Obras da avenida Marginal Poti Sul retornam nesta sexta-feira (27)

Após uma paralisação formal devido ao período chuvoso, a Prefeitura de Teresina, através da Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas Sul (SAAD Sul),  irá retomar as obras na Av. Marginal Poti Sul ainda nesta sexta-feira (27).  A obra está orçada em R$27.521.499,08 com fonte de recursos do banco CAF  (Banco de Desenvolvimento da América Latina). O prazo de conclusão da obra é de nove meses.

Atualmente a obra possui 20% de execução, faltando ainda a conclusão do sistema de drenagem, pavimentação, iluminação, acessibilidade, ciclovia e sinalização.

Em toda a sua extensão, a Marginal Poti Sul irá interligar as importantes avenidas: Av. Gil Martins, Av. Dep. Milton Brandão, Av. Mestre Dezinho, Rua Elesbão Veloso, Av. São Raimundo, Av. Manoel Ayres Neto, Av. Higino Cunha, Av. Marechal Castelo Branco. O novo corredor irá passar pelos Bairros: Ilhotas, Cristo Rei, Três Andares, Catarina, Bela Vista, São Lourenço e Parque Sul.

O Superintendente da SAAD Sul, Juca Alves, informou que as equipes técnicas estão trabalhando para resolver os possíveis entraves na execução da obra, para que tudo seja feito no prazo estabelecido, e comentou ainda sobre a importância da obra.

“Estamos resolvendo todos os impedimentos para que esta obra importante obra de mobilidade urbana seja entregue dentro do prazo estabelecido. Este novo corredor vai ligar a zona sul à zona leste de Teresina, e irá melhorar significativamente o trânsito da nossa capital”, apontou Juca Alves.

Em Brasília, Dr. Pessoa se reúne com agência francesa e banco dos Brics em busca de recursos

Cumprindo agenda administrativa em Brasília, o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, realizou nesta quarta-feira (25), uma série de audiências administrativas com o objetivo de atrair recursos para a capital piauiense. Integrou a comitiva o secretário de planejamento de Teresina, João Henrique Sousa e a chefe de gabinete do prefeito, Sol Pessoa.

O prefeito se reuniu com o banco NDB (New Development Bank), o Banco dos Brics. No encontro, foi apresentado uma carteira de investimentos na cidade na área da infraestrutura.

De acordo com secretário de planejamento, João Henrique Sousa, as demandas já foram apresentadas em reuniões anteriores ao banco, e que a visita de cortesia do prefeito Dr. Pessoa serve para reforçar as demandas já apresentadas, além de apresentar novas perspectivas de investimentos em Teresina.

“Estamos otimistas. Em breve deveremos ter mais investimentos externos para nossa cidade. Demos grandes passos e esses recursos, ao chegarem, devem ser investidos na educação com a construção de novas creches e no projeto de interligação das bacias do rio Poti”, destacou o secretário de planejamento.

Dr. Pessoa também esteve na Secretaria Nacional de Aviação Civil, com a deputada federal Marina Santos, para tratar de demandas referentes ao Aeroporto de Teresina. A reunião tratou sobre projetos que aumentem a verticalização da cidade devido à proximidade do aeroporto com o centro.

Além disso, o prefeito se reuniu com executivos da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD). A conversa com os representantes do banco europeu reforçou a necessidade de linha de crédito para investimentos na produção agrícola da zona rural de Teresina.

Dr. Pessoa finalizou a agenda de reuniões com uma audiência no CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina). A principal pauta discutida foi a retomada da obra da Marginal Poti Sul, zona Sul de Teresina. A obra será retomada nesta sexta-feira (29), com recursos já assegurados pelo banco. A obra está orçada em R$ 27.521.499,08 e tem prazo de conclusão de nove meses. Além da obra da Marginal Poti Sul, O CAF deve ser financiador de outras obras estruturantes em Teresina.

“Tivemos proveitosas reuniões. Viemos a Brasília em busca de mais investimentos para desenvolver ainda mais a nossa Teresina, não esquecendo da zona rural. Já retornaremos com os serviços na Marginal Poti Sul ainda nesta semana e acreditamos que em breve as nossas tratativas tenham resultado e que logo estaremos com novos investimentos na cidade”, ressaltou Dr. Pessoa.

