FMS abre mais uma UBS para atendimento exclusivo de casos de Covid

A partir de hoje (11) a Fundação Municipal de Saúde (FMS) disponibiliza mais uma Unidade Básica de Saúde (UBS) para atendimento exclusivo de casos suspeitos de Covid-19: a UBS do bairro Santa Maria da Codipi. Agora, a capital conta com sete unidades destinadas para esta finalidade.

Além da UBS Codipi, Teresina conta ainda com atendimento especializado nas UBS Real Copagre, na zona Norte; na zona Leste, as pessoas podem procurar atendimento nas UBS Planalto Uruguai e Taquari; na zona Sudeste, o atendimento é feito na UBS Gurupi e na zona Sul o atendimento é nas UBS Parque Piauí e Hugo Prado. Esses atendimentos nas UBS Covid são todos os dias, incluindo finais de semana e feriados, das 7h às 19h.

A FMS disponibiliza ainda um hospital exclusivo para casos Covid: do Monte Castelo, onde o atendimento é 24 horas. “Nas unidades Covid, o paciente é colocado em local separado, preferencialmente arejado e feita avaliação do paciente que recebe atendimento médico, faz exames conforme a avaliação do médico”, explica Laurimary Caminha, diretora de atenção básica da FMS.

O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, informa que as outras 84 UBS estão atendendo as demandas de saúde regulares da Atenção Básica e casos de pessoas com sintomas gripais, mas com teste negativo para Covid.

Veja as sete UBS com atendimento exclusivo para síndrome gripal:

Abertas das 7h às 19h
Todos os dias da semana (incluindo final de semana e feriado)

*UBS Real Copagre
Rua Sotero Vaz da Silveira, 3686
Fone: (86) 3215 7738

*UBS Codipi
Rua Raimundo Doroteia, S/N
Santa Maria da Codipi
Fone: (86) 3215-9196

*UBS Planalto Uruguai
Avenida 1. Conjunto Planalto Uruguai, 6955 – Vale Quem Tem.
Fone (86) 3215 7727

*UBS Taquari
Rua engenheiro Ribamar Machado s/n Residencial Taquari – Vale Quem Tem
Fone: (86) 3314879

*UBS Parque Piauí
Quadra 26 S/N Parque Piauí
Fone: (86) 3215 7703

*UBS Hugo Prado
Av. Mestre Dezinho, S/N Residencial Hugo Prado
Fone: (86) 99458-8039

*UBS Gurupi
Rua Coração de Maria, 6171. Gurupi
Fone: (86) 99490-8868

FMS orienta sobre atendimento de síndrome gripal em Teresina

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) orienta a população sobre o atendimento aos teresinenses nos casos de síndromes gripais na rede pública municipal da capital.

O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, explica que se a pessoa tem febre, dor de cabeça, dor no corpo, falta de apetite, escorrendo o nariz, então ela tem uma síndrome gripal. “A pessoa com esses sintomas deve procurar diretamente um Centro de Testagem para excluir a possibilidade de Covid ou confirmar se está infectada”, orienta o presidente.

Se a pessoa fez o teste Covid e o resultado foi negativo, ela pode procurar atendimento em qualquer Unidade Básica de Saúde. Caso o resultado do teste tenha sido positivo para Covid, a pessoa deve procurar atendimento somente nas seis UBS específicas para Covid”, informa.

Foto: Ascom FMS

Os Centros de Testagens são os seguintes:

Zona Norte – Clube do Servidor Municipal (Rua Minas Gerais, 1049 – Matadouro).

Zona Leste – Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Federal do Piauí –SINTUFPI (Avenida Universitária, 661- Ininga).

Zona Sudeste – UBS do Gurupi (Rua Coração de Maria, 6171- Gurupi).

Zona Sul – Centro Universitário Santo Agostinho (Avenida Professor Valter Alencar, 665 – São Pedro)

Horário de atendimento: 8h às 17h

Para quem positivou para Covid o atendimento é nessas 6 UBS.

