Relatório destaca que acidentes de motos representam 85% dos atendimentos do HUT

Os acidentes no trânsito matam cerca de 1,25 milhão de pessoas por ano no mundo todo segundo a Organização das Nações Unidas (ONU). Em Teresina, dados do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) revelam que, este ano, de janeiro a setembro, 6.280 pessoas foram atendidas na Unidade de Saúde vítimas de acidente de trânsito e, desse total, 5.549 sofreram acidentes de motocicleta.

De acordo com diretor do HUT, Rodrigo Martins, os números revelam a violência que é praticada no trânsito. “As estatísticas nos mostram o quanto é alto o número de acidentes de trânsito na nossa capital. De janeiro a setembro deste ano, 5.449 pessoas deram entrada no HUT em consequência de acidentes com motocicleta. Tivemos também 220 pessoas atendidas por acidentes com carro e 446 atropelamentos, o que nos mostra a necessidade de atitudes mais preventivas no trânsito pelos cidadãos”, afirma.

O diretor informa ainda que, de janeiro a agosto deste ano, foram registrados 5.077 atendimentos de acidentes por motocicleta no HUT, sendo 4.772 de pessoas do Piauí, 293 do Maranhão e 12 de outros estados. “Só de Teresina, atendemos 3.486 pessoas acidentadas de moto. Desse total de atendimentos realizados no HUT nesse período em decorrência dos acidentes com motos, tivemos 2.158 internações, 1.780 procedimentos cirúrgicos e 378 procedimentos clínicos. Temos certeza que a maior parte desses acidentes poderia ser evitada ou ter sua gravidade reduzida se as pessoas tivessem atitudes mais responsáveis e preventivas no trânsito”, ressaltou.

O relatório do HUT revela também que, no período de janeiro a agosto, foram 3.963 homens vitimados por acidentes de motocicleta e 1.114 mulheres. Quanto à faixa etária, nesse mesmo período, foram 100 casos de acidentes de moto com crianças de 0 a 10 anos, 754 entre adolescentes e jovens de 11 a 20 anos; 2.898 casos com pessoas entre 21 a 40 anos; 1.125 acidentes com adultos entre 41 a 60 anos; 199 casos envolvendo idosos entre 61 e 80 anos. “Precisamos estar cada vez mais atentos aos perigos no trânsito, bem como aos outros riscos à saúde do cidadão”, destacou Rodrigo Martins.

EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO

Para chamar atenção do elevado número de acidentes de trânsito, foi instituído o Dia Nacional do Trânsito, lembrado nesta sexta-feira, 25 de setembro, e que, neste ano, tem como tema “Perceba o risco, proteja a vida”. A ideia é ressaltar a necessidade de preservar vidas, por meio de ações de conscientização voltadas para educação, engenharia e fiscalização de trânsito, seguindo as recomendações contidas no Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito (PNATRANS), uma vez que os acidentes no trânsito constituem uma das maiores causas de mortes no mundo.

Para Samyra Motta, gerente de Educação no Trânsito da Strans, as ações educativas são essenciais para despertar a reflexão e o comportamento mais defensivo no trânsito. “A maioria dos acidentes é causada por falhas humanas, seja por excesso de velocidade, uso do celular, estar sob efeito de bebidas alcoólicas enquanto dirige, ou falta de uso do cinto de segurança e capacete. Portanto, a junção de ações educativas com trabalhos de fiscalização e sinalização viária são indispensáveis para garantir a segurança de condutores e pedestres, e é esse trabalho que a Strans vem realizando na nossa capital”, destaca a gerente.

Avenida Maranhão tem nova sinalização horizontal

Visualização da imagem

A Avenida Maranhão está recebendo nova sinalização horizontal com serviços de pintura nas linhas divisórias de fluxo, faixa exclusiva de ônibus, setas e rotatórias. Os trabalhos foram iniciados na noite de segunda-feira (14) e estão sendo executados pelas equipes da Diretoria de Trânsito e Sistema Viário da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans).

Uma das prioridades da revitalização é a pintura asfáltica próxima aos abrigos de passageiros, em que serão delimitados os locais específicos onde os ônibus devem parar no momento de embarque e desembarque.

O engenheiro da Strans, Cássio Adler, explica que, após vistorias, foi constatada a necessidade de renovação da sinalização horizontal da via. “A Avenida Maranhão foi escolhida neste momento por ser uma importante ligação da cidade que passa pela zona Norte, Centro e zona Sul. Diariamente, muitos condutores passam pela área e é importante que a sinalização esteja visível e garanta a segurança de quem transita pelo local”, completa o engenheiro.

