SAMU tem nova ambulância avançada para transferir pacientes com Covid-19

Ascom/FMS

A Prefeitura de Teresina incorporou à frota do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) mais uma ambulância de suporte avançado específica para atender pessoas com quadro grave da Covid-19 e que necessitam ser transferidas de um hospital para outro. Agora, o órgão passa a contar com 4 ambulâncias avançadas, 9 básicas e 4 motolâncias.

O novo veículo tem todos os equipamentos de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e irá agilizar as ocorrências. Recentemente, foi também acrescentada uma ambulância de suporte básico exclusiva para atendimento da Covid-19.

“Com essa frota ampliada, temos mais veículos à disposição da população em meio à pandemia do Coronavírus. Percebemos que o volume de chamados tem aumentado significativamente e a Fundação Municipal de Saúde (FMS) não tem medido esforços para qualificar o serviço pré-hospitalar”, explica a diretora do SAMU, Francina Amorim.

Todo o restante da frota pode atender casos decorrentes de Covid-19 ou outras urgências. “Esses veículos estão aptos a fazerem atendimento em via pública ou em domicílios e somente as viaturas avançadas também realizam transferência de pacientes graves entre os hospitais, quando há necessidade”, ressalta o diretor médico do SAMU, José Ivaldo.

O SAMU é um programa do Governo Federal, administrado pela FMS de Teresina e que presta socorro em casos de urgências clínicas, obstétricas, psiquiátricas e traumáticas. Para usufruir do serviço, é necessário ligar para o 192. O médico-regulador analisa o caso informado e classifica se é necessário o envio de ambulância básica ou avançada até o local; ou, ainda, se apenas presta orientações ao solicitante.