Abertas das 7h às 19h

Todos os dias da semana (incluindo final de semana e feriado)

UBS Real Copagre

Rua Sotero Vaz da Silveira, 3686

Fone (86) 3215 7738

UBS Planalto Uruguai

Avenida 1. Conjunto Planalto Uruguai, 6955 – Vale Quem Tem.

Fone (86) 3215 7727

UBS Taquari

Rua engenheiro Ribamar Machado s/n Residencial Taquari – Vale Quem Tem

Telefone: (86) 3314879

UBS Parque Piauí

Quadra 26 S/N Parque Piauí

Fone (86) 3215 7703

UBS Hugo Prado

Av. Mestre Dezinho, S/N Residencial Hugo Prado

(86) 99458-8039

UBS Gurupi

Rua Coração de Maria, 6171. Gurupi

Fone (86) 9 9438 5833

Hospital da Criança amplia capacidade de internação e cria ala exclusiva para síndrome gripal

Devido à grande demanda de casos de gripe, o Hospital da Criança aumenta o número de leitos de internação e destina mais 13 específicos para internação por síndrome gripal, a partir de hoje (04). O Hospital Municipal da Criança, funciona no antigo Hospital do Parque Piauí, Zona Sul de Teresina.

Na última semana, de 27/12/2021 a 02/01/2022, a unidade realizou 818 atendimentos pediátricos, deste total 589 foram para casos de síndromes gripais, ou seja, 72% dos atendimentos. A partir de hoje (04),terça -feira, além dos 36 leitos para internação pediátrica mais 13 passam a funcionar exclusivos para síndrome gripal.

A Prefeitura de Teresina inaugurou em setembro do ano passado o primeiro hospital municipal com atendimento exclusivo em pediatria, com funcionamento 24 horas em urgência, emergência e internação. “O hospital conta com leitos de internação exclusivos para pediatria, ambulatório especializado com consultas agendadas nas áreas de endocrinologia, psiquiatria, psicologia, neurologia, cardiologia e nutrição”, explica Robert Alves, diretor clínico.

As instalações oferecem ambulatório especializado para atender consultas agendadas via gestor de saúde, além de serviços de exames laboratoriais, ultrassonografia, eletrocardiograma e raio-x para pacientes internados. São dois pediatras de plantão 24 horas juntamente com uma equipe multiprofissional.

Foto: Divulgação (PMT)

 

Quatro UBS e Hospital do Monte Castelo atendem exclusivamente síndrome gripal

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) disponibiliza atendimento exclusivo para síndromes gripais em quatro Unidades Básicas de Saúde (UBS) e no Hospital do bairro Monte Castelo, zona Sul. Esses atendimentos nas UBS são todos os dias, incluindo finais de semana e feriados, das 7h às 19h. No Hospital do Monte Castelo o atendimento é todos os dias 24 horas.

Na zona Norte, o atendimento é feito na UBS Real Copagre; na zona Leste, as pessoas podem procurar atendimento na UBS Planalto Uruguai; na zona Sudeste o atendimento é feito na UBS Gurupi e na zona Sul o atendimento é na UBS Parque Piauí além do Hospital Monte Castelo que atende urgências e internação.

UBS Real Copagre (Foto: Ascom/FMS)

A coordenadora de Ações Estratégicas da FMS, Nádia Spindola, explica que o atendimento é realizado conforme protocolos determinados pelo Ministério da Saúde. “Nessas quatro UBS para atendimento de síndromes gripais, o paciente é colocado em local separado, preferencialmente arejado e feita avaliação do paciente que recebe atendimento médico, faz exames conforme a avaliação do médico”, diz.