Setor industrial teresinense representa 50,2% do total de indústrias do Estado

O Dia da Indústria é celebrado anualmente em 25 de maio. Nesta data a homenagem é destinada aos espaços de produção de maior representação para as economias nacionais: as indústrias. Também conhecidas como o “Setor Secundário” de um país, as indústrias podem abranger os mais variados tipos de mercados, desde os alimentícios até os de vestuário, por exemplo.

Em Teresina, em levantado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o setor industrial representa 50,2% do total da Indústria do Estado, gerando R$ 2,89 bilhões de reais em valores agregados, onde o Piauí obteve R$ 5,77.

Os dados mostram que Teresina, possui metade do produto industrial, e 16.670, pessoas empregadas no setor industrial segundo o Relatório Anual de Informações Sociais (RAIS em 2020), representando, 55,74% do total empregado no Piauí, que possuía 29.906 empregados pela variável estoque, em 2020.

“Em um ano e meio de gestão do prefeito, Doutor Pessoa, foram beneficiadas três indústrias, com a previsão de 59 empregos diretos e 100 indiretos, com o montante previsto de R$ 5,9 milhões de investimentos a serem empregados, os segmentos apoiados são: fabricação de aguardente derivado de cana-de-açúcar; fabricação de artefatos de palha e fabricação de implementos rodoviários”, explica o gerente de Planejamentos e Projetos da SEMDEC, Fábio Camelo.

A cidade dispõe de Legislação n.º 2.528 de 23 de maio de 1997, que incentiva a implantação e atração de novos empreendimentos industriais, comerciais e prestadores de serviço de hotelaria, e também conta com incentivos locacionais, que são os dois Polos Empresariais, fomentando assim, o desenvolvimento local.

O Polo Empresarial Norte foi criado pela Lei Municipal nº 3.492/2006, possuindo 221 hectares, o referido Distrito Industrial se encontra em fase de estruturação de sua infraestrutura física. Apesar disso, já se encontram instaladas duas empresas: A Crown fabricante de latinhas de alumínio realizou investimentos da ordem de R$ 200 milhões, e a Eco Empreendimentos produtora de mudas de eucalipto.

O Polo Empresarial Sul surgiu no início da década de 1990, a lei nº 2.515, de abril de 1997 estabeleceu a sua criação, com autonomia própria, residências, zonas de comércio, serviços e indústria compatíveis com as necessidades dos habitantes. O referido distrito industrial está localizado no Km 13 da BR 316, zona Sul de Teresina, possui 143,92 hectares. Sua implantação tem como objetivo a atração de empresas que venham a fortalecer a economia local, por meio da geração de emprego e renda.

Nos polos se encontram várias empresas operando gerando sinergia entre si com suas atividades complementares e por disporem de uma infraestrutura comum. A doação de terrenos e a política de incentivos fiscais têm possibilitado ganhos de competitividade e possibilitado a expansão das plantas industriais das unidades produtivas.

“Temos a previsão de instalação de mais três indústrias, uma unidade produtiva de ARLA, que é um reagente composto por 32,5% de uréia de alta pureza em água desmineralizada, transparente, não inflamável e não tóxico, que serve para reduzir a emissão de gases de escape dos veículos movidos a diesel; a segunda seria criação de uma unidade de Termoplástico, onde a injeção de termoplásticos é um processo que envolve um polímero que se torna viscoso e moldável em altas temperaturas e a última é a uma empresa especializada em oferecer soluções em energia para diversos segmentos do setor produtivo, se encontra com a fabricação e instalação de Grupos Geradores Elétricos”, conclui o gerente.

FWF abre inscrições para curso de capacitação e workshop sobre empreendedorismo

A Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Wall Ferraz (FWF), abriu nesta segunda-feira (23), o processo de inscrição para o curso de Manicure e Pedicure e para o workshop de Empreendedorismo e Liderança, que serão ministrados de forma presencial no Centro de Capacitação da FWF.

As inscrições estão sendo realizadas de forma presencial na sede do Centro de Capacitação FWF, na Rua Francisco das Chagas Carvalho, bairro Betinho, na zona Sul de Teresina. O curso e o workshop acontecem no turno tarde, de 14h ás 17h. O ter a carga horária de 60 horas e o workshop de 20 horas.

Para realizar a inscrição, o candidato deve ser maior de 16 anos, com ensino fundamental completo. São necessários levar os documentos de RG, CPF e comprovante de residência.

