Doutora em violências de gênero realiza consultoria sobre atendimento a mulheres em Teresina

Ascom/SMPM

A Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres (SMPM) recebeu, nesta terça (12) e quarta-feira (13), a especialista e doutora em violências de gênero, Wânia Pasinato, para mais uma consultoria com o objetivo de discutir sobre os indicadores e diagnósticos de serviços de atendimento à mulher em situação de violência na cidade de Teresina.

A consultoria, financiada pelo Programa Lagoas do Norte, tem como finalidade também fortalecer e aprimorar o serviço de atendimento às mulheres vítimas de violência, acompanhadas pelo Centro de Referência Esperança Garcia (CREG) e Serviços de Atendimento Integral à Mulher e suas Crianças: Amor de Tia.

A abordagem no atendimento à mulher em situação de violência, procedimentos necessários, estratégias com base em casos que tiveram a execução da consultoria, foram alguns dos assuntos colocados em pauta. “A proposta da consultoria é justamente consolidar o funcionamento desses serviços naquilo que eles têm de especialização no atendimento às mulheres, como aprimorar o acolhimento e organizar o melhor encaminhamento. Tem sido uma experiência bastante rica, de troca de conhecimento, de poder transformar o conhecimento teórico numa política pública mais efetiva”, destacou Wânia Pasinato.

Ascom/SMPM

Ressaltando a efetividade e sucesso dos projetos de atendimento e as políticas públicas existentes, a secretária municipal da SMPM, Macilane Gomes, trouxe como exemplo o Serviço de Atendimento Integral às Mulheres e suas Crianças: Amor de Tia. “Não existe em nenhum outro lugar um serviço que atenda a mulher e a criança. Nesse projeto, as crianças já são abordadas sob uma perspectiva de gênero, que tenta promover a alteração de um modelo de mentalidade de uma geração. Isso é importante porque é o que o torna inovador. Atendemos as mulheres, fortalecendo esse empoderamento, e as crianças, impactando no processo de educação”, contou.

A secretária municipal destacou também a importância em trazer o olhar de uma especialista para análise de todo o projeto de atendimento às mulheres. “Ela traz essa bagagem teórica, técnica, sobre a violência contra a mulher. Com essa visão macro, ela olha para os projetos que a gente vem desenvolvendo. A gente quer saber se eles realmente atendem aos princípios de emancipação da mulher”, finalizou Macilane Gomes.

Wânia Pasinato mora em São Paulo, tem pós-doutorado em Núcleos de Estudos de Gênero e já desenvolveu ações de combate ao feminicídio como coordenadora de Acesso à Justiça no escritório da ONU Mulheres no Brasil. Ela trabalha como Assessora Técnica da ONU Mulheres com foco no enfrentamento à violência e possui diversas publicações científicas sobre temas relacionados à violência de gênero.

Teresina avança em torneio mundial de cidades sustentáveis

Com 335 mil pontos acumulados, a capital piauiense conquistou o terceiro lugar no ranking geral da etapa de grupos do Torneio Cidades Sustentáveis. A disputa é realizada através do aplicativo MUV (Mobility Urban Values), que incentiva os participantes a utilizarem mais meios de transporte sustentáveis, como caminhada, pedalada, corrida ou transporte público para percursos na cidade.

Teresina é a única cidade da América Latina a participar da disputa. A boa classificação na etapa de grupos, na “divisão roxa”, garantiu sua participação nas oitavas de final. As adversárias foram cidades como Palermo (Itália), Milão (Itália), Oostende (Bélgica), Katowice (Polônia), Fundão (Portugal), Amsterdam (Holanda) e Munique (Alemanha). “Estamos bem classificados, ficando atrás apenas dos idealizadores do aplicativo, as cidades de Milão e Palermo, na Itália. Isso quer dizer que temos grandes chances de avançar para as finais. Por isso, contamos com a ajuda de todos os competidores para conquistar esse torneio”, comenta Aécio Ibiapina, coordenador do Aplicativo MUV em Teresina.

As participantes se enfrentam através da soma de pontos dos usuários do aplicativo, que são acumulados à medida em que eles utilizam algum dos modais sustentáveis de locomoção. Cada rodada contabiliza um ponto para a cidade vencedora. Ao fim da disputa, aquela que tiver obtido mais vitórias será consagrada a campeã.

