Arsete realiza visitas à zona rural de Teresina

A diretoria técnica da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos de Teresina (ARSETE) e a equipe da Coordenadoria de Relações com o Usuário (CRU) realizaram visitas à zona rural de Teresina, com objetivo de compreender a percepção do usuário sobre a prestação dos serviços na zona rural, bem como para divulgar o trabalho e importância da agência.

O trabalho de divulgação é realizado através da distribuição de folder contendo orientações deixa-os cientes dos seus direitos e deveres. Também nessas visitas, um mapeamento das estruturas físicas, poços tubulares e reservatórios está sendo realizado a fim de avaliar suas condições de funcionamento.

A equipe da CRU, representada pelo técnico em regulação, Dhiêgo Figueirêdo e o coordenador da Arsete, Israell Cavalcante, vistaram os povoados Taboca do Pau Ferrado, Boa Hora e Cacimba Velha. Agência informa ainda, que as devidas providências estão sendo adotadas para melhorar a qualidade do serviço prestado à população.
O coordenador de relações com usuários, Israell Cavalcante, identificou junto à comunidade as dificuldades no abastecimento de água. Os moradores deixaram claro que o problema agrava-se principalmente nos períodos secos, uma vez que não há chuva para aliviar o problema de falta de água.

“Os moradores relataram a nossa equipe que sofrem com a falta de água e isso compromete a vida da comunidade. Este e outros problemas serão sanados o mais rápido possível”, disse Israell Cavalcante.

Fotos: Ascom Arsete

Prefeito se reúne com representantes da ATAEPI para tratar sobre a zona Rural de Teresina

Fotos: Rômulo Piauilino – Semcom

O prefeito de Teresina, Doutor Pessoa, se reuniu na manhã desta quarta-feira (10) com o presidente da Associação dos Técnicos Agrícolas do Estado do Piauí (ATAEPI) Ariclenes Freitas,  para tratar sobre projetos voltados para a zona Rural.

Na ocasião, foi apresentado o Projeto de Assistência Técnica para Agricultura Familiar; o Projeto Cinturão Verde; Empreendedorismo Rural com capacitação profissional; e o Sistema Gota D’água Digital.

Para o prefeito Doutor Pessoa, é importante que a zona Rural tenha serviços de qualidade para auxiliar no trabalho do homem do campo.

“É um momento de alegria estar com os nossos irmãos da zona Rural que sofrem por falta de ensino de qualidade, de acessibilidade, de água e luz. No passado, fizeram algumas negociações que não foram de acordo com o pensamento do homem do campo. Neste governo, estamos redesenhando para que o homem que produz tenha oportunidades e uma vida digna. Nessa gestão, esses trabalhadores serão prestigiados”, enfatizou o prefeito.

“De acordo com o presidente da ATAEPI, Ariclenes Freitas, a parceria entre a ATAEPI e a prefeitura é vista de forma positiva pelas comunidades da zona Rural.

“A maior importância é trazer benefício para a zona Rural e esse entendimento está sendo aceito. A associação hoje com o seu corpo de diretores está satisfeita com o prefeito que deixou bem claro que é possível esse termo de cooperação entre a Associação dos Técnicos Agrícolas, a prefeitura e as comunidades da zona Rural”, disse o presidente.

Prefeito Doutor Pessoa visita obra de duplicação e prolongamento da Via Sul no Povoado Alegria

O prefeito de Teresina, Doutor Pessoa, visitou neste sábado, 6, a obra de duplicação e prolongamento da Via Sul, no trecho do Povoado Alegria, zona Sul da capital. A obra de duplicação já foi iniciada e a previsão para a finalização da terceira etapa é fevereiro de 2022. A obra da Via Sul está orçada em R$ 27.521.499,08.

O prefeito Doutor Pessoa disse que a atual gestão já mostra o que está fazendo, com dedicação, e além da funcionalidade, vai trazer obras de embelezamento, esporte e lazer. “É uma alegria ver que algumas obras estão sendo marcadas para serem entregues em 100 dias e outras para o final do ano”.

O superintendente da Secretaria de Desenvolvimento Urbano Sul (SDU/SUL), Alípio Paiva, afirma que é compromisso dessa nova gestão que a população tenha melhoria na qualidade de vida. “A obra vem da Ponte Anselmo Dias e vai até a avenida Dr. Manoel Ayres Neto. Posteriormente, estamos com esse campo de futebol e de vôlei, com essa quadra maravilhosa, em parceria com a SEMAM e que vamos entregar agora no início de abril”.

