Teresina registra isolamento de 36% na última quinta (15)

Com 36% de isolamento social na última quinta-feira (15), Teresina ficou em sétimo lugar no ranking das capitais do país, apenas 0,2% a mais do índice computado no mesmo dia da semana anterior, que foi de 35,8%. O Piauí, com 37,48%, ficou em terceiro lugar entre os estados. A média de isolamento durante a semana na capital tem variado entre 37 e 38%.

Os bairros que apresentaram as melhores taxas de isolamento foram Parque São João (48%), Frei Serafim e Memorare com 44,3%, Primavera (44%) e Vale Quem Tem (43,80%).

Na outra ponta da tabela, com os piores índices, estão Jacinta Andrade (27,30%), Nova Brasília (27,80%), Água Mineral (28,30%), Vale do Gavião (29,10%) e São Sebastião (29,65%).

Covid-19 em Teresina

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) registrou em seu sistema a morte de mais cinco pessoas vítimas da Covid-19 em Teresina na última quinta-feira (15). Houve ainda 322 novos casos confirmados da doença. Desde o início da pandemia, no mês de março, até agora, a capital piauiense contabiliza o total de 1.071 óbitos, 35.537 infectados pelo novo coronavírus e 14.762 recuperados da Covid-19.

Isolamento fica em 34,8% em Teresina na última quarta-feira (30)

Teresina apresentou índice de isolamento social de 34,8% na última quarta-feira (30), ocupando o sétimo lugar no ranking das capitais do país. Em comparação com a quarta-feira da semana anterior, que registrou taxa de 36,2%, houve queda de 1,4% no isolamento da cidade. O Piauí apresentou taxa de 35,40%, ficando na segunda posição entre os estados, atrás apenas do Ceará.

A média do isolamento dos últimos sete dias (de 24 a 30 de setembro) na capital tem variado pouco, ficando na casa dos 37%.

Diariamente a startup Inloco computa os dados por meio do georreferenciamento de smartphones, analisando também os bairros da cidade. Na última quarta os que apresentaram os melhores índices de isolamento foram Olarias (46,95%), Ininga (44,13%), Frei Serafim (42,30%), Santa Cruz (41,90%), Jacinta Andrade (41,30%).

Na outra ponta da tabela, com as piores taxas, estão Cristo Rei (26,20%), Aeroporto (28,10%), Mafrense (28,50%), São Sebastião (28,55%), Nova Brasília (28,90%) e Mafrense (28,50%).

Covid-19 em Teresina

O Boletim do Centro de Operações em Emergência (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina registrou na última quarta-feira (30) mais 291 casos de Covid-19, além de quatro mortes em decorrência da doença. Agora, a capital contabiliza 32.369 casos, 1.017 óbitos e 14.014 pessoas recuperadas desde o início da pandemia, em março deste ano.

Índice de isolamento foi de 37,4% na última quarta-feira (16)

Teresina registrou índice de isolamento social de 37,4% na última quarta-feira, 16 de setembro, o que a colocou no 5º lugar no ranking das capitais do país. É o que apontam os dados colhidos pela startup Inloco, que monitora diariamente os índices em todo o Brasil. Em comparação com a quarta-feira da semana anterior (09), que apresentou taxa de 36,6%, a variação foi de apenas 0,8%.

 

A startup também faz o monitoramento nos bairros da cidade, registrando que ontem os melhores índices foram observados no Parque Jacinta (55,00%), São João (46,90%), Novo Uruguai (45,85%), Monte Verde (45,00%) e Santo Antônio (44,80%).

 

Em contrapartida, Real Copagre (27,40%), Jóquei (30,15%), Cidade Jardim (30,40%), Saci (31,40%) e Frei Serafim (31,50%) apresentaram as piores taxas.

 

Covid-19 em Teresina

O Boletim do Centro de Operações em Emergência (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina registrou na última quarta-feira (16) mais 565 casos de Covid-19, além de três mortes em decorrência da doença. Agora, a capital contabiliza 29.200 casos, 972 óbitos e 12.998 pessoas recuperadas desde o início da pandemia, em março deste ano.