Avenidas da zona Norte recebem serviços de capina

Ascom/SDU CN

Após os mutirões de limpeza dos cemitérios para o Dia das Mães, as equipes de capina da Gerência de Serviços Urbanos da Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU) Centro Norte estão se concentrando em avenidas da zona norte da capital nesta segunda-feira (13).

As avenidas que estão recebendo os serviços de capina são Miguel Rosa, na altura do bairro Matinha, Marechal Castelo Branco, no bairro Primavera, e Ministro Sérgio Mota, no bairro Santa Maria da Codipi.

“Após o mutirão para o Dia das Mães, as equipes estão se realocando para outras áreas. Passaremos primeiro por essas avenidas para depois nos concentrarmos nas demais avenidas principais”, diz o gerente de Serviços Urbanos da SDU Centro Norte, Renato Lopes.

Outros pontos também estão recebendo serviços hoje, como as ruas Tibério Nunes, Mato Grosso e Goiás, no bairro Ilhotas, que contam com equipes de capina. O Parque da Cidadania, que está recebendo serviços de poda, e o centro da capital, que está com equipes de varrição.

Praça da Bandeira receberá projeto-piloto de arquitetura

Renato Bezerra

 

A Praça Marechal Deodoro da Fonseca, mais conhecida como Praça da Bandeira, será renovada através de projeto de arquitetura e urbanismo. O local será contemplado com projeto-piloto a ser executado por meio de um termo de cooperação técnica firmado entre a Prefeitura de Teresina e o Departamento do curso de Arquitetura da Universidade Federal do Piauí (UFPI).

Em reunião na tarde desta quinta-feira (25), na sede da vice prefeitura, o prefeito Firmino Filho recebeu os representantes da UFPI para apresentação de detalhes sobre a parceria, que propõe a elaboração e execução de projetos arquitetônicos em todas as zonas da cidade.

“Essa pactuação é fundamental, porque Teresina possui uma demanda muito grande de qualificação dos espaços urbanos. Todos os novos arquitetos poderão aprender praticando, mostrando suas versões da cidade, e melhorando áreas de grande importância para os teresinenses”, afirmou o prefeito Firmino Filho.

O projeto-piloto será concretizado com base em pesquisa realizada pela professora Nadja Rocha, que adotou a Praça da Bandeira como objeto de estudo na sua dissertação de mestrado. “Ouve muita pesquisa, simulação computacionais, pesquisas feitas a nível de usuário da Praça, e eu sempre quis que todo esse material produzisse algo maior que uma dissertação, que tomasse forma. Este projeto é um ponto de partida, dele sairão outros que conseguiremos dar maior visibilidade”, destacou.

A ideia inicial da parceria é que a Prefeitura apresente as solicitações de projetos variados que beneficiem a cidade e que a UFPI, através do laboratório escola do curso de Arquitetura, aponte as soluções por meio de estudos e pesquisas dos alunos e docentes.

“A união entre as instituições possibilita a inserção dos alunos neste processo. Eles aprenderão sobre projetos de Arquitetura e Urbanismo e colocarão em prática todo conhecimento adquirido em sala de aula no estágio no escritório escola”, acrescentou a professora Nadja Rocha.

Rômulo Marques, ex aluno da UFPI e arquiteto da SDU Centro Norte, comenta que a universidade tem uma produção gigante de projetos que podem sair do papel. “Nosso objetivo é unir as duas demandas. Será um casamento de uma instituição que tem a necessidade, com outra que tem uma mão de obra e uma equipe para realizar”, disse.