Semcaspi realiza reunião para apurar e validar Orçamento da Criança e do Adolescente

A Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), por meio Conselho Municipal de Direitos da Criança e Adolescente de Teresina (CMDCAT), realizou na manhã desta quinta-feira, (23), reunião para apurar e validar o Orçamento da Criança e do Adolescente.

A reunião teve como objetivo reforçar a necessidade e a importância de priorizar a criança e o adolescente no município, fortalecendo o atendimento com o Programa Prefeito Amigo da Criança. Participaram também da reunião, a Comissão Municipal de Apuração do Orçamento para Criança e Adolescente (OCA) e Acompanhamento e Avaliação do Programa Prefeito Amigo da Criança.

De acordo com a representante do Centro de Juventude Santa Cabrini e Presidente do Conselho Municipal de Direitos da Criança e Adolescente de Teresina (CMDCAT), Irmã Denise Alves, a reunião busca alinhar estratégias para concorrer ao Prêmio Prefeito Amigo da Criança.

“Nós estamos alinhando para concorrermos ao Prêmio Prefeito Amigo da Criança, que teve o aval do Prefeito Dr Pessoa. Para que isso tenha êxito, é preciso que essas comissões se debrucem sobre o orçamento, principalmente, os da saúde, educação e assistência social, voltada no corte da criança e adolescente do município. Para que assim a gente possa propor, para o próximo ano, as políticas públicas assertivas na defesa da criança e do adolescente do município de Teresina”, destacou.

Denise Alves, ressalta que nessa reunião foi criado um grupo articulado que vai avaliar as peças orçamentárias das três secretarias; de Educação, de Saúde e de Assistência Social.

“Marcamos, para o final de outubro, uma próxima reunião para que essa comissão ampliada possa rever e apresentar o que foi planejado para o ano de 2021. Nessa reunião, vamos apresentar, os dados que foram solicitados na planilha específica de quem está concorrendo ao Prêmio Prefeito Amigo da Criança, nesse ano”, finalizou.

FMS anuncia novas datas de drive thru para segunda dose da vacinação contra a covid

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) anunciou hoje (23) novas datas de vacinação drive thru para a primeira e segunda dose da vacina contra a covid. Além dos drives do fim-de-semana, serão disponibilizados pontos para pessoas com segunda dose das vacinas Astrazeneca na segunda (27) e terça-feira (28), além da primeira dose para pessoas de 23 anos e mais na segunda (27) e segunda dose de Coronavac na quarta (29).

Com a atualização, o cronograma da vacinação por drive thru será o seguinte:

Sábado (25)

Segunda dose até o dia 25/09 – Coronavac

Locais:

Terminal Zoobotânico

Terminal Livramento

Terminal Parque Piauí

Terminal Itararé

Terminal Buenos Aires

Terminal Bela Vista

Centro de Artes e Esportes Unificados Vieira Toranga (CEU – Norte)

ADUFPI

Teresina Shopping

FSA Sul

Domingo (26)

Segunda dose até o dia 28/09 – Coronavac

Locais:

Terminal Zoobotânico

Terminal Livramento

Terminal Parque Piauí

Terminal Itararé

Terminal Buenos Aires

Terminal Bela Vista

Centro de Artes e Esportes Unificados Vieira Toranga (CEU – Norte)

ADUFPI

Teresina Shopping

FSA Sul

Segunda-feira (27)

Segunda dose até o dia 27/09 – Astrazeneca

Locais:

Terminal Parque Piauí

Terminal Itararé

ADUFPI

UESPI Pirajá

CEU NORTE

Primeira dose – 23 anos e mais

Locais:

Terminal Zoobotânico,

Terminal Livramento,

Terminal Buenos Aires,

Terminal Bela Vista,

Teresina Shopping,

FSA Sul

CEU NORTE

Terça-feira (28)

Segunda dose até o dia 03/10 – Astrazeneca

Locais:

Terminal Zoobotânico

Terminal Livramento

Terminal Parque Piauí

Terminal Itararé

Terminal Buenos Aires

Terminal Bela Vista

CEU Norte

ADUFPI

Teresina Shopping

FSA Sul

UESPI Pirajá

Quarta-feira (29)

Segunda dose até o dia 03/10 – Coronavac

Locais:

Terminal Zoobotânico

Terminal Livramento

Terminal Parque Piauí

Terminal Itararé

Terminal Buenos Aires

Terminal Bela Vista

CEU Norte

ADUFPI

Teresina Shopping

FSA Sul

UESPI Pirajá

A organização será a mesma adotada nas mobilizações anteriores: mulheres pela manhã (9h às 13h) e homens no turno da tarde (13h às 17h). “As datas foram escolhidas de acordo com o prazo de aplicação da primeira dose de astrazeneca e coronavac em drive thru que realizamos para diversos grupos”, conta Emanuelle Dias, coordenadora da campanha em Teresina.