A diretora do Hospital do Monte Castelo, Martina Cavalcante, explica quem deve procurar atendimento quem está com sintomas de síndrome gripal. “Se o paciente apresentar sintomas leves ou graves de síndromes gripais é conduzido para atendimento. Se for outro problema de saúde é orientado para procurar uma UPA ou outro hospital. Quando é feita a ficha do paciente também é feita a classificação de risco e conforme a condição clínica do paciente, e se for grave, vai para atendimento de urgência no setor de estabilização para receber o atendimento com médicos e enfermeiros. Se for quadro leve ou moderado com alguns dos sintomas como coriza, tosse, febre, dor de cabeça, perda de olfato, paladar ou outro sintoma é atendido pelo médico e feita a testagem. Ao sair o resultado o paciente é encaminhado ao consultório médico e o profissional vai dar orientações. Se é positivo para Covid, o médico avalia se é caso de internação ou se o tratamento pode ser feito em casa”, esclarece a diretora.

O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, informa que as outras 88 UBS estão atendendo as demandas de saúde regulares da Atenção Básica. “São ofertadas consultas médicas e de enfermagem para atender pessoas com problemas de saúde que não sejam gripais. Os serviços de coleta de exame, retirada de pontos, curativos, trocas de sonda, salas de vacina e entrega de medicamentos permanecem funcionando”, explica.

UBS Parque Piauí (Foto: Ascom/FMS)

*4 UBS com atendimento exclusivo para síndrome gripal
Abertas das 7h às 19h
Todos os dias da semana (incluindo final de semana e feriado)

*UBS Real Copagre
Rua 19 de Novembro, 4200. Bairro Real Copagre
Fone (86) 3215 7738

*UBS Planalto Uruguai
Avenida 1. Conjunto Planalto Uruguai, 6955 –
Vale Quem Tem.
Fone (86) 3215 7727

*UBS Parque Piauí
Quadra 26 S/N Parque Piauí
Fone (86) 3215 7703

*UBS Gurupi
Rua Bernardo B. dos Santos, 6598. Bairro Gurupi
Fone (86) 9 9438 5833

*Hospital do Monte Castelo
R. Antônio Cavour de Miranda, 357 – Monte Castelo
Fone: 3215 9123

Além dessas quatro UBS, Teresina conta com mais 88 UBS que estão atendendo pessoas com outras doenças.

Veja no link UBS com endereço

https://site.fms.pmt.pi.gov.br/ubs

 

Alô Saúde Teresina fez mais de 74 mil atendimentos médicos e psicológicos em quatro meses

Desde o início de seu funcionamento, em abril, o programa Alô Saúde Teresina realizou o total de 74.665 atendimentos médicos e de apoio psicológico para pessoas com problemas básicos de saúde. A população pode ter acesso ao serviço por meio do número 0800 291 9984, com atendimento médico todos os dias das 08h às 20h, e atendimento psicológico de segunda a sexta no mesmo horário.

Destes atendimentos, 16.863 pessoas buscaram atendimento por sentirem sintomas gripais leves e 1.524 foram atendidos por apoio psicológico. O objetivo dessa nova forma de atendimento é ampliar o acesso à saúde, diminuindo a circulação de pessoas na cidade e evitando a exposição dessas pessoas ao novo coronavírus.

Ao ligar para o 0800, a população é atendida por uma Unidade de Resposta Automática, que redireciona a ligação ao Call Center Covid-19, Saúde da Família ou atendimento psicológico. Em seguida, um operador repassa todas as orientações sobre a doença e coleta dados do paciente para atender as suas necessidades de saúde. Durante a ligação, é preenchido um prontuário. Se houver necessidade, a ligação é imediatamente transferida para um médico, que dá continuidade ao atendimento.

A equipe é formada por 49 médicos e sete psicólogos, profissionais que estão isolados por fazerem parte do grupo de risco para a Covid-19. “Eles foram devidamente qualificados para esse atendimento remoto e estão aptos a atenderem os teresinenses”, afirma Karoline Alencar, gerente de informação em saúde da Atenção Básica da Fundação Municipal de Saúde (FMS).

De acordo com a gerente, a avaliação do programa é positiva. “A gente consegue atendimento para a população que está em casa, dar uma resposta e muitas vezes evitar que ela fique se locomovendo até uma Unidade Básica de Saúde ou de pronto atendimento. É uma medida que ajuda nas taxas de isolamento social, evitando com que a população precise sair de sua casa”, comenta a gerente.