Os serviços estão sendo realizados no turno da noite e devem durar até a próxima quarta-feira (16), para evitar transtornos aos condutores que transitam pela avenida durante o dia.

Teresina registra redução de 19% nas mortes de trânsito no último trimestre do ano passado

Teresina teve uma redução de 19% na quantidade de mortos no trânsito, no 4º trimestre de 2019, em relação ao mesmo período de 2018. Os dados são do relatório do Programa Vida no Trânsito (PVT), que mostram ainda que houve uma redução de 6,7% no número de acidentes envolvendo ciclistas, não sendo registrada nenhuma morte no período, além de uma redução de 50% em acidentes de automóveis com vítimas fatais.

Considerando o grupo de vítimas motociclistas, foi registrado aumento tanto para as vítimas fatais (4%), quanto para os feridos graves (3,2%). Entre as vítimas fatais e graves, o maior percentual é do sexo masculino, 76,5% e 81,2%, respectivamente. No grupo dos fatais e acidentes graves, as faixas etárias com maiores percentuais foram de 26 a 35 anos, com 35,3% e 24,6% respectivamente; seguidos das faixas etárias de 18 a 25 anos, com 20,6% dos fatais e 24% dos graves, e de 46 a 59 anos, com 20,6% dos fatais e 16,9% graves.

A gerente de Educação no Trânsito da Strans, Samyra Motta, informa que pedestres idosos são os mais vulneráveis e estão muito expostos a possíveis acidentes. “Existem várias dificuldades nessa fase da vida com os problemas de visão, a dificuldade de caminhar, todas as comorbidades adquiridas com a idade e os que andam desacompanhados estão mais suscetíveis à ocorrência de acidentes”, cita.

Quanto aos dias da semana, o relatório aponta que a maior parte dos acidentes do 4º trimestre de 2019, com vítimas fatais, ocorreram aos domingos (23,6%), sábados (17,6%) e sextas e segundas-feiras (14,7%). Os turnos com maiores incidências desse tipo de acidentes foram as noites dos domingos (11,8%), noites de segunda-feira e sábados (8,8%). Os acidentes graves foram aos domingos (23%), sábados (17,3%) e às terças-feiras (13,8%). Os turnos com maior incidência de acidentes graves foram as noites dos sábados (7%), tardes de domingo (6,8%) e noites de domingo (6,6%).

Os dados do relatório do PVT possibilitam analisar a eficácia das ações desenvolvidas pelo poder público com o objetivo de reduzir o número de óbitos e feridos graves de acidentes de trânsitos ocorridos em Teresina.

Strans estuda intervir nas empresas de ônibus que descumprirem ordens de serviço

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) está estudando a possibilidade de intervir nas empresas de ônibus que não estão cumprindo as ordens de serviço que garantem o aumento das viagens em até 40% nos horários de pico. Na semana passada, o prefeito Firmino Filho assinou o Decreto 20.027 determinando que os ônibus só podem circular com o quantitativo de passageiros sentados, medida adotada para evitar aglomerações e reduzir o risco de disseminação do novo coronavírus.

“Desde a última segunda-feira (24), as empresas já deveriam estar operando de acordo com aumento de viagens determinado pela Strans. Quem descumpre essas determinações está sujeito às sanções legais previstas em contrato. Se essas irregularidades permanecerem, vamos estudar medidas legais para intervir diretamente nessas operadoras”, informa o superintendente da Strans, Weldon Bandeira.

O gerente de planejamento da Strans, Denilson Guerra, destaca que, até o momento, as principais denúncias recebidas são de usuários das linhas da zona Sudeste.  “Já recebemos denúncias nas linhas Jardim Europa e São Paulo. Continuaremos monitorando o cumprimento das ordens de serviço e priorizando a segurança desses passageiros”, diz.

O novo decreto 20.027, publicado pela Prefeitura, determina que os ônibus só podem circular com passageiros sentados, para evitar aglomerações e riscos de contágio da Covid-19. O controle da lotação em cada viagem está sendo feito por motoristas e cobradores e pelos fiscais de transporte da Strans com o apoio da Guarda Civil Municipal.