No momento da vacinação, devem ser apresentados os seguintes documentos: documento de identificação com foto e data de nascimento, CPF ou Cartão Nacional do SUS. Pessoas que vão receber a primeira dose devem apresentar um comprovante de endereço no município de Teresina; já aqueles que vão receber a segunda dose devem apresentar o cartão de vacina com o registro da primeira).

“Balé da Cidade NA Cidade”: apresentações feita em bairros podem ser assistidas no YouTube

A segunda temporada do Projeto “Balé da Cidade NA Cidade” continua com as suas exibições no YouTube. O projeto, que consiste em divulgar performances do corpo de bailarinos, teve início dia 15 deste mês e se estende até o dia 10 de novembro.

O programa comemora os 28 anos da companhia e tem como objetivo tornar o alcance às apresentações do grupo mais acessíveis para todas as zonas da cidade.

A diretora da companhia, Chica Silva, detalha que o projeto foi a melhor alternativa para aproximar a população e o Balé da Cidade, que desde o início da pandemia, parou suas atividades por conta das medidas restritivas.

“Essa foi a forma que encontramos de aproximar de forma segura o Balé da Cidade do público.. A primeira temporada transmitimos diariamente nossas performances pelo nosso Instagram e dessa vez são duas apresentações semanais que estreiam no nosso canal no YouTube”, explica Chica Silva.

O Projeto Balé da Cidade NA Cidade são acontecimentos performáticos que têm como ponto de partida espetáculos do balé e se desmembram em novas ações pelas paisagens de Teresina. Na segunda temporada os bailarinos revisitam os locais de sua primeira performance trazendo as propostas atualizadas, e também convidando outros artistas da cia: os acontecimentos individuais, agora podem acontecer com até 3 pessoas.

Nesta quarta-feira (22), será exibida a performance “Casca” com Hellen Mesquita, José Nascimento e Felipe Rodrigues, que foi dançada na Avenida Deputado Ulisses Guimarães, no Bairro Promorar. Já na sexta-feira (24), será a vez da performance “Vamos dançar uma valsa?” com Agdayana Nascimento, dançada na praça do bairro Monte Horebe, na zona Sudeste de Teresina.

As estreias acontecem toda quarta e sexta-feira, às 20h, no canal de YouTube da Companhia (https://www.youtube.com/channel/UCJZ_LzwGcejVwGH6lsRO2ng). No total serão 15 apresentações. Os vídeos continuarão disponíveis mesmo após a estreia.

Sobre a Companhia

O Balé da Cidade de Teresina é uma companhia pública de Dança Contemporânea que atua há 28 anos no cenário artístico local e nacional, contribuindo com o desenvolvimento e difusão da dança piauiense. Vem aproximando a dança da cidade através da sua atuação em diferentes ações, como temporadas de apresentações, conversas e formação continuada.

O Balé da Cidade de Teresina conta com 18 integrantes e é mantido pela Prefeitura Municipal de Teresina, através da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, por meio de contrato de gestão com a AABCT, Organização Social de Utilidade Pública Associação dos Amigos do Balé da Cidade de Teresina. Tem direção geral de Chica Silva, coordenação artística de Janaína Lobo, aulas de Samuel Alvís e ensaios de José Nascimento.

 

No Dia da Árvore, SEMAM anuncia criação de novo viveiro de mudas em Teresina

No Dia da Árvore, comemorado hoje, 21 de setembro, a secretária municipal do Meio Ambiente, Elisabeth Sá, anunciou a criação de mais um viveiro de mudas em Teresina.

Durante o plantio de árvores nativas de ipê e caneleiro no Colégio Técnico de Teresina (CTT), que marcou a abertura oficial do Seminário Internacional de Educação Ambiental e Escolas Sustentáveis, a secretária revelou que o novo espaço vai ser instalado no Parque ambiental da Cidade, onde funciona também a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMAM).

“O projeto executivo para criação no novo viveiro já está pronto e o orçamento aprovado pelo Conselho Municipal (CONDEMA). Nesse momento estamos trabalhando junto a SAAD para dar início a licitação e logo a implantação de mais um viveiro que distribuirá mudas em nossa cidade. São ações como essa que só fortalecem a política ambiental em Teresina”, destacou a secretária Elisabeth Sá.