Alô Saúde Teresina realiza mais de 50 mil atendimentos em três meses

Em três meses de funcionamento, o programa Alô Saúde Teresina realizou mais de 50.826 mil atendimentos médicos e de apoio psicológico para pessoas com síndromes gripais leves ou com outros problemas básicos de saúde. Criado pela Prefeitura de Teresina, o serviço está disponível por meio do número 0800 291 0084, com atendimento todos os dias, inclusive aos finais de semana, das 08h às 20h.

O serviço é destinado a população em geral e presta atendimento pré-clínico com orientações para todas as condições de saúde sensíveis à atenção básica, assim como atendimento aos pacientes que possuem queixas de sintoma gripal. O objetivo dessa nova forma de atendimento é ampliar o acesso à saúde, diminuindo a circulação de pessoas na cidade e evitando a exposição dessas pessoas ao novo coronavírus.

De acordo com Karoline Alencar, gerente de Informações em Saúde da Atenção Básica da FMS, o serviço está sendo avaliado de forma positiva. “A utilização desse serviço para a população tem sido de grande ajuda nesse momento de pandemia. O Alô Saúde Teresina coloca disponível para população atendimento médico sem sair de casa, e consegue dar resolutividade para condições de saúde leves, que podem ser manejadas como orientações a partir de uma avaliação clínica dos sintomas relatados pelos pacientes”, ressalta a gerente.

Ao ligar para o 0800, a população é atendida por uma Unidade de Resposta Automática, que redireciona a ligação ao Call Center Covid-19 ou Saúde da Família. Em seguida, um operador repassa todas as orientações sobre a doença e coleta dados do paciente para atender as suas necessidades de saúde. Durante a ligação, é preenchido um prontuário de atendimento. Se houver necessidade, a ligação é imediatamente transferida para um médico, que dá procedimento ao atendimento.

Antônio Filho procurou atendimento para o pai de 58 anos, que estava apresentando sintomas de síndrome gripal. Ele ligou pra o Alô Saúde Teresina, onde recebeu as orientações de saúde através do atendimento por ligação.

“Fui atendido rapidamente, em poucos minutos fui transferido para falar com um médico. Tudo aconteceu como uma consulta virtual. Falei todos os sintomas que meu pai apresentava e fomos aconselhados a procurar a UPA, onde fomos atendidos com rapidez. Em seguida, meu pai foi transferido para um hospital de campanha, no qual ele ficou internado por 10 dias. Ontem, meu pai recebeu alta e já está em casa com a família”, comentou.

A equipe médica do Alô Teresina foi ampliada e conta com 53 médicos, disponíveis de segunda a domingo das 08h às 20h, e oito psicólogos, que atendem de segunda a sexta no mesmo horário.

 

 

UBS do Renascença passa a atender casos suspeitos ou confirmados de Covid-19

Foto: Ascom FMS

A Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Renascença, na zona Sudeste de Teresina, passa a atender, exclusivamente, pessoas com síndromes gripais, incluindo quadro de Covid-19. Agora, Teresina conta com 26 UBS que dão assistência a esses casos e funcionam todos os dias, no horário de 7h às 19h.

Na zona Sudeste, há mais 4 UBS exclusivas para atendimento de síndromes gripais. “A UBS do Renascença tem localização estratégica no território e passou a atender casos gripais para otimizar o serviço, considerando que estava grande a procura por UBS desse porte na região”, explica Suya Mendes, coordenadora da regional sudeste da FMS.

Nessas 26 UBS, o paciente com sintomas gripais recebe todos os atendimentos necessários. A equipe de saúde avalia o caso e toma a conduta adequada, que pode envolver orientação médica, prescrição de medicamentos, indicação de isolamento domiciliar ou mesmo encaminhamento para hospitais ou UPAS, em casos mais graves.