O torneio encerra dia 8 de dezembro e está seguindo, no momento, para as oitavas de final. A primeira adversária de Teresina será Sosnowiec, na Polônia. Nesta fase, o confronto direto e as maiores pontuações irão garantir a permanência das cidades na disputa. Todas visam o desenvolvimento sustentável através da mudança no padrão de deslocamento dos seus habitantes.

O quadro de disputas nas oitavas de final será o seguinte: Milão (Itália) contra Sabac (Sérvia); Teresina (Brasil) contra Sosnowiec (Polónia); Katowice (Polônia) contra Gliwice (Polônia); Munique (Alemanha) contra Cagliari (Itália); Fundão (Portugal) contra Barcelona (Espanha); Oostende (Bélgica) contra Roma (Itália); Amsterdã (Holanda) contra Gent (Bélgica).

“A maior parte das cidades brasileiras e de outros países em desenvolvimento é muito favorável ao deslocamento através de veículos privados (o ‘carro de passeio’), o que aumenta substancialmente a emissão dos gases do efeito estufa. A estratégia do MUV é incentivar o uso de outros meios de transporte para reduzir essa emissão”, pondera Aécio Ibiapina, coordenador do Aplicativo MUV em Teresina.

Incentivo sustentável

O aplicativo MUV foi desenvolvido na Itália para os desafios de sustentabilidade da União Europeia. Ele avalia os valores da mobilidade urbana para levar as pessoas a adotarem padrões de deslocamento menos prejudiciais ao meio e coletivos nas cidades. Estimula práticas como utilizar mais a bicicleta, o transporte público e mais caminhadas. Os usuários também recebem alguns desafios para adotarem as medidas, acumulando pontos, que serão convertidos em prêmios e descontos com os parceiros comerciais. O aplicativo está disponível para download pelo sistema operacional IOS e Android, na Apple Store e Google Play, respectivamente.

UBS Poty Velho promove manhã de saúde com atividades de prevenção ao diabetes

Ascom/FMS

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) está promovendo ações em suas unidades, em alusão à Semana Mundial de Prevenção do Diabetes. Nesta quinta-feira (14), dia mundial de conscientização da doença, a Unidade Básica de Saúde (UBS) Poty Velho vai promover uma série de atividades educativas sobre o assunto, a partir das 8h30.

Participarão do evento não só os usuários acometidos por diabetes como também seus familiares, seguindo o tema da campanha mundial que é a presença da família no cuidado. “É importante que a família esteja presente, mudando seus hábitos para contribuir no tratamento”, comenta a enfermeira da UBS Poty Velho Nancy Loiola.

A programação conta com rodas de conversa sobre os temas relativos à doença, um estande de alimentação adequada, com orientações de nutricionista, atividade física, aplicação de insulina, entre outros. A atividade será precedida por um momento que acontece na tarde desta quarta-feira (13), com um mutirão de exames de pés diabéticos, para identificar os riscos de ferimentos e evitar amputações. “Contaremos com a presença da estomaterapeuta Verônica Elis, do Lineu Araújo, que vem nos ajudar a fazer o exame do doppler”, diz Nancy Loiola. “As pessoas que identificarmos com insuficiência circulatória serão encaminhadas para o cirurgião vascular”, completa a enfermeira.

Ações

Outras unidades do município também estão promovendo ações em alusão à semana do diabetes. Na terça-feira (12), a FMS, com apoio da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), da Sociedade Brasileira de Diabetes e da Associação dos Diabéticos do Piauí (ADIP), realizou uma manhã com promoção de saúde em alusão ao mês do Novembro Azul do Diabetes, na Ala A do Centro Integrado de Saúde Lineu Araújo (CISLA).

Foram realizadas avaliações de medidas corpóreas, glicemias capilares, cálculo de risco para desenvolver a Diabetes, avaliação dos pés de pacientes diabéticos, atendimento inicial aos pacientes diabéticos que estejam descompensados. Houve também um educador físico, que fez um momento de atividades físicas e orientação quanto à prática de exercícios. O objetivo principal foi chamar a atenção da população para prevenção e combate ao diabetes e suas complicações.

Empreende Bairro: Curso de Gestão Financeira promove planejamento financeiro saudável

Ascom/Semdec

Com foco em um planejamento financeiro saudável, o curso de Gestão Financeira, um dos mais importantes do Projeto Empreende Bairro, está levando para os participantes debates para melhorar o controle do dinheiro das micro e pequenas empresas. O minicurso é moderado pelo Sebrae no Piauí, parceiro da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), realizadora do projeto.