Teresina possui hoje dois viveiros de mudas coordenados pela Prefeitura. Um na zona norte da capital, que funciona no Jardim Botânico do Mocambinho, e outro na zona Leste, que está de endereço novo, funcionando agora na avenida Ulisses Marques, 3700.

 

SEMAM lança campanha: “Adote uma muda e plante com a gente”

Como ação alusiva a data, a SEMAM lançou também a campanha: “Adote uma muda e plante com a gente”. Qualquer pessoa que queira uma muda de árvore nativas, frutíferas ou exótica, basta se se dirigir até os viveiros e fazer um breve cadastro para levar a sua pra casa.

“Teresina já ostentou o título de cidade verde e é compromisso do nosso prefeito Dr. Pessoa e nosso da SEMAM em arborizar cada vez mais nossa capital. Precisamos nos conscientizar que cuidar do Meio Ambiente e de nossas árvores, é cuidar da gente”, pontuou a secretária.

Semcaspi realiza capacitação para mais de 400 guardas municipais de Teresina

A Secretária Municipal de Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), por meio da Gerência de Direitos Humanos (GDH), realizou nesta terça-feira (21), o primeiro dia de capacitação de formação continuada para os Guardas Civis Municipais de Teresina sobre o tratamento adequado à população LGBTQIA+. As próximas capacitações acontecerão nos dias 23 e 24 de setembro, no Auditório do Centro de Formação Professor Odilon Nunes.

A formação vai atender aproximadamente o efetivo de quase 400 guardas municipais da nossa capital. O treinamento é uma parceria da Secretaria Estadual da Assistência Social (SASC) e a Gerência de Enfrentamento a LGBTfobia, tendo como objetivo reavaliar as condutas relacionadas a população LGBTQIA+ no município sobre formas de abordagens e legislação.

O Gerente de Direitos Humanos, André Santos, ressaltou a importância da capacitação para os profissionais do município e da Guarda Civil Municipal.

“É de grande importância essa capacitação que a Gerência de Direitos Humanos (GDH) vem fazendo em parceria com a Gerência de Combate à LGBTfobia da SASC, porque a gente capacita os nossos profissionais, os profissionais do município, os guardas municipais, com formação das leis municipais que protegem a população LGBTQI+”, destacou.

O Coordenador de Segurança do Município de Teresina, coronel Nixon Frota, destacou o valor e a importância da capacitação para o trabalho civil.

“Essa capacitação, respeitar é preciso, ela tem valor muito grande para o trabalho civil. Primeiro ela traz essa nova capacitação para esses profissionais da proteção do patrimônio, da segurança pública que, é conhecer e saber como trabalhar com a comunidade LGBTQI+, e é importante saber como se relacionar. Mais uma forma da Guarda Civil Municipal realmente cumprir sua missão de proteger o patrimônio, proteger as pessoas, sabendo tratá-las corretamente, dirigir a cada um da forma correta”, destacou.

A formação será dividida em 3 etapas e vai até esta próxima sexta-feira, 24 de setembro, atendendo as normas da Organização Mundial de Saúde (OMS).

IMPORTÂNCIA DA FORMAÇÃO

A Gerente de Enfrentamento a LGBTfobia da Superintendência de Direitos Humanos da SASC, Joseane Borges, destaca que, a formação colabora com que a Guarda Civil Municipal saiba como lidar com a população LGBTQIA+.

“Esse momento é muito importante não só para o público LGBTQIA+, mas para a sociedade como um todo, porque a gente sabe que uma formação deste porte para a Guarda Civil Municipal, vai beneficiar à população. Porque a gente sabe que ainda existem alguns deslizes que acontecem com a interação da Guarda Municipal com a população LGBTQIA+”, destacou.

 

Semcaspi quer expandir serviços de assistência social para zona rural de Teresina

A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) pretende ampliar o acesso aos serviços de assistência social para a zona rural de Teresina. Dentre os serviços do Centro de Referência da Assistência Social (Cras) e do Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV).

A zona rural tem sido visitada pela equipe da Semcaspi para avaliar prédios de melhor acesso à população, que até então, tem dificuldade em acessar as políticas públicas, devido à distância, a falta de linhas de ônibus e da própria tecnologia.

Segundo o secretário da Semcaspi, Allan Cavalcante, a zona rural de Teresina ainda tem muitas demandas e carências em relação aos serviços de assistência social.

“Essa expansão é uma meta do prefeito Doutor Pessoa, para a gente poder alcançar, mais e mais, pessoas em relação aos serviços que a Prefeitura Municipal de Teresina disponibiliza. Diante de seus inúmeros serviços de assistência social, é importante que estes serviços sejam descentralizados, saindo dos bairros e dos grandes centros, para ir regiões mais longínquas da cidade”, esclareceu.