Em Teresina, existem mais 64 UBS que estão atendendo pessoas com problemas básicos de saúde que não sejam gripais. Ali, são ofertadas consultas médicas e de enfermagem. Os serviços de coleta de exame, vacinas, curativos, trocas de sonda e entrega de medicamentos permanecem funcionando. Há ainda 6 UBS que atendem casos de urgência odontológica.

 Confira a lista das UBS com atendimento exclusivo para síndrome gripal:

Zona Sul:

1.UBS Portal da Alegria

2.UBS Parque Piauí

3.UBS Monte Castelo

4 . UBS São Pedro

5.UBS Irmã Dulce

6.UBS Dagmar Mazza

7.UBS Betinho

8.UBS Hugo Prado

 

Zona Sudeste:

9.UBS Redonda

10.Carlos Alberto Cordeiro (Dirceu II)

11.UBS Todos os Santos

12.UBS Novo Horizonte

13.UBS Renascença

 

Zona Norte:

14.UBS Poty Velho

15.UBS Santa Maria da Codipi

16.UBS Real Copagre

17.UBS Karla Ivana (Matadouro)

18.UBS Mocambinho

19.UBS Mafrense

20.UBS Parque Brasil

 

Zona Leste:

21.UBS Taquari

22.UBS Planalto Uruguai

  1. UBS Cidade Jardim

24.UBS Satélite

25.UBS Santa Isabel

26.UBS São João

FMS destaca mais duas UBS para atender síndromes gripais

FOTO: Ascom/FMS

As Unidades Básicas de Saúde (UBS) José de Arimatea dos Santos (Betinho) e Mirtes das Neves Moura (Hugo Prado), localizadas na zona Sul, passam a atender, exclusivamente, pessoas com síndromes gripais, incluindo quadro de Covid-19. Agora, Teresina conta com 23 UBS que dão assistência a esses casos e funcionam todos os dias, no horário de 7h às 19h.

O diretor de Atenção Básica da FMS, Kledson Batista, ressaltou que a ampliação das Unidades Covid-19 é mais uma estratégia da gestão para enfrentamento da doença. “Entendemos que essa iniciativa contribui para diminuir aglomerações e facilita o acesso dos usuários aos serviços de saúde. Se houver necessidade, os pacientes serão encaminhados para outros pontos da rede de saúde”.

Nessas 23 UBS, o paciente com sintomas gripais é colocado em local separado, arejado. “A equipe, utilizando equipamentos de proteção, faz a triagem e o atendimento, que pode envolver orientação médica, prescrição de medicamentos, indicação de isolamento domiciliar ou mesmo encaminhamento para hospital, em casos mais graves”, finaliza Batista.

Há ainda 68 UBS que estão atendendo pessoas com problemas básicos de saúde que não sejam gripais. Ali, são ofertadas consultas médicas e de enfermagem. Os serviços de coleta de exame, vacinas, curativos, trocas de sonda e entrega de medicamentos permanecem funcionando. Já as atividades coletivas foram suspensas e existem 6 UBS que atendem urgência odontológica.

 

Confira a lista das UBS com atendimento exclusivo para síndrome gripal:

1.UBS Portal da Alegria (Sul)

2.UBS Parque Piauí (Sul)

3.UBS Monte Castelo(Sul)

4 . UBS São Pedro (Sul)

5.UBS Irmã Dulce (Sul)

6.UBS Dagmar Mazza (Sul)

7.UBS Betinho (Sul)

8.UBS Hugo Prado (Sul)

9.UBS Redonda (Sudeste)

10.Carlos Alberto Cordeiro (Sudeste)

11.UBS Todos os Santos (Sudeste)

12.UBS Novo Horizonte (Sudeste)

13.UBS Poty Velho (Norte)

14.UBS Santa Maria da Codipi (Norte)

15.UBS Real Copagre (Norte)

16.UBS Karla Ivana (Norte)

17.UBS Mocambinho (Norte)

18.UBS Taquari (Leste)

19.UBS Planalto Uruguai (Leste)

20.UBS Cidade Jardim (Leste)