Tópicos como Projeção Orçamentária, Controle Mensal das Finanças, Taxações, além de um olhar analítico sobre o fluxo de caixa, são os pilares do curso que deve terminar na sexta-feira (15). As capacitações estão sendo realizadas no Instituto Educacional São José, bairro Mocambinho, zona norte de Teresina.

De acordo com o professor e consultor do Sebrae no Piauí, Paulo Medeiros, a grande dificuldade no segmento das finanças, apresentada pelos empreendedores que participam do projeto, é separar o caixa pessoal do da empresa. “De uma maneira geral, isso é sintomático. Eles ainda não são empresários profissionais de grande recurso para ter um equilíbrio financeiro. Na verdade, aqui há uma mistura muito grande entre pessoa física, pessoa família, com a despesa do seu negócio, com a despesa da empresa. Essa grande mistura é muito difícil de ser cortada. A proposta é justamente fornecer elementos para que eles consigam fazer essa separação”, explica o professor.

O curso, ainda de acordo com o professor, tem diretrizes nacionais estabelecidas pelo Sebrae, mas tenta fazer uma adaptação à realidade desse grupo apresentado no Empreende Bairro. “O Sebrae, a nível nacional, distribui essa metodologia, ou seja, de norte a sul do país tem exatamente essa prática. Porém, o público que estou vendo aqui é um grupo de pessoas cujo empreendimento está começando agora. São empreendedores de pequeno nível, quase artesões e merecem um cuidado, alertas, muito mais forte que o conceito seco da metodologia . A relação tem que ser mais humana, mais próxima da vida deles, da realidade deles”, destaca.

Outra questão importante, apontada em sala de aula, é saber dar valor ao produto próprio, por meio de organização e precificação, por exemplo. Esse é um dos principais aprendizados absorvidos por Socorro Costa, dona de atelier, onde trabalha com costuras variadas em roupa para dormir.

“Uma das coisas que melhor posso aproveitar do que vimos até agora, é a questão da organização dos valores como venda. Saber calcular melhor e precificar meus produtos. Acho que muita gente não sabe fazer isso”, aponta.

O Projeto Empreende Bairro é uma realização da Semdec, em parceria com a Rede Clube, o Sebrae no Piauí e o CRA-PI. A previsão é que, após o término dos minicursos, no fim do mês de novembro, seja realizada uma feira na Praça da Telemar. A ‘Feira Empreende’ tem como objetivo unir todos os empreendedores do bairro para expor seus produtos e serviços, misturando a ação com apresentações culturais.

Teresina recebe doses de vacina contra o sarampo para bebês de seis a nove meses

Ascom/FMS

Teresina recebeu novas doses da vacina contra o sarampo produzida pelo laboratório da Fiocruz, que podem ser administradas em bebês de seis a nove meses de idade. A Fundação Municipal de Saúde (FMS) está concluindo o abastecimento e a partir de amanhã (13) todas as salas de vacina da capital terão doses disponíveis.

A diretora de Vigilância em Saúde da FMS, Amariles Borba, alerta os pais de bebês nesta faixa etária para que garantam sua dose. “Vacinando seu filho você está garantindo proteção contra essa doença, que é grave especialmente em menores de um ano, onde o número de óbitos tem sido maior”, diz.

A diretora chama atenção para pesquisas recentes que apontam que a não vacinação pode deixar a criança vulnerável não apenas ao sarampo como a várias outras doenças de longo prazo. Segundo estudos feitos pelo Instituto Médico Howard Hughes, da Escola de Medicina de Harvard e outras instituições dos Estados Unidos, da Holanda e Finlândia com crianças não vacinadas que adquiriram sarampo, o vírus dizimou de 11% a 73% do repertório de anticorpos dessas crianças dois meses depois da infecção.

“Ocorre o que os cientistas chamam de ‘amnésia imune’, em que o vírus ‘apaga’ a memória imunológica que o corpo tinha contra doenças com que elas já tinham entrado em contato anteriormente”, esclarece Amariles Borba.

Além disso, o Piauí está investigando seu primeiro caso autóctone de sarampo, em uma criança de nove meses do município de Lagoa do Sítio, uma das primeiras regiões a notificar casos importados da doença. “Este é um sinal de que o vírus anda e se propaga, então pedimos mais uma vez que não deixem de vacinar”, finaliza a diretora Amariles Borba.

Atividade de leitura fora da sala de aula diverte crianças de CMEI

Ascom/Semec

Ler com diversão é a ideia do Centro Municipal de Educação Infantil Francisco de Assis, para estimular as habilidades de leitura e escrita com as crianças. Nesse sentido, a escola, localizada no bairro Mocambinho, realizou o Piquenique da Leitura, levando a atividade para fora da sala de aula.