No curso de Manicure e Pedicure, os alunos irão aprender técnicas de corte e limpeza das unhas, lixação, retirada de cutículas, hidratação e polimento de maneira profissional. Já o workshop ensina as novas técnicas e as formas de empreender no mundo atual.

“A FWF busca ampliar a oferta de cursos de qualificação profissional, e por isso vamos abrir uma nova turma do curso de balconista de farmácia, porque é um mercado amplo em Teresina. Vamos também abrir turma para o curso de libras, que é uma foram de quebrar barreiras, facilitando a integração social, assim como determina o prefeito Dr. Pessoa”, ressalta Maykon Silva, presidente da FWF.

Todos os cursos ofertados pela FWF tem o objetivo levar qualificação profissional gratuita para toda a população de Teresina. Os alunos recebem material didático básico gratuito e acompanhamento de instrutores durante todo o curso com aulas práticas e teóricas. Ao terminarem os cursos, os alunos estarão aptos a colocarem em prática o conteúdo aprendido em sala de aula e ingressarem no mercado de trabalho.

Prefeitura anuncia licitação para construção de píer flutuante em Teresina

A Prefeitura de Teresina dará início na próxima quarta-feira (25) a mais uma licitação de obras para Teresina. Se trata da construção de um píer flutuante na capital. A informação foi anunciada pelo superintendente das Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Centro, Roncalli Filho.

Roncalli Filho adiantou que estrutura será moderna e ficará localizada no rio Parnaíba, próximo da Avenida Maranhão, em frente ao Iate Clube.

O valor que será investido na capital com a obra é de R$ 1.135.867,98 com prazo para conclusão de 120 dias.

“A construção de um píer flutuante foi uma determinação do nosso prefeito Dr. Pessoa e será mais uma importante obra que será realizada para a capital, buscando fomentar a economia e turismo da nossa cidade”, destacou o gestor.

Prefeitura de Teresina e IFPI selam parceria para horticultores

A Prefeitura de Teresina e o Instituto Federal do Piauí (IFPI) oficializaram, nesta quinta-feira, 19, a parceria institucional para fortalecer a horticultura comunitária da capital. O ato aconteceu no auditório da reitoria do IFPI, localizado na zona Leste de Teresina.

Prefeito Dr. Pessoa e Paulo Borges, reitor do IFPI / fotos: Lucas Dias

A assinatura do termo de criação do Projeto Hortas Comunitárias Sustentáveis é voltado para medidas de fomento à produção de alimentação saudável e melhoria estrutural desses espaços e das comunidades envolvidas neste setor produtivo. Além disso, serão realizadas ações de ensino, extensão, pesquisa e inovação entre as duas instituições.

“O nosso objetivo é integrar com o IFPI nesse projeto de suma importância para os horticultores. Estamos focados para que a agricultura de Teresina venha ser modelo e possa ajudar aos que precisam”, ressaltou Dr. Pessoa.
A primeira fase da iniciativa contemplará a região Sudeste, beneficiando 22 horticultores do bairro Dirceu Arcoverde. Já na segunda etapa, atenderá produtores da região da grande Santa Maria da Codipi, na zona Norte.

O projeto é uma iniciativa de natureza multidisciplinar e intercampi articulada pela Pró-reitoria de Extensão do IFPI junto ao Campus Teresina Central, o Campus Avançado Dirceu e o Campus Avançado de José de Freitas, o que possibilitará a qualificação profissional dos horticultores e horticultoras nos eixos de recursos naturais e gestão de negócios, além da realização de diagnóstico socioambiental.

“Ciência e tecnologia, juntamente a prefeitura, a serviço da comunidade com os produtores rurais. O que o prefeito propor a gente assina em baixo. O Instituto está a disposição da Prefeitura para que possamos alcançar cada vez mais a produção agrícola em Teresina”, disse o reitor do IFPI, Paulo Borges.

Dentre outras coisas, o projeto prevê apoio e assistência técnica, organização e sinalização das hortas e incentivo à comercialização, bem como o serviço de manutenção e intervenções estruturais, tanto nos espaços produtivos como em seu entorno, favorecendo os negócios e melhorando as condições socioambientais das comunidades.

Prefeitura em Parceira com o Banco do Nordeste lança Programa de Desenvolvimento Territorial

A Prefeitura de Teresina, através Secretária Municipal de Produção Agropecuária (SEMP) em parceria com o Banco do Nordeste, lançam o Programa de Desenvolvimento Territorial (PRODETER), para contribuir com o desenvolvimento territorial e local por meio da organização, fortalecimento e elevação da competitividade das atividades econômicas.