21.UBS Satélite (Leste)

22.UBS Santa Isabel (Leste)

23.UBS São João (Leste)

 

Unidades Básicas atendem mais de 13 mil casos de síndrome gripal em dois meses

Mais de 13 mil atendimentos foram realizados nas Unidades Básicas de Saúde que dão assistência exclusiva para casos de síndromes gripais leves, em Teresina. Do total de pacientes atendidos, 10.564 foram indicados a adotar medidas de isolamento domiciliar ou acompanhamento ambulatorial. Já 582 pessoas receberam prescrição de tratamento, conforme o protocolo municipal, e outras 364 foram encaminhadas para serviços de urgência.

Entre os sintomas apresentados com maior ocorrência durante os atendimentos estão febre, tosse, dores de cabeça, garganta e musculares. As comorbidades mais freqüentes são doenças crônicas cardíacas e respiratórias, além de obesidade. Mais de 8.700 pessoas atendidas não apresentaram enfermidades.

A região com maior número de atendimentos registrados é a zona Centro-Norte (36,2%), seguida das zonas Sudeste (25,4%), Sul (20,9%) e Leste (17,5%). Para Kledson Batista, diretor de Atenção Básica da Fundação Municipal de Saúde (FMS), a queda na taxa de isolamento social na capital pode ser um indicador para o aumento do número de atendimentos realizados nas unidades de saúde.

“As demandas aumentaram muito nas UBS destinadas para o atendimento de pessoas com síndromes gripais. Esses dados podem ser um reflexo das baixas taxas de isolamento, as aglomerações e a falta de distanciamento social entre as pessoas. Temos uma média alta de atendimentos por dia”, comenta o diretor.

De acordo com a faixa etária, o maior número de atendimentos foram entre pessoas de 20 a 59 anos (9.551), seguida da faixa de 60 anos ou mais (1.160), pessoas de 11 a 19 anos (753), menores de cinco anos (414) e de 5 a 10 anos (211). Entre os dados, pessoas do sexo feminino foram maioria nos atendimentos, cerca de 54,7%.

Ao todo, 21 UBS utilizam o “Fast-track”, protocolo do Ministério da Saúde para agilizar os atendimentos, que acontecem todos os dias da semana, das 7h às 19h, inclusive domingos e feriados.

 

Alô Saúde Teresina realiza mais de 33 mil atendimentos em quase dois meses de funcionamento

O programa Alô Saúde Teresina realizou mais de 33 mil atendimentos para pessoas com síndromes gripais leves ou com outros problemas básicos de saúde. Criado pela Prefeitura de Teresina, o serviço está disponível por meio do número 0800 291 9984, com atendimento todos os dias, inclusive aos finais de semana, das 08h às 20h.

O objetivo dessa nova forma de atendimento é ampliar o acesso à saúde, diminuindo a circulação de pessoas na cidade e evitando a exposição dessas pessoas ao coronavírus. De acordo com Karoline Alencar, gerente de informação em saúde da Atenção Básica, a avaliação do programa é positiva.

“A gente consegue atendimento para a população que está em casa, dar uma resposta e muitas vezes evitar que ela fique se locomovendo até uma Unidade Básica de Saúde ou de pronto atendimento. É uma medida que ajuda nas taxas de isolamento social, evitando com que a população precise sair de sua casa”, comenta a gerente.

Ao ligar para o 0800, a população é atendida por uma Unidade de Resposta Automática, que redireciona a ligação ao Call Center Covid-19 ou Saúde da Família. Em seguida, um operador repassa todas as orientações sobre a doença e coleta dados do paciente para atender as suas necessidades de saúde. Durante a ligação, é preenchido um prontuário de atendimento. Se houver necessidade, a ligação é imediatamente transferida para um médico, que dá procedimento ao atendimento.

A equipe médica do Alô Teresina foi ampliada e conta com 57 profissionais da Atenção Básica, formada por 50 médicos e sete psicólogos, distribuídos em escalas de serviço.