O deputado estadual Franzé Silva ressaltou a importância do trabalho articulado entre prefeitura de Teresina e governo do Estado. “A zona Rural de Teresina sempre foi muito esquecida pela gestão no município. Com a gestão de Dr. Pessoa, o governador Wellington Dias tem olhado essas parcerias de forma efetiva. Queremos resgatar a cidadania das pessoas que moram na zona Rural”.

Acompanhando o prefeito, estiveram presentes: superintendente de Desenvolvimento Rural (SDR), Ricardo Monteiro, secretário municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), Edmilson Ferreira, secretário municipal de Educação (SEMEC), Nouga Cardoso, secretário de Comunicação, Lucas Pereira, diretor-presidente do Instituto de Assistência Técnica de Extensão Rural do Piauí (Emater), Francisco Guedes.

Boa Hora

O prefeito Doutor Pessoa também visitou hoje, a obra de calçamento do Povoado Boa Hora, zona Rural Norte de Teresina. A obra é uma inciativa do vereador Joaquim Caldas, em parceria com o governo estadual. Serão 7.450 metros de calçamento em paralelepípedo que está orçada em R$ 710.857,15.

“Foi um pedido nosso ao governo do Estado, diante da precariedade que encontramos aqui na comunidade. Temos aqui pessoas deficientes que não tinham condições de ter uma ambulância entrando na rua, não podiam receber um gás. Havia um fluxo de água muito grande, um canal aberto nessa rua. O deputado Franzé Silva esteve aqui há 15 dias e está colocando mais 2.400 metros quadrados de calçamento para que a gente atenda outra comunidade da Boa Hora. É o primeiro trabalho de parceria do governo Wellington Dias com Dr. Pessoa”, disse o vereador Joaquim do Arroz.

Prefeito Doutor Pessoa e gestores visitam obra de prolongamento e duplicação da Via Sul Foto: Lucas Dias

Prefeitura deve celebrar termo com a Emater para beneficiar a agricultura familiar

O prefeito de Teresina, Doutor Pessoa visitou na manhã deste domingo (24) a horta comunitária do povoado Ave Verde, na zona rural da capital. O prefeito esteve acompanhado do secretário de Desenvolvimento Rural, Ricardo Monteiro, do secretário de comunicação Lucas Pereira e do diretor-geral da Emater, Francisco Guedes.

De acordo com o líder comunitário, Raimundo Nonato Neri, a comunidade conta com 460 famílias, sendo que 33 delas dependem diretamente da horta do povoado. A comunidade apresentou uma série de reivindicações ao prefeito.

“Ficamos muito felizes com a visita do prefeito e do secretário hoje aqui em nossa comunidade, isso mostra o compromisso dele com a agricultura familiar, queremos uma integração maior com todos os órgãos que fazem a agricultura na nossa cidade”, disse o líder comunitário.

O diretor-geral do Emater (Empresa de Assistência Técnica e Produção Rural do Piauí), Francisco Guedes, propôs a elaboração de um termo de cooperação técnica com SDR (Superintendência de Desenvolvimento Rural) de Teresina. Para Guedes, o termo vai possibilitar uma maior integração entre as demais instituições, o que vai beneficiar a produção agrícola de Teresina.

“Esse termo vai facilitar a viabilização das demandas das comunidades rurais, uma união de esforços para solucionar os problemas. São quase 3 mil famílias que atuam na agricultura familiar, ou seja, são mais de 3 mil empregos diretos, então essa junção de esforços vai dar vazão a esse setor”, afirmou Francisco Guedes.

Em conversa com os produtores, o prefeito destacou que seu desejo é eliminar a figura do atravessador, que segundo ele, reduz que pela metade os ganhos do homem do campo ao vender seus produtos agrícolas.

“Grande parte do alimento que vai para a mesa do cidadão são produzidos pelos pequenos produtores, isso vem da agricultura familiar e a nossa gestão quer priorizar e dar todos os incentivos para esses produtores, pois além de desenvolvermos a agricultura vamos dar renda ao trabalhador” declarou o prefeito.

 

Prefeitura investe mais de R$ 2 milhões em hortas comunitárias e campos agrícolas da zona rural

Rômulo Piauilino

A Prefeitura de Teresina está investindo mais R$ 2 milhões para ampliar e melhorar a produção nas hortas e campos agrícolas da zona rural da cidade. Desse total, cerca de R$ 1,3 milhão, sendo recursos próprios do município, estão sendo aplicados no serviço de compostagem, implantação de quatro unidades de sanitização de produtos, revitalização das Hortas Comunitárias, recuperação e ampliação dos sistemas de abastecimentos de água.

