familiares e quem mais estiver ao redor. Você pode fazer a diferença na vida de alguém”, declara o secretário da Semduh, Edmilson Ferreira.

Setembro Amarelo

Desde 2014, a Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP, em parceria com o Conselho Federal de Medicina – CFM, organiza nacionalmente o Setembro Amarelo, na tentativa de reduzir os índices de suicídio no Brasil, que é de mais de 13 mil por ano, e no mundo, que supera 1 milhão de mortes por ano.

Ponte Estaiada está com iluminação amarela todas as noites. (Foto: Ascom/Semduh)

FMS realiza atividades no Dia Mundial da Prevenção do Suicídio

A Fundação Municipal de Saúde (FMS), por meio da Gerência de Saúde Mental, realiza hoje, 10, no Dia Mundial da Prevenção do Suicídio, várias atividades para chamar a atenção para a valorização da vida como parte do projeto De Setembro a Setembro Sua Vida Importa.

No início da manhã de hoje (10) teve a Ação Semáforo da Vida com distribuição de material educativo, no cruzamento das avenidas Frei Serafim com Miguel Rosa.

Na tarde de hoje, às 16h, acontece o Pedalando por Uma Vida Melhor, com saída da Ponte Anselmo Dias, passando pelas pontes Wall Ferraz, Juscelino Kubitschek (Frei Serafim).

Às 17h30, na ponte Estaiada, tem o encerramento do pedal, realização de buzinaço com a participação do grupo de motociclistas Abutres e de profissionais da rede de saúde mental e pacientes.

Durante esta semana Unidades Básicas de Saúde (UBS) e a UPA do Satélite realizaram atividades para tratar da saúde mental e da valorização da vida. “Nós realizamos rodas de conversas nos nossos setores como forma de sensibilizar as pessoas sobre a importância do diálogo. Distribuímos também material com informações sobre onde procurar ajuda em saúde mental”, explica Luciana Silveira.

Os profissionais do Núcleo de Vigilância da Violência e Acidentes (Nuviva) da FMS, realizaram hoje roda de conversa com o tema valorização da vida. A chefe de núcleo, Elaine Monteiro, diz que todos os anos nessa data é planejada uma ação. “É uma forma de acolhida também a quem busca atendimento na sede da Coordenadoria de Gestão do SUS e entre os profissionais. Decoramos os ambientes, utilizamos música de mensagens positivas e na recepção distribuímos material educativo. Entre os profissionais nós temos roda de conversa”, fala.

A gerente de Saúde Mental da FMS, Laryssa Carvalho, destaca a necessidade de atenção com a saúde mental. “ Temos uma rede de atendimento onde as pessoas que estão com algum sofrimento mental podem buscar atendimento nos CAPS localizados nos bairros, no Provida que fica localizado no centro. É muito importante que as pessoas busquem ajuda”, diz.

Foto: Divulgação (FMS)

FMS divulga calendário de ações do Setembro Amarelo

A Fundação Municipal de Saúde (FMS), por meio da Gerência de Saúde Mental, realiza atividades neste mês como parte do projeto De setembro a Setembro Sua Vida Importa. Neste mês são tratados temas de valorização da vida e de prevenção ao suicídio.

A programação é uma forma de alertar para os cuidados com a saúde mental com ações para a população e também voltadas para profissionais da rede municipal de saúde.

Setembro Amarelo (Foto: Ascom/FMS)

Programação até dia 15:
09/09, às 9h – Roda de conversa.
Local – Hospital Mariano Castelo Branco (bairro Santa Maria da Codipi) com a participação dos profissionais desse hospital.

10/09, às 7h30 – Ação Semáforo da Vida com distribuição de material educativo.
Local – Cruzamento das avenidas Frei Serafim com Miguel Rosa, com a participação de profissionais da saúde mental.

10/09, às 16h – Pedalando por Uma Vida Melhor.
Local – Saída da Ponte Anselmo Dias, passando pelas pontes Wall Ferraz, Juscelino Kubitschek (Frei Serafim) e encerramento no estacionamento da ponte Estaiada.
Participarão alguns membros de grupos de pedal e o encerramento terá buzinaço com a participação do grupo de motociclistas Abutres e profissionais da rede de saúde mental e pacientes.

15/09, às 9h30 –  Roda de conversa com os profissionais que trabalham na UPA do Satélite.
Local – Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Satélite.

A gerente de Saúde Mental da FMS, Laryssa Carvalho, informa que a programação terá continuidade em outras datas até o final do mês e ainda será divulgada. “Estamos planejando atividades para divulgar a rede de serviços de atendimento em Teresina e chamar a atenção para os cuidados com a saúde mental”, diz.