Avenida Duque de Caxias recebe nova sinalização horizontal

A Avenida Duque de Caxias, importante via da zona Norte da capital, está recebendo nova sinalização horizontal, com revitalização de faixas de pedestres e instalação de linhas divisórias de fluxo. Os serviços são executados pelas equipes da Diretoria de Trânsito e Sistema Viário da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans).

As novas faixas de pedestres estão sendo executadas nos cruzamentos com semáforos e a instalação das novas linhas divisórias de fluxo foram instaladas em toda a extensão da via.

O engenheiro da Strans, Cássio Adler, reforça que a sinalização horizontal é fundamental para que haja o fluxo seguro de pessoas e veículos. “A função desse tipo de sinalização é organizar e orientar o trânsito de veículos e pedestres. A Duque de Caxias é uma importante conexão entre o centro e bairros da região Norte que necessita cuidados e manutenções como essa, afinal muitos teresinenses fazem uso da avenida diariamente”, explicou.

Os serviços são realizados no turno da noite e devem durar até esta quarta-feira (26), para evitar transtornos aos condutores que transitam pela avenida durante o dia.

Avenida Campos Sales receberá nova sinalização horizontal

A Avenida Campos Sales receberá nova sinalização horizontal a partir desta quarta-feira (12), com serviços de pintura nas linhas divisórias de fluxo e delimitações para permissões de estacionamentos e paradas. Os trabalhos serão executados pelas equipes da Diretoria de Trânsito e Sistema Viário da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans).

A via recebeu serviços recentes de recapeamento pela Prefeitura Municipal de Teresina. Nesta nova etapa de revitalização da avenida, serão instaladas marcas de canalização, que coibirão estacionamentos irregulares à menos de 5 metros das esquinas; linhas divisórias de fluxos; e pinturas asfálticas próximas aos abrigos de passageiros, em que serão delimitados os locais específicos onde os ônibus devem parar no momento de embarque e desembarque.

O engenheiro da Strans, Cássio Adler, explica que a sinalização horizontal a ser executada na avenida será um importante mecanismo para evitar colisões no trecho. “A Campos Sales é uma das vias mais importantes do Centro da capital, diariamente muitos teresinenses passam por ela. Por ser uma via bastante movimentada, os cuidados devem ser redobrados. O primeiro passo é coibir esses estacionamentos irregulares próximos às esquinas, que prejudicam a visibilidade de muitos condutores”, alerta.

Os serviços serão realizados no turno noite e devem durar até a próxima sexta-feira (14), para evitar transtornos aos condutores que transitam pela avenida durante o dia. 

Ônibus voltam a circular nesta terça-feira (11) com 100% da ordem de serviço para o período de pandemia

Os ônibus da capital voltam a circular nesta terça-feira (11) com 100% da frota da ordem de serviço prevista para o período de pandemia, em torno de 120 veículos. O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviários (Sintetro) comunicou oficialmente a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) sobre a retomada das atividades dos operadores na manhã desta segunda-feira (10).

Com a volta da circulação dos ônibus, a Strans fará o monitoramento diário da demanda de usuários por meio do sistema de bilhetagem eletrônica, realizando a adequação gradual de veículos à quantidade de passageiros por viagem. “Recebemos com muita satisfação nesta manhã o ofício do Sintetro, e estamos otimistas para a retomada dos serviços dos motoristas e cobradores. Acompanharemos, todos os dias, a demanda de passageiros para irmos adequando a frota, conforme houver necessidade. Queremos garantir que não existam aglomerações”, pontuou o superintendente da Strans, Weldon Bandeira.

Neste primeiro momento, não haverá a reabertura dos terminais, permanecendo o formato radial de atendimento que está em atuação, com percursos do bairro para o Centro. Também não será mais necessária a circulação dos veículos cadastrados, que vinham atendendo aos usuários durante a paralisação.

Medidas de segurança

A Prefeitura permanecerá realizando a higienização dos veículos ao final de cada viagem nas paradas finais dos bairros. Já no final de cada turno, durante a noite, o Setut é responsável pela sanitização dos ônibus nas garagens. Além disso, a Strans também determinou que todos os ônibus devem circular com as janelas abertas, inclusive os que têm ar condicionado.

Também é verificada a temperatura dos profissionais, bem como disponibilizado álcool em gel e ainda é exigido o uso da máscara facial. A Strans recomenda também que, para uso do transporte público, seja feita fila mantendo o distanciamento para evitar qualquer tipo de aglomeração e forma de contágio pela Covid-19.