De acordo com a Superintendente de Desenvolvimento Rural (SDR), Maria Vilani Silva, as unidades de sanitização somam um investimento superior à R$ 249 mil e contam com pias e balcões para que as hortaliças sejam lavadas, embaladas e armazenadas. “Com essa estrutura é possível garantir ao consumidor final um produto com todas as garantias sanitárias e informações necessárias, agregando valor aos produtos e dando mais oportunidade aos horticultores de concorrer no mercado”, afirma.

Ao todo, Teresina possui 46 hortas espalhadas em todas as zonas da capital, 12 campos agrícolas em funcionamento e 17 em implantação. A revitalização das hortas comunitárias está recebendo investimentos em torno de R$ 477 mil para recuperação e construção de cercas, pintura de muros, recuperação de portões e calçadas, serviços de limpezas, podas e construção de banheiros.

Além disso, a zona rural de Teresina foi beneficiada, nos últimos quatro anos, com construção e reforma de cinco Unidades de Beneficiamento de Produtos Agrícolas. As localidades São Francisco, Santana Nossa Esperança, Assentamento Nossa Vitória, Assentamento 13 de Março e Serra do Gavião receberam investimentos de R$ 359.921,77 como forma de incentivar e promover o crescimento da produção da agricultura do município. Os recursos são de Orçamento Popular e Emenda Parlamentar.

Judivan Oliveira, gerente de produção agropecuária da SDR, destaca que as Unidades agregam maior valor aos produtos agrícolas no ato da comercialização. “A mandioca, o milho e o arroz são produtos alvos do beneficiamento. A farinha, por exemplo, passa por processo de transformação para outros subprodutos, como a puba e a goma”, explica.

Os investimentos realizados na zona rural também incluem a implantação do Sistema de Abastecimento de Água nas localidades Santa Helena e São Vicente. Na execução desta obra, foram investidos R$ 390.742,90 através de recursos da Codevasf.

PMT investiu mais de R$ 774 mil na construção de academias populares na zona rural

Renato Bezerra

A Prefeitura de Teresina investiu, nos últimos quatro anos, mais de R$ 774 mil em obras de academias populares na zona rural de Teresina. Esse valor foi aplicado pela Superintendência de Desenvolvimento Rural (SDR), na construção de 17 equipamentos deste tipo, em diferentes comunidades rurais.

Além destas, existem mais oito academias populares sendo construídas na zona rural de Teresina. Nestas, o investimento final será de mais de R$ 351 mil.

Os aparelhos são instalados em locais públicos abertos, e incentivam a prática de atividades físicas, contribuindo para a melhoria na qualidade de vida da população. Além da prática de exercícios físicos, as academias populares também proporcionam, gratuitamente,  um espaço de lazer e interação social para as comunidades.

Cães e gatos da zona rural devem ser vacinados sábado, 24

Ascom/FMS

A Prefeitura de Teresina, através da Fundação Municipal de Saúde (FMS), realizará dia 24 de outubro, sábado, a vacinação contra a raiva em cães e gatos dos povoados das zonas Norte e Leste. Em seguida, dia 31, será a vez dos povoados Sul e Sudeste.

“Solicitamos que todos os responsáveis, principalmente de sítios, prendam seus animais para que no momento que as equipes de vacinação passem por essas propriedades eles possam receber a vacina. É de suma importância vacinarmos esses animais, para evitarmos que na zona rural haja transmissão ou circulação do vírus da raiva. Lembrando que a única forma de prevenir é por meio da vacinação. A raiva é uma doença que mata. Vamos evitar”, afirma Oriana Bezerra, gerente de zoonoses de Teresina.

A vacina animal, que é segura e gratuita, é constituída por vírus atenuado, 2% de tecido nervoso e conservantes a base de fenol e timerosol. “As vacinas dos animais são produzidas com o mesmo cuidado que a dos humanos, e não há reaproveitamento de agulhas, porque nós respeitamos tanto os animais quanto os humanos que cuidam deles”, diz a diretora de Vigilância em Saúde da FMS, Amariles Borba.

O último caso de raiva em ser humano em Teresina foi em 1986. Já o último caso de raiva canina foi em 2011 em um cão proveniente do interior do Estado, cujo proprietário é residente de Teresina.