A gerente orienta que as pessoas que tenham alguma dificuldade com a saúde mental devem procurar atendimento. “Teresina oferece serviços em 7 Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), com o ambulatório Provida que são serviços de porta aberta, sem necessidade de agendamento. Temos a rede de profissionais que atendem nos consultórios em 6 hospitais mediante agendamento e até o serviço para crianças no Hospital Municipal da Criança. Nós estamos prontos para acolher e tratar, nos procure se necessitar de ajuda para cuidar da sua saúde mental”, diz.

UBS da região Norte realizam ações alusivas ao setembro amarelo

As Unidades Básicas de Saúde (UBS) estão realizando ações alusivas ao setembro amarelo, mês de conscientização sobre a valorização da vida. Na última sexta-feira (03), as unidades da Santa Maria da Codipi e Parque Wall Ferraz, na zona Norte da capital, promoveram atividades junto aos usuários e profissionais de saúde.

Foto: Ascom FMS

A UBS Parque Wall Ferraz promoveu dois momentos junto à população em geral, principalmente aqueles que durante a pandemia passaram por problemas de ansiedade e outros problemas. “Observamos um aumento nas demandas de saúde mental durante este período, e pensando nisso nossa equipe fez uma triagem dos usuários para dar uma atenção especial”, conta a chefe do SAME da unidade, Glaucia Rodrigues.

A programação contou com palestra sobre suicídio, ansiedade e psicotrópicos, momento de atividade física, auriculoterapia e relaxamento, com entrega de brindes e lanche. Os profissionais de saúde deram orientações sobre como reconhecer e tratar a ansiedade, e identificar pessoas com tendência ao suicido, além de como ter acesso aos principais serviços voltados ao tema, como o Provida, os CAPS (Centro de Atenção Psicossicial) e o CVV (Centro de Valorização da Vida).

Já a UBS da Santa Maria da Codipi fez uma ação voltada aos servidores, com palestra do médico Joao Vitor Lopes Amorim. A coordenadora da unidade, Darllyana Mendes, conta que a ideia veio como uma forma de cuidar dos profissionais que estiveram por cerca de um ano e meio atendendo exclusivamente pacientes de Covid-19, período em que a UBS esteve voltada às síndromes gripais. “Diante do contexto da pandemia, percebeu-se que muitos profissionais que trabalhavam na linha de frente acabaram desenvolvendo crises de ansiedade, crises de pânico, depressão. Por isso pensou-se na atenção de cuidado desses profissionais, dando um maior suporte de apoio, onde envolvem suas preocupações, no sentido de superar os seus medos e angústias”, relata Darllyana.

A coordenadora regional Norte da FMS, Gardene Lacerda, conta que nos próximos dias outras UBS da área farão suas próprias ações, de forma a conscientizar a população sobre a importância do setembro amarelo é – mês em que é realizada a campanha de conscientização sobre a valorização a vida. “É uma campanha de grande importância, uma vez que o suicídio é um problema grave de saúde pública e que, muitas vezes pode ser evitado”, diz a coordenadora.

Semjuv promove I Jornada da Juventude de Prevenção ao Suicídio

Em comemoração ao Mês Mundial da Prevenção ao Suicídio a Secretaria Municipal da Juventude (Semjuv) promove a I Jornada da Juventude de Prevenção ao Suicídio nos dias 28 e 29 de setembro de forma online.

Para a Secretária Municipal da Juventude, Eliana Lago, a iniciativa do fórum se coaduna com objetivo da secretaria em promover Políticas Públicas de juventude em suas mais diversas peculiaridades e fomentar a discussão de formas de prevenção do Suicídio.

“Desejamos com o evento a participação dos jovens e da comunidade para discutirmos e divulgarmos informações qualificadas acerta do tema que merece nossa atenção em todos os meses do ano, trocando experiências e debatendo informações relevantes”, enfatizou a gestora.

Para participar do evento, os interessados devem fazer a inscrição de forma gratuita entre os dias 06 a 27 de setembro pelo even 3 no seguinte endereço: https://www.even3.com.br/ijdjdpas2021

A secretária da Juventude informou ainda que ao final do evento os participantes receberão certificado de participação.

A programação trará temas relevantes como:

• A importância da Psicologia na prevenção ao suicídio, seus desafios e perspectivas, na atualidade;

• Prevenção e cuidados diante de ideações suicidas manifestadas;

• Autoconhecimento como ferramenta para Saúde Mental;

• Saúde Mental Infanto Juvenil. Por que os problemas de Saúde Mental têm aumentado? Qual a rede de apoio existente?

• Feridas emocionais, automutilação de adolescentes e o impacto na família;

• Roda de Conversa- Grupo vida que Segue