O PRODETER levará crédito e assistência técnica para produtores, buscando melhorar a produção e a comercialização dos produtos, através de planejamento, implementação e a autogestão do processo de desenvolvimento sustentável.

O projeto busca fortalecer as cadeias produtivas das atividades priorizadas; incorporar inovações tecnológicas em atividades produtivas; potencializar a cooperação e a participação dos agentes institucionais e econômicos no processo de desenvolvimento local e territorial; e promover a articulação de políticas públicas para o desenvolvimento local e territorial.

Cinco atividades estão sendo priorizadas. São elas: Piscicultura, ovinocaprinocultura, cajucultura, Horticultura, e Turismo da saúde. Em cada município foi criado um comitê gestor municipal, para coordenar as ações locais e um Comitê Gestor Territorial, que é a instância de governança maior.

Um plano de ação foi elaborado voltado especificamente para Horticultura. O lançamento do Plano deverá ter dois momentos, com solenidade de lançamento e uma feira para a comercialização dos produtos. O lançamento está previsto para o dia 01 de julho, na praça Rio Branco, no Centro de Teresina.

O projeto ainda conta com a parceria das prefeituras de Altos, Miguel Alves, União e também da SENAR, SEBRAE, STTR, SEPLAME e EMATER.

Prefeitura de Teresina vai à Boa Vista (RR) discutir políticas públicas para primeira infância

A Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Executiva de Planejamento Estratégico e Gestão, por determinação do prefeito Dr. Pessoa, está participando do 1° Encontro Urban95 Brasil. O evento ocorre na capital de Roraima, Boa Vista, contando com a presença de gestores de todo o país. É uma ação da Fundação Bernard van Leer, juntamente com AVSI Brasil, e ocorre nos dias 17 e 18 de maio.

O objetivo deste encontro é discutir políticas públicas voltadas para primeira infância, bem como apresentar estratégias. O evento reúne representantes das 24 cidades que compõem a Rede Urban95 e nestes dois dias estão percorrendo alguns dos principais locais voltados para primeira infância da capital de Roraima. “A partir da visão de que o recursos voltados para primeira infância também são um investimento, nós deixamos de pensar que seriam gastos da administração e sim uma aposta no futuro. Eu já participo efetivamente da política de primeira infância , também dando suporte para que os projetos tenham início, meio e fim e que não fiquem no meio ou no limbo por falta de recursos, assegurando que os projetos tenham continuidade”, pontua Marcio Vinicius de Souza Almeida, Secretário de Finanças e presidente da comissão da primeira infância de Boa Vista.

A programação do 1º Encontro da Rede Urban95 iniciou na terça-feira (17), e segue na quarta-feira (18), com a realização de palestras, visitas técnicas e confraternizações. “Nós fomos convidados pela rede urban95 ainda no mês de julho de 2021 para fazer parte desta parceria, sendo um pleito da agenda Teresina 2030, na gestão do prefeito Dr Pessoa. Essa parceria com a Fundação Bernard van Leer, serve para que possamos trabalhar políticas para a primeira infância e desenvolver projetos para esse público de Teresina. O programa tem a perspectiva de trabalhar não só para crianças, mas atendendo a legislação da primeira infância que vai até os 6 anos, então esse olhar é voltado para essas crianças e seus cuidadores, gestante e puérperas”, explica Kárita Allen, Secretária Executiva de Planejamento e Gestão de Teresina.

A Prefeitura de Teresina vem desenvolvendo projetos que abrangem este público desde a concretização da parceria com a Urban95 no ano de 2021, e desde então vem trabalhando com um direcionamento amplo referente ao planejamento urbano voltado para primeira infância. “O trabalho está sendo desenvolvido, a cidade tem alcançado muitos avanços . Há pouco mais de um mês atrás nós fomos convidados para participar do primeiro encontro nacional da rede Urban95, na capital brasileira da primeira infância, Boa Vista (RR), nós temos feito aproximações e acompanhado o trabalho que vem sendo desenvolvido por outras cidades. Estamos verificando na prática alguns projetos de muito sucesso em Boa Vista, que vem abrindo caminhos para que a Prefeitura de Teresina também possa encabeçar ideias que vem ao encontro de demandas da população’’, acrescenta a Secretária Executiva, Kárita Allen.

O QUE É A URBAN95?