Prefeitura leva internet para 54 escolas da zona rural de Teresina

Ascom/Semec

As escolas da Prefeitura de Teresina que ainda não possuíam conexão online, especialmente as localizadas na zona rural, agora estão recebendo internet de alta velocidade. A Secretaria Municipal de Educação (Semec) irá equipar com a nova rede 54 unidades de ensino mais distantes do centro urbano.

A internet já foi instalada na Escola Municipal Joca Vieira, localizada no Povoado Estaca Zero. Para a diretora Tânia Cardoso, todos os processos da escola serão melhorados. “É super rápida e vamos usar para tudo. Receber e enviar documentos será mais fácil, além de ser essencial nesse período de aulas não presenciais, já que estamos acompanhando online todas as atividades dos professores com os alunos”, afirmou a gestora.

A Semec anunciou também que está buscando formas de compartilhar uma rede ainda maior com alunos e professores das escolas da Prefeitura. A ideia é oferecer mais recursos para as atividades não presenciais. “Sabemos que muitos alunos possuem dificuldade de acesso à internet, crianças compartilhando dados móveis na mesma casa, e professores com dificuldades para a realização de suas aulas online. Não é de agora que estamos em busca de otimizar esses processos e oferecer uma conexão de qualidade, logo teremos novidades”, garantiu a secretária municipal de Educação, Kátia Dantas.

Defesa Civil Municipal faz atendimento de família vítima de incêndio em Teresina

A Defesa Civil Municipal, em parceria com o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Norte IV, realizaram nesta terça-feira (01) a entrega de 04 colchões, kit higiene e 02 cestas básicas para uma família que teve a sua residência destruída durante um incêndio no povoado Santa Luz, zona rural de Teresina.

O acidente aconteceu hoje pela manhã e teria sido provocado por um curto-circuito na fiação interna da residência e foi informado a Defesa Civil por uma representante da região que ficou sensibilizada com a situação da família formada por uma mãe, três filhos e uma sobrinha.

“O incêndio aconteceu no momento em que a família estava tomando café na parte externa da residência. Foi um atendimento feito de modo emergencial devido à gravidade do acidente”, disse o agente da Defesa Civil, tenente Antônio Linhares.

Para acionar a Defesa Civil, a população pode fazer através do telefone 153. Em seguida, os oficiais fazem o levantamento da ocorrência e encaminha para o CRAS de referência da região que faz o acompanhamento. 

“Com o procedimento inicial feito pela Defesa Civil, o CRAS fará o monitoramento e avaliará se a família será incluída no programa Aluguel Solidário para receber o benefício eventual do município”, completou o agente. 

 

Asfaltamento de estradas na zona rural de Teresina melhora mobilidade

O prefeito Firmino Filho visitou, nesta sexta-feira (28), as obras de asfaltamento nas estradas da Boa Hora e do Campestre Norte, zona rural de Teresina. O investimento soma aproximadamente R$ 7,6 milhões e vai melhorar a mobilidade em comunidades que crescem rapidamente na zona rural, além de facilitar o escoamento da produção agrícola desses locais.

O primeiro trecho visitado foi na TER 150, que liga os povoados Santa Helena e Boa Hora. São 5 km de via sendo asfaltados no total, e o investimento é de cerca de R$ 2 milhões com recursos do Banco do Brasil. “Visitamos a conclusão da estrada da Boa Hora, que fortalece a mobilidade urbana nesse povoado que tanto cresce na zona rural de Teresina”, comentou o prefeito.

Em seguida, ele verificou o andamento do trabalho de pavimentação no trecho da TER 220, ligando o povoado Campestre Norte à PI 112, na divisa de Teresina com José de Freitas. No local, estão sendo aplicados mais de R$ 5,6 milhões, com recursos oriundos também de financiamento junto ao Banco do Brasil, em 10,25 km de estrada.

“Esse asfalto era um sonho que está se transformando em realidade. Nossa vida vai melhorar muito, até para conseguirmos nos locomover para vender nossa produção. Sem contar que vai acabar a poeira, que adoecia muito a gente”, destacou Maria do Socorro Santos, agricultora de 42 anos que mora no povoado Campestre Norte II.

A superintendente de Desenvolvimento Rural, Maria Vilani, explica que, com a conclusão dessas intervenções, a população vai circular com mais agilidade entre as comunidades, além de que a obra vai melhorar o tráfego e contribuir para a segurança das pessoas. “Retomamos essas obras tão importantes para os moradores e, claro, estamos seguindo todos os protocolos de segurança e recomendações das autoridades sanitárias para evitar a disseminação da Covid-19”, ressaltou.