Organizados em rodas de leitura, os alunos se espalharam pelo pátio e também no jardim, lendo obras infantis escolhidas especialmente para o momento. A ação é parte do Projeto Universo Encantado da Leitura, que traz estratégias para ampliar a aproximação das crianças com os livros.

“Até a organização do espaço contribui para a leitura ser algo prazeroso”, explica a diretora Josélia Cristina. Ela conta que todas as estratégias são pensadas para esse objetivo. “Utilizamos material de apoio confeccionado na própria escola, estimulamos as apresentações teatrais e a socialização das narrativas, tudo para um momento divertido de aprendizagem”, completou.

Essa foi a primeira etapa das conclusões do projeto este ano, que ainda propõe a construção de livros artesanais produzidos pelas crianças. A exposição do material será no mês de dezembro.

Rede de Ensino de Teresina celebra avanços em Ciências e se destaca no cenário nacional

Ascom/Semec

O Ensino Público de Teresina está em festa, é que os resultados exitosos em ensino na área das Ciências (Química, Física, Ciências e Astronomia) são animadores e representam o momento pelo qual passa a Rede, do ponto de vista de reestruturação do currículo. Esse campo de estudos vem passando por reformulações em todo o país, resultando em novas práticas e novas maneiras de ensinar e aprender Ciências.

Nos últimos anos, Teresina apostou num modelo de formação que coloca o aluno na dianteira do processo de ensino-aprendizagem. Para isso, lança mão de metodologias ativas, investe em formas atrativas que fazem com que os conteúdos das Ciências possam ser tratados de uma maneira significativa, sempre relacionando teoria e prática com vistas a obter sempre os melhores resultados nesse campo de estudos.

O projeto Cidade Olímpica Educacional tem papel importante nessa nova forma de trabalho com o componente curricular de Ciências, na medida em que funciona como um laboratório de práticas e metodologias, que podem ser testadas e ampliadas por toda a Rede.

“Eu nem sabia da existência da Olimpíada de Química, de repente pude ser medalhista em Química, Ciências e até Astronomia, acho que tudo por causa da maneira acessível que os professores têm de ensinar no Cidade Olímpica”, diz Evelyn Vitória, aluna do programa Cidade Olímpica Educacional.

O resultado desse investimento em formação tem sido a conquista de inúmeras medalhas em olimpíadas de conhecimento e uma rede inteira de alunos e professores motivados.

“A formação trouxe um ânimo para os professores de Ciências. Ela é voltada para a prática de metodologias e estratégias que buscam tornar as aulas mais dinâmicas, significativas e prazerosas, e isso certamente reflete no aprendizado dos alunos que se sentem atraídos pelas Ciências de maneira geral, despertando neles a vontade de descobrir muitas coisas que fazem parte da própria vivência deles. Aguçar a curiosidade e o espírito investigativo desses alunos é a chave para o sucesso das aulas de Ciências. E as conquistas virão com certeza”, destaca Valnete Rodrigues, formadora de ciências da Rede Municipal de Teresina.

Os efeitos positivos do ensino aprofundado das ciências nas escolas e no Cidade Olímpica Educacional é apreciado por quem aprende e motivo de muito orgulho para os que ensinam.

“Procuro sempre atuar aliando teoria e prática de modo a produzir uma aprendizagem significativa, com o objetivo de desenvolver as habilidades necessárias para que os alunos participem de olimpíadas e certames em geral, voltados para a área de Química. Quanto aos resultados alcançados, posso dizer que nos trazem muita alegria, por mostrarem que estamos no caminho certo”, pontua Fábio Junior, professor de Química do Cidade Olímpica Educacional.

Semdec apresenta as potencialidades de Teresina em feira internacional no RS

Ascom/Semdec

Levando cajuína, castanhas e o tradicional doce de caju, a Prefeitura de Teresina, por meio da equipe técnica da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), representou a capital do Piauí na 31ª Feira Internacional de Turismo de Gramado (Festuris), que aconteceu no Serra Park, em Gramado (RS). O evento, que reúne os principais atores do setor de Turismo da América do Sul, terminou na tarde do último domingo (10).

A Semdec, que foi representada pelo coordenador especial de Turismo, Eneas Barros, e pela técnica Maria José Sepúlveda, também expos peças promocionais sobre a capital do Piauí. Para essa edição, a Secretaria fez parceria com o SEBRAE no Piauí e com a Secretaria de Estado do Turismo (Setur), para montar Stand próprio no local.