A Urban95 é uma iniciativa internacional da Fundação Bernard van Leer que visa incluir a perspectiva de bebês, crianças pequenas e seus cuidadores no planejamento urbano, nas estratégias de mobilidade e nos programas e serviços destinados a eles. Gestores públicos e técnicos recebem apoio e capacitação sobre formas de contribuir com o desenvolvimento integral das crianças a partir da experiência das cidades, identificando e atuando nos territórios onde os bebês e suas famílias estão, em especial aqueles mais vulneráveis.

A Rede Urban95 Brasil surgiu com o objetivo de promover, desenvolver e fortalecer programas e políticas públicas voltadas ao bem-estar e qualidade de vida das crianças de 0 a 6 anos nas cidades brasileiras.

Integram a rede Urban95 Brasil 24 municípios. Em fase avançada de mobilização há: Aracaju (SE), Boa Vista (RR), Brasiléia (AC), Campinas (SP), Caruaru (PE), Crato (CE), Fortaleza (CE), Ilhéus (BA), Jundiaí (SP), Niterói (RJ), Pelotas (RS), Recife (PE) e São Paulo (SP). E em fase de integração há: Alcinópolis (MS), Alfenas (MG), Benevides (PA), Canoas (RS), Cascavel (PR), Mogi das Cruzes (SP), Paragominas (PA), São José dos Campos (SP), Sobral (CE), Teresina (PI) e Uruçuca (BA).

Projeto de Lei que cria dois conselhos tutelares para Teresina é aprovado pela Câmara Municipal

O Projeto de Lei, que cria mais dois conselhos tutelares em Teresina, foi aprovado, nesta terça-feira, (17), na Câmara Municipal de Teresina (CMT). A votação foi aprovada por unanimidade e o projeto de lei será sancionado pelo Prefeito Dr. Pessoa.

Atualmente, Teresina possui cinco unidades de conselhos tutelares em funcionamento em cada região. Os dois novos conselhos serão implantados nas zonas Leste e Sul.

De acordo com Allan Cavalcante, secretário da Semcaspi, a proposta é desafogar o atendimento nas unidades e também reformar as unidades que ainda estão necessitando até o final do ano.

“É uma iniciativa da Prefeitura de Teresina, por meio do Prefeito Dr. Pessoa, referendado aí pela Câmara. Quero parabenizar todos os 29 vereadores pela sensibilidade de ter aprovado este projeto de lei, encaminhado à Câmara. Parabenizar também todos os conselheiros tutelares. E especialmente, as crianças e os adolescentes que vão ser beneficiados com mais dois conselhos tutelares. São cinco conselhos hoje e em breve Teresina contará com o funcionamento pleno de sete conselhos”, pontuou.

André Santos, gerente de Direitos Humanos, explica que o projeto de lei atende uma das exigências do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda).

“É com certeza um fato histórico! Uma resolução do Conanda diz que a cada 100 mil habitantes, a cidade deve ser contemplada com um conselho. Nós já temos mais de 800 mil habitantes, então teríamos que ter oito unidades. Isto é uma luta antiga dos conselhos tutelares, que pediram a ampliação, que até então não tinha sido atendida. Foi com a preocupação e sensibilidade do Prefeito Dr. Pessoa, que esta necessidade tem saído do papel e tornado realidade. As novas unidades tendem a fortalecer a política de proteção à criança e ao adolescente, no sentido de ampliar os espaços e o número de atendimento”, ressaltou.

Foto: Euro Viveiros

Nova galeria no bairro Satélite deve ser entregue até 10 de junho

A Prefeitura de Teresina, através da Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas Leste  (SAAD Leste), está realizando a instalação de um novo sistema de drenagem na Rua Apolo IX, bairro Satélite. A recuperação da pavimentação asfáltica também será realizada, pois foi rompida devido às fortes chuvas.

A galeria será construída em 4,00m x 2,50m, quadruplicando o volume de água que passa no local. A Antiga galeria tinha 1,50m x 1,50m. A partir de quinta-feira (19), inicia o processo de recuperação da via. A obra tem investimento de R$ 140 mil e deve ser finalizada até o dia 10 de junho.

“Está faltando apenas alguns reajustes. Vamos fazer a ala do bueiro para poder proteger o aterro, e a partir de quinta-feira, será feita a recomposição da pavimentação”, disse José Alberto Lustosa, engenheiro da SAAD Leste.