A vereador Teresinha Medeiros, que acompanhou o secretário da Semcaspi em uma das visitas, destacou que a zona rural é extensa, com uma população significativa e está necessitando de uma cobertura maior das políticas públicas.

“O objetivo desta visita é conhecer os serviços de assistência social e os espaços que já existem, para que possamos colaborar e sugerir melhorias, cada vez mais a cidade, principalmente, as famílias que mais precisam do poder público, da assistência social. Temos uma demanda na periferia e na zona rural. É visível e saltam aos olhos. Por isso que é preciso este olhar diferente e a gestão do Dr. Pessoa está bem preocupada em ampliar acessos a toda a população, principalmente, aquelas que mais precisam”, pontuou.

CRAS ITINERANTE

Para ampliar a cobertura dos serviços de assistência social de Teresina, uma das propostas é promover o Cras Itinerante, com visitas semanais a comunidades mais distantes. Atualmente, a Semcaspi atua com um total de 19 unidades dos Centros de Referências da Assistência Social na capital, incluindo zona urbana e rural.

“Estamos estudando e avaliando a proposta de levar os serviços dos Cras para as localidades mais distantes dos grandes centros, pelo menos uma vez por semana, em cada comunidade. Para o Cras poder atender e facilitar o acesso aos serviços em regiões que não possuem uma sede”, pontuou.

Semcaspi realizará treinamento para guardas municipais no enfrentamento à LGBTfobia

A Secretária Municipal de Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), por meio da Gerência de Direitos Humanos (GDH), realizará nos dias 21, 23 e 24 de setembro, das 08h00min às 12h00min, a capacitação de formação continuada para os Guardas Civis Municipais de Teresina no Auditório do Centro de Formação Professor Odilon Nunes. A capacitação será sobre o tratamento adequado à população LGBTQI+.

A formação vai atender aproximadamente o efetivo de quase 400 guardas municipais da nossa capital. O treinamento é uma parceria da Secretaria Estadual da Assistência Social (SASC) e a Gerência de Enfrentamento à LGBTfobia, tendo como objetivo reavaliar as condutas relacionadas a população LGBTQIA+ no município sobre formas de abordagens e legislação.

Segundo o Gerente de Direitos Humanos, André Santos, a essa formação é importante para a segurança da população. “Eles irão aprender a forma de abordagem e a tratativa melhor para a população LGBTQIA+. Nós da gerência vimos essa necessidade e prontamente em parceria com a guarda municipal e com a SASC, aonde a um termo de comparação técnica com a SASC para o enfrentamento à LGBTfobia em nosso município”, ressaltou.

A formação será dividida em 3 etapas tendo início nesta terça-feira (21), atendendo as normas da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Semcaspi realiza XII Conferência Municipal de Assistência Social de Teresina

A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), por meio do Conselho Municipal de Assistência Social de Teresina (CMAS), promoveu nessa quinta-feira (16), a XII Conferência Municipal de Assistência Social de Teresina. O evento segue até esta sexta-feira (17).

A XII tem como tema “Assistência Social: Direito do Povo e Dever do Estado, com financiamento público, para enfrentar as desigualdades e garantir proteção social”.

Fotos: Ascom Semcaspi

O secretário da Semcaspi, Allan Cavalcante, ressaltou o empenho do prefeito Dr. Pessoa em investir nas políticas de Assistência Social. “Nós temos o prazer e o privilégio de termos um prefeito entusiasmado, empenhando nas Politicas Públicas de Assistência Social. E com isso, tenho a absoluta certeza, que Teresina vai ter, daqui há 4 anos, uma Política de Assistência Social, completamente, diferente, teremos um avanço significativo”, disse o secretário.
A presidenta do Conselho Municipal de Assistência Social, Maria Valdeníria Silva, destacou que a conferência é uma grande oportunidade para se avaliar o que a gestão compartilhada vem cumprindo.

“É importante que a gente fale com muito carinho, com muito apreço, que para a gente chegar hoje aqui na XII Conferencia, nos tivemos uma trajetória, nos tivemos uma longa caminhada, de preparação, de reuniões, de desafios. Essas reuniões precisaram acontecer dentro do colegiado e foi estendida para a gestão e para os territórios de Teresina, por meio dos Cras e dos Creas, onde nós realizamos quatro pré-conferências preparatórias, para esse momento hoje. Conferências também inéditas, porque foram conferências de forma remotas, pensando na segurança e, ao mesmo tempo, preocupados, pois alcançar os usuários dentro desse processo pandêmico é desafiador”, contou Maria Valdeníria Silva.