Durante a programação, houve um momento de capacitação dedicado ao Piauí, quando foram apresentados os programas Teresina Vai Encantar Você, Trilha das Emoções e Rota das Emoções. O espaço foi todo direcionado para investidores. O objetivo era mostrar não só o potencial para turismo de negócios e eventos, mas também o turismo de lazer, contemplando várias cidades do Piauí, inclusive o Delta do Rio Parnaíba e a Serra da Capivara.

Ascom/Semdec

A Feira, que teve início na sexta-feira (7), contabilizou cerca de 2.700 marcas expostas e mais de 16 mil inscrições. A internacionalização é uma das características do evento. Ao longo de suas três décadas, o Festuris se consolidou como a melhor feira de negócios turísticos e viagens da América do Sul.

De acordo com o Eneas Barros, a Semdec tem procurado manter a participação em eventos similares, cuja importância é inserir Teresina em uma rota turística. “Esse é um dos maiores eventos do setor de Turismo no país, e nesta edição conseguimos levar empresários hoteleiros, agentes de viagens e sites profissionais. Eles tiveram a oportunidade de interagir e fechar negócios com grandes operadoras, mostrando as belezas, as potencialidades para negócios e lazer que Teresina tem e que o Piauí pode oferecer. O setor de Turismo começa a ser explorado profissionalmente, e esse é o maior trunfo de nosso secretário Venâncio Cardoso”, explica.

Também estiveram presentes no evento autoridades como a secretária da Setur, Carina Câmara, e a gerente do Sebrae no Piauí, Alreni Lima, além dos empresários Dirk Zobiak (Grupo Arrey de Hoteis), Nícolas Barbosa (Rota do Carcará) e Márcio Barbosa (TDF Turismo). A participação da SEMDEC na 31ª Feira Internacional de Turismo de Gramado foi autorizada pelo Conselho Municipal de Turismo (Comtur), com recursos do Fundo Municipal de Turismo (Fumtur).

Strans implanta projeto Esquina Segura no bairro Parque Ideal nesta terça-feira (12)

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) implantará nesta terça-feira (12) o projeto Esquina Segura no cruzamento das ruas Ferdinand Freitas e João Carneiro, bairro Parque Ideal, zona sudeste de Teresina. A ação, que iniciou em outubro deste ano, já contemplou 14 cruzamentos da capital.

A iniciativa tem o objetivo de reduzir as colisões em cruzamentos, permitindo uma melhor visualização aos condutores e pedestres, através do reforço na sinalização. No Parque Ideal, as vias contempladas receberão pinturas de parada obrigatória no asfalto, linhas de divisão de fluxo e placas.

A engenheira da Strans, Ananda Patrícia, explica que essa será a primeira etapa do plano de sinalização na zona Sudeste, que vem sendo contemplada com serviços de asfaltamento pela Prefeitura de Teresina. “Além do Parque Ideal, os bairros que vêm recebendo pavimentação asfáltica nas regiões Sul e Sudeste terão novas sinalizações no início do mês de dezembro. Com essas ações esperamos reduzir colisões nesses cruzamentos e tornar Teresina uma cidade mais segura no trânsito”, pontua Ananda.

Além do projeto Esquina Segura, alguns bairros que estão sendo asfaltados nas zonas Sul e Sudeste receberão reforços de sinalização viária pela Strans, são eles: Dirceu I, Parque Ideal, Morada Nova e Renascença.

Ruas sinalizadas pelo projeto Esquina Segura:

Rua Senador Candido Ferraz x Rua Prof. Joca Vieira

Av. Rio Poti x Rua Gov. Joca Pires

Rua 13 de Maio x Rua Valdivino Tito

Rua Quintino Bocaiuva x Rua Paissandu

Rua 24 de Janeiro x Rua São Pedro

Rua Prof Madeira x Rua Lindolfo Monteiro

Rua Hugo Napoleão x Rua Anfrísio Lobão

Rua Iolanda Raulino x Rua Martinho de Sena Rosa

Rua Manoel da Paz x Rua Pedro Freitas

Rua Barroso x Rua Valdivino Tito

Rua Almirante Tamandaré x Rua Piauí

Rua Irapuã Rocha x Rua Anfrísio Lobão

Rua Lisandro Nogueira x Rui Barbosa

Rua General Lages x Av. Coronel Costa Araújo