Teresina Transforma atinge 500 voluntários e quer atrair mais instituições

Ascom/Semcaspi

O Teresina Transforma, plataforma online de divulgação de vagas de voluntariado, realizou nesta segunda-feira (20) mais um encontro de orientação junto às Organizações Não Governamentais (ONGs) da capital. Com 500 voluntários cadastrados para prestar serviços, o objetivo da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) é atrair mais instituições para o projeto.

“Sabemos do volume de entidades que precisam de ajuda. Queremos que, a partir dos que já estão engajados, consigamos trazer novas ONGs”, afirmou o secretário da Semcaspi, Samuel Silveira, chamando atenção para o fato de que a plataforma tem justamente a missão de unir quem precisa de ajuda a quem pode ajudar.

Durante a reunião, mediada pela Coordenadora de Políticas Integradas da Semcaspi, Débora Ferraz, e pelo secretário Samuel Silveira, foi reforçada a importância de que mais entidades realizem o cadastro, em virtude da grande procura por parte da população teresinense. Débora destacou que, para que o Transforma chegue ao seu potencial extremo, é necessário não apenas o cadastramento por parte das organizações, mas também a movimentação e atualização constante e detalhada de informações para o público. “Deve-se colocar as necessidades, inserir as ações e mobilizar vagas. A população vem entrando em contato pedindo uma maior disponibilidade”, afirmou

O Teresina Transforma faz parte de um movimento nacional chamado Transforma Brasil, que tem uma experiência exitosa na cidade de Recife, onde em cerca de quatro anos a plataforma digital da capital pernambucana cadastrou mais se 180 mil pessoas e acumulou mais de um milhão de horas de trabalho voluntário.

Entre as causas ofertadas pelo Transforma, estão as contempladas por categorias como: “Ações Emergenciais”, “Combate à Pobreza”, “Igualdade de Gênero”, “Proteção Animal”, “Refugiados” e “Saúde”. A plataforma local está no endereço eletrônico teresinatransforma.pmt.pi.gov.br. A população também pode conhecer através do perfil no Instagram: @teresina.transforma.

Voluntários do Projeto Risoterapia levam música e alegria para pacientes internados no HUT

Ascom/HUT

Os pacientes internados no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) receberam essa semana a visita dos voluntários do Projeto Risoterapia. O grupo é formado por 80 integrantes e tem como missão levar amor para as pessoas internadas nos hospitais. Durante as visitas, os integrantes do projeto passeiam pelas enfermarias levando música e muita alegria.

De acordo com Augusto Pinheiro, um dos idealizadores do Risoterapia, as visitas são focadas no paciente, a fim de melhorar a qualidade de vida, minimizando, assim, os efeitos da internação.

“O sorriso libera endorfina e dá uma sensação de alívio. Existem estudos científicos que comprovam que a serotonina e a endorfina, hormônios do bem-estar e do prazer, contribuem para acelerar a recuperação dos pacientes. Além disso, durante os momentos de felicidade, as pessoas se confraternizam e reforçam os laços de amor e amizade”, destacou.

O diretor geral do HUT, Rodrigo Martins, explicou que o Hospital sempre apoia ações como essa, pois ajuda a quebrar a rotina e minimizar o estresse da internação. “É um momento de esquecer que está internado e se confraternizar com a família, amigos e profissionais de saúde. Essas ações humanizam nossa assistência e ganhamos mais confiança dos pacientes para dar continuidade ao tratamento”, explicou o diretor.