Durante o primeiro dia de evento, aconteceu a apresentação cultural da Banda Novos Meninos e das crianças do “Cantando e Dançando entre os Ipês”, do Projeto Florada dos Ipês e o lançamento do livro “A Assistência Social e o SUAS no contexto de desmonte da seguridade social brasileira” com a Professora Drª Iracilda Alves Braga, do Departamento de Serviço Social da Universidade Federal do Piauí.

O evento ocorre de forma híbrida, seguindo todos os protocolos de saúde e de distanciamento social, e está sendo transmitido, ao vivo, pelo canal do YouTube TV Semcaspi.

A importância do SUAS

O representante dos usuários do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), Carlos Augusto, compartilhou sua experiência e destacou a importância da Assistência Social.

“Venho acompanhando a Assistência Social desde 2011 e posso dizer que já consegui muitos benefícios, muitas coisas que eu não sabia, oportunidade que a Assistência Social me forneceu e muitas pessoas não sabem”, destacou.

IPMT recebe fiscalização do Coren-PI

O Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Teresina – IPMT recebeu nesta sexta-feira (17) a visita de fiscais do Conselho Regional de Enfermagem do Piauí – COREN-PI. O objetivo da fiscalização foi acompanhar o desenvolvimento das atividades realizadas pelos enfermeiros auditores no IPMT Saúde e Plante, serviços de assistência à saúde prestados pelo IPMT.

 

Durante a visita, a fiscal do COREN-PI, Gersonete dos Santos Sobrinho, verificou a situação de trabalho dos enfermeiros auditores, as escalas, bem como se as atribuições da equipe estão em consonância com a legislação pertinente e se os profissionais estão devidamente inscritos no Conselho. De acordo com a lei que regulamenta o exercício da enfermagem, a consultoria, auditoria e emissão de parecer em matéria de enfermagem é privativa do enfermeiro.

“Estamos avaliando se as funções estão sendo cumpridas corretamente. A sociedade coloca o enfermeiro como assistente, mas ele também é técnico, administrativo e gerencial. A presença do auditor enfermeiro regula a qualidade do serviço que é prestado”, disse a fiscal.

Em 2021, o setor de auditoria de enfermagem do IPMT passou por reformulações e conta com o quadro de enfermeiros capacitados em auditoria, chefiado por enfermeiro auditor especialista. A auditoria é fundamental para uma boa gestão pois funciona como um instrumento que evita erros nos procedimentos e gastos desnecessários na instituição de saúde.

Para o gerente do Fundo de Assistência à Saúde, Jefferson Ribeiro, a fiscalização realizada pelo COREN-PI é positiva, pois busca atestar a qualidade dos serviços prestados pelo IPMT Saúde e Plante, além de dar maior segurança para os profissionais de enfermagem que atuam no órgão.

“Onde não há padrão, não existe melhoria. Visando atingir nossos objetivos, estamos padronizando e aplicando melhorias contínuas para buscar a excelência em nosso Fundo de Assistência à Saúde dos servidores municipais de Teresina e assim atender da melhor forma possível os segurados do IPMT-Saúde e PLANTE”, destacou o gerente.

Em audiência com a ministra Damares Alves, Dr. Pessoa assegura construção da Casa da Mulher Brasileira Teresina

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, participou na manhã desta quinta-feira (16) de Audiência com a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves.

Na ocasião, o prefeito esteve acompanhado do secretário municipal de Planejamento e Coordenação (SEMPLAN), João Henrique Sousa, da secretária Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM), Karla Berger e da deputada federal Margarete Coelho.

Junto com a ministra, os gestores municipais discutiram a construção da Casa da Mulher Brasileira, na capital piauiense. O local será um centro de acolhimento à mulher vítima de violência doméstica.

“Estou muito feliz com a audiência e receptividade da ministra Damares Alves. Saímos felizes com esse encontro convictos de que iremos levar mais obras e investimentos na área social para a cidade de Teresina”, disse Dr. Pessoa.

A secretária da SMPM, Karla Berger disse que o encontro foi produtivo e que as demandas foram passadas diretamente a ministra Damares.

“A reunião foi muito importante, pois tivemos a possibilidade de conversar diretamente com a ministra Damares. Saímos muito felizes, pois além da Casa da Mulher Brasileira, que será um projeto em parceria com o Governo Federal, nós tivemos varias outras pautas em discussão”, afirmou a secretária.

Na ocasião, o prefeito Dr. Pessoa convidou a ministra Damares Alves, para estar presente no lançamento da pedra fundamental na construção da Casa da mulher Brasileira, em Teresina, que deve ocorrer no mês de novembro.