Nas estações de embarque e desembarque de passageiros e nas paradas de ônibus, as ações de sanitização são feitas pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh). Essa sanitização é feita com a pulverização de solução de água com hipoclorito de sódio, por meio de bombas costais e caminhões pipas e fumaceiros.

Avenidas de Teresina recebem reforços na sinalização vertical

Ascom/Strans

As principais avenidas de Teresina estão recebendo reforços de sinalização vertical em seus cruzamentos. As placas de Vire à Direita estão sendo instaladas pela Diretoria de Trânsito e Sistema Viário da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) nas vias perpendiculares às avenidas que possuem canteiro central .

A placa Vire à Direita será implantada para avisar aos condutores que obrigatoriamente eles devem dobrar nesse sentido e não podem fazer conversões à esquerda.

O engenheiro da Strans, Cássio Adler, explica que as instalações estão sendo executadas após estudos das equipes de sinalização, que constataram a necessidade de reforços nesses trechos. “Fizemos um estudo para detectar quais pontos tinham mais necessidades de reforços de sinalização. Com esse trabalho visamos intensificar a atenção dos condutores e evitar acidentes”, enfatiza.

As vias que já tiveram instalações concluídas em seus cruzamentos foram Alameda Parnaíba, Jóquei Clube, Dom Severino, Nossa Senhora de Fátima, Gil Martins, Barão de Gurgueia, Pedro Freitas, Elias João Tajra, Presidente Kennedy, e Doutor Luís Pires Chaves.

Centro de Teresina continua interditado com retorno do funcionamento de estabelecimentos


A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) informa que as ruas do centro de Teresina continuam interditadas, mesmo com a autorização de funcionamento de alguns estabelecimentos comerciais, a partir desta segunda-feira (27).

Quanto ao serviço de carga e descarga permanecerá com as mesmas condições anteriores à interdição, sendo proibido o acesso de veículo acima de 5 toneladas. Esses só podem realizar carga e descarga entre 18h e 6h da manhã.

O gerente de operações de Trânsito da Strans, Denis Lima, explica que as ações de fiscalização permanecem com a presença dos agentes de segunda-feira a sábado, das 6h às 18h, no perímetro das ruas Desembargador Freitas, Paissandu, David Caldas e Avenida Maranhão. O Decreto nº 19.908 pretende diminuir as aglomerações e contaminação da Covid-19.

“Os agentes estarão a postos para garantir a circularão somente dos veículos permitidos pelo Decreto Municipal e conforme já estamos realizando há duas semanas. Quanto aos demais veículos, eles poderão optar pelas vias paralelas ou próximas aos locais interditados”, explica. Ele ressalta ainda que o resultado da interdição tem sido satisfatório com redução de 90% no tráfego de veículo na área central da cidade.

A primeira etapa da Fase 2 está marcada para iniciar no dia 27 de julho, quando estarão autorizados a funcionar o comércio atacadista e varejista de itens não essenciais, como eletrodomésticos, além de pet shop, agências de viagens, serviços administrativos, de edifícios, missas, serviços religiosos e espaços abertos de parques, reservas naturais e zoológico. Atividades físicas em espaços abertos também serão permitidas.

Serviço de ouvidoria da Strans segue disponível durante a pandemia da Covid-19

O serviço de ouvidoria da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) segue disponível durante a pandemia da Covid-19, pelo número 99460 2486, de segunda a sexta-feira, no horário das 8h às 18h. Esclarecimentos relacionados à área administrativa são realizados pelo telefone e os atendimentos encaminhados aos setores responsáveis. Os serviços de solicitação de atendimento sobre trânsito continuam pelos fones 118 e 3122 7617, das 6h às 23h.

O superintendente da Strans, Weldon Bandeira, enfatiza que esse novo canal está disponível desde maio, e é voltado para quem deseja atendimentos e orientações mais ágeis, visto que os serviços presenciais não estão sendo realizados. “Neste canal, é possível esclarecer questões administrativas, tirar dúvidas sobre procedimentos de infrações ou até mesmo informar alguma situação atípica sobre linhas ou frotas de ônibus. Assim, tudo pode ser repassado às gerências responsáveis de forma rápida”, explica.

A Strans informa que o antigo serviço de ouvidoria voltará a atender os cidadãos tão logo o horário de funcionamento da sede do órgão seja normalizado ao final da pandemia da Covid-19. A população também pode optar pelo Colab, que é uma plataforma disponível para esclarecimentos ou denúncias, em que os teresinenses podem inserir imagens e descrever a demanda desejada.